O que fazer em Natal: o maior cajueiro do mundo e a Lagoa de Arituba

Está planejando conhecer Natal e os arredores da capital do Rio Grande do Norte? Um passeio que não pode ficar fora da sua lista é conhecer o maior cajueiro do mundo. E um que não é tão famoso assim, mas que você deveria adicionar a sua viagem é a Lagoa de Arituba. Leia mais sobre cada uma dessas atrações, saiba como chegar, como funciona a visita e outras informações preciosas para você planejar sua viagem.

Nosso 3º dia de viagem foi surpreendente e nos levou a outras paisagens do Rio Grande do Norte diferente das praias e do mar. Após 2 dias em Natal, nosso roteiro do dia era ir para a Praia de Pipa e parar no caminho para conhecer um pouco mais a região. Durante o planejamento da viagem, descobri que ao sul de Natal existe o maior cajueiro do mundo e fiquei bastante curiosa. Além disso, uma das leitoras do blog deu uma ótima dica, a Lagoa de Arituba.

Para fazer o trajeto Natal-Pipa você tem duas opções: ir pela BR101 ou ir pela estrada secundária, a RN063 – nossa escolha. A primeira tem apenas 80km e você pode fazer em apenas 1,5h, indo direto. A segunda não é tão mais longa e tem vários pontos interessantes pelo caminho. É também uma excelente opção para uma passeio de 1 dia partindo de Natal ou uma roadtrip até Pipa.

Nossa primeira parada pela RN063 foi em Pirangi do Norte, cidade onde se localiza o Cajueiro de Pirangi. É um passeio rápido, que leva cerca de 40min, e te permite adentrar o cajueiro de 800om². É isso mesmo, uma única árvore ocupa um quarteirão inteiro! Na época de caju, ele chega a produzir até 2,5 toneladas da fruta.

Lá ouvimos a história do cajueiro, que foi plantado por um pescador local no final do século XIX, e o porquê da árvore ter crescido tanto. Tem um mirante também para avistar toda a copa da árvore e ainda tem uma provinha de suco de caju no final.

Dica: alugamos nosso carro através do RentCars. Faça uma cotação com as melhores locadoras de carro.

Maior cajueiro do mundo - Natal RN

Maior cajueiro do mundo - Natal RN

DCIM104GOPRO

Seguindo pela Rota do Sol, fomos recortando o litoral, passando por praias sem fim e parando aqui e ali para apreciar a vista. Um dos pontos que eu adorei foi entre a Praia de Búzios e Tabatinga, onde tem um recuo na estrada que dá pra estacionar e parar para ver toda a cidade, com praias de um lado e dunas de outro. Descobri mais tarde que há também o Mirante dos Golfinhos um pouco adiante, com vista para as falésias, bem bonito!

Leia também: Passo a passo para você planejar sua viagem para Natal e Pipa

DCIM104GOPRO

DCIM104GOPRO

10min adiante e já chegamos na tal da Lagoa de Arituba. Com o caminho bem sinalizado e a ajuda do Here Maps não foi difícil chegar lá. Estacionamos o carro em um dos restaurantes que tem na beira e por lá ficamos até o final do dia. Vida mansa, água clarinha, uma cerveja com siri. É o lugar perfeito para quem quer relaxar, pegar um sol e tomar uma água de coco.

É super família também. Tem kaiaks e pedalinhos para alugar, além de tirolesa e aquela bola flutuante. Na alta temporada fica bem movimentado.

DCIM105GOPRO

Lagoa de Arituba, Natal, Rio Grande do Norte

DCIM105GOPRO

Lagoa de Arituba, Natal, Rio Grande do Norte

Lagoa de Arituba, Natal, Rio Grande do Norte

Dica extra: ao longo da estrada você verá muitas tendas de frutas, pare em uma delas para apreciar uma pitomba (também chamada de guariroba) e um cajá.

fruta pitomba natal rn

Rota do Sol feira de frutas

Informações úteis:

Como chegar: Saindo da Praia de Ponta Negra, em Natal, pegue a Rota do Sol e siga rumo ao sul do estado pelo litoral. O maior cajueiro do mundo fica em Pirangi do Norte e há um arco de boas vindas já lhe avisando que tem cajus por todos os lados.

A Lagoa de Arituba fica um pouco depois da entrada para Nísia Floresta. Siga até Tabatinga e logo terá uma placa indicando a entrada para a Lagoa.

Cajueiro de Pirangi
Av. Dep. Márcio Marinho, 2, Praia de Pirangi
Aberto diariamente, das 7h30 às 17h30
Mais informações: (84) 3238-2975
Entrada: R$6
Estacionamento: R$10

Lagoa de Arituba
Não é cobrada taxa para utilização das cadeiras e guarda-sóis.
Os pratos para 2 pessoas tinham o valor médio de R$70 e o aluguel do pedalinho, R$20 para 40min.

O que mais conhecer na região

Mergulho nos parrachos de Maracajaú

Lagoa do Carcará

Praia de Pipa