Foz do Iguaçu: roteiro para uma viagem de 4 dias

As Cataratas do Iguaçu são um dos pontos turísticos mais visitados no Brasil e não é para menos, afinal, a grandiosidade da famosa queda d’água é impressionante, um cenário sem igual e de tirar o fôlego. Essa é uma experiência incomparável que iremos contar nesse post, além de dar dicas de como organizar um roteiro de 4 dias à Foz do Iguaçu, passando pelo lado Argentino e com direito a uma visita ao Paraguai.

*Texto revisado em dezembro de 2018

Foz do Iguaçu: Como chegar

O aeroporto internacional de Foz do Iguaçu é bem grande e recebe vôos de várias partes do Brasil. Como decidimos em cima da hora, acabamos pagando caro pela passagem, mas é só ficar de olho em sites como o Kayak, que sempre rolam ótimas promoções e você pode encontrar vôos saindo do Rio de Janeiro para Foz por R$300.

Foz do Iguaçu: Onde se hospedar

Na nossa viagem nós escolhemos a Pousada das Cataratas e adoramos! Bem localizada, quarto amplo e limpinho, café da manhã e wifi. Super recomendo!

Outra opção de hospedagem é o San Rafael Comfort Class, que fica em uma área bem central, com diversas opções de transportes. O atendimento é um dos pontos mais positivos, já que a equipe é nota 10, super atenciosa. O hotel é bem grande, com vários quartos, piscina, uma área comum bem decorada e com café da manhã incluído.

O Bogari Hotel também é uma ótima opção. Os quartos são amplos, bem aconchegantes e super limpos. O café da manhã é muito bem servido e ainda tem piscina e um bar com ótimos drinks.

Queda d'água das cataratas do iguaçu no lado brasileiro
Cataratas do Iguaçu do lado brasileiro

Foz do Iguaçu: Dia 1

Chegamos na cidade à tarde e fomos direto visitar a cidade Argentina Puerto Iguassu. Em seguida, fomos até o Marco das Três Fronteiras, que fica a uns 40 minutos de carro do centro de Foz do Iguaçu, e no Duty Free. A noite fomos novamente à cidade argentina para jantar um delicioso bife de chorizo.

Nós fomos ao El Quincho del Tio Querido, que embora seja chamado de churrascaria pelos argentinos, não é como o famoso rodízio de carnes que conhecemos por aqui. Você escolhe a sua carne pelo cardápio e escolhe os acompanhamentos. No dia que fomos haviam músicos argentinos e um casal dançando tango para animar o ambiente. Peça as deliciosas Empanadas Argentinas de entrada. Recomendadíssimo!

el quincho del tio querido na Argentina
El Quincho Del Tio Querido

Compre sua entrada para o Marco das Três Fronteiras aqui


Foz do Iguaçu: Dia 2 

Durante o dia nós conhecemos as Cataratas do lado Brasileiro e fizemos o passeio de barco Macuco, dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Esse é um passeio imperdível para quem ama natureza pois o barco passa pelas Cataratas. Você ainda pode escolher o passeio mais radical, com rafting ou ficar no nível mais tranquilo.


Você pode agendar aqui a sua excursão às Cataratas saindo do lado brasileiro


À noite fomos jantar no centro de Foz do Iguaçu e nossa sugestão é o La Mafia Trattoria, que além de pratos deliciosos ainda tem um atendimento incrível. Os garçons explicam cada opção no cardápio e ainda sugerem vinhos que combinam com aqueles pratos.

Endereço: R. Watslaf Nieradka, 195
Horário de Funcionamento: De segunda à sabado das 19hs às 23:30

No centro de Foz do Iguaçu também encontramos o Capitão Bar e o Rafain Chopp, que são vizinhos e tem o mesmo estilo, com pratos, petiscos e muitos drinks diferentes no cardápio. No Capitão Bar pedimos uma deliciosa cebola empanada e filé mignon para petiscar. No Rafain pedimos bife de chorizo com arroz à piamontese. Não era uma tradicional carne argentina, mas estava bem gostosa!

Pratos do Capitão Bar e do Rafain Chopp em Foz do Iguaçu
Capitão Bar e o Rafain Chopp

Endereço: Av. Jorge Schimmelpfeng, 288
Horário de Funcionamento: De segunda à domingo, das 11:30 às 2hs

Por fim, não deixe de conhecer também a Rafain Churrascaria  Show, essa churrascaria é bem famosa entre os turistas. Lá eles oferecem um show típico de cada pedacinho do brasil como o samba do rio de janeiro, as baianas da Bahia e por aí vai.

Endereço: Av. das Cataratas, 1749 – Jardim Iguacu
Horário de funcionamento: De segunda à sabado das 11:30 às 16hs e das 19:30 às 23hs. Domingos das 11:30 às 16hs.

Palco do Rafain Churrascaria  Show
Rafain Churrascaria  Show

Foz do Iguaçu: Dia 3

Já no terceiro dia resolvemos conhecer o Paraguai e fomos a Ciudad del Este, que fica bem na fronteira e é considerada o paraíso das compras. Lá você encontra uma infinidade de eletrônicos, cosméticos, roupas, etc, por valores mais acessíveis do que no Brasil. Porém, é bom andar com cuidado pois é uma área bem cheia e tumultuada. Nos informaram que sábado é um dia ainda mais cheio, então o melhor é escolher ir em um dia de semana.

As lojas da Ciudad del Este não abrem no Domingo, apenas algumas ficam abertas pela manhã. O horário de funcionamento das lojas durante a semana e aos sábado é de 7h às 16h (a maioria das lojas, há exceção). Vale lembrar que, ao cruzarmos a fronteira para o Paraguai, o horário muda, atrasando 1h.

A travessia para o Paraguai pode ser feita de carro, ônibus ou a pé, pela Ponte da Amizade. A fila de carros costuma ficar bem grande então ir a pé pode ser a melhor opção.

À tarde fizemos o passeio pela Usina Hidrelétrica de Itaipu, que vale muito a pena a visita. São dois tipos de tours, o Circuito Especial, no qual os guias contam toda a história do local e mostram o funcionamento da usina por dentro e a Visita Panorâmica, na qual você só passeia pela área externa.

O Circuito especial custa R$82 e dura 2h30. (nesse caso é importante agendar o horário específico). Já a Visita Panorâmica custa R$42 e dura cerca de 1h30 e funciona todos os dias das 8h30 às 16h45 . Os ingressos podem ser comprados aqui

Foz do Iguaçu: Dia 4 

Reservamos o último dia para conhecer as Cataratas do lado Argentino. Fizemos alguns passeios dentro do parque, entre eles caminhamos até a Garganta do Diabo, o circuito inferior e atravessamos o rio de barco para chegar ao topo da Ilha San Martin.


Você pode agendar aqui sua excursão às Cataratas saindo do lado argentino


Vista da queda d'água das Cataratas do Iguaçu do lado argentino
Cataratas do Iguaçu do lado argentino

Foz do Iguaçu: Dicas de viagem 

  • Antes de planejar a sua viagem, pesquise sobre o nível de água nas Cataratas!
  • Lembre-se que os argentinos tem a “hora do descanso”. A maioria dos restaurantes fecham entre 14h e 17h.
  • Super dica: como fomos primeiro nas Cataratas do lado brasileiro, fizemos o passeio de barco lá mesmo. Custou R$170 e foi bem legal, mas, quando fomos no lado Argentino, vimos um passeio mais legal e mais barato.
  • Como em Foz do Iguaçu é tudo pertinho, nós optamos por alugar um carro e assim ficamos mais à vontade para fazer o que queríamos, sem precisar depender de outras pessoas. Nós usamos o RentCars, que é ótimo, pois eles fazem um compilado dos preços de várias seguradoras e te oferecem o mais em conta.

Espero que nossas te ajudem a fazer um passeio maravilhoso por Foz do Iguaçu =)


Você pode gostar de ver também: 

4 passeios imperdíveis no lado Argentino das Cataratas do Iguaçú

 Conhecendo o lado brasileiro das Cataratas do Iguaçú

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.