10 passeios imperdíveis em Madrid

Madrid é a terceira maior cidade da União Europeia, menor somente do que Londres e Berlim. Apesar de não ser uma cidade com muitos pontos turísticos (se comparada a Barcelona e Lisboa, por exemplo) tem várias atrativos e, provavelmente, você não vai conseguir conhecer todos na mesma viagem e vai querer voltar inúmeras vezes.

Diante de tantas opções de lugares, lojas e restaurantes fica difícil saber o que visitar primeiro, mas nesse post você vai ver 10 passeios imperdíveis em Madrid – testados e aprovados pela nossa equipe – para te ajudar a montar o roteiro e planejar a sua viagem!

#1 Passeio pelos jardins do Palácio Real

Chafariz no Campo del Moro em Madrid
Campo del Moro

O Palácio Real possui dois jardins: o Campo del Moro e os Jardins de Sabatini. O primeiro está localizado na parte de trás e possui uma vista privilegiada do Palácio. O segundo fica bem ao lado e tem pequenos labirintos formados por plantas. Em ambos a entrada é gratuita.

Se você não tem tempo para os dois, aconselho ir ao Campo del Moro, foi o que eu achei mais bonito! Separe a manhã do seu dia, quando o clima é mais fresco, e aproveite para dar uma volta pelo jardim que é cercado por pavões azuis.

Labirintos do Jardim de Sabatini
Jardins de Sabatini em Madrid

Aprecie a vista do Palácio, sente em um dos bancos ao redor para ler um livro, caminhe até o lago para dar comida para os patinhos, tire muitas fotos mostrando as fontes douradas e flores que enfeitam as paisagens!

Para chegar nos jardins é fácil: a entrada dos Jardins de Sabatini fica exatamente ao lado do Palácio e para o Campo del Moro são mais 15 minutos de caminhada no mesmo quarteirão.

#2 Visitar o Palácio Real

Fachada do Palácio Real em Madrid
Palácio Real em Madrid

Depois de explorar os jardins, não deixe de fazer a visitação dentro do Palácio Real. Com toda certeza você vai se surpreender com o seu interior super luxuoso e cheio de detalhes, além da construção imponente do século VXIII.

A sua fachada é maravilhosa e fica localizada em um ponto onde se tem uma bela vista da cidade (se tiver no fim da tarde, aproveite para ver o pôr do sol da Plaza de La Armería – bem na entrada do Palácio). Do lado de dentro, há um pátio enorme onde você pode fazer várias fotos!

Uma curiosidade histórica importante é que, no século XVIII, o antigo Palácio Real chamado de Real Alcázar de Madrid foi destruído por um incêndio que durou 3 dias. Para evitar que o episódio se repetisse, o atual Palácio foi construído com blocos de concreto, algo não muito comum naquela época.

Eu poderia fazer um post inteiro só do Palácio. Juro que nunca vi um lugar tão luxuoso e rico em detalhes. Entre relógios, porcelanas, lustres de cristal e tetos pintados à mão, o que mais chamou minha atenção foi a mesa do banquete real. Sem falar dos milhões de detalhes em ouro.

Uma das salas do interior do Palácio Real em Madrid
Interior do Palácio Real

O Palácio Real é, sem dúvidas, um dos passeios imperdíveis em Madrid, e por isso muito visitado. Para evitar filas gigantes, compre as entradas antecipadamente pela internet. Outra dica é a entrada gratuita, de segunda a quinta das 16 às 18h (de outubro a março) e das 18 às 20h (de abril a setembro), mas chegue 2h antes para garantir a sua visita!

Ali também se localiza a Catedral de Santa Maria a Real de Almudena, que é linda e a visita é grátis.

#3 Experimentar as deliciosas tapas madrilenas

As tapas são aperitivos típicos da Espanha que provavelmente você já deve ter escutado falar. Em quase todos os restaurantes é possível encontrar uma tapa, mas indico experimentar no restaurante Lateral da Plaza Santa Ana.

Pedi o menu degustação acompanhado de croquetas de jamón (presunto espanhol) e estava uma delícia! Para beber, caiu bem uma taça de vinho e, para fechar com chave de ouro, a sobremesa de crumble de maçã, que estava divina!

Mesinhas na Praça Santa Ana em Madrid
Plaza Santa Ana

A Plaza Santa Ana é linda e agradável, rodeada por restaurantes, próxima do museu Thyssen-Bornemisza e da rua Paseo del Prado, onde fica a fonte Cibeles. É um lugar ideal para almoçar ou jantar e a noite costuma ficar bastante movimentada!

#4 Palácio de Cibeles (ou Palácio das Comunicações)

Perto da Plaza Santa Ana está o Palácio de Cibeles, onde funciona a sede da Câmara Municipal. Nele acontecem atividades culturais como exposições, workshops, conferências e concertos, que são abertos ao público.

Fachada do Palácio Cibeles em Madrid
Palácio Cibeles em Madrid

O Palácio destaca-se por ser um dos primeiros exemplos da arquitetura modernista espanhola. Se estiver animado, é possível subir no seu rooftop para beber algo e aproveitar a vista. Bem na frente do Palácio tem a Fonte de Cibeles, que é linda e boa parada para fazer fotos.

Curiosidade: os títulos do Real Madrid são comemorados no extenso largo em frente ao Palácio.


Clique aqui para reservar o seu carro através do Rent Cars, site que a
gente indica e recomenda!


#5 Andar pela Plaza Mayor

Plaza Mayor em Madrid
Plaza Mayor

Talvez a praça mais importante e procurada pelos turistas. Antes de Madrid se tornar capital, ter grandes avenidas e ruas amplas, havia uma praça chamada Plaza de Arrabal no lugar da Plaza Mayor. Nessa praça ficava o mercado popular de Madrid.

Foi só no final do século XV, quando a corte de Felipe II se mudou para a atual capital da Espanha que a praça começou a crescer e ganhar forma de Plaza Mayor, se tornando alvo de manifestações históricas.

Hoje, há muitos restaurantes típicos e é muito comum ver pessoas comendo bocadillo (sanduíche) de lulas fritas por lá. Você pode sentar em um deles para comer ou andar pelo comércio das redondezas como eu fiz.

#6 Experimentar as comidas do Mercado de San Miguel

O Mercado de San Miguel, localizado no centro histórico de Madrid (ao lado da Plaza Mayor), é uma boa opção para comer. Dentro da sua estrutura de ferro se encontram pequenos restaurantes “gourmet” com muitas opções de tapas, salgados, doces e bebidas típicas. Você vai encontrar queijos, azeitonas, frutos do mar, cervejas, vinhos, sucos e muito mais!

mercado san miguel
Mercado de San Miguel // Foto: descubramdrid.com

O mercado costuma ficar lotado e é bem turístico, o que pode não ser muito agradável para uma boa experiência. Minha dica é visita-lo em um dia menos cansativo. Além disso, prepare-se para deixar alguns euros por lá. Tudo é meio caro, mas vale a pena para degustar um mundo de sabores até então desconhecidos.

Ele funciona em dois horários: de segunda a quarta e domingos de 10h à meia noite; de quinta a sábado, das 10h às 2h. Não tem desculpa para não ir!

#7 Passar pela Puerta del Sol

Considerada o ponto central de Madrid, no seu entorno estão várias das ruas mais históricas e movimentadas da cidade, como a Calle Mayor, Arenal, Alcalá, Preciados e vários elementos emblemáticos de Madrid.

Um deles é o famoso relógio da Casa dos Correios, responsável pelas badaladas do Ano Novo, onde uma multidão se aglomera aos seus pés para comer as doze passas tradicionais e assistir uma cerimônia que é transmitida pela tv.

Lá também fica a famosa escultura do El Oso y El Madroño ou, traduzindo, O Urso e o Medronheiro, símbolo oficial da cidade. Uma boa dica são os free walking tours (tours guiados e gratuitos) que partem diariamente da praça.


É obrigatório ter SEGURO VIAGEM para entrar na Europa! Clique aqui e faça o seu através do Seguros Promo!


#8 Fazer compras na Gran Vía

A 300 metros ao norte da Puerta del Sol está A Gran Vía, avenida mais conhecida de Madrid. Graças a sua construção foi possível conectar o centro de Madrid (Calle Alcalá) ao lado noroeste da cidade (Plaza de España).

Nela se encontram as principais lojas da Europa como as fast fashion Primark, H&M, Zara e o El Corte Inglés, uma loja enorme de departamentos. Se nunca esteve em uma, sugiro conhecer. Além disso, você vai encontrar restaurantes e cinemas.

Na minha opinião, o melhor lugar para fazer compras em Madrid com clima animado a qualquer hora do dia.

#9 Apreciar as artes dos seus grandes museus

Exposição do museu Thyssen-Bornemisza em Madrid
Museu Thyssen-Bornemisza

Madrid tem muitos museus e o legal é que é possível visitar todos de graça.

Começando pelo Museu Thyssen-Bornemisza, o que mais me identifiquei. É um museu bastante organizado e nos faz viajar por vários estilos artísticos desde o renascimento até o Surrealismo de Dalí.

O dia e horário ideal para visitar esse museu é na segunda-feira, das 12h às 16h, quando sua visitação é gratuita.

Depois, o Museu Reina Sofia, conhecido pela sua principal obra, a Guernica, o gigante e famoso quadro de Pablo Picasso, que retrata os horrores da Guerra Civil Espanhola.

Os dias e horários para visitar esse museu de graça são de segunda a sábado (exceto terça-
quando o museu está fechado) das 19h às 21h e aos domingos das 13h30 às 19h.

Por fim, o mais conhecido, o Museu del Prado é um dos mais importantes do mundo. Possui uma extensa coleção de obras de pintores renomados e, principalmente, espanhóis como Velázquez.

Sua localização é estratégica, permitindo uma esticada ao Parque del Retiro.
Os dias e horários para visitar esse museu de graça são de segunda a sábado das 18h às 20h. Aos domingos e feriados das 17h às 19h.


Veja ótimas opções de hotéis em Madrid e faça a sua reserva no Booking!


#10 Caminhar pelo Parque Del Retiro

Esse parque é um dos lugares mais agradáveis da capital espanhola. Com certeza uma parada obrigatória para os turistas que gostam de esporte, buscam um lugar romântico ou querem passear com a família. Foi o lugar que mais me encantou em Madrid.

O parque é o lugar certo para quem busca tranquilidade no meio de uma cidade viva e movimentada. O momento perfeito para visita-lo é no fim da tarde, onde você pode aproveitar para apreciar o pôr do sol.

Lá dentro tem inúmeros espaços para conhecer. Alguns dos que me chamaram atenção foram: o lago enorme que abriga muitos peixes, tartarugas, patos e que você pode andar de barquinho; a Fonte do Anjo Caído, que é muito bonita e pit stop para fazer fotos; e o mais lindo de todos, o Palácio de Cristal (criado como uma estufa para exibir uma exposição de flores das Filipinas).

Lago e o Palácio de Cristal no Parque del Retiro em Madrid
Palácio de Cristal no Parque del Retiro

Outra ótima opção para conhecer o parque é de bicicleta. Ali perto tem lojas onde você consegue alugar uma, além de patins, longboards e segway (um diciclo muito comum por lá).


Essa foi a nossa lista com os passeios imperdíveis em Madrid. Se você tiver outras dicas, deixe aqui nos comentários – vamos adorar descobrir novos cantinhos nessa cidade encantadora!


Se você pretende passar mais uns dias pela Europa, vai gostar de ver essas dicas:

10 passeios imperdíveis em Porto, Portugal

10 passeios imperdíveis em Lisboa

5 passeios imperdíveis em Dubrovnik, na Croácia

6 coisas que você não pode deixar de fazer em Praga

Roteiro de 10 dias pelo Leste Europeu: Berlim, Dresden, Praga e Budapeste