Florianópolis é bem conhecida por suas praias, que na alta temporada atraem muitos turistas do país e do mundo todo. Mas se você curte aventura, vem com a gente descobrir as melhores trilhas de Florianópolis para você explorar e colocar uma pitada a mais de emoção na sua viagem.

Floripa tem diversas opções para trilheiros, desde aquelas de nível leve, até aquelas sugeridas somente para quem tem experiência e está com o condicionamento físico em dia! Inclusive, há opções adaptadas para o público com mobilidade reduzida.

E se você está curioso para saber mais sobre as 10 melhores trilhas da Ilha da Magia, aqui nós daremos várias dicas e opções, organizadas pelo grau de dificuldade, para que seja possível escolher a melhor opção para você.

Então desperte o espírito desbravador que existe em você para colocar o pé na estrada, ou melhor, na trilha! Vamos lá?

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!


Trilhas de Florianópolis: qual é a melhor época para fazer?

A melhor opção é sempre fazer a trilha com clima seco, evitando dias em que esteja chovendo ou após dias que choveram, pois várias trilhas ficam muito cheias de lama, o que pode tornar a aventura perigosa.

Com relação a época do ano, o verão é sempre uma ótima opção, os dias costumam ser ensolarados e o calor é muito convidativo para aquele mergulho no mar, principalmente nas trilhas que tem como ponto final alguma praia. Nesse caso, escolha começar a trilha logo pela manhã, para evitar fazê-la com o sol muito forte.

trilhas de florianópolis alto
Florianópolis vista do alto.

As épocas de outono e primavera podem ser bastante interessantes também, pois o tempo está mais ameno, mas ainda garante aquele calorzinho gostoso para uma atividade ao ar livre.

No inverno, o tempo costuma ser seco na capital de Santa Catarina, o que ajuda aqueles que querem explorar os caminhos mais longos. Então se você está considerando vir à cidade na estação mais fria do ano, saiba que vai ter opções ao ar livre para desfrutar.

Porém, para aqueles que querem aproveitar o combo trilha + praia, pode não ser a opção mais interessante, já que a temperatura costuma cair bastante na cidade e um mergulho no mar não vai ser tão convidativo ou atrativo.

Seguro Viagem: Brasil
GTA BRASIL 18 GTA BRASIL 18 Assistência médica R$ 18.000 Bagagem extraviada R$ 600 R$ 4/dia*
APRIL 15 Brasil Basic APRIL 15 Brasil Basic Assistência médica R$ 15.000 Bagagem extraviada R$ 1.000 R$ 4/dia*
ITA 18 NACIONAL ITA 18 NACIONAL Assistência médica R$ 18.000 Bagagem extraviada R$ 300 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*

Trilhas de Florianópolis: dicas para você planejar a sua aventura

Como você verá, mesmo que a sua praia não seja fazer trilhas, Floripa tem opções para todos, então é um ótimo local para iniciar-se nessa prática. Alguns pontos, no entanto, merecem destaque.

É sempre importante usar roupas e calçados apropriados. Algumas trilhas têm vegetação mais fechada, portanto, mesmo no verão o uso de calça comprida, ou meião, é indicado para evitar que as pernas fiquem machucadas.

Da mesma forma, você deve se atentar a escolha do calçado. A melhor opção é sempre um calçado fechado, seja um tênis para trilhas mais simples, ou uma bota de caminhada, para as trilhas que exigem mais. Aproveite para conferir nosso post sobre como escolher a bota de trekking ideal.

Não esqueça do protetor solar, repelente e boné ou chapéu. Também é essencial levar água, em torno de 1,5L por pessoa, mas se a ideia for uma trilha mais longa e não houver local para reposição, aconselhamos levar mais.

Um lanchinho é sempre interessante para matar aquela fome no caminho, principalmente nas trilhas que não tem muita estrutura. Opte por alimentos mais leves, como frutas, sanduíches e barras de cereal, para garantir energia e bem estar.

Ah! E é sempre bom lembrar, na hora de ir embora, leve todo o lixo produzido por você com você. Ademais, além de fotos lindas e boas lembranças, você ainda leva uma experiência sem igual para casa.


#DicaDaGaia: Nós daremos dicas de trilhas espalhadas por toda a cidade de Florianópolis por aqui. E em algumas delas, você precisará de carro para chegar até suas entradas.

Portanto, se você precisar alugar um carro, nós recomendamos conferir o site RentCars. Uma de suas grandes vantagens é que ele tem uma ferramenta de comparativo entre as melhores locadoras que atendem os destinos. Assim, você encontra os melhores preços do mercado juntamente com as melhores opções de veículos disponíveis.

Eles são muito práticos, atenciosos, com um serviço de primeira e ainda atendem em quase todos os países e cidades do mundo! A gente sempre usa e recomenda! Clique aqui para fazer a sua cotação.


Trilhas de Florianópolis: quais são as melhores?

Abaixo, nós listamos as 10 melhores trilhas de Floripa na nossa opinião, para você poder aproveitar independentemente do seu tipo ou estilo de viagem e condicionamento físico. Para saber quais são essas trilhas, é só continuar lendo!

1. Trilha das piscinas naturais da Barra da Lagoa

Com início depois da ponte do canal da Barra da Lagoa, essa é uma trilha bastante simples, sem grandes aclives. Sua grande vantagem é que ela apresenta várias saídas para pequenas praias.

Apesar do trajeto ter visuais incríveis, a cereja do bolo fica no destino final: as piscinas naturais da Barra da Lagoa. Na realidade, elas são um costão com pedras, que acabam por formar uma enseada de mar mais calmo e de um azul estonteante.

No local, não há extensão de areia nem sombra disponível ou lugar para colocar guarda-sol. Nossa sugestão é chegar bem cedo, para conseguir estacionar próximo ao ponto de partida da trilha, conseguir um bom lugar nas pedras e aproveitar as piscinas, que ainda estarão vazias.

trilhas de florianópolis piscinas naturais
As piscinas naturais são uma das coisas mais lindas que você irá ver por lá!

No local do banho de mar, por ser tudo feito de rochas, é necessário bastante cuidado ao caminhar, para não escorregar e sempre prestar atenção ao entrar e sair das piscinas. Na dúvida, peça auxílio a quem está em volta, todos sempre estão dispostos a ajudar.

Essa é, sem dúvidas, uma das melhores trilhas de Florianópolis!

2. Trilha do Gravatá

Essa trilha é uma das mais leves desta lista, apesar da subida um pouco íngreme no começo. Com duração entre 30 a 50 minutos e com uma vista incrível, ela fica localizada entre a Praia Mole e Praia da Joaquina, com o seu início na Rodovia Jornalista Manoel de Menezes (SC-406), n. 346 e término na Praia do Gravatá.

Ela é perfeita para quem busca um banho de mar e uma aventura mais leve e simples. Apesar de tudo, ela não conta com nenhum ponto de apoio no trajeto e nem ao final, portanto leve sua água e lanchinhos.

Ao longo da Rodovia, também não existe local para estacionar, portanto a melhor opção é estacionar o carro antes ou depois do morro e subir a pé até o local de início.

trilhas de florianópolis Praia Mole
A famosa Praia Mole, em Florianópolis.

Leia também: Quanto custa viajar para Florianópolis


3. Trilha de Naufragados

Essa trilha te leva até a praia mais ao sul de Florianópolis, a Praia de Naufragados. É uma trilha simples, que começa no ponto final da linha de ônibus da Caieira da Barra do Sul e tem aproximadamente 2,5km de extensão.

Todo trajeto dura em torno de um pouco mais de uma hora, tendo uma pequena subida no início, mas que não causa grandes dificuldades. A praia de destino fica localizada em área de preservação ambiental, em meio a Mata Atlântica. Porém, ela conta com alguns restaurantes de frutos do mar para um almoço pós trilha.

4. Trilha da Galheta

Como já falamos no nosso post sobre as praias para visitar em Florianópolis, a Praia da Galheta é o reduto naturista em Florianópolis e é acessível somente por trilha, partindo da Barra da Lagoa ou da Praia Mole.

Para quem começa na Barra, o início da trilha é o mesmo que dá acesso às piscinas naturais, mas ao invés de ir para a esquerda, vira-se à direita, em direção ao topo do morro.

Do alto, se tem uma vista privilegiada da Barra da Lagoa, da Lagoa da Conceição, da Praia do Moçambique e da Reserva do Rio Vermelho. Ao todo, são aproximadamente duas horas de trilha até a praia, que não tem nenhuma estrutura, portanto leve tudo o que for precisar.

trilhas de florianópolis lagoa da conceição
Barra da Lagoa da Conceição, Florianópolis.

Já a outra opção de trajeto, é feita a partir do canto esquerdo da Praia Mole e é bem mais simples. São apenas 500 metros de trilha, portanto, vale mais apena se seu objetivo for a praia em si e não a trilha, já que pela Barra da Lagoa o trajeto apresenta muito mais atrativos e é mais bonito.

5. Trilha do Morro das Aranhas

Outra praia que já falamos aqui no blog, é a Praia do Santinho. E a trilha do Morro das Aranhas começa justamente na pequena trilha calçada, que serve para avistar as escrituras rupestres da região.

Partindo dali, são aproximadamente 2 km pela Costa do Morro, em um trajeto que leva em média 1h. É uma trilha acidentada, com várias pedras para se desviar do caminho, por isso, é categorizada como nível moderado.

trilhas de florianópolis mulher
Florianópolis é um destino perfeito para quem curte ecoturismo.

Além disso, ela não é recomendada para crianças. Também recomendamos que  você não carregue muito peso ou objetos nas mãos, pois será necessário diversas vezes apoiar-se ao longo da trilha.

A recompensa é uma vista deslumbrante, que contempla o verde dos morros, o azul do mar e o branco das dunas, vale muito a pena!

6. Trilha da Costa da Lagoa pelo Canto dos Araçás

Essa é uma trilha de intensidade moderada, considerando que existem alguns trechos que demandam mais atenção. Do início da trilha, no final da Estrada do Canto dos Araçás (Ponto 3 de barco) até o final (Ponto 21 de barco) são aproximadamente 8km, mas você não precisa percorrer todo o trajeto.

É possível parar ao longo da trilha, em qualquer um dos pontos paralelos às paradas do barco. Assim, você pode aproveitar para almoçar em algum dos diversos restaurantes de frutos do mar, tomar banho na Lagoa da Conceição e, se chegar até o ponto 17, desfrutar de uma pequena cachoeira.

Para retornar, existe a opção de voltar pelo mesmo trajeto da ida, ou pegar um dos barcos da associação, ao custo de R$12,00 por pessoa, pedindo para o barqueiro te deixar onde o carro ficou estacionado ou seguindo até o ponto final, no centrinho da Lagoa da Conceição.


Veja também: Passeios em Florianópolis: 10 passeios imperdíveis muito além das praias


7. Trilha da Lagoinha do Leste

Esta talvez seja a trilha mais famosa de Floripa. Para chegar até a Praia da Lagoinha do Leste existem duas opções: fazer o caminho partindo da Praia do Pântano do Sul ou da Praia do Matadeiro.

A primeira, que é a preferida pelos trilheiros, com início na Servidão Manoel Pedro de Oliveira, n. 102, pode ser considerada uma trilha de intensidade moderada/difícil. Apesar de sua extensão não ser tão longa, leva-se em torno de 1h a 2h fazer a subida bastante íngreme que ela possui.

Se você optar por fazer o trajeto partindo da Praia do Matadeiro, o trajeto é mais longo, porém bem menos íngreme. Ele leva aproximadamente de 2h a 3h até a praia. O maior atrativo em fazer a trilha pelo Matadeiro, é a vista. Por não ter a vegetação tão fechada, permite maior apreciação do cenário.

Ao chegar na praia, se você ainda tiver ânimo, recomendamos fazer a trilha da Pedra da Coroa, que leva a uma das mais belas vistas do sul da Ilha e onde as pessoas fazem foto na tradicional Pedra no Desfiladeiro. Essa é a parte mais cansativa, a subida é extensa e demanda total atenção, mas a vista é de tirar o fôlego e vai render várias curtidas nas redes sociais!

trilhas de florianópolis lagoinha do leste
Essa é a Lagoinha do Leste, em Florianópolis.

E se depois da trilha, até a Pedra da Coroa você não aguentar fazer o caminho de volta, na alta temporada existem barqueiros a postos, prontos para levar de volta até o Pântano do Sul. Mas fique atento, eles retornam somente para o Pântano, então se o carro ficou estacionado no Matadeiro, será necessário pegar um Uber ou ônibus para retornar até o veículo.

8. Trilha para as cavernas do Pântano do Sul

Outra opção de trilha em Florianópolis bastante diferente é a das cavernas marítimas do Pântano do Sul. A trilha sai do canto esquerdo da praia, passa por vegetação bem fechada e termina em um paredão de rochas.

É uma trilha com um grau alto de dificuldade e que necessita do acompanhamento de guias, ou de pessoas que conheçam bem a região, pois será necessário descer e subir o paredão.

Dependendo da maré, pode se tornar perigoso ou até mesmo não recomendável o passeio. Mas por ser uma paisagem muito diferente do restante da Ilha, é uma atividade que vale a pena conferir e fazer.


Leia também: Onde ficar em Florianópolis: melhores praias, hotéis e pousadas


9. Trilha Ecológica do Rio Vermelho

Essa é a opção mais diferente entre todas que vamos apresentar. Trata-se em realidade de uma trilha guiada pelos monitores da ONG R3 Animal. Com extensão de aproximadamente 1km, ao longo do trajeto são avistados animais resgatados e que não possuem mais condições de serem devolvidos à natureza.

São em torno de 150 animais silvestres de 35 espécies, como macacos, jabutis e diversas aves. Tudo é feito de forma a ser acessível inclusive para pessoas com mobilidade reduzida e para a minimizar o impacto ambiental, já que o trajeto é feito sobre decks de madeira.

É um passeio bem interessante para quem tem crianças, já que não é muito extenso, possui uma boa estrutura e a possibilidade de visualizar diversos animais. A visita é gratuita, podendo ser feita de terça a domingo, das 10h às 17h.

trilhas de florianópolis tucanos
Aproveite para ver diversos animais silvestres!

Mas há um limite no número de visitantes, por isso é interessante entrar em contato para verificar a disponibilidade. Mais informações podem ser consultadas no site, por meio do telefone (48) 3665-4490 ou do e-mail trilha@fatma.sc.gov.br.

10. Trilha do Morro do Cambirela

Nossa última sugestão não fica propriamente em Floripa, mas no município vizinho de Palhoça e com certeza é a mais difícil dessa lista. São aproximadamente 6 a 8 horas de subida morro acima, sem contar o tempo descida, que é o mesmo.

Com um início relativamente fácil, aos poucos o trajeto vai se tornando cada vez mais íngreme, sendo que em algumas horas é necessário inclusive realizar pequenas escaladas.

É uma trilha para quem tem ótimo preparo físico e gosta de se aventurar. Caso você queira, você pode decidir dormir no cume e descer só no dia seguinte. Do alto, é possível ver toda a Ilha de Florianópolis e boa parte dos municípios vizinhos. O pôr do sol é incrível e a noite, a vista tira mais ainda o fôlego.

Necessita de guia com experiência no trajeto, pois não é raro haver reportagens de pessoas que se perderam ao tentar realizar a trilha. Além disso, se a opção for de pernoite, também é preciso levar barracas e roupas quentes, pois a noite, mesmo no verão, faz bastante frio por conta da altitude.

É uma experiência única e que vale muito a pena, se você tiver como fazê-la. É uma das melhores trilhas de Florianópolis. Recomendamos!

trilhas de florianópolis mochila
Para trilhas mais intensas, prepare as roupas e sapatos adequados.

Por fim, recomendamos que você dê um pulo na Guarda do Embaú. Este distrito que também fica localizado em Palhoça, possui duas trilhas incríveis e que valem a pena a visita: a Pedra do Urubu e a Praia do Maço.


Clique para conferir essas e outras dicas sobre este destino incrível no litoral catarinense:

Guarda do Embaú: como chegar, onde ficar, passeios e dicas imperdíveis


Trilhas de Florianópolis: dica extra para aproveitar as trilhas da Ilha da Magia

Uma fonte muito bacana de informações e dicas sobre várias dessas trilhas que apresentamos, é o site e aplicativo Floripa Hike, que foi contemplado pelo Programa de Incentivo à Inovação da Prefeitura Municipal de Florianópolis. Vale muito a pena conferir o site/app!

Nele você pode encontrar fotos do início e final da trilha, mapa interativo que indica pontos para fotos, mirantes, altitude a ser percorrida, distância, tempo médio etc. Além disso, ainda conta com um ambiente interativo, onde você pode fazer sua lista de trilhas, avaliar as que já fez e interagir com demais membros da comunidade.


E aí, já escolheu suas trilhas em Florianópolis?

Agora que você está por dentro de algumas sugestões de trilhas de Florianópolis, é hora de arrumar a mala com uma mochila, sapatos e roupas confortáveis e se preparar para uma aventura incrível e ótimas fotos no caminho. E você, já fez alguma trilha em Floripa? Qual a sua favorita? Compartilha com a gente! Vamos amar saber!


Que tal conhecer outros destinos incríveis do litoral catarinense?

Melhores praias de Santa Catarina: 10 praias incríveis para conhecer no litoral catarinense

Garopaba (SC): ideal para quem curte surfe e uma vibe tranquila

Praia do Rosa: Um guia para aproveitar esse paraíso em Santa Catarina

Conheça Bombinhas: um dos melhores destinos de praia para famílias no sul do Brasil

Quem escreve | @bia.koslosky
Ana Beatriz
Adora planejar e compartilhar roteiros e dicas dos mais diversos tipos de viagens e acredita que a próxima aventura está sempre a, no máximo, um avião de distância.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *