Dicas para explorar o famoso complexo de templos Angkor, no Cambodja

Se você é um bom viajante e gosta de explorar o mundo, com certeza tem em seus planos rumar ao Sudeste Asiático e descobrir os segredos e a história dessa terra tão distante. Um destinos que provavelmente está na sua lista são os templos Angkor, e com total razão, uma vez que você vai se tornar um verdadeiro explorador, circulando por mais de mil ruínas de templos, variando de pilhas de escombros até o imponente templo Angkor Wat.

Esse complexo de templos milenar foi descoberto pelo ocidente no final do século XIX. Angkor era a cidade central do império Khmer, que já governou a maior parte do Sudeste Asiático no passado.

Dentre a minha listinha de lugares para visitar no mundo, a Angkor Wat estava entre os principais e a experiência foi surpreendente, muito mais do que eu esperava. A riqueza da história e do povo do Cambodja fazem toda a diferença na experiência.  Cambodja edited4

A gente não tinha muito tempo para visitar todos os templos com calma e no fim fizemos um dia e meio de passeio, mas eu recomendaria comprar o passe de 3 dias e usá-lo com calma, ir aos templos mais afastados e conhecer o conjunto todo.

Madrugar é essencial para você ter a melhor experiência do local. A gente chegou lá antes das 5h da manhã e conseguimos garantir um bom spot para assistir ao nascer do sol por trás do templo Agkor Wat. Outra vantagem é que ainda está fresco de manhã.Cambodja edited

Templos imperdíveis

Como eu falei ali em cima, são mais de mil ruínas, então muito provavelmente você vai ter que selecionar alguns para facilitar sua visita. Minha sugestão de sempre é: contrate um guia, porque assim você fica conhecendo melhor a história do local com alguém que entende. Nós não contratamos, como nos templos de Jojgakarta, na Indonésia, e sentimos falta disso.

Angkor Wat – Patrimônio Cultural da Humanidade, pela UNESCO, o Angkor Wat é o mais famoso deles. Com sua grandiosidade e imponência arquitetônicas, ele é uma das maiores estruturas religiosas já construídas e um dos tesouros arqueológicos mais importantes do mundo. A gente já falou sobre ele aqui.

Bayon – Construído por Jayavarman VII, o templo fica no centro de Angkor Thom.  São 54 torres e 216 faces de Avalokiteshvara, figura do budismo que representa um bodhisattva, ou seja, aquela criatura que está adiantada ou pronta para alcançar o estado de Buda.

Ta Prohm – Ainda coberto pela selva, este templo é exatamente como eles se encontraram. Ta Prohm torna fácil imaginar como todo o complexo parecia quando foi redescoberto no século 19. Esse templo ficou famoso por ter sido set de filmagens de Tomb Raider, o famoso filme estrelado por Angelina Jolie.

Ta Som – Este é como se fosse o irmão mais novo do Ta Prohm, tem o mesmo estilo, estrutura e fundador do outro. O que chama a atenção para este templo é a enorme árvore que cresce em cima da entrada oriental. Ela está destruindo lentamente o edifício, mas fica muito bem nas fotos.

Preah Khan – Bastante decadente, o Preah Khan está pouquíssimo  restaurado e repleto de árvores e musgo. Acredita-se que esse prédio foi um templo e também uma universidade budista, com mais de mil professores de uma só vez.Cambodja edited1

Informações úteis

Entrada: 1 dia – US$20 / 3 dias – US$40 / 7 dias – US$60

Como chegar: alugue um tuktuk para ir com alguém local que conheça bem os arredores. Essa opção é acessível e muito boa, especialmente se você estiver com mais 1 ou 2 amigos. Fica bem baratinho.
O dia do tuktuk custou cerca de US$15-US$20.

Outra opção é alugar uma bike, opção super barata e excelente para quem tem tempo para explorar todos os templos com calma. Mas vale lembrar que o complexo é enorme, você vai precisar de bastante disposição.

Dicas

– Chegue cedo! Ver o sol nascer por trás do Angkor Wat não tem preço. O ideal é chegar cerca de 04:30h.
– Porém, para explorar o Angkor Wat, o ideal é ir no final do dia. A luz é excelente para fotos e não tem mais a multidão da manhã.
– Dependendo de quanto você quiser explorar, cada templo pode levar de 30 minutos a 3 horas. Lembre-se disso ao fazer seu roteiro para explorar Angkor. São 53 templos.
– Leve bastante água, faz bastante calor e você ficará andando debaixo do sol o dia inteiro.
– Tem alguns restaurantes por lá, mas vale a pena preparar alguns lanchinhos para levar.

Veja também:

Informações básicas para planejar sua viagem para o Cambodja

8  dicas para explorar tudo que Siem Reap tem a oferecer

Aula de culinária Khmer em Siem Reap

Kompong Phluk: visitando um vilarejo flutuante no Cambodja

Explorando o Angkor Wat sem sair de casa

Visitando Phnom Penh: Killing Fields e Prisão Tuol Sleng

Sessão de fotos: Faces do Cambodja

Acompanhe nossas AVENTURAS também no Facebook | Instagram Youtube