Ilha da Madeira

Ilha da Madeira: o que fazer, como chegar e as melhores dicas

Apelidada de Pérola do Atlântico, a Ilha da Madeira é uma mistura de paisagem do Havaí por causa da sua origem vulcânica e areia preta das praias, com estrutura semelhante a de Positano e montanhas que lembram as de Machu Picchu.

Um verdadeiro paraíso! Se você está planejando uma viagem para lá, aproveite as nossas dicas de o que fazer, como chegar, onde se hospedar e o que é essencial para uma ótima viagem pela Ilha da Madeira.


Onde fica a Ilha da Madeira e como chegar

Localizada a cerca de 900 km da costa portuguesa (Lisboa) e a 700 km da costa africana (Marrocos), a Ilha da Madeira é a principal do arquipélago com o mesmo nome, formado também pela Ilha de Porto Santo e outras ilhas menores desabitadas, as Desertas e as Selvagens.

Vista da Ilha da Madeira
Ilha da Madeira

Sua capital (Funchal) é grande e bem estruturada, onde ficam os melhores hotéis e restaurantes. O Aeroporto da Madeira Cristiano Ronaldo (FNC) fica a cerca de 20 km e para quem não sabe, leva esse nome porque o icônico jogador português nasceu lá.

Existem duas maneiras de ir para lá: de avião ou de cruzeiro. Nos meses de verão, o aeroporto recebe vôos do mundo todo, especialmente de países europeus. Você consegue encontrar passagens por 70 euros partindo de Lisboa, mas estes valores aumentam muito durante os meses de verão.

Como ir do aeroporto para o centro da Ilha

Nossa dica número 1 é alugar um carro (nós usamos o site da RentCars) mas, claro, há algumas opções de transporte, como o transfer – um serviço mais barato do que o táxi, mais seguro e que não é necessário enfrentar filas para tomar. O serviço pode ser contratado pelo site Pesquisador de Transfers que tem as melhores empresas cadastradas e faz uma busca por melhores preços em todas elas.

Além de transfer, há a opção de um ônibus específico, que é o Aerobus. Ele faz a ligação entre o aeroporto da Madeira e alguns hotéis/locais em direção a Funchal. A viagem é de aproximadamente 45 minutos. Para pegá-lo, você precisa ir até a área da chegada do aeroporto, onde verá a placa e o ponto do Aerobus. O bilhete custa 5 euros a ida e 8 euros a volta.

Já o táxi é o meio de transporte mais cômodo e se encontra disponível na área de chegada do aeroporto, no piso 0. A corrida do aeroporto até o centro de Funchal custa em média 20 euros, sendo que a noite o serviço encarece, com uma taxa de 20%, bem como aos sábados, domingos e feriados.

Por fim, nossa dica é alugar um carro no aeroporto da Madeira, pois é o melhor jeito de desbravar essa Ilha belíssima. A gente sempre recomenda o RentCars para alugar o veículo. O site é confiável e prático, já que eles fazem uma pesquisa de preços entre a maioria das locadoras e isso te poupa muito tempo.


Alugue aqui o seu carro pelo site da RentCars


Ilha da Madeira: Qual é a melhor época para visitar e quantos dias?

A Ilha da Madeira pode ser visitada o ano todo. Um dito popular diz que lá é sempre primavera: não faz muito calor no verão e nem muito frio no inverno, exceto no topo das montanhas, com mais de 1800 m de altitude, onde a temperatura cai bastante! Fora isso, as temperaturas são amenas e o clima é agradável a qualquer mês do ano.

Mas há sempre aquela época mais chuvosa, nesse caso, são os meses de outubro a março.

Dezembro é alta temporada na Ilha, embora seja inverno, porque é quando acontece o famoso Réveillon da Ilha da Madeira.

O ideal é ficar no mínimo cinco dias, apesar da gente só ter conseguido ficar três. A Ilha é enorme e as distâncias dos lugares são um pouco puxadas. É preciso se programar para aproveitar o máximo deste lugar incrível.


Onde se hospedar na Ilha da Madeira?

A melhor região para se hospedar é Funchal, além de capital, é a ensolarada costa sul, perto do aeroporto, do centro comercial da Madeira e dos melhores hotéis, bem como dos melhores restaurantes.

Belmond Reid's Palace piscina
A incrível piscina do Belmond Reid’s Palace!

Tivemos a oportunidade de nos hospedarmos no maravilhoso Belmond Reid’s Palace, um dos mais elegantes e tradicionais hotéis de lá. O Hotel fica sobre uma falésia, possui 3 piscinas, sendo 2 aquecidas e uma natural perto do mar.

Veja também: Belmond Reid’s Palace, o melhor hotel da Ilha da Madeira


Outra dica de acomodação incrível é a Quinta da Casa Branca, que fica em meio a jardim com árvores subtropicais, é super lindo. Ainda tem piscinas aquecidas e ao ar livre, SPA, bar e quartos muito confortáveis. Para melhorar, ele ainda fica bem localizado, só 2km do centro.


Roteiro de 3 dias na Ilha da Madeira: dia 1

Ver as vistas incríveis dos miradouros – Cabo Girão, Pico dos Barcelos e Eira do Serrado

O Cabo Girão é a mais alta parede rochosa da Europa. Lá há um mmirante a 580 metros de altura com piso transparente sobre o oceano. Vale muito a pena ir e a vista é maravilhosa, mas dá um leve frio na barriga!

A atração fica no pequeno município Câmara de Lobos, onde tem a população mais jovem da região, centrinho animado com barzinhos e restaurantes. Bom lugar para aproveitar a noite também.

Perto dali, na freguesia de Santo Antônio, tem o miradouro do Pico dos Barcelos a cerca de 355 metros de altitude. Neste lugar, você vai ter uma vista panorâmica sobre a baía e a cidade do Funchal, com as Ilhas Desertas em segundo plano. Ótimo lugar para fazer muitos clicks da bela paisagem.

Mais para o meio da Ilha, a 20 minutos de Funchal, há uma pequena vila chamada Curral das Freiras, rodeada por montanhas e lindas paisagens. O nome é em homenagem as freiras que deixaram o Convento de Santa Clara para escapar de navegantes ilegais franceses de épocas atrás e passaram dias se escondendo neste lugar.

O Miradouro da Eira do Serrado é um dos pontos mais altos da Ilha e a melhor forma de apreciar o Curral.


Dica: Para sua viagem ser suuper tranquila nós indicamos contratar um bom seguro viagem. Com ele você pode ter atendimento médico caso precise e tem suporte até nos casos de bagagem extraviada. É essencial. Nós indicamos o site Seguros Promo, que sempre usamos pois tem ótimas opções e com preços bem em conta. Utilize o código MALADEAVENTURAS para ganhar 5% de desconto!


Experimentar pratos típicos da Ilha

Nos miradouros é possível encontrar pessoas vendendo o Bolo de Caco, um tipo de pão de origem árabe em forma de disco que vem acompanhado de manteiga de alho e ervas. Não deixe de experimentar, é muito gostoso!

bolo caco prato típico da ilha da madeira
O famoso bolo caco

Para o almoço, escolhemos outra comida típica, o Peixe Espada com banana flambada. Nos falaram que um dos melhores é do Dona Amélia, restaurante familiar que fica numa casinha no Centro da capital com vista para o mar. Além deste prato, há outros como a Espetada Madeirense (carne servida no espeto feito na brasa). Não me chamou a atenção, pois era bem parecido com o nosso churrasco, mas é outra opção da culinária da Ilha.


Roteiro de 3 dias na Madeira: dia 2

Parque de Santa Catarina

Um bom jeito de começar o segundo dia pela Ilha da Madeira é visitando o Parque de Santa Catarina. Ele é um dos parques principais da cidade de Funchal, com vista para a sua baía, um lugar para apreciar com tranquilidade. Apresenta uma enorme variedade de espécies da flora mundial e também da fauna, como patos, cisnes, peixes e muitas aves.

Lá há uma “biblioteca” que já tinha sido uma gaiola de pássaros, mas que agora foi remodelada para ser um book sharing, um serviço para promover a cultura e leitura. Achei o máximo, tanto seu objetivo quanto o aproveitamento de uma gaiola para isso naquele local ideal para fazer uma leitura. Há também um quiosque fofo dentro do parque, perfeito para tomar café da manhã ou da tarde.

Parque Santa Catarina
Parque Santa Catarina, na Ilha da Madeira!

Para chegar ao parque, você pode pegar um ônibus de onde estiver, basta ver a estação de ônibus mais perto do Parque de Santa Catarina usando o aplicativo Moovit ou ir de carro.

Endereço: Av. Sá Carneiro 3, 9000-015 Funchal, Portugal
Horário de funcionamento: Todos os dias de 07h às 19h

Almoçar no agradável restaurante Portaliano

A mais ou menos 10 minutos do Parque de Santa Catarina, fica o restaurante Portaliano. Um pequeno lugar, com uma decoração autêntica e de muito bom gosto. Acolhedor e com pratos saborosos que misturam a culinária italiana com a portuguesa.

No cardápio, você vai ver massas, risottos, carnes, frutos do mar e pizza. Opções bem democráticas, não?

Eu escolhi comer o Spaghetti a Carbonara, que estava uma delícia! De sobremesa, segui a linha da culinária italiana e pedi a Panna Cotta de maracujá com chocolate e frutinhas vermelhas. Uma explosão de sabores! Vale falar que o restaurante também tem um ótimo custo benefício comparado aos outros da região.

Panna Cota do restaurante Portaliano em Funchal
Panna Cota do restaurante Portaliano

Endereço: R. de São Francisco 2B, 9000-050 Funchal, Portugal
Horário de funcionamento: Todos os dias de 12h às 23h


Roteiro de 3 dias na Madeira: dia 3

Jardim Botânico

No terceiro dia da sua viagem uma boa pedida é visitar o Jardim Botânico. Principalmente se você amar plantas.

Com vista para o Oceano Atlântico super azul, este Jardim possui uma vegetação nativa e muitas plantas exóticas. Ao todo, são cerca de 3000 espécies do mundo todo.

A coleção de plantas do Jardim Botânico da Madeira são divididas em seis áreas diferentes e todas são identificadas pelo nome científico, família e local de origem.
A parte das plantas suculentas foi a que eu mais gostei e os jardins coreografados, que têm plantas expostas de maneira que criam mosaicos coloridos.

Jardim Botânico de Funchal
Jardim Botânico

Dentro do Jardim, há também um Museu de História Natural que possui várias espécies de aves empalhadas, rochas, corais e coleção de fósseis.

Para chegar lá, a melhor opção é pegar um teleférico do Centro de Funchal até Montes.

O ingresso de 30 euros dá direito a viagem de ida e volta e a entrada no Jardim Botânico.

Endereço: Caminho do Meio, Bom Sucesso, 9064-512 Santa Maria Maior,Funchal, Portugal
Horário de funcionamento: todos os dias das 9h às 18h.

Experimentar o hambúrguer da Hamburgueria do Mercado

A Hamburgueria do Mercado fica no centro de Funchal. O local tem uma decoração clean e moderna, que é linda e arrumadinha!

Têm muitas opções de hambúrguer, inclusive com o Bolo Caco (pão típico da Madeira), para todos os gostos! Cada um parece ser mais delicioso que o outro. Além disso, tem os acompanhamentos normais como as batatas fritas e as tiras de milho frito, que aqui chamamos de polenta frita, e são deliciosas! Há também no cardápio petiscos como prego de frango e atum, que são sanduíches tipicamente portugueses, e a Cerveja Coral produzida exclusivamente na Ilha da Madeira.

Ilha da Madeira
Hamburgueria do Mercado, Ilha da Madeira. Foto:Divulgação

O atendimento foi bom e rápido e custo benefício excelente. Vale a pena fazer a visita!

Se tiver coragem e estômago pra aguentar, experimente o gigante hambúrguer “Enfarta-Brutos”- desafio que consiste em comer em 30 minutos, e ficar no ‘Hall of fame’ e ser oficialmente bruto, além disso, se for bem sucedido, não paga o hambúrger.

Endereço: Rua da Carreira 75A, 9000-042 Funchal
Horário de funcionamento: Todos os dias de 12hs ás 22hs


Outros lugares para conhecer na Ilha da Madeira

Infelizmente fiquei poucos dias e não consegui ir a todos os lugares que gostaria! Mas convenhamos, normalmente não é possível visitar todos os pontos turísticos de um local. Então, fica para uma próxima e deixo aqui a dica para vocês.

#1 Mercado dos Lavradores

O Mercado dos Lavradores fica na Zona Velha do Funchal, caracterizada por conservar um pouco do que restou da colonização portuguesa em 1425. Ao seu redor estão restaurantes e bares que costumam servir lapas (moluscos locais) para tomar com cerveja ou poncha – feita de aguardente de cana-de-açúcar e suco de limão.

Se quer experimentar os sabores da Ilha da Madeira, vá a esse mercado comer as cerejas amarelas, pera-abacate, o tabaibo (ou figo-da-índia), a anona (espécie de maçã-verde) e a banana da Madeira. No Mercado dos Lavradores há também artesanato, peixes e muitas flores.

Endereço: R. Latino Coelho 38, 9060-155 Funchal, Portugal
Horário de funcionamento: De segunda à quinta das 8h às 19h. Sexta-feira de 07h às 20h. Sábado de 07hs às 14h

#2 Teleférico e Monte

Continuando pela Zona Velha, é lá que sai o teleférico de Funchal. Passeio de 15 minutos que percorre 3200 metros atravessando a cidade e subindo até a freguesia do Monte, uma das mais altas da Madeira.

Ali, há o Jardim Tropical Monte Palace, que pelas fotos parece ser muito bonito, e os condutores que transportam carrinhos de vime descendo ladeira abaixo até o centro. Faz parte de uma tradição, o cesto desce mais de 2 km de rampas sinuosas, a quase 50 km/h.

Endereço: Caminho das Babosas 8, 9050-541 Funchal
Horário de funcionamento: Todos os dias de 9h às 17h45
Preço:
16 euros ida e volta

#3 Floresta Laurissilva

A Ilha da Madeira é formada pelas “levadas” ou canais de irrigação que chegam a 1400 km e dão acesso a trilhas que levam a paisagens únicas como a Laurissilva, uma floresta preservada considerada Patrimônio Natural Mundial pela Unesco.

Existem alguns pontos da cidade onde você irá encontrar a beleza exuberante dessa floresta, como no Parque Florestal das Queimadas que fica em Caldeirão Verde. Também no Chão dos Louros, no Chão da Ribeira e no próprio Jardim Botânico, que comentamos aqui em cima.

#4 Miradouro da Boca da Encumeada

O miradouro da Boca da Encumeada está localizado a 1007 m de altitude da cordilheira que atravessa o interior da Madeira. Desse miradouro se tem vistas incríveis sobre os vales da Ribeira Brava (costa sul) e de São Vicente (costa norte). Ouvi dizer que a paisagem montanhosa é bem semelhante a de Machu Picchu.

Endereço: ER228, 9350-332, Portugal

#5 Porto Moniz

Na parte noroeste da Madeira, você vai encontrar o pequeno município de Porto Moniz, com piscinas naturais nas rochas vulcânicas. Sem dúvidas, esse é o lugar que eu mais tive vontade de ir!

#6 Porto Santo

Porto Santo é um arquipélago que faz parte da Madeira e das ilhas desabitadas Selvagens e Desertas. É possível fazer a travessia de Funchal para Porto Santo de Lobo Marinho – um navio bem estruturado com capacidade para 1150 passageiros. Saindo do cais sul do Porto do Funchal, o percurso dura aproximadamente 2h30. Sendo assim, é viável fazer um bate-volta na chamada Ilha dourada.

A Ilha de Porto Santo é banhada por águas turquesas e translúcidas, mas sua praia de areia fina e dourada que é a sua principal característica. Por possuir propriedades terapêuticas raras, graças a sucessivas erupções vulcânicas que deram origem a essa ilha, a areia dessa praia chama bastante a atenção dos turistas.


Chip internacional em Portugal

Os chips da Yes Brasil são excelentes para viagens à Europa. Eles enviam o melhor chip da cidade que você vai, garantindo conexão rápida e eficiente. Vale muito a pena sair do Brasil com o chip em mãos, para não gastar tempo procurando onde comprar. Você troca o chip dentro do avião mesmo e quando chegar na cidade, já estará em funcionamento!

Compre aqui o seu chip da Yes Brasil. Use o cupom MALADEAVENTURAS para 10% de desconto.


Gostaram das dicas? A Ilha da Madeira é deslumbrante então reserve um bom tempo para conseguir aproveitar ao máximo essa viagem. Depois conta pra gente o que achou =)


Você pode gostar de ver esses outros destinos em Portugal:

Roteiro Portugal: 2 semanas por Lisboa, Porto e arredores

Roteiro de 3 dias no Porto: o que fazer na cidade em poucos dias

10 passeios imperdíveis em Porto, Portugal



Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.