Couchsurfing: sim ou não?

Você conhece o CouchSurfing? Com CouchSurfing você pode ficar com locais em cada país do mundo. Você fica na casa de alguém e experimenta o mundo de uma maneira bem diferente do turismo tradicional, ou da maneira que você quiser, mas gastando quase nada. Economizar na acomodação é um adianto para quem viaja com pouco dinheiro e tem um orçamento apertado.

Além disso, você pode ser um host e receber pessoas do mundo todo no seu sofá, é uma troca cultural constante e sempre enriquecedora. Você pode praticar uma língua, conhecer novas culturas, trocar uma ideia com alguém que vem de longe, ouvir as histórias dela e compartilhar as suas.

Antes de experimentar couchsurfing eu sempre ficava com um pé atrás, porque afinal de contas você vai ficar na casa de alguém que você nem conhece né. Mas eu sempre tive curiosidade de saber como funcionava e já havia ouvido histórias positivas e negativas sobre esse esquema até que surgiu essa oportunidade quando eu estava indo para Santiago, no Chile, passar uns dias sozinha por lá.

Contei um pouquinho da minha história, de onde estava vindo e pra onde estava indo e fiz a solicitação de um sofá pra algum desconhecido que pudesse me acolher. Tive a sorte de encontrar o Felipe, que me acolheu super bem e me levou pra dar uma volta pela cidade no tempo livre dele.IMG_0091

Foi muito bom ver um pouquinho da cidade através dos olhos de um local, pois assim pude visitar áreas que não estão nos guias turísticos, como por exemplo, comi a melhor empanada da cidade graças a ele!

Se você está sozinho, o CouchSurfing pode ser uma excelente opção de hospedagem para sua viagem. Isso porque você poderá ter as dicas de um local e também encontrará com mais facilidade quem o receba.

Para selecionar as pessoas tanto que te receberão como as que você vai receber, veja os comentários sobre ela e as interações que ela já teve. Por isso é importante que você invista também no seu perfil procurando aditivá-lo com reviews e dando feedback para quem você conheceu também.

Resumindo, eu adorei minha experiência de CouchSurfing e indico esse tipo de acomodação para um turismo mais backpacker. Lembrando que é sempre bom tomar as precauções devidas para não cair numa roubada. 😉

Você já fez uso do CouchSurfing? Conta pra gente como foi a experiência!

Beijos,
Gaia