Reveillon na Praia do Sono

Mais uma vez, o destino do Reveillón foi a Praia do Sono. Por conta do trabalho, não consegui tirar os dias necessários para fazer uma viagem mais longa, e acabei optando por esse lugarzinho especial. É a quarta vez que vou para lá e, novamente, surpreendeu! Vou compartilhar aqui novas dicas para quem quiser conhecer.

Como é a trilha para a Praia do Sono?

Sempre fui de barco até a praia, mas dessa vez, como chegamos no dia 31 de manhã, havia uma fila enorme para esperar a kombi e depois pegar o barco (contei tudo aqui!), então optamos por fazer a trilha. Eu já havia preparado a mochila com o mínimo possível de coisas, mas mesmo assim o peso atrapalhou um pouco. Fizemos o trajeto em 1h15, com algumas paradas para descansar. No geral, é uma trilha leve, com poucas subidas, mas o peso faz a diferença e deixa o caminho bem mais difícil.

Dicas: não leve nada solto nas mãos, o ideal é você juntar tudo em uma única mochila para facilitar. Vá de tênis, não esqueça água e repelente. A trilha possui partes íngremes, mas compensa com bastante descida. Se você tiver um bom condicionamento físico, vai tirar de letra!

Não é preciso pagar nada pela trilha!

10912850_965000216861284_1022669493_n

Comidas e bebidas na Praia do Sono durante o Reveillon

Não tem jeito, durante o Reveillon tudo fica cheio. É o caso da Praia do Sono. Peguei muitas filas para conseguir almoçar, jantar, comprar açaí, ir ao banheiro e tomar banho. O local não possui estrutura para tanta gente, por mais que os moradores do local se esforcem.

Como ficamos por lá apenas 2 noites e 3 dias, não levamos fogareiro para não pesar na mochila e tivemos que esperar bastante para tudo. O mais difícil foi não conseguir comprar água gelada com o calorão todo que estava.

É só ter um pouco de paciência ou, se preferir, levar uma estrutura melhor. Vale a pena levar fogareiro e um cardápio para cada dia, como macarrão, batatinhas, calabresa… Os pescadores também vendem peixes pescados na hora, uma ótima opção para fazer na grelha com um arrozinho. Fica a dica!

Quanto às bebidas, é complicado! Até que conseguimos encontrar cerveja gelada, mas ia chegando o fim do dia e acabava. Gelo também é difícil de conseguir, algumas casas oferecem, mas também acaba bem rápido. A boa é deixar reservado com algum morador ou ficar atento aos horários para conseguir.

No geral, é um perrengue que vale a pena, já que você espera servirem o almoço de frente pro mar!

10922252_1005514816145235_1352393564_n

Camping na Praia do Sono durante o Reveillon

Se você tem a possibilidade de chegar alguns dias antes da virada, melhor! Com certeza vai encontrar um espacinho bom para colocar a sua barraca. Chegamos no dia 31 de manhã e, por sorte, conseguimos um lugar bom no Camping da Ismênia. Acredito que, mesmo com tudo lotado, dá pra arrumar um espacinho, é só conversar e ter bom senso!

Pelo que vi, os campings não estavam fazendo reservas, então é na sorte mesmo!

Há várias casas para alugar na Praia do Sono, com ótima estrutura! Quem acampa com certeza fica com uma invejinha do ventilor e frigobar das casas… hahaha! Vale a pena juntar uma galera e alugar por uma temporada. Conforto a 10 passos do mar. Quer mais o que?

Veja aqui algumas casas para alugar na Praia do Sono

10906027_963787703649202_8207411508015738688_n

Atrações durante o Reveillon

Contei aqui que no ano passado os moradores fizeram uma fogueira gigante no meio da praia e acenderam na virada. Esse ano a fogueira também estava lá e ainda tiveram vários fogos! Tava lindo e ainda mais animado. Também rolou uma banda de reggae na casinha do Açaí. Clima perfeito!

Há também dois bares mais pro final da praia com estrutura para shows. Normalmente rola forró em um e reggae no outro!

Cachoeira na Praia do Sono

Cansou de água salgada? Então é só fazer uma trilha de 20 minutos para chegar até o Poço do Jacaré, a cachoeira da Praia do Sono. O tal poço é onde a galera fica concentrada: uma piscina natural deliciosa para mergulhar! Como estava bem cheio, resolvemos continuar um pouquinho a trilha e chegamos na parte de cima do poço, com quedinha só pra gente! Estava uma delícia e por incrível que pareça, vazio! Recomendo demais fazer essa trilha até lá!

Só cuidado com o camarão pitú. Pois é, a cachoeira é cheia deles! ahhaha

10912928_1005514802811903_2066544408_n 10913635_1005514792811904_1228894368_n

Antigos e Antiguinhos

São duas praias que ficam ao lado esquerdo da Praia. Para chegar até Antigos, é necessário fazer uma trilha de uns 40 minutos. É uma subidinha boa, na verdade a trilha é para atravessar o morro que fica entre as praias. Se você gosta de surfar, pode levar sua prancha e pegar umas boas ondas por lá. Se não, é só curtir o mar com água transparente em uma praia deserta!

Antiguinhos fica logo depois de Antigos, é só atravessar uma pedra. Lindo!

10885534_10205113282327148_8786604454644480684_n

Para completar, um amigo levou seu Stand Up Paddle! O mar do sono é perfeito para praticar, já que é super calmo e com pouquíssimas ondas. Achei até que podia ter uma ondinhas pra dificultar. hahaha! Se você tiver uma e tiver disposição, vale muito a pena levar!

10872537_1005514812811902_1392424118_n

Acompanhe nossas AVENTURAS no Facebook | Instagram | Youtube

 Veja aqui dicas para acampar na praia