onde esquiar em bariloche e arredores

Onde esquiar em Bariloche e arredores

Nesse post você vai conferir onde esquiar em Bariloche e também dicas de estações de ski nos arredores da cidade, como o Cerro Bayo, Cerro Chapelco e Cerro La Hoya, para aproveitar bastante a sua viagem de neve!

Bariloche é um dos principais destinos da América do Sul quando o assunto é esquiar! Além de ter uma ótima estação de ski para quem quer se aventurar no esporte, a cidade possui uma boa estrutura, com muitos hotéis, bons restaurantes e outros passeios interessantes!

Onde esquiar em Bariloche: Cerro Catedral

O Cerro Catedral é a principal estação de ski de Bariloche, localizado a 19km do centro da cidade. A montanha faz parte do Parque Nacional Nahuel Huapi e foi um dos primeiros centros de ski da América do Sul.

É muito frequentado por turistas que vão até lá para ter o primeiro contato com a neve e fazer a primeira aula de ski ou snowboard. É claro que entusiastas do esporte, principalmente da América do Sul, também vão para aproveitar bastante as 53 pistas de diferentes níveis de dificuldade ao longo das montanhas.

onde esquiar em Bariloche
Esquiando e aproveitando a paisagem para o Lago Nahuel Huapi, no Cerro Catedra!

A estrutura do Cerro Catedral é ótima para quem quer esquiar em Bariloche: apesar de ficar distante do centro da cidade, tem um pequeno comércio, com mercadinho, restaurantes, hotéis e lojas de aluguel de equipamentos. Se você vai viajar apenas para esquiar, vale a pena se hospedar ali por perto! Outra dica boa é comprar o passe para vários dias, ao invés do passe diário – as tarifas são um pouco mais em conta!

Mas, se a sua intenção é apenas apreciar a neve, você pode pegar o teleférico (pegue o Amancay, que é fechado e leva até um café bem gracinha, com visual bonito) e ir até o alto da montanha para curtir a belíssima paisagem para os lagos de Bariloche. É de tirar o fôlego, principalmente se você der sorte com um dia bonito de céu azul!

Lá no alto há alguns cafés e restaurantes para se esquentar enquanto toma um chocolate quente e observa os esquiadores pra lá e pra cá. Um programa super legal que a gente recomenda, apesar dos preços altos das refeições e bebidas.

Os valores do passe variam de acordo com a temporada. Você pode conferir o tarifário atualizado no site do Cerro Catedral.

Mais informações: o jeito mais prático de chegar no Cerro Catedral é de carro. Uma dica boa para não pagar estacionamento é alugar equipamento de ski / snow em alguma lojinha que tenha estacionamento, pois geralmente é cortesia para quem aluga.


A gente recomenda o site Rent Cars para aluguel de carro. Eles comparam os melhores preços entre as principais locadoras disponíveis no destino! 


Ônibus é a forma mais econômica (e também menos confortável) para ir até o Cerro. Primeiro, você precisa ter um cartão chamado SUBE recarregado, que pode ser comprado no centro da cidade. A linha que faz o trajeto Centro Cívico – Cerro Catedral é a 55 e teoricamente passa a cada 30 minutos. Saiba mais detalhes nesse post do blog Quero Viajar Mais.

Veja também: Tudo que você precisar saber para planejar a sua viagem para Bariloche

Cerro Bayo, Villa La Angostura

Villa La Angostura é uma charmosa cidadezinhas, a 1h30 de Bariloche. É uma ótima alternativa para quem procura um destino menos turístico, com bons restaurantes e opções de lazer mais autênticas.

Cerro Bayo é a estação de esqui mais próxima da pequena cidade, a apenas 14km de distância. Iniciantes no esqui (ou snowboard) costumam preferir aprender por lá, já que é uma estação bem mais tranquila, sem a grande quantidade de turistas do Cerro Catedral.

cerro bayo villa la angostura
Visual lindo do Cerro Bayo! / foto: divulgação villalaangostura.com.br

São ao todo 31 pistas, com 4 níveis de dificuldade, incluindo uma pista exclusiva para iniciantes. Assim, você poderá aprender sem preocupação e com mais tranquilidade.

Se a sua intenção é apenas aproveitar a neve, você pode subir o teleférico e curtir a paisagem do Lago Nahuel Huapi. Há algumas opções de restaurantes para almoçar ou apenas tomar um café.


No Booking você encontra excelentes opções de hospedagem em Villa La Agostura!
Clique aqui para conferir os melhores preços.


Confira o  tarifário do Cerro Bayo.

No site do Cerro Bayo eles oferecem um programa chamado “Experience Cerro Bayo”, com três pacotes turísticos oferecendo hospedagem e passeios super diferentes, como andar de raquetas na neve, descer de tobogã, percorrer os lagos que a milhares de anos formavam os glaciais, e desfrutar da deliciosa culinária da Patagônia. Vale a pena acessar para saber mais!

Cerro Chapelco, San Martin de Los Andes

Na nossa viagem para Bariloche em agosto de 2018, incluímos três noites em San Martin de Los Andes pois queríamos muito esquiar no Cerro Chapelco – na nossa opinião, um dos melhores centros de esqui da Argentina!

cerro chapelco san martin de los andes
Visual de uma das pistas do Cerro Chapelco, de cara para o Vulcão!

A pequena cidade patagônica fica a 180km de distância de Bariloche. O ideal é alugar um carro para fazer o trajeto passando pela Ruta de Los Siete Lagos, uma estrada linda, com paisagens incríveis. Contamos a nossa experiência no post Roteiro de 10 dias em Bariloche e San Martin de Los Andes, vale a pena conferir.

O Cerro Chapelco fica a 20km do centrinho de San Martin – e a gente recomenda que você se hospede na cidade, que tem boas opções de hotéis e ótimos restaurantes. Para chegar no Cerro, você pode pegar transfers que saem do centro da cidade, táxi ou, a melhor opção, carro alugado.


Preparamos um post com ótimas dicas de onde se hospedar em San Martin de Los Andes!
Clique aqui para conferir!


Tivemos muita sorte com o tempo – céu azul nos dois dias de esqui, o que deixou a nossa experiência muito mais incrível. A estrutura do Chapelco é muito boa – o teleférico principal chega em um bom restaurante, com opções para almoço (macarrão, milanesa, saladas, sopas) e lanche (pizza, hambúrguer, cafés), além da belíssima vista das montanhas.

Nessa “segunda base” estão outros teleféricos que levam até pistas mais avançadas, todas com visual lindo para o Lago Lácar e o Vulcão Lanin. Outro grande diferencial da estação são as árvores que vão margeando algumas pistas, deixando a paisagem mais linda!

Onde esquiar em Bariloche e arredores
Pausa para curtir a neve durante o ski! As árvores margeando as pistas do Cerro Chapelco deixam a paisagem mais linda!

Eu, que ando de ski e adoro percorrer caminhos, adorei as pistas azuis e verdes do Cerro Chapelco – muitas delas são longas, com kilômetros de distância, deixando a descida muito mais prazerosa. Quando tem bastante neve, pode-se chegar até a base esquiando!

Para conferir o tarifário e mais informações, acesse o site oficial do Cerro Chapelco!

Cerro La Hoya, Esquel

Em 2016 fizemos uma viagem muito legal com os nossos amigos para Esquel, uma cidadezinha não tão distante de Bariloche, ainda pouco conhecida pelos turistas, mas que esconde paisagens de tirar o fôlego e passeios muito autênticos, tanto durante o verão quanto no inverno.

La Hoya é o centro de esqui da região, que é conhecido pela excelente qualidade da neve – seca e powder. São 22 kilômetros de pistas conectadas entre si por teleféricos e travessias de montanha, tudo pensado para você não perder tempo e esquiar bastante!

esquiando com amigos no Cerro La Hoya
Com os amigos esquiando no Cerro La Hoya!

As vantagens de esquiar em La Hoya, além da excelente neve, são: fugir dos turistas – principalmente os brasileiros, que tomam conta do Cerro Catedral, em Bariloche – e poder aproveitar a temporada até setembro. Sim, a temporada de inverno é mais tardia por lá!

Fizemos um post completo com tudo sobre a estação de esqui La Hoya. Veja aqui: Cerro La Hoya, uma excelente estação de esqui na Argentina como alternativa a Bariloche

E tem vídeo mostrando a nossa experiência em La Hoya no nosso canal do Youtube! Aperte o play para conferir:

Ski Pucón, Pucón

Pucón é uma cidadezinha no Chile que fica bem próxima da Argentina – são 200km que a separam de San Martin de Los Andes, por exemplo. A 20 minutos do centro de Pucón está a estação Ski Pucón, que oferece também uma ótima estrutura para quem quer esquiar ou praticar snowboard.

Esquiar em Ski Pucón é uma ótima opção para quem quer fugir totalmente do óbvio e conhecer novas estações de esqui sem precisar ir muito longe.

Já imaginou esquiar nos “pés” de um vulcão? Em Pucón isso acontece: o Ski Pucón está no início do Vulcão Villarica, que é um dos grandes atrativos da pequena cidade. Uma experiência diferente e única!

A estrutura não se compara aos gigantes Valle Nevado ou Cerro Catedral, mas é aquele clima mais aconchegante, com menos turistas, que te dá aquele gostinho especial, de descoberta – afinal, pouca gente conhece esse lugarzinho!


Espero que vocês tenham gostado das dicas de onde esquiar em Bariloche e arredores, e que aproveitem muito a próxima viagem para a neve!

Lembre-se de comprar o seguro viagem com cobertura para viagem de neve – assim, se você sofrer algum acidente esquiando, estará assegurado e não terá tanta dor de cabeça. A gente indica o site Seguros Promo, que tem ótimos preços. Clique aqui para comprar o seu!


Você também vai gostar de ler: