Morro dos Palmares

Como é a trilha do Morro dos Palmares em Petrópolis

Petrópolis é o verdadeiros paraíso para quem gosta de fazer trilhas e caminhadas – opções não vão faltar para você aproveitar um lindo dia de céu azul. Recentemente conhecemos o Morro dos Palmares, localizado no bairro Araras.

A trilha é “leve-superior”, com elevação de 600 metros e uma distância de 4km até o seu cume. Abaixo você vai conferir onde fica, como chegar, como é a trilha e mais dicas para encarar essa aventura!

Morro dos Palmares: onde fica e como chegar

Araras é um bairro muito charmoso de Petrópolis, com boas opções de restaurantes, pousadas e passeios de ecoturismo. Aproveite para conferir o nosso roteiro completo de Petrópolis para conhecer mais da cidade e seus bairros!

Além do Morro dos Palmares, o bairro, que é cercado por montanhas, é a base para fazer outras trilhas como o Cuca, a difícil Maria Comprida e a Pedra da Índia.

Morro dos Palmares
Morro dos Palmares, Araras | foto: @mountain_drone

A maneira mais fácil de chegar em Araras, partindo do centro de Petrópolis, é de carro, pela estrada BR 040. Também é possível ir de ônibus até o centrinho da cidade, pegando a linha 670 que faz o trecho centro – araras.

Do centro de Araras até o início da trilha do Morro dos Palmares, você deve percorrer aproximadamente 2km, até chegar na rua Alameda Joaquim Crespo de Pinho. Sugerimos ir com guia ou com pessoas experientes que já tenham feito a trilha, pois é um pouco difícil de encontrar o início. Nesse link você pode conferir as coordenadas no Google Maps.

Veja também: 10 passeios de ecoturismo em Petrópolis

Como é a trilha do Morro dos Palmares

A trilha é classificada como leve-superior – são 4km até o cume e 4km para retornar até a base, com vários trechos de elevação e alguns trechos mais técnicos, onde precisamos fazer uma pequena escalada.

A primeira metade da trilha é toda em mata fechada, em uma trilha bem aberta e demarcada. Alguns trechos confundem, já que é o mesmo acesso de outra travessia que tem ali por perto, mas fomos com guia e não nos perdemos.

Trilha Morro dos Palmares
Um trecho da trilha do Morro dos Palmares

A segunda parte da caminhada é no “chapadão”, pouco antes de chegar no topo da montanha. Esse trecho é mais aberto, com vegetação baixa e mais seca. Leve sua garrafa de água, mas não se preocupe, um pouco antes da metade da trilha passamos por uma nascente e tomamos água fresquinha!

É preciso ter um bom preparo físico para aguentar a longa caminhada, com trechos íngremes. Eu senti dificuldade no início, que começa com bastante elevação e também senti um pouco de dificuldade na parte de escalada, já no alto da montanha.

Morro dos Palmares
Maria Comprida ao fundo!

Reforço que o ideal é você ir com um guia ou um grupo experiente, pois nesse trecho de escalada, pode ser preciso usar cordas e equipamentos específicos. Nós fomos com um grupo do CEP – Centro Excursionista Petropolitano – e adoramos a experiência. Éramos 9 pessoas, dentro elas guias e escaladores. Me senti super segura durante toda a caminhada!

Morro dos Palmares
Com o grupo querido do CEP, no cume do Morro dos Palmares

*É preciso se associar ao CEP para participar desses grupos de caminhada. Você pode ver mais informações no site!

Chegando no cume do Morro dos Palmares, podemos ver uma linda vista para as montanhas da região, incluindo a imponente Maria Comprida – uma das trilhas mais difíceis da serra!

Morro dos Palmares
Visual do cume do Morro dos Palmares

Logo quando chegamos no chapadão, ainda cedinho, as nuvens estavam baixas, deixando a paisagem muito linda! Estar em contato com a natureza, fazendo um bom exercício e ainda ser recompensada com paisagens como essa, é uma experiência única.

Morro dos Palmares
Mar de nuvens durante a nossa caminhada!

Percorremos os 8km em 4h30, em um ritmo tranquilo. Recomendo essa trilha para quem já está acostumado com montanhas e quer conhecer um visual diferente de Petrópolis!

Veja também: Morro Açú – como foi caminhar 6 horas para chegar até o topo

Checklist para a trilha

Para não passar perrengue durante longas caminhadas como essa, a dica é fazer um checklist!

Tênis ou bota para trilha

Mochila de ataque 

Legging ou calça confortável para este tipo de atividade

Blusa com filtro UV

Boné ou chapéu

Protetor solar

Repelente

Capa a prova d’água para o celular

Saco estanque para itens valiosos, como carteira e cameras

Bateria externa para o celular

*Super dica: durante a trilha passamos por uma espécie de planta que, em contato com a pele, “queima”, fazendo um machucado bem desagradável que coça muito. A dica principal é ir de calça comprida e blusa de manga comprida, mesmo no calor!

**Mais uma dica: para aguentar longas caminhadas, sugerimos o uso de bastões de caminhada. Eles são ótimos para dividir o peso do corpo, evitando que o joelho e as costas fiquem sobrecarregados. Você pode conferir modelos de bastões de caminhadas aqui.

Veja também: Como escolher a mochila ideal para trekking // Como escolher a bota de trekking ideal para você

Onde se hospedar em Araras

Se você quer aproveitar o final de semana para fazer a trilha e curtir a natureza exuberante da Serra, pode ser uma ótima opção escolher Araras para se hospedar.

Morro dos Palmares
Visual das montanhas de Araras

Pousada Recanto das Araras: vários chalés super charmosos, com vista para a Pedra Maria Comprida. Uma delícia de hospedagem em meio à natureza!

Chácara Aracê: uma das opções com o melhor custo x benefício para se hospedar em Araras. O clima parece de casa de final de semana, quartos bem charmosinhos!

Pousada Fazenda das Videiras: bem pertinho de Araras está outro bairro chamado Vale das Videiras, igualmente charmoso e cercado por natureza. A arquitetura da Fazenda das Videiras é linda!

Veja também: 10 pousadas charmosas para se hospedar em Itaipava


Se você gostou desse post, vai adorar saber mais sobre outras trilhas de Petrópolis!