Conhecendo as ilhas de Angra dos Reis em um final de semana

Angra dos Reis está situada no sul do Rio de Janeiro e possui somente 365 ilhas em seu litoral. Daria para conhecer uma ilha por dia durante um ano!

Escolhemos uma final de semana para curtir esse pedacinho do paraíso cercado por um mar calmo, ilhas paradisíacas e muita vida marinha. No nosso roteiro, procuramos explorar algumas ilhas e praias menos conhecidas, e, apesar do sol ter aparecido poucas vezes, foi demais e voltamos de lá com as energias recarregadas, prontas para mais uma semana de trabalho.DSC_0916Ficamos no condomínio Yatch Flat (antigo Angra Inn), que possui uma localização privilegiada, de frente para a Ilha da Gipóia e Botinas. Meus tios têm um apartamento lá, onde ficamos hospedadas, e também uma lancha ótima para explorar as ilhas de Angra. Combinamos de sair bem cedinho e lá fomos nós em busca de aventuras.DCIM103GOPROG2776421. Primeira parada: Ilha das Botinas. O conjunto de ilhas é bastante turístico, rota dos passeios de escuna. Mas, como não era alta temporada, o local estava tranquilo e pudemos mergulhar a vontade. A vida marinha é encantadora, muitos peixinhos de diferentes tipos, corais e água transparente, apesar do céu fechado. É parada obrigatória para pelo menos meia hora de mergulho!mergulho angra dos reisSegunda parada: Pingo D’àgua. Localizada no continente, a praia é perfeita para relaxar e nadar bastante. O cor da água nesse local é diferente, um azul mais forte e incrivelmente transparente. Aproveitamos para explorar as pedras ao redor da praia e fizemos uma caminhada na areia. Aqui é um bom spot para ancorar a lancha e fazer um churrasquinho com a família ou apenas aproveitar a paisagem!angra dos reisTerceira parada: Praia Secreta. Bem próximo à Pingo D’agua, a praia Secreta conquistou nossos corações. <3 Um cantinho aconchegante com pedras e água clarinha, muito convidativo para fotos. Foi lá que ancoramos a lancha para fazer o nosso churrasquinho, que estava uma delícia! praia secreta angra dos reis

Quarta parada: Itanhangá. Essa é a minha ilha queridinha. Sempre que vou à Angra dou uma paradinha estratégica por lá, e dessa vez quis levar a Gaia para conhecer. Já contei aqui sobre a trilha que leva até o topo da pedra, proporcionando um visual lindo de algumas ilhas de Angra, mas dessa vez, como já estava tarde, ficamos relaxando nos sofás espalhados pela ilha. Lá funciona um restaurante e um spa, dá pra passar o dia inteirinho só relaxando e comendo um peixe frito. Imperdível!DSC_0997
Por volta das 17h voltamos ao condomínio para descansar. A vida noturna de Angra não é muito agitada, vimos duas boates no centro da cidade e alguns restaurantes, mas optamos por dormir cedo para aproveitar bastante o Domingo.

No dia seguinte, saímos de escuna, um barco bem grande com capacidade para 60 pessoas! O tempo não estava muito firme, então aproveitamos a manhã para conhecer a Ilha da Gipóia. Fomos em uma praia que não tem nome e na praia onde fica a famosa Igrejinha. No mesmo esquema das outras, é ótimo para caminhas na areia, nadar e ficar de dentro do barco só apreciando a paisagem. gipoiaAssim mais um final de semana fora da rotina acabou, e começamos a segunda-feira com o pé direito. É sempre muito bom ir a Angra e conhecer suas ilhas mágicas, um passeio que vale muito a pena e recarrega todas as energias.

Se você quiser alugar lancha para passeios em Angra dos Reis, a gente pode ajudar! A lancha que andamos no primeiro dia e a escuna estão disponíveis. As duas novíssimas e excelentes para todos os tipos de passeio! Se você não tem onde ficar, podemos indicar também alguns apartamentos no Yatch Club ou uma casa lindíssima com capacidade para 12 pessoas no condomínio Portobello. É só mandar e-mail pra gente que enviamos os detalhes: maladeaventuras@gmail.com.

Aqui tem uma sessão de fotos da última vez que estive por lá, no ano novo.

Acompanhe também as nossas aventuras pelo Facebook | Instagram