Praia dos Nativos Trancoso

Trancoso: as melhores dicas para você planejar a sua viagem

Sonhando em conhecer Trancoso? Nesse post você vai encontrar todas as informações para conhecer essa vila super charmosa da Bahia e cheia de praias lindas. Confira onde fica, como chegar, o que fazer, onde se hospedar e outras dicas essenciais para planejar sua viagem para Trancoso!

Conheça Trancoso

Trancoso é uma vila ainda bastante tranquila, descoberta pelos hippies nos anos 70. Convidativa por sua beleza natural preservada, atrai muitos jovens e estrangeiros todos os anos.

Foi fundada no inicio da colonização portuguesa pelos jesuítas como aldeamento indígena para catequização dos índios e, de uns tempos para cá, virou um destino para artistas e pessoas interessantes que curtem o charme de Trancoso.

Agora, um pouco mais explorada, as opções de lazer variam entre praias, história, cultura, entretenimento, restaurantes, bares, festas, entre outras atrações. Confira!

Onde fica Trancoso?

Trancoso fica na Costa do Descobrimento, localizada na região sul da Bahia. Essa região engloba o litoral que vai do município de Belmonte até o município de Prado, passando por famosos destinos brasileiros como Porto Seguro, Arraial D’Ajuda e Trancoso.

Como chegar em Trancoso?

O aeroporto mais próximo é o de Porto Seguro, de lá você tem algumas opções para chegar à Trancoso.

Como ir de Arraial D’Ajuda para Trancoso?

Se você está indo a partir de Porto Seguro, deve seguir para o lugar de onde saem as balsas (R$4,50) e fazer a travessia com destino a Arraial d’Ajuda, que fica a 26km de Trancoso. São 50 minutos de viagem, em estrada asfaltada, porém com muitas curvas.

Você pode fazer a travessia como passageiro na balsa ou atravessar com o carro (R$18,00). Nesse caso, o trecho da ida é cobrado o valor do carro + o valor por pessoa. Na volta é cobrado apenas o valor do carro. As balsas funcionam 24 horas e saem a cada 30 minutos (de madrugada as saídas são de hora em hora).

Do outro lado da travessia, partem ônibus e vans para o centro de Arraial d’Ajuda. Esse trajeto é feito pela Viação Águia Azul. Os ônibus saem de hora em hora entre 6h e 18h, e custam R$3,25.

Este foi o trajeto que eu fiz, pois era a única opção que eu tinha. Fica bem cansativo, principalmente se você está com malas. Chegando no centro de Trancoso, é possível acessar a maior parte das pousadas a pé.

Quando visitar Trancoso?

Com um clima ameno o ano inteiro, Trancoso recebe turistas brasileiros e estrangeiros com muita frequência. Se você procura agito, é claro que na alta temporada há sempre mais eventos e o tempo fica mais firme, mas por outro lado, os lugares costumam ser mais cheios e mais caros. Se está procurando sossego, entre abril e junho e entre setembro e novembro podem ser bons meses.

Casinhas de Trancoso
As casinhas coloridas são o charme de Trancoso

Há também outros momentos em que a cidade fica cheia, como durante o festival de música em Trancoso que acontece no mês de março e está em sua sexta edição, além dos feriados como Páscoa, Corpus Christi, Independência, e dia de Nossa Senhora.

O que fazer em Trancoso?

Perto do Quadrado, ou seja, do centrinho de Trancoso, estão a Praia dos Nativos e a Praia dos Coqueiros. Você consegue ir a pé e ficar relaxando o dia todo.

Existem outras praias dentro ou próximas da cidade, como a famosa Praia do Espelho, considerada uma das mais bonitas do Brasil e o vilarejo de Caraíva, que vem sendo cada vez mais falado. Mas agora vamos àquelas praias perfeitas para quem não quer pegar carro durante as férias:

Praia dos Nativos

Localizada ao norte da barra do rio Trancoso, essa praia é famosa pelos beachclubs onde se servem comidas típicas da Bahia, aperitivos e bebidas. Fique esperto pois a maioria delas cobra consumação mínima no período de alta temporada. É no entorno desta praia que se encontram também algumas das melhores pousadas da região.

Caminho Praia dos Nativos Trancoso
O caminho para a Praia dos Nativos, em Trancoso
FlyClub Trancoso
Você pode aproveitar para relaxar em um dos beachclubs

Praia dos Coqueiros

Continuando pela Praia dos Nativos ou descendo ao lado direito da Igreja do Quadrado, você vai chegar ao sul da barra do rio Trancoso, onde se encontra a Praia dos Coqueiros.

Como o próprio nome já diz, a praia é cheia de coqueiros, além de cavalos e vendedores ambulantes. Mais movimentada que a praia anterior, a Praia dos Coqueiros também possui beachclubs servindo comidas e bebidas típicas da Bahia.

Praias de Trancoso
Mar calmo e limpo, a Praia dos Coqueiros é mais uma das belezas de Trancoso
Praia dos Coqueiros Trancoso
A praia dos Coqueiros faz jus ao seu nome
Beachclub Trancoso
Também há ótimos beachclubs para curtir na areia da Praia dos Coqueiros

Consegui encontrar uma barraca que não cobrava consumação mínima chamada Enseada Beach. Como fui na metade de Fevereiro, a cidade não estava tão cheia como Janeiro ou Carnaval. Gostei de lá pois a música estava boa e a água de coco bem gelada.

Não sei vocês, mas não consigo ouvir axé por muito tempo sem cansar! Rs! Uma outra barraca muito bem falada é a Barraca do Jonas e o famoso Café de la Musique, que conta com DJs famosos em épocas de alta temporada.

Enseada Beach Trancoso
Tive que aproveitar para beber uma água de coco na beira da praia

O Quadrado

O Quadrado é o coração de Trancoso, um ponto imperdível para quem curte um jantar com música ao vivo, um garimpo pelas lojinhas de roupas e acessórios e um clima rústico que a igrejinha branca nos trás.

Há também a ampla praça para quem curte beber uns drinks gastando menos ao som de amplificadores. O importante é não deixar de conhecer o quadrado.

Quadrado Trancoso
É tudo bem rústico mas cheio de história

Igreja

A tradicional igrejinha de Trancoso e o mirante, que fica logo atrás, formam um clássico ponto turístico da cidade. Quando visitei Trancoso pela primeira vez tinha uns 10 anos de idade, então não me lembro de muitas coisas… mas aquela igrejinha nunca saiu das minhas lembranças!

Lá a gente se sente longe dos problemas de cidade grande. Além disso, tive a sorte de pegar uma noite de céu estrelado e pude ficar um tempão ali contemplando. 😉

Igreja trancoso
Igreja São João Batista, erguida em 1656

Lojinhas

É nas casinhas simples e coloridas do Quadrado que ficam boutiques de grifes famosas como Lenny Niemeyer e Osklen, misturadas à lojas de artesanato, decoração e acessórios.

O melhor horário para passear por essas lojinhas é no final da tarde, por volta das 18h, com o pôr do sol ao fundo. Depois dá para aproveitar e escolher um restaurante para terminar a noite.

lojas de trancoso
As lojas de grife e as de artesanato se misturam no Quadrado de Trancoso

Restaurantes

As opções são muitas, tanto dentro do Quadrado quanto fora. Pelo que observei, a grande maioria dos restaurantes serve frutos do mar e pratos típicos da região.

Na minha primeira noite, eu não queria comer nada disso, então tratei de encontrar uma hamburgueria e cervejaria bem legal chamada Bem Te Vi. O hamburger de picanha com molho dijon (R$39) estava delicioso e o legal é que no cardápio eles associam cada hambúrguer a um tipo de cerveja, que neste caso seria a Pale Ale.

Dica: atrás do restaurante, você encontra uma vista linda para o mar.

restaurantes de trancoso
O hambúrguer que escolhemos, nota 10

Na segunda noite, escolhi jantar no Café Cultura, pois estava rolando uma música ao vivo com uma cantora muito boa. Dei uma olhada no menu e gostei dos pratos.

Acabei pedindo um risoto de limão siciliano com peixe (esqueci agora qual era!), mas as opções eram muitas. O café cultura também é um hostel super aconchegante, onde muitos estrangeiros se hospedam.

onde comer em trancoso
Música ao vivo, clima aconchegante e a comida deliciosa

Um detalhe é que de dia, quase nenhum restaurante abre. Se você quer almoçar no quadrado, indico o Rabanete, um restaurante buffet à quilo com variadas opções de salada, comida mineira e frutos do mar, bom para quem não quer perder tempo, mas procura uma opção gostosa e saudável (R$69 kg).

Em anexo ao Rabanete, fica uma casinha menor, mas do mesmo dono, onde é possível encontrar diversos tipos de doces e cafés. Você pode se sentar do lado de fora, embaixo das árvores para comer num clima gostoso e fresquinho. Fecha às 17h!

Onde se hospedar?

Se você se preocupa com o meio ambiente e gosta de passar as férias próximo à natureza, você vai amar a Pousada Mata N’ativa. Ela nasceu exatamente com este pensamento ecológico e adicionou algumas pitadas de charme e conforto para que os hóspedes sintam essa forte relação da pousada com a natureza, assim como o cuidado constante com pequenos detalhes.

Para fechar sua reserva pelo Booking, clique aqui! Lembre-se que se você fechar sua hospedagem através deste link, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a manter o blog ativo, pois ganhamos uma pequena comissão!

Pousada Mata Nativa
O spa da Pousada Mata N’ativa é um sonho

Como se locomover em Caraíva?

O ideal é se locomover de carro ou a pé, pois os taxis cobram muito caro, dependendo da distância. Se você for por exemplo do Quadrado para uma pousada que fica a 5 minutos andando de lá, eles cobram o preço mínimo que é de R$20. Caso vá do Quadrado para o centro da cidade, esse valor sobe para R$30 (preços de alta temporada).

Sem dúvidas, alugar um carro é a opção mais confortável, principalmente se você quiser visitar outras praias mais distantes. Nossa sugestão é dar uma conferida no site da RentCars, eles pesquisam para você os melhores preços entre as locadoras de veículos.

Há também a possibilidade de se locomover de moto taxi – há um ponto bem na entrada principal do Quadrado.

Informações úteis

  • Caso queira pedir um táxi, ligue para o ponto da praça São João: (73) 3668-1260
  • Se a melhor opção para você é um moto táxi: (73) 3668-2285
  • Não se preocupe, há bancos em Trancoso para quaisquer necessidades: Bradesco (agência) – Av. Itabela s/n Caixas eletrônicos – Itaú (Shopping Canto Verde), Banco do Brasil (Supermercado Nogueira) e Caixa Econômica (Supermercado Sol e Mar)
  • A voltagem na Bahia é de 110V
  • Planeje transfers para fora (Caraíva, Praia do Espelho…) com antecedência. Em cima da hora é difícil fechar determinados tipos de passeio e você vai acabar pagando mais caro.

Que tal continuar sua viagem pelo litoral baiano? Confira outros destinos para adicionar ao seu roteiro:

Conheça os encantos da Península de Maraú, na Bahia
Um guia para curtir as praias e outros passeios imperdíveis em Itacaré, Bahia