O último estado que conheci durante o meu Mochilão de 18 dias pelo Nordeste foi Pernambuco. O estado tem muitas praias lindas, as mais belas piscinas naturais, uma cultura rica – Recife é considerada a capital do frevo, baião e maracatu – e um povo muito simpático. Se você está em busca de uma viagem curtinha pelo Nordeste a dica é viajar para Pernambuco. Fiquei 7 dias lá e olha quantos lugares conheci:

#1 Recife

A capital pernambucana é uma cidade bem desenvolvida e oferece muitas opções de transporte público para os diferentes bairros e cidades próximas. É um ótimo destino para quem gosta de cultura e artes. Para conhecer toda a riqueza cultural e os encantos da capital não deixe de visitar o Recife Antigo e visitais os principais museus do bairro.

Paço do Frevo: inaugurado em 2014, o museu preserva toda a história do frevo e maracatu. Lá, você pode ver as agremiações e os principais personagens deste ritmo musical símbolo da cultura pernambucana, além de cursos de dança (tem aulões gratuitos de frevo!), música e oficinas.

paco-do-frevo_recife
Paço do Frevo, Recife Antigo.

Museu Cais do Sertão:  um dos melhores museus que já visitei. Moderno e interativo, retrata o cotidiano da população sertaneja e conta a história de Luiz Gonzaga. Lá, você pode cantar as músicas do Rei do Baião em uma espécie de karaokê, ter oficina gratuita para aprender a tocar os principais instrumentos do baião e mergulhar no universo do sertão brasileiro.

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!

museu-cais-do-sertao
Foto: Caroll Ximenes

Marco Zero: cercado por antigos edifícios neoclássicos, o Marco Zero é um dos principais pontos turísticos de Recife. É lá que o carnaval de Recife ferve, e ao longo do ano o local costuma ficar mais movimentado à noite. Após o circuito turístico pelo Recife Antigo, a dica é parar em um dos bares próximos dali e terminar o dia apreciando o pôr do sol em frente ao Rio Capibaribe.

Instituto Ricardo Brennand: parada obrigatória! Localiza-se no bairro da Várzea, bem próximo à UFPE, e é bom reservar um dia da sua viagem para só conhecê-lo. Eleito o melhor museu da América Latina e o 19º melhor do mundo pelo Traveler’s Choice Museums, do TripAdvisor, é uma referência nacional. Divido em 2 castelos medievais, possui um acervo com obras do Brasil Imperial – de Frans Post, Debret e Taunay –  mais de 3 mil peças medievais, uma sala com bonecos de cera e mais de 3 mil armas e armaduras medievais. Tudo faz parte da impressionante coleção do empresário Ricardo Brennand.

instituto-1
Área externa do Instituto Ricardo Brennand

#2 Olinda

Famosa pelos carnavais, as ladeiras de Olinda encanta com suas casas coloridas e ares coloniais! Indo de ônibus, fica a menos de 1h de Recife e você pode fazer um bate e volta para conhecer o centro histórico da cidade. Quem quiser fazer uma visita à pé sem contratar o serviços de guia, encontra todas as informações e um mapa bem explicadinho no Centro de Informações Turísticas. Eu, que gosto de fazer meu próprio roteiro, fiz todo cirtuito com mapa na mão e foi bem tranquilo.

vista-igreja-da-se
Vista da Igreja da Sé e, ao fundo, a Igreja de S. Bento

Minha visita à pé pelo centro de Olinda começou pelo Alto da Sé, onde conheci a igreja mais antiga de Olinda com uma deslumbrante vista para a cidade; passei pelo Mercado da Ribeira (ótimo para comprar lembrancinhas); Casa dos Bonecos Gigantes, onde ficam armazenados os famosos bonecões de Olinda e terminei no Mosteiro e Igreja de São Bento, a mais rica de Olinda. O Mosteiro já abrigou a primeira universidade de Direito da cidade onde estudou o famoso poeta Castro Alves e Joaquim Nabuco, um dos maiores defensores da abolição da escravatura.

igreja-da-sao-bento_olinda
Igreja de São Bento

#3 Porto de Galinhas

Porto de Galinhas é uma belíssima praia localizada no município de Ipojuca. Saindo de Recife, há ônibus que saem da Rodoviária de 1 em 1h e fazem o trajeto direto até Porto, a passagem custa R$ 15. Caso esteja em grupo, vale a pena dividir um táxi – o preço custa em torno de R$ 60 a R$ 100, negociando antes com o motorista.

jangada_porto-de-galinhas
Piscinais Naturais (Foto: Caroll Ximenes)

Não deixe de conhecer as piscinas de águas claras e mornas, ver peixinhos bem de perto (sem precisar de snorkel!) e se encantar pelas diferentes formações de corais. Diariamente, saem passeios de jangada do centro de Porto. Os horários variam de acordo com a tábua de marés e o passeio custa, em média, R$ 25 por pessoa (baixa temporada).

mapa-do-brasil_piscinas-porto-de-galinhas
Corais formando mapa do Brasil

Outro passeio que vale fazer é andar de buggy pelos 2,5 km de extensão de piscina natural de Muro Alto, Maracaípe e ver o pôr do sol em Pontal do Maracaípe. De Porto, você também pode fazer passeios bate e volta para a incrível praia de Carneiros.

por-do-sol-porto-de-galinhas
Pôr do sol no Pontal de Maracaípe (Foto: Caroll Ximenes)

#4 Praia de Carneiros

A praia mais bonita de Pernambuco! Os diferentes tons de verde e azul da água cristalina compõem uma paisagem impressionante. Lá, você também encontra gigantescas piscinas naturais, coqueiros por todos os 8 km de extensão da orla e uma areia branquinha, um típico cenário caribenho.

praia-de-carneiros-jangada

Carneiros é acessível por estrada (cerca de 10 km) ou pela praia de Tamandaré (cerca de 40 min de caminhada). Quem for de carro só chega à praia através das estradas de terra que levam aos quiosques e restaurantes à beira-mar e é cobrada consumação mínima e/ou estacionamento. E vale dizer que os restaurantes não são baratinhos.

praia-de-carneiros
Foto: Caroll Ximenes

Como estava em Porto e sem carro, optei pelo passeio oferecido por algumas agências de viagem locais que inclui transfer do hostel e passeio de barco por algumas praias mais afastadas. Outro charme do lugar é a pitoresca igrejinha de São Benedito, toca branquinha e cercada por coqueirais. Dizem que ela só é aberta para casamentos e quem casa lá tem a boa a sorte de não se separar. Será?

igreja-na-praia-de-carneiros
Foto: Caroll Ximenes

Leia mais:

Encante-se por João Pessoa e pelas praias da Paraíba

Descubra porque vale a pena conhecer São Luis do Maranhão

8 lugares que você deve conhecer em Pipa, RN

4 destinos que você não pode deixar de conhecer em Pernambuco
Quem escreve | @maladeaventuras
Lusiane
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter
    4 destinos que você não pode deixar de conhecer em Pernambuco

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
    4 destinos que você não pode deixar de conhecer em Pernambuco
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *