Visto de turismo para o Canadá

Como tirar o visto para o Canadá

Se você tá pensando em partir para uma viagem para terras canadenses, fica de olho que esse post é pra você. Aqui, você vai ficar por dentro de todos os detalhes essenciais para aquele momento crucial: a hora de tirar o seu visto para o Canadá.

Neste passo a passo que preparamos para você,  encontre todas as informações necessárias divididas em duas etapas: a primeira é para quem vai tirar o eTA (o visto eletrônico canadense) e a segunda é para quem vai passar pelo processo normal do visto TRV (Temporary Resident Visa).


Quem acompanha o blog e nossas redes sociais já sabe que a Gaia adora o Canadá. Ela já desbravou o país mais de uma vez, recheando nosso portal com dicas preciosas sobre Vancouver, Jasper e Banff, abordando os melhores passeios e outras dicas imperdíveis de cada uma dessas cidades. Mas, antes de começar a planejar os deliciosos passeios que te aguardam nesse país encantador, você tem que tomar um primeiríssimo passo: garantir seu visto.

Uma medida que entrou em vigor em maio do ano passado alterou as normas de acesso para brasileiros ao Canadá. Graças a ela, o acesso ao território canadense está bem mais fácil para cidadãos brasileiros. Veja em qual das duas classificações abaixo você se encontra e confira o procedimento a ser adotado para entrar no país.

lagos imperdíveis nas rochosas canadenses
Lagos nas Montanhas Rochosas Canadenses

1) Se você teve visto canadense emitido na última década ou tem visto americano de não imigrante válido

Caso você se enquadre nessa categoria, pode comemorar, porque tudo vai ser bem mais tranquilo pra você. Isso porque a regulamentação atual exige apenas que você solicite uma Electronic Travel Authorization (Autorização Eletrônica de Viagem), o eTA.

O processo é mega simples, barato e rápido. Ou seja, não poderia ser melhor, né? Essa autorização é válida por um período de até cinco anos e engloba diversas viagens breves destinadas a visitar o Canadá para turismo, negócios, estudos ou mesmo para transitar por um aeroporto canadense. Mas o período máximo de permanência no país que o eTA permite é de seis meses. A maior parte dos pedidos é rapidamente aprovada.

Ah, e se liga: o eTA vai te garantir o acesso aéreo ao Canadá. Mas, se sua ideia for chegar ao país por outros meios de transporte (como carro, ônibus, trem ou barco, inclusive cruzeiro) você vai precisar de um visto de visitante.

Importante ressaltar aqui que muitas companhias aéreas que oferecem voos comerciais do Brasil ao Canadá realizam conexão nos Estados Unidos. Nessas ocasiões, é exigido dos passageiros o visto americano, para pousar em solo estadunidense. Com essa “nova” medida de acesso ao Canadá por brasileiros, essas pessoas — que já terão em mãos seus passaportes americanos — não necessitam mais tirar o visto para o Canadá. Um adianto!

Como solicitar um eTA

O único portal que permite a solicitação de um eTA é o site do Governo do Canadá. Para realizar o procedimento, o interessado precisa de um passaporte, um cartão de crédito ou débito e um endereço de e-mail. O valor a ser desembolsado, a taxa de emissão, é de 7 dólares canadenses (cerca de R$20, na cotação atual). Bem em conta, não acha?

A autorização é nada mais que um formulário eletrônico contendo pormenores da sua viagem. Esse documento, na maioria das vezes, necessita apenas de minutos para ser aprovado e é pago uma única vez — lembrando que ele pode ser usado por um período de até cinco anos ou até que seu passaporte expire.

Este guia disponibilizado no site do Governo do Canadá é ouro. Ele apresenta, em português, orientações para o correto preenchimento do eTA (ou AEV, no nosso idioma). Garanto que vai te ajudar muito!

Vancouver
Vancouver

2) Se você NÃO teve visto canadense emitido na última década ou NÃO tem visto americano de não imigrante válido

Caso você não tenha visto canadense emitido na última década ou visto americano de não imigrante válido, você terá que solicitar o seu visto para o Canadá. O processo com certeza é um pouco mais chatinho que a solicitação do eTA. But don’t panic: não é tão complicado assim.

Leia também: Roteiro de 5 dias pelas Montanhas Rochosas do Canadá (Banff e Jasper)

Como solicitar seu visto para o Canadá

O visto para quem deseja acessar o país para turistar chama-se Temporary Resident Visa – TRV (visto de residência temporária). Para garantir o seu, você pode realizar todo o procedimento via internet, o que descomplica bastante os trâmites. Antes de mais nada, você deve acessar esse Instruction Guide disponível no site do Governo do Canadá. Lá, você vai encontrar todas as informações que precisa para requerer o
documento. É importante ler tudo com calma e atenção, para garantir que você cumpra todas as exigências e tudo saia nos conformes.

Elaboramos um rápido passo a passo para te ajudar a tirar seu visto para o Canadá. Esperamos te ajudar a tomar essa que é uma das primeiras providências ao se decidir viajar para o exterior.

1) Reúna seus documentos

A primeira etapa dessa trilha rumo ao visto canadense é garantir todos os documentos necessários. Afinal, papelada e burocracia são melhores amigos, então é bom assegurar tudo o quanto antes para evitar inconvenientes. Aqui você tem acesso à Document Checklist, pra conferir tudinho que você precisa juntar.

2) Complete os formulários

Ainda no Instruction Guide (no Step 2), você vai encontrar uma lista de formulários que devem ser devidamente preenchidos. Ao todo, a plataforma oferece sete, mas nem todos necessariamente serão aplicáveis a você. Cheque as instruções e confira quais deles você deve preencher.

São os seguintes:
– Application for Temporary Resident Visa (o mais importante!)
– Family Information
– Document Checklist
– Document Checklist – Applicants in Canada (se aplicável)
– Statutory Declaration of Common-law Union (caso você esteja em uma união estável)
– Use of Representative (apenas se um terceiro for dar entrada no seu visto)
– Authority to release personal information to a designated individual (se aplicável)

3) Pague a taxa

Em seguida, você precisa pagar uma taxa de CAD 100 (que equivale a R$287 na cotação atual). Para essa etapa, você necessita de um endereço de e-mail, acesso a uma impressora (para imprimir o recibo) e um cartão de crédito ou um cartão de débito canadense.

Neste link há todas as informações necessárias para realizar o pagamento online do seu visto para o Canadá.

4) Envie sua solicitação de visto

O quarto e último passo é enviar a solicitação do seu visto para o Canadá. Você pode enviá-la a um Visa Application Center (VAC) que abarque a sua área de residência ou realizar o procedimento online (nós recomendamos a segunda opção). Certifique-se de que você completou a Document Checklist e inclua-a junto aos formulários preenchidos. Tenha certeza de que incluiu todos os documentos de apoio listados na Document Checklist.

Esse post foi útil para você? Salve no Pinterest para consultá-lo sempre que necessário! =)

Passo a passo visto Canadá

Viu como nem é tão complicado assim? Se sua próxima trip for para o Canadá, você já está por dentro de tudo que precisa saber para solicitar o seu eTA ou o seu visto. Depois vem a parte mais gostosa, que é partir, de fato, para solos canadenses. Preparado?


Você pode gostar de ver também: 

Onde se hospedar em Vancouver: guia com os melhores bairros e hotéis da cidade