Categoria: Chapada dos Veadeiros

Como viajar para a Chapada dos Veadeiros gastando pouco

Muita gente acha que viajar de avião é caro e que para isso é preciso juntar muito dinheiro. Nós somos a prova de que não é bem assim. Estamos sempre viajando e fazendo programas diferentes sem gastar muito, e tudo isso depende de uma única coisa: planejamento. Se você chegou até aqui, é porque você quer saber como viajar para a Chapada dos Veadeiros gastando pouco. Então vem com a gente e descubra as nossas dicas no post de hoje.

5 cachoeiras imperdíveis na Chapada dos Veadeiros

#1 Almécegas I: uma queda de 60 metros surpreendente que vai fazer você perder o fôlego!Almécegas2A cachoeira Almécegas I está localizada dentro da Fazenda São Bento, que fica na estrada entre Alto Paraíso e São Jorge. O acesso é fácil e a trilha leva aproximadamente 20 minutos. Você poderá explorar a cachoeira de três maneiras: do mirante, onde você terá um visual incrível de frente para a queda; lá de baixo, onde você poderá mergulhar e ir embaixo da queda; e nas piscinas, que ficam na parte de cima, com mini poços ótimos para relaxar.

Chapada dos Veadeiros [Dia 1]: Vale da Lua

Como falamos no primeiro post sobre a Chapada dos Veadeiros com as nossas dicas para você organizar a sua viagem, ficamos por lá durante 4 dias e não queríamos perder tempo! O nosso voo foi no sábado bem cedinho, então às 10h já estávamos saindo de Brasília para percorrer os 258km de carro até Alto Paraíso. Chegamos 13h na cidade e fomos direto explorar a primeira cachoeira: O Vale da Lua.Vale da LuaUm amigo deu a dica de ir direto para o Vale da Lua, já que fica localizado na estrada entre Alto Paraíso e São Jorge. Fomos antes mesmo de deixar as malas no camping e foi uma ótima escolha, assim conseguimos aproveitar o primeiro dia para conhecer as belíssimas formações rochosas que remetem às crateras lunares (daí a origem de seu nome).Trilha Vale da LuaDSC_0028 (1)O Vale da Lua fica há 35km de Alto Paraíso, sentido São Jorge. É só entrar com o carro onde tem uma placa bem grande indicando, andar mais alguns metros por uma estradinha de terra coberta por árvores e estacionar o carro no grande espaço disponível para isso. Há também algumas lanchonetes com deliciosos pães de queijo para recarregar as energias e banheiros.

Na entrada da trilha, é preciso pagar R$10,00 por pessoa, e você receberá uma pulseirinha identificando o seu pagamento, para o controle dos fiscais. Também é preciso assinar uma ficha com alguns dados, inclusive com um telefone de emergência.

Vale da Lua

A trilha é bem leve, demoramos cerca de 15 minutos para chegar nas formações rochosas. Lá você andará mais um pouquinho observando as crateras e a força da água que passa entre elas. Um cenário totalmente incomum e surpreendente!

Andando mais um pouquinho, você chegará nas “piscinas”. São três no total, mas a primeira estava fechada por conta do volume da água (talvez seja aberta na época da seca). As duas outras piscinas eram ótimas, com água bem clara, partes fundas ideais para mergulho e pedras para relaxar. Dá pra usar a criatividade e tirar fotos incríveis!

6-001Chapada dos Veadeiros Vale da LuaDCIM108GOPROVale da Lua PiscinasDCIM108GOPROPor ser Carnaval e um local de fácil acesso, estava bem cheio, mas conquistamos o nosso espacinho e aproveitamos mesmo assim. A dica é ir cedinho, até para evitar as chuvas que sempre rolam a tardinha.

Para nossa surpresa, uma moça Israelense passou com um isopor vendendo Açaí. Pronto, estava perfeito: sol, cachoeira e um açaí delícia para matar a nossa fome. O potinho de 300 ml custou 8,00 e já vinha com granola. Ela nos contou que mora pertinho e está sempre por ali!Açai vale da lua
Lá existem também alguns “seguranças”. O local é bem perigoso por conta da correnteza da água, então eles ficam de olho em quem ultrapassa o limite (geralmente são colocadas cordas indicando que não é para ultrapassar aquele lugar). Se alguém sai do caminho, ele avisa e pede para a pessoa não se arriscar. Nos sentimos muito mais seguras com eles por ali, e é bom sempre respeitá-los, já que com a natureza não se brinca.DCIM108GOPROPara conhecer o Vale da Lua você não precisará de muito tempo, então poderá incluí-lo no seu roteiro junto com outras cachoeiras. Acabamos indo no primeiro dia pois já havíamos perdido a manhã, mas você pode explorá-lo em apenas uma tarde ou em uma manhã tranquilamente.

Aqui vão algumas sugestões de cachoeiras próximas que você poderia visitar no mesmo dia do Vale da Lua:

Fazenda São Bento (Cachoeiras Almécegas I, II e São Bento)
Horário de Funcionamento: 07h às 17h

Cachoeira dos Cristais
Horário de Funcionamento: 08h às 18h

Fazenda Loquinhas
Horário de Funcionamento: 08h às 18h