Categoria: Chile

Dicas para visitar Valparaíso em 1 dia

Valparaíso, cidade portuária do Chile, fica a pouco mais de 100km de Santiago e se você gosta de arte, cidades desajeitadas,  mas vivas, andar sem rumo para descobrir você mesmo os encantos do local, certamente vai ficar fascinado como fiquei! É um ótimo destino para um final de semana se você estiver por aquelas bandas.

Pablo Neruda descreveu a cidade melhor que ninguém: ‘Valparaíso, olhe o absurdo que você está … você não penteou o cabelo, você nunca teve tempo para se vestir, a vida tem te surpreendido sempre.’ Ele não foi o único artista a se apaixonar pelos encantos inesperados de Valparaíso. Uma cidade que transpira arte, em cada beco e cada esquina, ela é inspiração para pintores, poetas, filósofos.

É tão gostoso se perder nas subidas e descidas do Cerro Alegre e Cerro Concépcion! Um labirinto de ruelas, becos, e escadarias, com grafitti aqui e ali, mansões abandonadas, casas de cores vibrantes, pessoas simpáticas, meios de transporte alternativos (os ascensores). Esses tais ascensores são parte importante do passeio, funcionam como elevadores que interligam a cidade baixa aos morros, algo como o Elevador Lacerda em Salvador. Eles são baratinhos, facilitam a vida, e são um passeio legal só pela experiência de subir ou descer puxada por fios de aço poderosos. Eram cerca de 30 ascensores no passado, mas hoje em dia apenas 9 estão em funcionamento.

Valparaiso2

Para você montar seu roteiro, nada melhor do que ter um mapa da cidade em mãos, peça no seu hotel ou faça o download através desse link. Dividi meu roteiro em duas partes. A primeira parte fiz em uma manhã, acordei com calma, coloquei uma roupa levinha e confortável para poder andar, pois optei por fazer tudo a pé.  Saí às 10h da manhã eminha primeira parada foi a La Sebastiana, casa do famoso poeta chileno Pablo Neruda. Que casa mais curiosa! São quatro andares recheados de mobília dos anos 50, uma extensa coleção de pinturas de navios, vitrais, objetos interessantes, cores e coleções de tudo quanto é tipo. Isso sem falar na vista maravilhosa. Eles pedem para que os visitantes não tirem fotos, e assim o fiz, para deixá-los curiosos. Vale a pena a visita.

O tour é muito bem estruturado em torno de um áudio que você recebe ao entrar, podendo escolher sua língua de preferência, e há a opção de português. A partir daí é só ir seguindo o roteiro e ouvindo um pouco da história de Neruda e sua personalidade forte,  dos objetos, das festas que rolavam por lá. Ele era muito festeiro! Gostaria de tê-lo conhecido.

Depois de apreciar a vista por mais alguns minutos me pus à caminhar novamente. Fui morro abaixo passando pelo Museo a Cielo Abierto, local com murais coloridos que decoram casas e paredes do Cerro Bellavista. O projeto data da década de 70 e foi feito por alunos do Instituto de Arte da PUC Valparaíso.

A segunda parte do roteiro foi pela parte baixa da cidade. Passei por prédios históricos, como o Tribunales de Justicia, o Edifício Aduana e a Plaza Sotomayor. Minha ideia era procurar algum lugar para almoçar no Mercado Puerto, pois ouvi dizer que lá é ótimo para frutos do mar, mas infelizmente quando fui estava em reforma. Por fim, fiz um passeio de barco em que vi alguns leões marinhos (e essa foi a única parte interessante) enquanto o guia ía contando alguma coisa que eu não conseguia entender por ser em espanhol e por ele não ter um alto falante. É, não recomendo esse passeio exatamente.

Voltando a parte alta da cidade, a melhor maneira de conhecer a região é andar a pé mesmo. Apesar das muitas subidas e descidas, as ladeiras não são de todo ruim. Para almoçar ou jantar a Calle Almirante Montt ou a Calle Cumming são uma boa, lá você vai encontrar uma variedade de restaurantes, cafés e galerias. Dê uma paradinha na sorveteria Amor Porteño, uma delícia para dar uma descansada e tomar fôlego para continuar a caminhada. Valparaiso1

INFORMAÇOES UTEIS

ONDE FICA:

Screen Shot 2014-03-23 at 1.30.05 PM

COMO CHEGAR: Pegar o metrô até a estação Universidad de Santiago, que é onde fica o terminal rodoviário. Tem algumas empresas de ônibus que fazem esse trecho, são elas a Pullman, a Tur Bus e a Condor e tem o tempo todo. Se você estiver planejando ir numa sexta a tarde pra voltar domingo, vale a pena comprar antes a passagem só por precaução. A viagem que dura cerca de 1h45 me custou CLP6000 a ida e CLP3500 a volta, mas me parece que me cobraram caríssimo pra ida, pois geralmente os preços são em torno de CLP3000, fiquem de olho ao comprar a passagem.
Da rodiviária até seu hotel existe a possibilidade de pegar taxis compartilhados, transporte comum que tem nas ruas de Valparaíso. É bem em conta, mas confuso pra quem não é da área. Peça ajuda nos quiosques de informação da rodoviária e tá tranquilo. Mas se optar pelo taxi, vai custar cerca de CLP5000 até o Cerro Concepción.

ONDE FICAR: La Valija, que hostel simpático! Foi uma excelente escolha, bem localizado, limpinho, organizado, o staff foi super útil e ajudou bastante com dicas de onde ir e o que fazer. Recomendadíssimo.

HIGHLIGHTS:

La Sebastiana 
Endereço: Ferrari 692
Horário de Funcionamento: 10:30 às 18:50 de terça a domingo
Entrada: CLP 4000 (R$16,50) / CLP 1500 (R$6,50) para estudante

Museo a Cielo Abierto
Endereço: próximo a Calle Rudolph e Calle Ramos
Horário de Funcionamento: 24h
Entrada: de graça