Dicas de roteiro para a Indonésia

Tá planejando ir pra Indonésia mas não sabe por onde começar? Eu fui em Setembro de 2013 e compartilhei minhas experiências em 8 partes separadas por região e espero que elas possam ajudar você a montar seu roteiro e ir se aventurar por templos, campos de arroz, praias, corais, ilhas paradisíacas, festas e tudo o mais que esse país incrível do Sudeste Asiático tem a oferecer.

Antes de tudo, dê uma olhada numa listinha de DOs and DON’Ts que a gente preparou para você já ir se habituando com a cultura local. Clique aqui.

JAVA

Parada #1: Jakarta
Capital da Indonésia, cidade grande e não muito acostumada a receber turistas. Dicas aqui.

Parada #2: Jogjakarta 
Importante centro cultural de Java, na Indonésia, é conhecida por sua diversidade de templos, seus tecidos Batik, o trabalho em prata e jóias desenhadas com a técnica filigrana, e também o tradicional teatro de marionetes. O Borobudur e o Prambanam são dois dos imponentes templos que você vai encontrar por lá. Dicas aqui.

Reserve seu hotel no booking.com

Parada #3: Monte Bromo e Ijen
O Monte Bromo é uma das principais atrações turísticas de East Java. É um vulcão ativo e sua última erupção foi em 2011. Enquanto o Ijen é um complexo de vulcões, onde encontra-se um lago ácido cor turqueza, com pH 0,5 devido ao enxofre. São cenários incríveis a cada passo. Dicas aqui.

indonesia

BALI

Parada #4: Uluwatu
Região localizada em South Kuta, paraíso dos surfistas e de quem quer um resort para relaxar. Dicas aqui.

Parada #5: Nusa Lembongan
Excelente para diving e snorkeling, a ilha tem uma série de pontos legais para mergulho. A água tem um tom azul deslumbrante e a variedade da vida marinha é incrível! Surfing e trekking também são atividades excelentes para a ilha. Dicas aqui.

Parada #6: Kuta /Seminyak
Resorts de luxo, spas, compras, restaurantes e bares badalados. Dicas aqui.

Parada #7: Ubud
Localizado entre campos de arroz e desfiladeiros íngremes, é uma cidade rica em cultura e é famosa pela arte, grande parte da cidade e aldeias próximas abriga oficinas e galerias de artistas. Lá você vai encontrar templos, espetáculos de dança, um excelente mercado para fazer comprinhas, passeio de bike pelos campos de arroz, subida a vulcões, entre outros. Dicas aqui.

Parada #8: Gili Islands
Localizadas a noroeste de Lombok, ilha vizinha de Bali, as pequenas ilhas Gili são um destino comum entre os viajantes que vão para Bali. A 1h30 de distância, você encontra uma água azul turquesa com temperatura super agradável para ficar de molho na água o dia inteiro. É um destino para quem busca mergulhar, relaxar e curtir praia, sol e água fresca, além de umas festinhas numa vibe mais relax. Dicas aqui.

Reserve seu hotel no booking.com

roteiros para a indonésia

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Algumas informações eu já havia falado quando fiz o overview da viagem, mas agora com todos os posts, resolvi reuni-los e deixar mais prático para que você possa encontrar as informações.

Desktop

Custo:

Passagem: Dei uma olhada em passagens saindo do Rio de Janeiro pelo decolar.com e vi preços em torno de US$1900-US$2500
Total gasto com passeios, hotéis, transporte, alimentação e presentinhos: AUD1300
(Alguns amigos fizeram essa viagem e gastaram bem menos. Tudo vai depender dos luxos que você quer ter, e lá o luxo é muito barato)

Visto: US$25 pagos na entrada no país.

Moeda local: Rúpia Indonésia (IDR)
Em média, US$1, = IDR 11400, / AUD1, =  IDR10200, / R$1, = IDR5200,

Como levar dinheiro:

É bom trocar alguma coisa antes e já chegar com algumas Rúpias, mas a melhor cotação você vai encontrar nas casas de câmbio das ruas de lá, então a boa é levar dólares pra trocar lá. Para não ter que comprar dólares, talvez seja melhor ir com um cartão de viagens, como o que indicamos da HPN Invest, assim você poderá sacar lá. Nesse caso, lembre-se de fazer saques altos para não ter que pagar a taxa do cartão e do caixa eletrônico toda hora.

Sugestões:

– Viajei sem roteiro fixo, tinha apenas algumas dicas anotadas e assim fizemos a viagem durante 16 dias. Essa é uma dica valiosa para o sudeste asiático, pois assim você pode viajar e definir como vai ser o roteiro conforme for, vai que você gosta mais de um lugar ou acha outro não tão interessante assim.

– Quantos dias fiquei em cada lugar? Apesar de achar que foi pouco em todos eles.
Jakarta: 1
Jogjakarta: 2
Monte Bromo/Ijen: 3
Uluwatu: 2
Nusa Lembongan: 1
Kuta: 2
Ubud: 2
Gili Islands: 3

– Caso você queira se hospedar num resort e ficar um tempo na vida boa, é melhor reservar antes, claro. Não seria nada agradável chegar lá com uma mala de rodinhas e ir procurar hotel.

– Quanto tempo? Isso depende do tempo que você tem disponível. 16 dias foram a conta certa para conhecer esses destinos. Mas se você tá indo pra curtir o surfe, talvez queira gastar um mês inteiro em Uluwatu, por exemplo.

– Mas para fazer esse roteiro com calma e conhecer melhor Bali eu diria que de 3 a 4 semanas é o ideal. Bali é uma ilha grande e a gente não conheceu nem um décimo da ilha. O litoral norte parece ser muito bacana também, mas a parte Sul é a mais explorada turisticamente.

– Jakarta não foi uma cidade muito interessante, foi apenas uma passagem necessária. Se puder fazer escala em algum outro lugar para chegar em Jogjakarta faça. As opções não são muitas, mas Singapura ou Kuala Lumpur (Malásia) poderiam ser boas opções.

– O melhor e mais barato meio de transporte por lá é a Scooter, e você consegue alugar em qualquer lugar praticamente. Mas vale lembrar que o trânsito é caótico, então tem que tomar muito cuidado na direção.

– Fazer compras em grupo é sempre bom e vai te poupar muito dinheiro, porque dá margem pra uma boa negociação.

– Fechar pacotes depois de pesquisar em mais de uma empresa também facilita a negociação.

Se tiver dúvidas ou quiser mais algumas dicas, pode entrar em contato com a gente 🙂
Beijos,
Gaia

Acompanhe nossas AVENTURAS também no Facebook | Instagram Youtube