grace-cafayate

Grace Cafayate: nossa experiência no hotel 5 estrelas do Norte da Argentina

Não é porquê o norte da Argentina não é tão explorando turisticamente que você não vai encontrar boas opções de hotéis. Pelo contrário! Na viagem de 5 dias pelo Norte da Argentina, em Março de 2017, passamos por cidades pitorescas e simples, mas que abrigam hotéis luxuosos, cercados por natureza e com muito a oferecer – um exemplo é o Grace Cafayate, hotel 5 estrelas onde nos hospedamos.

Pensa em um hotel enorme, com uma estrutura impecável, atendimento nota 10 e, o mais incrível de tudo: ao acordar, você dá de cara com uma plantação de vinhedos, contrastando com as montanhas! O Hotel Grace Cafayate é isso tudo e mais um pouco. Continue lendo para você entender o porquê!

Localização

O Grace Cafayate fica há três horas de Salta (200km!), em uma pequena cidade chamada Cafayate. A região é também conhecida como Valle do Calchaqui – cercada por vales, rios e montanhas!

É uma excelente parada para quem está fazendo uma roadtrip pelo Norte da Argentina e quer incluir a Quebrada de Las Conchas no roteiro. Essa estrada, que liga Salta à Cafayate é linda, cheia de montanhas coloridas, paisagens diferentes e formações rochosas curiosas.

Leia também: Tudo o que você precisa saber para planejar uma roadtrip pelo Norte Argentino (Salta e Jujuy)

grace-cafayate
Entrada do hotel Grace Cafayate

Para explorar um pouco mais da região e não deixar a viagem cansativa, a dica é esticar um pouquinho e se hospedar no Grace Cafayate – um lugar reservado, com direito a spa, piscina, restaurantes e outros atrativos.

Estrutura – o que você vai encontrar no incrível Grace Cafayate

A arquitetura leva a assinatura do Grupo Grace, que tem hotéis também em Mykonos, Santorini, Panamá e outros lugares, todos com um toque “luxuoso – discreto”.

O Grace Cafayate usou inspirações dos arredores e tradições locais para não perder a essência da região do interior da Argentina, nos proporcionando uma imersão no cenário e também nos seus costumes.

Além de quartos muito amplos e confortáveis, você vai encontrar uma área externa maravilhosa, com direito a piscina com vista para os vinhedos, montanhas e um spa incrível.

Quartos

São duas categorias de quartos: o Grace Suites e o Deluxe Rooms. O primeiro, nada modesto, é o mais espaçoso e luxuoso, com 79m2. Há ainda um terraço com 18m2, com vista panorâmica para os vinhedos e as montanhas do Valle Calchaqui. A suíte é grande o bastante para acomodar até três pessoas.

O Deluxe Room foi onde me hospedei. São 42m2, com uma cama king size muito aconchegante e confortável (não dava vontade de levantar de manhã!), e uma janela enorme, também com visual para os vinhedos e para as montanhas.

grace-cafayate
Quarto incrível do Grace Cafayate
graca-cafayate
Janela do quarto, com vista para os vinhedos

Não posso deixar de citar o banheiro: além do chuveiro, você vai encontrar uma banheira com o mesmo visual do quarto. Nada mais relaxante e exclusivo do que tomar um banho quentinho com essa vista!

grace-cafayte
Banheiro com vista incrível para os vinhedos

Para vocês verem como eles se preocuparam em deixar o hotel com todas as características do local, em todos os quartos há fotografias emolduradas de um famoso fotografo de Cafayate. Detalhes que fazem a diferença!

…E se você quer uma acomodação ainda mais exclusiva, pode se hospedar nas “villas” ou até comprar a sua própria “casinha” no Grace Cafayate!

Chamada de Grace Residential Villa, esse tipo de hospedagem vem conquistando hóspedes que procuram um serviço ainda mais reservado e que querem realmente se sentir em casa. As casas são completas, com suítes, sala de estar, cozinha toda equipada, dois banheiros, deck com piscina e churrasqueira.

grace-cafayate

A ideia é você ter a sua casa particular dentro do Grace Cafayate, podendo aproveitar também toda a estrutura do hotel. Você pode alugar a hospedagem para outras pessoas, e isso fica por conta da administração do hotel.

Área Externa 

Toda a área externa do hotel é chamada de La Estancia de Cafayate, um lugar realmente privilegiado pela sua localização entre montanhas e vinhedos.

Venhedos do hotel

Não tivemos tempo de conhecer toda a propriedade, mas nos disseram que é lá que está o melhor campo de golf da região! Se você adora praticar esporte, poderá ainda aproveitar o clube com piscina, quadras de squash e academia.

Mas o que mais nos conquistou foi, sem dúvidas, a piscina externa, com visual para o vinhedos. Se tem uma coisa que me arrependo na vida, é de não ter acordado mais cedo para dar um mergulho ali! O clima estava ótimo, bem quente, e a piscina, muito convidativa!

grace-cafayate
Piscina externa do Grace Hotel

Nos dias frios a água é aquecida, assim, dá para aproveitá-la em qualquer época do ano!

Faça a sua reserva através do Booking clicando aqui!

Spa

Pensa em um Spa incrível. Agora multiplica por 10! Esse é o spa do hotel Grace Cafayate: super completo!

Fizemos um tour rápido pelo spa, pois não tivemos tempo de aproveitar essa área do hotel, mas o que vimos já nos deixou com aquela vontade de voltar correndo e passar o dia inteiro por lá!

São quatro salas de massagem com tratamentos diferente e uma suíte para tratamento duplo simultâneo (são duas camas de massagem, duas duchas, jacuzzi e até um deck particular!). Há também hidromassagem, hammam (banho turco) e uma piscina aquecida sensacional.

A piscina, que fica próxima à área do spa, possui teto de vidro, permitindo assim a entrada da luz natural e o visual para o Valle do Calchaqui. Dá para ficar horas ali relaxando e curtindo a paisagem!

grace-cafayate
Piscina interna do Grace Cafayate

Restaurante

O principal restaurante do hotel procura aproximar a culinária argentina dos hóspedes. No menu estão pratos típicos com um toque contemporâneo. Todos os ingredientes vem da região, ajudando o desenvolvimento local.

No nosso jantar pudemos experimentar as típicas empanadas do norte da argentina – dizem que são as melhores! Para o prato principal, um delicioso “lomo” (uma parte bem macia do boi, equivalente ao nosso filé mignon) acompanhado de batatas coradas e chimichurri. Tudo muito gostoso!

Lomo com batatas coradas ao molho de chimichurri
Crepe recheado com doce de leite

O café da manhã é servido no mesmo restaurante, no estilo buffet. Pudemos experimentar alguns doces e geleias de frutas típicas da região e os tradicionais medialunas (croissants). Adorei a máquina de nespresso para nos servimos à vontade e a possibilidade de pedir ovos e crepes.

O restaurante fica aberto para café da manhã, almoço e jantar. Há também outras opções, como o bar da piscina e o wine bar, que servem aperitivos e alguns pratos diferentes. 

Atividades 

Além de sua estrutura, o hotel oferece algumas atividades pagas para os hóspedes. Abaixo listo as que eu achei mais interessantes: 

  • “Barbecue under the stars”: um churrasco noturno no melhor estilo argentino! Você pode escolher o seu jantar no terraço do hotel ou em uma área próxima aos vinhedos. Custa 630 pesos e você deve fazer a reserva com 48 horas de antecedência.
  • Aula de culinária: o chef do hotel oferece uma aula com alguns segredinhos da culinárias argentina. Enquanto você aprende as dicas, pode degustar os melhores vinhos da região. Custa 530 pesos, com duraçãoo de 3h.
  • “Trekking Day in La Yesera”: um ótimo passeio para quem gosta de longas caminhas e contato com a natureza. A trilha fica na Quebrada de Las Conchas, onde estão as belíssimas montanhas coloridas. São 3h de trekking moderado. Custa 1000 pesos por pessoa com transfer e uma degustação de vinho no final da trilha.

Há também algumas atividades não pagas, como alugar uma bike ou andar à cavalo para explorar os vinhedos. Só é preciso reservar o seu horário.

Quando ir?

Não existe a melhor época para visitar Cafayate – tudo vai depender do que você quer ver por lá.

O inverno da América do Sul é bem frio e com o céu limpo. Não neva nessa região, às vezes só no topo das montanhas. Já o verão é bem quente e chuvoso – com exceção de Cafayate, onde chove pouco.

Você pode optar por ver os vinhedos carregados de uva, durante a época de colheita, que vai de fevereiro a abril. Mas, se não quiser arriscar pegar chuva pelo caminho, é melhor planejar uma viagem no inverno, e se preparar para o frio.

Eu sempre gosto de viajar nas temperaturas mais amenas, ou seja, na primavera ou no outono. Mas o norte da argentina é uma região onde a época do ano não vai interferir tanto nas atrações, então, a melhor época é aquela que você pode ir!


A Nanda viajou para o Norte da Argentina em Março de 2017, à convite do blog Vamos Pra Onde, em uma press trip do Hotéis.com