Roteiro de 12 dias pela Califórnia: Los Angeles, Joshua Tree, Laguna Beach e San Diego

A Califórnia é bem diversificada, com cidades badaladas, belos parques nacionais, praias maravilhosas, altos picos para surf e um lifestyle apaixonante. Se você está planejando uma viagem para lá mas não sabe por onde começar, confira esse post com nosso roteiro completo de 12 dias por Los Angeles, Joshua Tree, Laguna Beach e San Diego.

Essa viagem foi a realização de um sonho e a SubViagens merece um agradecimento especial por ter embarcado com a gente neste projeto! Conhecer o sul da Califórnia em uma roadtrip com amigas é uma experiência inesquecível, espero que você tenha essa experiência ao menos uma vez na vida! Mas esse roteiro funciona perfeitamente bem também para casais e famílias, então se este for o seu caso, pode embarcar que a gente garante uma viagem maravilhosa.

Confira também: Roteiro de 1 semana pela Califórnia: Highway 1, San Francisco e Yosemite

Dia 1: Santa Mônica

Tudo começou com nossa amiga Raquel, do blog Vamos pra Onde. Ela surgiu com a ideia de fazermos uma roadtrip pela Califórnia e em menos de 2 meses já estávamos embarcando para lá. Voamos com a United, com uma escala em Houston. Nosso voo foi Rio – Houston – Los Angeles. Essa foi a melhor opção que encontramos, pois assim tivemos um voo longo noturno e outro curtinho já nos EUA.

Durante o planejamento, ficamos na dúvida se valeria a pena alugar um carro ou se era melhor andar de Uber por LA e podemos garantir que a primeira opção é a melhor. Para trechos curtos, tudo bem pegar um Uber, mas para ir do aeroporto até Santa Monica, ou de Venice até Beverly Hills, pode se preparar para gastar uma graninha de Uber, e só é possível pagar com cartão de crédito pelo app. Ou seja, vai ter IOF, dólar oscilante, etc.

Santa Monica foi nossa primeira parada da viagem. Adoramos passear pela 3rd Avenure, um ótimo local para fazer compras. Tem Forever 21, REI, Urban Outfitters, Adidas, entre outras.

Outro local imperdível é o pier de Santa Mônica. Ele tem um parque de diversões vintage que abriga a primeira montanha-russa e roda gigante de toda a costa oeste americana. Além disso, ele é reconhecido por ser o final da rota 66 que é uma das rodoviais mais famosas do país.

Uma dica legal de passeio é alugar uma bicicleta e ir até Venice Beach. São uns 15 a 20 minutos de bike pela ciclovia.

Dia 2: Santa Mônica / Costa Mesa

No segundo dia de viagem, exploramos mais um pouquinho de Santa Monica. Fomos num Farmer’s Market pela manhã e experimentamos os morangos mais gostosos da vida! Eles eram orgânicos, fresquinhos e muito suculentos.

Morangos deliciosos na Farmer’s Market!

Para quem não está familiarizado com o termo, Farmer’s Market nada mais é que uma feira com produtores locais. Essa feira funciona nas quartas-feiras e sábados pela manhã, na Arizona Avenue, entre a 4th Ave e a Ocean Ave.

Nosso almoço foi no delicioso True Food Kitchen. Super recomendamos!

No final do dia fomos até Costa Mesa, local onde iríamos alugar nossa Bluu Max, a kombi que iria nos acompanhar nos próximos três dias de viagem.

Nossa Bluu Max! <3

A VW Surfari nos deu toda a assistência para entendermos o funcionamento do veículo, desde um test drive, até as gavetas da pia, com utensílios para cozinhar, reservatório de água, onde conectar o carro nas tomadas dos campings, etc. Fizemos um post completo sobre a Kombi. Confira aqui como foi viajar de Kombi pela Califórnia.

Como já estava à noite e não havíamos reservado campground na região, eles inclusive nos indicaram alguns locais que talvez tivessem vaga para a noite. Optamos pelo Newport Dunes (U$65 a noite).

O camping foi ótimo, muito bem equipado com power outlet, banheiros, locais para fogueira na praia, além de ser silencioso. Não seria nossa primeira opção, pois o local é um resort, mais voltado para a pesca e há muitos veículos gigantes (as pessoas viajam com a casa sob rodas, sem exageros!). Preferíamos uma opção mais roots, mas ele nos serviu bem para o pernoite.

Dia 3: Joshua Tree

No terceiro dia de viagem, partiu Joshua Tree! Este parque nacional não é dos mais badalados da Califórnia, mas tem uma paisagem desértica incrível. São cerca de 3 horas de carro de Los Angeles até lá (de Kombi dá um pouco a mais). As estradas são ótimas, então a viagem é bem tranquila.

Logo que chegar, vá ao Visitor Center para pagar a taxa de admissão (U$25 para um veículo com todos os passageiros). Lembre-se de pegar um mapa e tirar suas dúvidas sobre o parque: o que fazer, onde comer, etc. Os rangers (guardas do parque) são muito atenciosos e prestativos.

Joshua Tree
Na entrada do Joshua Tree National Park com a Bluu Max!

Nós ficamos no Cottonwood Campground (U$20 a noite), um camping simples, com banheiro, porém sem local para banho ou energia elétrica. Aliás, nem todos os locais de camping tem água, então vá preparado! Quanto a banho, pode esquecer! Se isso for essencial para você, há campgrounds mais estruturados nas proximidades do parque, cerca de 20min. ⠀

Dica: reserve seu camping com antecedência, pois as vagas se esgotam rapidamente.

Joshua Tree
Apreciando o nascer do sol no nosso camping!

Dia 4: Joshua Tree

É possível explorar o Joshua Tree National Park de diversas maneiras. Se você gosta de trilhas e escaladas, há rotas com diferentes níveis de dificuldade. Há caminhadas leves também, como a do Cholla Cactus Gardens, um belo jardim de mini cactus super fofos.

Jardim de Cactos!

Carro é altamente necessário pra andar pelo parque. Creio que não seja viável chegar lá de ônibus. E esteja sempre com o mapa na mão, pois os celulares não terão sinal.

As Joshua Tree, por exemplo, só crescem em lugares muito secos e com altitude acima de 200m. Não é todo local do parque que você as encontra. Por isso a importância do mapa.

Uma linda Joshua Tree na beira da estrada!

Última dica: não deixe de olhar para o céu a noite. Os céus limpos e abertos do Joshua Tree são perfeitos para observar as estrelas, especialmente em noites sem lua.

Dia 5: Palm Springs / Los Angeles

Na volta para Los Angeles, paramos em Palm Springs para conhecer a famosa cidade do Coachella erguida em pleno deserto. O contraste da cidade plana com a cadeia de montanhas que a cerca é incrível!

Aproveitamos pra estacionar a Bluu Max e fazer umas fotos. Ela chamou a atenção dos moradores. Inclusive alguns contemporâneos da Kombi vieram falar com a gente, saudosos de seus tempos de roadtrip pelos EUA. Essa troca de experiência em viagens é sempre muito gostosa!

Pausa para fotos em Palm Springs!

Antes de devolver a VW Surfari, aproveitamos para conhecer uma linda praia na Balboa Island, em Costa Mesa. Ficamos umas duas horinhas passeando com a kombi na cidade, que é super charmosa! Demos um mergulho bem refrescante no fim do dia!

Voltamos para LA para efetivamente conhecer a cidade. Aliás, fica aqui uma dica para esse roteiro: o ideal é passar uns dias em Los Angeles, para depois buscar a kombi e descer a costa ou conhecer os parques da região. A gente acabou fazendo um vai e volta desnecessário.

Confira também: Viagem de carro pela Califórnia: 5 roteiros de 7 dias saindo de Los Angeles

Dia 6: Los Angeles – Beverly Hills

Hospedadas em Beverly Hills, no The Orlando Hotel, começamos nosso tour pela cidade na Rodeo Drive, uma rua que é a cara da riqueza, com diversas lojas de marcas, como Dolce & Gabanna, Tiffany, Valentino… É uma delicia passar umas horinhas por lá!

Beverly Hills
Passeando na famosa Rodeo Drive!

Não deixe de experimentar o sorvete Amorino, feito em formato de flor! Outra boa dica é o Le Pain Cotidien para um café da manhã e o Kreation para um almoço saudável. Pertinho dali, tem um Shake Shack, então se você estiver com vontade de um hambúrguer, essa é a boa pedida.

Nosso almoço no Kreation!

Em seguida, fomos até a Canon Drive e a Beverly Drive, um ótimo spot para fotos com palmeiras bem californianas. Nos restaurantes e bares dessas ruas, é possível cruzar com alguns famosos, tanto é que os paparazzi marcam ponto por lá!

As clássicas palmeiras californianas!

Dia 7: Los Angeles – Beverly Hills e Venice

Não falei muito sobre o hotel anteriormente, mas o The Orlando tem um ótimo custo x beneficio. Ele fica bem localizado na 3rd Avenue e tem diversas lojinhas e restaurantes nos arredores. Para café da manhã indicamos o Joan’s on Third e o Toast Bakery Cafe.

Outro lugar bem legal para explorar em Beverly Hills é a Melrose Ave. Há diversas lojas legais, entre elas vintage shops, porém, esteja preparado para preços bem salgados!

Se você gosta de street art, vai adorar passear por lá e fotografar algumas obras famosas, como as Angel Wings da Colette Miller. Uma delas você pode encontrar na Melrose Av, entre a North Ogden Drive e North Genesee Ave.

Tem também uma parede rosa, fachada da loja Paul Smith, que faz até fila pra fazer foto! Em frente, há outra parede famosa, essa Hello da foto abaixo.

A parede Hello está super famosinha e é ótima para fotos!

No fim da tarde, fomos até Venice Beach passear pela orla, visitar a famosa pista de skate e sentir a vibe gostosa desse bairro descolado e, ao mesmo tempo, curioso. Lá você encontra várias lojinhas de souveniers, então pode ser uma boa comprar lembranças pra família.

Venice Beach
O famoso letreiro de Venice Beach!

Dia 8: Laguna Beach

Aaah Laguna! Ficamos apaixonadas por essa cidade litorânea localizada entre Los Angeles e San Diego. Esse balneário de Orange County tem praias lindas com falésias e areia fininha, alguns spots pra surf e boardwalks para caminhadas no fim do dia.

Dá pra sentir a vibe de Laguna Beach daí?

A Victoria Beach foi nossa primeira parada, uma praia bem familiar, com extensa faixa de areia que vai até a Treasure Island, uma prainha mais escondida e igualmente deliciosa!

Na maioria dessas praias não é fácil estacionar o carro, pois há poucas vagas e em finais de semana ou alta temporada, pode esquecer. O legal é que a prefeitura disponibiliza transporte gratuito para andar por quase toda a cidade.

Victoria Beach, praia super charmosa em Laguna Beach!

Para o jantar, a Gina’s Pizzeria é deliciosa. E para curtir uma música ao vivo, vá ao Sandpiper Lounge, local frequentado apenas por locais!

Dia 9: Laguna Beach

Mais um dia explorando as praias de Laguna Beach! Dessa vez fomos até a Thousand Steps Beach e, caso você esteja se perguntando, não são 1000 degraus até a praia. Devem ser uns 200 apenas, mas dá uma canseira nas pernas! hahah

Essa praia tem uma extensa faixa de areia e uma estrutura bem legal, como a maioria das praias por lá, com banheiros e salva vidas. Dica: vá até o canto esquerdo, há uma gruta acessível apenas na maré baixa. Ela leva até uma piscina natural deliciosa.

Na parte da tarde, depois de almoçar no delicioso Urth Cafe, seguimos para Crescent Bay. Fique de olho na água, pois é bem possível observar golfinhos e baleias nessa região. Há também dois spots para mergulho chamados Seal Rock e Dead Man’s Reef.

Esse cantinho da Thousand Steps é lindo!

Independente de onde você estiver, pare por um momento para apreciar o pôr do sol. Ele é tão lindo que chega a ser cinematográfico. O mais legal é observar as pessoas locais curtindo também, descendo para a praia com cobertores ou cadeiras de praia para sentar e curtir os últimos minutos de luz do dia.

Pôr do sol inesquecível em Laguna Beach

Dia 10: San Diego

Chegamos em San Diego, última parada da nossa viagem pela Califórnia. Como o dia amanheceu nublado, resolvemos fazer uma coisa que todo brasileiro gosta: ir ao outlet! O Las Americas Premium Outlet é enorme e tem lojas para todos os gostos. São 125 lojas ao todo, entre elas Adidas, Billabong, Vans, Tommy Hilfiger, Calvin Klein, Samsonite, Nike, New Balance, H&M, Forever 21, Victoria’s Secret, Aeropostale, American Eagle Outfitters…

O shopping é ao ar livre, como a maioria dos outlets americanos. Mas não precisa se preocupar com o calor do verão e o friozinho do inverno, pois dentro das lojas há ar condicionado ou calefação e você passará pouquíssimo tempo do lado de fora.

Vale a pena? Tem muitas promoções e preços bons. É preciso garimpar, nem tudo é baratíssimo. Mas fizemos ótimas compras e super recomendamos!

Dia 11: San Diego

A gente ficou hospedadas em La Jolla (pronuncia-se “la-rói-a”), um bairro que fica no norte de San Diego, distante 20 km do centro da cidade. Lá você encontra diversas opções de passeios ao ar livre, como caminhadas na orla, aluguel de caiaques e snorkeling, mas há também museus, galerias de arte e restaurantes chiques à beira-mar.

Aproveitando essa área super verdinha de La Jolla com a querida Quel do @VamosPraOnde

O mais gostoso do bairro, porém, e sua vibe saudável, com diversos centros de yoga e restaurantes naturais. Eu como praticante de yoga, adorei a oportunidade de dar uma esticada, e assim começou nosso dia, com uma aula no Buddhi Yoga. Em seguida, tomamos um café da manhã delicioso no Trilogy. Vai por mim, os bowls e smoothies são imperdíveis!

Depois, não podia faltar uma caminhada pelo gramado de La Jolla até a Children’s Pool, local para observar os leões marinhos tomando sol e se divertindo nas pedras. Só o cheiro que não é mole não. hahaha

Children’s Pool é essa praia lá no fundo, onde ficam os leõs marinhos!

No final do dia, fomos até Sunset Cliffs, um lugar conhecido por seu por do sol de tirar o fôlego. Esse parque natural que fica no final da Ocean Beach, abriga belíssimas falésias. O vento é intenso, portanto, leve um casaco adequado e até um gorrinho, dependendo do dia.

Sunset Cliffs: lugar lindo para ver o pôr do sol em San Diego

Dia 12: San Diego

Mais um dia lindo em San Diego! Saímos de nosso hotel cedinho, o Inn By The Sea, e fomos até La Jolla Shores, uma das melhores praias para banho da região. Como tava ventando bastante, demos uma volta no calçadão e seguimos viagem, mas em dias com temperaturas elevadas, essa é uma ótima opção para passar o dia.

La Jolla Shore

Outra praia que adoramos conhecer foi a Windensea Beach, uma praia ótima para surfe, porém, não tão boa para nadar, devido às rochas e às fortes correntes.

Seguimos até a Pacific Beach para conhecer as casinhas fofas do Crystal Pier Hotel. Imagina se hospedar literalmente em cima do mar! O cais de madeira construído em 1927 tem uma vibe vintage e única com esses chalés em branco e azul.

Conhecendo o charmoso Crystal Pier Hotel, na Pacific Beach, em San Diego

Para fechar nosso último dia na cidade, fomos um pouco mais longe, até Coronado Beach, outra praia especialmente bonita, localizada na ilha de Coronado. Uma atração a parte é o Hotel Del Coronado, construído em 1888 e decorado com torres semelhantes a castelos, com um tom castanho avermelhado. Nós fizemos um delicioso picnic na praia, mas este hotel tem diversos restaurantes de frente para o mar que podem ser uma ótima opção para o fim de tarde.

Dia 13: retorno para LA

Depois de 12 dias maravilhosos e inesquecíveis pela Califórnia, voltamos pra Los Angeles em uma viagem bem tranquila de cerca de 3h. Devolvemos nosso carro e encerramos nossa trip com uma última passadinha no In and Out, fast food delicioso que tem em todo canto! Não deixe de provar o “double double” e a batata “animal style”.

In’ n Out, fast food bem gostoso na Califórnia!

Dicas gerais

Pacotes

Uma ótima opção para essa viagem é fechar um pacote, muitas vezes sai mais barato do que organizar tudo por conta própria. Nossa dica é ficar de olho no site da SubViagens. Umas semanas atrás rolou um pacote imperdível pra Califórnia por lá! R$2400 com aéreo + 7 dias de hospedagem em Los Angeles!!! Para você ter uma ideia, esse valor a gente pagou somente no aéreo. Vale a pena dar uma passada no site deles para conferir. Vai que você dá sorte de encontrar um pacote desses!

Seguro viagem

Não dá para viajar sem seguro viagem! Afinal, imprevistos também acontecem durante as férias. Já imaginou sofrer um acidente ou ter algum problema de saúde longe de casa? Para evitar ainda mais dor de cabeça nessas horas, é essencial ter o seu seguro viagem garantido.

Sempre fazemos o nosso pelo site do Real Seguros, que possui várias seguradoras conveniadas. Eles comparam os melhores preços e todo o processo é feito de forma bem prática – você recebe a apólice por e-mail e ainda pode dividir em 6x sem juros ou ganhar 5% de desconto no pagamento à vista.

Clique aqui para fazer a sua cotação no site da Real Seguros!

Chip internacional para celular

Hoje em dia fica difícil viajar sem celular – ou melhor, sem um celular COM internet – né? Além de avisar a família que está tudo certo, compartilhar fotos no Instagram e fazer check in no Facebook (quem nunca?), estar com internet a todo momento facilita muito a vida dos viajantes para se localizar, fazer alguma busca rápida sobre o destino, abrir o número da reserva e etc.

A gente usa e recomenda o EasySim4U, revendedora da T-Mobile, uma das maiores operadoras de telefonia celular americana. Eles oferecem o chip internacional pré pago e também o plano de internet com cobertura em até 140 países, incluindo Europa, Ásia, Oceania, Caribe e América do Sul. Todas as vezes que usamos a internet era bem rápida, pega até 4G em alguns lugares!

Veja aqui o post completo que fizemos com dicas para você comprar o seu EasySim4U | Clique aquipara comprar o seu chip.

E aí, curtiu o roteiro? Espero mesmo que ele tenha ajudado você a planejar sua viagem.  Se surgiu alguma dúvida, deixa aqui sua pergunta que me esforçarei ao máximo para ajudar =)