Bondinho de Santa Teresa circulando pelo Largo dos Guimarães

Conheça Santa Teresa: charme, arte e boêmia no Rio de Janeiro

Santa Teresa é um bairro queridinho pelos cariocas que curtem samba, arte e gastronomia. Há muito o que se fazer por lá e o melhor de tudo é que os passeios não irão pesar no seu bolso. Neste post, reunimos as melhores dicas de Santa Teresa para te ajudar a conhecer tanto os pontos principais como também aqueles que só um verdadeiro carioca sabe. Descubra também: como chegar em Santa Teresa, onde se hospedar por lá e outras dicas imperdíveis!

*Foto de capa: Henrique Freire / GovRJ 

Embora as principais dicas de turismo no Rio de Janeiro, sejam relacionadas às praias e à natureza, fique sabendo que a Cidade Maravilhosa tem muito mais a oferecer do que você imagina. Há bairros que são puro charme, com prédios históricos do século XIX, ruas de paralelepípedos e cantinhos agradáveis para um almoço, um café com os amigos ou mesmo para passar o dia explorando. Um deles é Santa Teresa, uma área tradicional no centro do Rio, que une boêmia e sossego em um único bairro.

Se você está visitando a cidade, tire ao menos um dia para visitar Santa Teresa e se deixar encantar com essa área super fofa e descolada. Ah! E fica a dica: esse passeio cai muito bem mesmo nos dias nublados.

Veja também: 12 atividades de graça (ou quase) para conhecer o Rio de Janeiro

Como chegar em Santa Teresa

A forma mais fácil de chegar em Santa Teresa é usando o metrô + bondinho. Basta descer na estação Carioca. Dica: a melhor saída é a B – República do Chile (guie-se pelas placas).

Dali você terá que andar até a Rua Lélio da Gama. Um ponto de referência é o imponente prédio da Petrobrás. Neste ponto, você pegará o bondinho e descerá na estação Largo dos Guimarães.

Informação útil: o bonde de Santa Teresa funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h. Sábados, das 10h às 17h. Domingos e feriados, das 11h às 16h30. O passeio custa R$20 ida e volta. Outras informações sobre o transporte de bondinho, como gratuidades e horários, você pode encontrar no site da Riotur.

Onde se hospedar em Santa Teresa

Como já dissemos, Santa Teresa é um bairro bem descolado, então se você faz esse estilo, nada melhor do que se hospedar por lá em um dos vários hotéis badalados. Um que é bem legal é o Gerthrudes Bed & Breakfast. Mesmo os quartos mais simples tem varanda e uma vista maravilhosa do Rio. O hotel tem piscina, jardim, uma área comum muito agradável. A decoração dos quartos tem uns toques rústicos, com alguns itens mais modernos. A diária para casal fica a partir de R$240.


Nossa opção favorita é o Santa Teresa Hotel RJ – MGallery By Sofitel, que é uma acomodação requintada, os hóspedes são recebidos com espumante por uma equipe nota 10 de atendimento. Os quartos são amplos e bem decorados, sem perder o clima do bairro.

O hotel tem uma piscina no terraço que é incrível, sem falar do jardim e da área comum que também é linda. Além disso de qualquer quarto você consegue uma visa privilegiada da cidade. É de tirar o fôlego.

As diárias para um casal ficam em torno de R$900.


Se você preferir uma opção mais sofisticada, mas ainda assim sem perder a essência que tem Santa Teresa, então aproveite o Casa Amarelo Boutique Hotel. Os quartos são enormes, bem iluminados, e decorados bem no estilo Rio antigo, tudo com muito bom gosto em um casarão revitalizado. O hotel tem piscina e café da manhã. As diárias são a partir de R$380.


Passeios imperdíveis em Santa Teresa

Conhecida por ser um bairro de ladeiras sem fim e por seus inúmeros ateliês de arte, Santa Teresa é um daqueles bairros queridinhos do Rio de Janeiro. É um ótimo lugar para um passeio a pé, curtindo o clima das ruas super simples, famosas pelos trilhos do bondinho.

Nessa caminhada, não deixe de entrar nos ateliês e nas lojinhas de artesanatos de artistas locais para conhecer e, quem sabe, comprar alguma lembrança. Além de vários pontos com vistas incríveis para a cidade lá do alto, a região tem opções de bares e restaurantes super charmosos e alternativos.

Se você vem ao Rio no Carnaval, não deixe de colocar na programação o Carmelitas e o Céu na Terra, dois clássicos da folia carioca que acontecem nas ladeiras de Santa!

Veja também: Roteiro super carioca para visitar o Centro e a Urca.

Visite Santa Teresa: Escadaria Selarón

Além do bondinho, uma outra forma de começar seu passeio por Santa Teresa é pela conhecidíssima Escadaria Selarón, uma obra incrível do artista chileno Jorge Selarón. Com 215 degraus, vale subir as escadas aproveitando para tirar várias fotos e lendo os azulejos.

Para chegar até lá, você pode ir de metrô até a Cinelândia e caminhar um pouquinho até a Rua Joaquim Silva. Nesta opção de acesso, ainda vale super a pena passar pelos Arcos da Lapa, que fica bem pertinho!

foto da Escadaria do Selarón em Santa Teresa no Rio de Janeiro
Escadaria do Selarón em Santa Teresa

Visite Santa Teresa: Parque das Ruínas

Dando sequência ao seu passeio, o Parque das Ruínas é o segundo ponto de parada imperdível. No século 19, o local recebia artistas como Tarsila do Amaral e Villa-Lobos. Aliás, o prédio principal por si só já é uma obra de arte – uma ótima pedida para aqueles que gostam de tirar fotos!

Além da paisagem incrível, com vista para a Baía de Guanabara, o passeio pelo Parque das Ruínas é ótimo para quem curte atrações culturais, porque oferece uma programação gratuita de exposições, teatro infantil e apresentações de música. Você pode conferir na página oficial.

Uma boa pedida também é fazer uma parada no café do local, super aconchegante e um ótimo lugar para relaxar e apreciar a vista.

Endereço: R. Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa
Horário de funcionamento: De terça à domingo, das 8h às 18h
Entrada franca

Visite Santa Teresa: Museu Chácara do Céu

O Museu Chácara do Céu fica super pertinho do Parque das Ruínas, então vale dar um pulinho lá, mesmo que seja rápido. É um casarão lindo, com uma vista sensacional para o centro do Rio, que possui uma arquitetura singular e um acervo de pinturas e livros raros. Dica: aproveite a entrada franca nas quartas.

O museu tem algumas exposições de longa duração e outras que são temporárias, então você pode conferir a página oficial para saber tudo antes de fazer a sua visita. Mas para dar um gostinho do que tem por lá, Debret, Di Cavalcanti e Portinari são alguns dos nomes principais que estão expostos. Você também vai encontrar um andar dedicado à arte europeia e a arte oriental.

O Museu fica na Rua Murtinho Nobre, 93 e abre diariamente, exceto às terças-feiras, das 12h às 17h. O ingresso custa R$ 6,00 e tem meia-entrada.

Veja também: Guia completo das melhores praias do Rio de Janeiro

Visite Santa Teresa: Largo dos Guimarães

Se você está atrás de dicas de Santa Teresa, talvez a melhor delas seja: simplesmente vá ao Largo dos Guimarães! Lá é o ponto final do bondinho, então você pode descer e simplesmente ir passeando pelas ruas, parando nas lojinhas e nos bares que aparecerem pelo caminho. É um passeio que parece nos levar de volta ao passado.

Dentre os restaurantes, sugerimos o Maloca Gastrobar, que tem um ambiente bem agradável e ótimas opções vegetarianas. Outra opção ali pertinho é o Explorer Bar, uma ótima pedida para bons drinks em um fim de tarde. As opções do cardápio também são sensacionais.

Para os cinéfilos de plantão, não deixem de passar no Cine Santa, que é pequeno mas acolhedor. O legal é que muitas vezes ele exibe filmes mais alternativos, fora do circuito comercial.

Ah, aos sábados costuma rolar o super tradicional Samba dos Guimarães! Vale muito a pena.

Samba dos Guimarães

Essa roda de samba já é tradição em Santa Teresa, completando seu 4 aniversário nesse ano. Esse é um passeio imperdível e a cara do Rio, você não pode deixar de aproveitar.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Samba dos Guimarães (@sambadosguimaraes) on

O samba rola todo sábado, no mercado das pulgas, das 19:30 às 01:30. A entrada custa entre R$20 e R$30. Para saber mais informações basta acompanhar a página do Samba dos Guimarães.

Não deixe de acompanhar também o blog da querida Manu, When in Rio, que tem sempre a agenda de eventos alternativos do Rio atualizada.

Largo do Curvelo

Arte de rua do Largo do Curvelo em Santa teresa
Largo do Curvelo – Santa Teresa

Esse é mais um cantinho  legal na região. No final da tarde, aos fins de semana, tem muito movimento por ali. Eventualmente acontecem umas feirinhas de artesanato e apresentações musicais, mas tudo bem informal. O legal é marcar um passeio, caminhar por lá e se surpreender com o que estiver rolando no dia.

Onde comer em Santa Teresa

Entre os nomes de peso da gastronomia do bairro, nós indicamos o ótimo Café do Alto. Aos fins de semana, de 9h às 13h, tire um tempinho para conhecer o buffet de café da manhã, com um farto cardápio típico do Nordeste brasileiro. Para apreciar esse buffet você irá pagar R$50, mas o restaurante também oferece opções super gostosas de almoço, petiscos e lanchinhos. A média de preço fica em torno de R$30.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Café do Alto (@cafedoalto) on

Os tradicionais de Santa Teresa: Bar do Mineiro e Simplesmente

Seria impossível fazer uma lista com dicas de Santa Teresa sem mencionar os dois xodós do bairro e os mais famosos da região do Largo dos Guimarães. O Bar do Mineiro é o mais tradicional, com uma feijoada como carro chefe do cardápio! Você pode visitar o bar de terça à domingo, das 11h às 23h.

Outra dica imperdível é o Simplesmente, logo ao lado. Ele costuma ser mais vazio e tem preços mais convidativos. Se você puder, almoce ou peça algo para petiscar em um deles. Se não, não deixe de tomar uma cervejinha pelo menos!

Ele fica na Rua Pascoal Carlos Magno, 115 e funciona de ter a qui, das 16h às 3:30h.
Sáb, 13 às 3:30h e Dom, 13 às 2h

Pôr do sol e sofisticação: Bar dos Descasados

Fora do estilo de botecos cariocas, o Bar dos Descasados é uma opção um pouquinho mais sofisticada. O bar fica no Hotel Santa Teresa e possui uma vista simplesmente sensacional para a cidade. Se o dia estiver ensolarado, a dica é ir no pôr do sol! Nós estivemos por lá para provar os drinks e aperitivos e adoramos a experiência.

interior do bar dos descasados em Santa Teresa
Clima aconchegante do Bar dos Descasados em Santa Teresa

Alta gastronomia: Aprazível

Se você procura comida boa e um lugar lindo pra um almoço ou jantar, uma das melhores dicas de Santa Teresa é: o Aprazível! O restaurante é comandado pela chef mineira Ana Castilho e tem uma comida deliciosa e sofisticada, mas sem perder as origens brasileiras e a preocupação com uma alimentação orgânica e sustentável.

A vista para a Baía também é um ponto alto do lugar. Como acabou se tornando um lugar bem procurado por famílias e casais, vale consultar o site para ver mais informações sobre os horários e reservas.


Gostou das nossas dicas? Tem mais sugestões de lugares imperdíveis em Santa Teresa, deixa aqui nos comentários, que nós vamos adorar saber!


Você pode gostar de ver também: 

Parque da Cidade (Niterói): o por do sol mais bonito do Rio de Janeiro

Um passeio pouco conhecido no Rio de Janeiro: travessia de SUP para as Ilhas Tijucas

10 restaurantes para experimentar em Ipanema


Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.