Joshua Tree National Park

Conheça o Joshua Tree National Park, na Califórnia

Se você está planejando uma viagem para o Joshua Tree National Park confira esse post super completo com todas as informações que você precisa saber: onde fica, como chegar, onde se hospedar, o que fazer, a melhor época para ir e muito mais! Fizemos essa viagem em Abril de 2018 e ficamos encantadas com a natureza do local. Temos certeza que você ficará também.

O parque é ótimo para quem gosta de trilhas e escaladas, mas percorrê-lo de carro também é uma vibe e tanto! Ele é um parque para todas as idades e para todos os tipos de viajantes: casais, famílias e grupos de amigos.

As árvores Joshua, que dão nome ao parque, são da família dos cactus e só crescem em lugares muito secos e com altitude acima de 200m, tanto é que não é todo local do parque que você as encontra. Lembre-se de pegar um mapa no Visitor Center. Aliás, essa é nossa primeira dica: assim que chegar, passe no Visitor Center para pagar a taxa de entrada, coletar informações e comprar algum souvenir para a família.

Parque Joshua Tree
Joshua Tree

Antes de mais nada, aperte o play e confira esse vídeo completo sobre nossa experiência no Joshua Tree! Ele é parte de uma websérie de 4 episódios, que conta ainda com Los Angeles, San Diego e Laguna Beach! Aproveite para conferir o post completo com nosso roteiro de 12 dias pela Califórnia!

Onde fica

O Parque Nacional Joshua Tree é um parque nacional nos Estados Unidos, mais precisamente, na Califórnia. Ele fica a poucas horas de carro de algumas das principais cidades californianas. Ele fica a 230km de Los Angeles (cerca de 2 horas e meia), 280km de San Diego (cerca de 3 horas) e 350km de Las Vegas (cerca de 4 horas).

Há três entradas no parque, são elas:

  • A entrada sul, que fica próxima do Cottonwood Campground, onde nos hospedamos, fica a 40km a leste de Indio. Saindo de LA, você passará por Palm Springs no caminho. Faça uma parada para conhecer a cidade do festival de música Coachella.
  • A entrada oeste está localizada no Joshua Tree Village.
  • A entrada norte é em Twentynine Palms.

Como chegar

Nós alugamos uma Kombi para ir até lá e foi a melhor experiência que podíamos ter. Você pode conferir como foi essa experiência nesse post onde contamos como é viajar de Kombi na Califórnia. Foi incrível ter essa “casa” por 3 dias, explorando o parque durante o dia e montando nossa acampamento durante a noite. Aliás, esse estilo de viagem é muito comum no estado, muita gente vai de motorhome ou trailer para os parques nacionais e praias dos arredores.

Chegando no Joshua Tree National Park
Chegando no Joshua Tree National Park

Se você preferir viajar de carro, lembre-se de levar todo o equipamento de camping, pois não há hoteis dentro do parque. Falarei melhor sobre isso mais abaixo. Geralmente a gente aluga carro no RentCars. é um site que pesquisa preços e faz uma compilação de todas as grandes locadoras de carro (Hertz, Avis, Europcar, Sixt…). Aliás, faça sua reserva através do blog sem custos adicionais! É só clicar aqui.

Quanto a transporte público, é complicado chegar dessa maneira. Realmente indicamos o carro como meio de transporte.

Quando ir

As temperaturas são mais confortáveis na primavera e no outono, com temperaturas médias em torno de 10°C a 29°C. Sim, há uma variação grande de temperatura entre o dia e a noite, portanto é bom estar com roupas adequadas para o calor e para o friozinho noturno. Nós fomos no outono, em abril e só pegamos dias lindos com bastante sol e noites estreladas.

O inverno traz dias mais frios e a temperatura média durante o dia é de 15°C. Espere noites bem geladas. Ocasionalmente neva em altitudes mais altas. Quanto ao verão, são bem quentes, com temperaturas acima de 38°C durante o dia. Esta é a baixa temporada do parque, portanto pode ser uma boa opção caso você queira evitar o parque cheio.

Quanto à chuva, este é um evento raríssimo. Os dias são normalmente claros com menos de 25% de umidade.

Gosta de viagens com uma pegada mais aventura e natureza? Leia também: Guia completo para conhecer o Yosemite Valley

O que fazer

O Joshua Tree é ótimo para quem curte trilhas, escalada, mountain bike, bird watching e fotografia! Tem atividades para todas as idades e tipos físicos. rsrs

Mapa Joshua Tree
Dica número 1: pegue um mapa no Visitor Center

E se você não gosta de nada disso, mas quer conhecer o parque mesmo assim, só de percorrê-lo de carro já é uma aventura! A paisagem do deserto é incrível e muito diferente. Quando as Joshua Tree começam a aparecer no horizonte a viagem fica ainda mais legal!

Quando o assunto é trilhas, há pelo menos 10 rotas de caminhada leve, que podem ser feitas por qualquer pessoa com tranquilidade. Nós fizemos o circuito do Cholla Cactus Garden, um jardim de pequenos cactus que talvez sejam os mais fofos do planeta, e por isso foram apelidados de “teddy bear cactus”. Mas você não vai querer abraçá-lo! rsrs A caminhada não levou mais que meia hora e é uma ótima opção para fazer no final do dia, com o sol mais baixo.

Cholla Cactus Garden
Cholla Cactus Garden

Outras boas opções são a trilha Skull Rock, uma caminhada fácil para explorar as paisagens desérticas do Joshua Tree e, claro, a famosa Skull Rock, que parece mesmo ser uma caveira esculpida na pedra. Tem também a Hidden Valley, rota que leva cerca de 1 hora e que, segundo rumores, foi usada por ladrões de gado.

Para trilhas mais difíceis, uma dica é a Panorama Loop. Ela tem vista panorâmica da densa floresta de Joshua Trees passando pelas montanhas de Little San Bernardino.

E para você não se decepcionar de cara, não há árvores em toda a extensão do parque, apenas em alguns locais. Porém, a maioria das trilhas está localizada nessa região. Por via das dúvidas, pegue um mapa no Visitor Center.

Ah! E a noite de lá é maravilhosa! Uma ótima atividade é observar o céu e as estrelas durante a noite. Se for em noite sem lua, melhor ainda!

Noite estrelada no Joshua Tree National Park
Noite estrelada no Joshua Tree

Onde se hospedar

Existem 8 campgrounds no parque, 4 deles funcionam com reserva e os demais são “first come, first served”, onde as vagas são de quem chegar primeiro. O ideal é reservar com antecedência, pois não é permitido pernoitar em qualquer local do parque. Nós fizemos nossa reserva 2 meses antes e já quase não havia vaga.

Alguns desses campings não tem água, portanto é bom se informar antes e estar preparado. Chuveiro, nem pensar! Não há lugar para banho no parque, mas todos os campings tem banheiro, alguns apenas com sanitários rústicos.

Amanhecer no Joshua Tree
Amanhecer no Joshua Tree

Os preços variam entre U$15 a U$20 por noite. Geralmente a vaga é para seis pessoas e, no máximo, três tendas e dois carros, em um acampamento individual. Porém, alguns locais só têm estacionamento suficiente para um veículo. Para fazer sua reserva e conferir mais detalhes, clique aqui.

Caso você não encontre vagas ou prefira ficar em um local com mais estrutura, há campgrounds fora do parque que podem te salvar. Você pode também ficar em algum hotelzinho das cidades nos arredores, como Yucca Valley, Indio e Joshua Tree. Confira aqui algumas opções de hotéis e casas de temporada.

Onde comer

Não há restaurantes ou mercados de nenhum tipo dentro do Joshua Tree National Park, então é importante ir com tudo preparado para os dias que você pretende ficar por lá. Os Visitor Centers vendem água a U$1 a garrafa, então isso dá para salvar se for o caso.

O parque tem oito áreas para picnic: entre elas a Hidden Valley, que foi onde paramos para fazer nosso almoço durante o dia. Há várias mesas, árvores que fazem sombra banheiro e um amplo estacionamento, sendo um bom lugar para descansar durante uma horinha.

Café da manhã no camping
Café da manhã no camping

Quanto custa

Nós pagamos U$25 pelo passe de entrada no parque. Ele permite a circulação do veículo, incluindo todos os seus passageiros, por 7 dias. Caso você vá de moto ou bicicleta, o valor do passe é de U$12. O mesmo vale para quem for andando.

Dicas gerais

É altamente necessário se preparar para essa viagem, até por questões de segurança mesmo.

  • Não há sinal de celular, portanto, tenha um mapa com você e, se possível, um GPS.
  • Wifi: esteja preparado para ficar desconectado do mundo por uns dias.
  • Água: tenha sempre bastante líquido com você, seja dirigindo ou caminhando. O parque recomenda um mínimo de um galão de água por pessoa, por dia; para os caminhantes e ciclistas, dois galões por pessoa, por dia.
  • Faz bastante sol e calor durante o sol, portanto lembre-se de levar protetor solar, óculos de sol, chapéu e camisas com proteção UV.
  • É importante que o tanque do carro esteja cheio, pois não há local para abastecer dentro do parque e você vai percorrer distâncias longas por lá.

Mais informações no site oficial do parque. Clique aqui.

Por do sol no Joshua Tree
Por do sol no Joshua Tree

Seguro viagem

Não dá para viajar sem seguro viagem! Afinal, imprevistos também acontecem durante as férias. Já imaginou sofrer um acidente ou ter algum problema de saúde longe de casa? Para evitar ainda mais dor de cabeça nessas horas, é essencial ter o seu seguro viagem garantido.

Sempre fazemos o nosso pelo site do Real Seguros, que possui várias seguradoras conveniadas. Eles comparam os melhores preços e todo o processo é feito de forma bem prática – você recebe a apólice por e-mail e ainda pode dividir em 6x sem juros ou ganhar 5% de desconto no pagamento à vista.

Clique aqui para fazer a sua cotação no site da Real Seguros!

Chip internacional para celular

Hoje em dia fica difícil viajar sem celular – ou melhor, sem um celular COM internet – né? Além de avisar a família que está tudo certo, compartilhar fotos no Instagram e fazer check in no Facebook (quem nunca?), estar com internet a todo momento facilita muito a vida dos viajantes para se localizar, fazer alguma busca rápida sobre o destino, abrir o número da reserva e etc.

A gente usa e recomenda o EasySim4U, revendedora da T-Mobile, uma das maiores operadoras de telefonia celular americana. Eles oferecem o chip internacional pré pago e também o plano de internet com cobertura em até 140 países, incluindo Europa, Ásia, Oceania, Caribe e América do Sul. Todas as vezes que usamos a internet era bem rápida, pega até 4G em alguns lugares!

Veja aqui o post completo que fizemos com dicas para você comprar o seu EasySim4U | Clique aquipara comprar o seu chip.