Montanha Cerro Siete Colores, Purmamarca, Argentina

7 lugares imperdíveis para conhecer em Jujuy, na Argentina

A Argentina é um destino muito procurado por nós, brasileiros, por isso nesse post vamos dar dicas para você explorar um novo cantinho do país. Que tal conhecer Jujuy? Essa província do noroeste argentino vai te surpreender com visuais encantadores, montanhas com mais de 14 cores, povoados ricos culturalmente, desertos de sal e paisagens naturais de tirar o fôlego. O melhor de tudo: é super fácil de chegar. Então vem saber mais sobre esse destino com a lista que preparamos com os lugares imperdíveis para conhecer em Jujuy na Argentina.

Nós conhecemos esse destino numa roadtrip sensacional, passando por Salta e Jujuy. Pela estrada, um visual cheio de formas, cores e um clima super árido, além de temperaturas baixas e ventos gelados.

O norte da Argentina é uma região com ares e paisagens bem diferentes do que estamos acostumados a ver nos roteiros mais tradicionais.

Veja também: Tudo o que você precisa saber para planejar uma roadtrip pelo Norte Argentino (Salta e Jujuy)

Jujuy na Argentina: onde fica

Essa província fica localizada exatamente no noroeste argentino, ou NOA, como se chama por lá. Normalmente quem planeja um roteiro pela região passa pelos estados Jujuy, Salta, Tucumán, Catamarca, La Rioja e Santiago del Estero.

Próxima ao Chile e à Bolívia, a paisagem da região lembra muito a dos países vizinhos, com áreas desérticas e cadeias montanhosas. No caso de Jujuy, há várias cidadezinhas e povoados bem pequenos, o que torna o turismo ainda mais interessante para quem gosta de conhecer mais sobre a cultura e a população local. Lá é tudo bem simples e as pessoas vivem da produção agrícola e da criação de lhamas.

lhamas na beira da estrada em Jujuy
lhamas em Jujuy na Argentina

Como chegar em Jujuy

O aeroporto mais próximo é o de Salta (SLA), mas não há voos diretos do Brasil, geralmente eles fazem escala em Buenos Aires ou Córdoba. Essa pode, inclusive, ser uma viagem combo: Buenos Aires + Salta!

Nossa dica é desembarcar em Salta e alugar um carro. A viagem dura aproximadamente 2h e você poderá apreciar a paisagem no caminho.


Nós sempre fazemos nossas reservas pelo site da RentCars, pois eles fazem um compilado entre as maiores seguradoras de veículos e oferecem o melhor preço. 


Como ir de ônibus de Salta para Jujuy na Argentina

Para quem desce no aeroporto de Salta, são 20 minutos de carro para o terminal de ônibus, mas é necessário pegar um táxi ou pedir algum carro em aplicativos. Chegando na rodoviária de Salta há vários horários de saída dos ônibus para Jujuy. Mas quem preferir, pode comprar com antecedência pelo Flechabus.

Agora que você já sabe direitinho como chegar, que tal saber mais sobre os lugares para conhecer em Jujuy?

O que conhecer em Jujuy

#1 Purmamarca e Cerro de los Siete Colores (foto de capa)

De todos os lugares pelos quais você passará no norte argentino, Purmamarca talvez seja o local mais imperdível de todos. Embora seja uma cidadezinha super pequena, passar um dia por lá foi uma das experiências mais incríveis que tivemos.

Praça de Purmamarca na Argentina
Praça de Purmamarca na Argentina

O gostoso é simplesmente se deixar levar, passar o dia andando e conhecendo as ruas em tom ocre, com construções todas em adobe. Além disso, a cidade tem bons restaurantes e atrações culturais, como espetáculos na rua e artesanato.

Se a cidade por si só já vale a visita, mais imperdível ainda é o Cerro de los Siete Colores, um dos cartões postais mais famosos da Argentina. Trata-se de uma montanha ao redor da cidade que tem um visual realmente impressionante. Toda a fama é porque o morro é todo colorido, o que é explicado pelos fenômenos geológicos nos 75 milhões de anos de sua existência. O ideal é ir após as 10h da manhã, quando dá para ver melhor as cores e tirar lindas fotos.

A visita ao mirante onde você vê o Cerro de los Siete Colores custa 10 pesos.

Veja também: Roadtrip pelo Norte Argentino [Dia 3]: Purmamarca, Cerro Siete Colores e Paseo de los Colorados

#2 Quebrada de Humahuaca

A Quebrada de Humahuaca não poderia ficar de fora da sua lista de lugares imperdíveis para conhecer em Jujuy na Argentina! Para se ter uma ideia da importância da Quebrada de Humahuaca, ela foi declarada Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade em 2003. O local é um vale cercado por montanhas multicoloridas, cada uma mais linda que a outra.

paseo de los colorados, argentina
Quebrada de Humahuaca

Além disso, a Quebrada de Humahuaca é uma região com diversos vilarejos que valem uma visita por conta de sua importância histórica, já que há diversos povoados anteriores aos incas. É um passeio completo: Paisagem deslumbrante e muito valor cultural e histórico.

Veja também: Roadtrip pelo Norte Argentino [Dia 2]: Quebrada de Humahuaca, Maimará, Tilcara e o Hornocal

#3 Serranía del Hornocal

Este é outro visual que te faz ficar até sem fôlego. Localizada a mais de 4 mil metros de altitude, a Serranía del Hornocal é um local de difícil acesso.

Na verdade, o barato do passeio são os mirantes por onde se passa no caminho até o Hornocal e de onde se vê de longe a cadeia de montanhas, famosa por possuir 14 cores.

Montanhas do Cerro Catorze Colores em Hornocal
Cerro Catorze Colores em Jujuy na Argentina

O fenômeno é explicado pela formação calcária proveniente de diversos minerais, além da erosão. Por lá é popularmente conhecido como Cerro Catorze Colores. Por não haver placas nem ser localizado com GPS (além de a estrada ser difícil), o ideal é ir com guias até lá. O valor do passeio costuma sair na faixa de 200 pesos.

#4 Tilcara

Tilcara é obrigatório na lista de lugares para conhecer em Jujuy na Argentina, isso porque provavelmente esse é um dos povoados mais turísticos de Humahuaca. Vale a pena guardar um tempinho para conhecer a cidade e conversar com os locais, entender um pouco da cultura, muito marcada pelas festas típicas.

Outro ponto turístico bem importante para a história da região é a Pucará de Tilcara, uma fortaleza construída pelos Incas e redescoberta no século XX, com vestígios de construções importantes para a cultura do povo.

Fortaleza de Pucará de Tilcara na Argentina
Pucará de Tilcara

Uma curiosidade sobre Tilcara, embora seja uma tradição em toda a região de Humahuaca, é o ritual de Pachamama, em agosto. Significando “Mãe Terra”, é uma das atrações culturais mais importantes para as famílias, que se reúnem para agradecer às bençãos, oferecendo a Pachamama alimentos e oferendas que devem ser enterrados.

#5 Maimará

Esta é outra cidadezinha, talvez uma das principais, também localizada na Quebrada de Humahuaca. O cartão postal de lá é uma das montanhas coloridas mais conhecidas deste roteiro: La Paleta del Pintor.

O ideal é se planejar para chegar até a cadeia de montanhas em torno das 16h, quando a luz está ideal para ver bem as cores.

Montanhas Las Paletas del Pintor Argentina
La Paleta del Pintor em Jujuy na Argentina

#6 Cuesta del Lipan

Por causa das várias curvas sinuosas, nós consideramos essa estrada uma das mais bonitas da América do Sul. A Cuesta del Lipan fica na Rute 52 e liga Purmamarca a Salinas Grandes por 17 km de comprimento.

O legal é cruzar essa estrada sem pressa, apreciando a vista, a paisagem andina, os cactos e as montanhas. É uma vista espetacular e você não vai resistir parar para algumas fotos. Por conta da altitude, só de descer do carro já bate um cansaço mas isso é mais do que normal e faz parte da aventura.

Estrada Ruta Nacional 52 na Argentina
Ruta Nacional 52

#7 Salinas Grandes

Por fim e não menos importante estão as sensacionais Salinas Grandes. Se você está fazendo uma roadtrip pela América do Sul, esse pode ser um ponto legal para se passar. Isso porque elas ficam na Ruta 52, uma linda estrada que liga a Argentina ao deserto do Atacama.

O visual é a clássica imensidão branca de um deserto de sal. Trata-se de uma versão bem mais modesta do Salar de Uyuni, que fica na Bolívia.

Piscinas naturais em Salinas Grandes na Argentina
Salinas Grandes

São 212 km quadrados de deserto, e uma boa é ir com guia até um dos “ojos del mar”, onde se podem ver piscinas transparentes no meio do deserto. Eu fiquei boquiaberta com tamanha beleza!

Veja também: Roadtrip pelo Norte Argentino [Dia 4]: Cuesta del Lipan, Salinas Grandes e San Antonio de los Cobres


Esperamos que esses passeios te inspirem a fazer uma viagem bem legal pelo norte da Argentina. Se você já fez essa trip e tem dicas de outros lugares para conhecer em Jujuy, conta pra gente aqui nos comentários =)


Que tal passar mais uns dias pela Argentina, veja outros lugares que podem te interessar:

Roteiro de 10 dias em Bariloche e San Martin de Los Andes para curtir o inverno

Esquel, uma pequena cidade para conhecer na Patagônia Argentina (guia completo)


Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.