A Fazenda São Bento é parada obrigatória para quem planeja uma viagem à Chapada dos Veadeiros. É lá que estão as cachoeiras Almécegas I, Almécegas II e São Bento. Elas foram as nossas preferidas durante essa viagem e vamos contar o porquê abaixo! Neste post, você encontra também todas as informações para você planejar a sua visita e fotos de perder o fôlego!


Antes de mais nada, confira o post:

Chapada dos Veadeiros: passo a passo para você planejar a sua viagem


Durante nossa viagem, acordamos bem cedinho todos os dias para desfrutar de mais tranquilidade em cada cachoeira, já que fomos durante um feriado. A estratégia foi ótima e na maioria dos lugares conseguimos pelo menos uma horinha menos movimentada antes dos demais visitantes chegarem.

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!

Nas Almécegas, em especial, acordar cedo foi essencial para encontrá-la ainda vazia e com os primeiros raios de sol da manhã. Olha que paz:

Cachoeira Almécegas Chapada dos Veadeiros
A belíssima cachoeira Almécegas, na Chapada dos Veadeiros

Como é a Trilha das Almécegas, na Chapada dos Veadeiros?

Confira abaixo o nível de dificuldade e outras informações sobre a trilha das Almécegas para você planejar a sua viagem!

Nível de dificuldade da Trilha até a Cachoeira Almécegas

A trilha até a Almécegas I tem 1,6 km de caminhada, com partes planas e subidas em áreas pedregosas. É bem cansativa, mas vale MUITO a pena o esforço.

Já a trilha até a Almécegas II é considerada de nível fácil. São apenas 300m de trilha que levam a uma bela queda d’água, mas não tão grandiosa quanto a primeira.

Primeira parada: Cachoeira Almécegas I

É preciso andar de carro por uma estrada de terra até chegar na primeira parada: Almécegas I. O caminho é muito bem sinalizado e há um estacionamento pertinho da entrada da trilha.

Depois de 20 minutos andando, chegamos em um mirante, onde pudemos ver a cachoeira de cima. O visual é lindo e ótimo para fazer uma pausa para respirar.

Chegando na Almécegas I, nos deparamos com uma queda enorme de 60 m de altura, cercada por pedras, com boa profundidade e muita energia. Um lugar surreal que você quase não acredita no que vê.

A água estava bem gelada, mas entramos mesmo assim e depois ficamos relaxando nas margens do poço. Para os mais aventureiros, tem também um local para pular dentro d’água!

Há ainda uma terceira parada nas piscinas. Lá você poderá ver a queda d’água da Almécegas I de cima e ainda aproveitar para se banhar em uma água mais calma e cheia de piscinas naturais.

cachoeiras chapada dos veadeiros
Viajar para a Chapada dos Veadeiros significa renovar as energias em suas cachoeiras de perder o fôlego!

Segunda parada: Cachoeira Almécegas II

Voltamos ao estacionamento, pegamos o carro e fomos em direção à próxima parada: Almécegas II. No mesmo esquema da primeira, paramos o carro bem perto da entrada da trilha e andamos um pouco menos, cerca de 10 minutos. A trilha é bem reta e menos cansativa do que a outra.

Ao chegar lá, nos deparamos com uma queda um pouco menor do que a Almécegas I, mas um lugar ideal para relaxar e mergulhar. Esse spot é mais tranquilo, e se você não encarou o primeiro, poderá ir nesse com mais facilidade.

Cada cachoeira tem sua característica única e em todas as paradas pudemos curtir muito. Vale gastar algumas horas para aproveitar bastante!

Terceira parada: Cachoeira São Bento

Nossa última parada dentro da Fazenda foi na Cachoeira São Bento, que fica bem na entrada da fazenda de mesmo nome. São apenas 5min de caminhada e você se depara com um piscinão natural com água cor de Coca-Cola.

É uma delícia para nadar em dias quentes. A cachoeira estava bem cheia, o que é compreensível por ser de fácil acesso. Ainda assim conseguimos nadar bastante e curtir um solzinho.

cachoeira sao bento chapada dos veadeiros
Nos feriados as cachoeiras costumam ficar super cheias! O ideal é evitá-los.

Bônus: Cachoeira dos Cristais

A nossa visita na Fazenda São Bento terminou por volta de 15:30h, e como ainda tínhamos algumas horinhas até o dia escurecer, resolvemos conhecer a Cachoeira dos Cristais.

Esse complexo de cachoeiras é super bem estruturado e ideal para curtir em família, devido à facilidade de acesso e ao restaurante amplo e confortável. Não deixe de experimentar o pastel de frango com pequí, bem típico da região!

São diversos pontos para nadar e tomar sol com vista para a Serra da Baliza e o Vale do Moinho. São sete diferentes quedas d’água, uma mais deliciosa que a outra: o Poço da Vovó, a Massagem, o Paraíso, o Recanto da Paz, as Corredeiras, o Segredo e, por último, o Véu de Noiva.

Achamos a trilha um pouco puxada, já que é bem íngreme para descer, e na volta, a subida força bastante. Mas uma boa pedida é separar um dia inteiro para curtir o complexo e todas as suas quedas, isso deixará o passeio muito mais leve e agradável. São várias cachoeiras durante a trilha, você pode escolher a sua preferida e só curtir!

Dica: fomos a tardinha e já não batia tanto sol nas cachoeiras. Além disso, como são várias pontos com cachoeiras, achamos que vale a pena ir de manhã!

Cachoeira dos Cristais Chapada dos Veadeiros
Cachoeira dos Cristais

Como falei acima, visitamos a Cachoeira dos Cristais no mesmo dia, pois o acesso a ela é bem fácil e a trilha tem apenas 500m de extensão, passando por diversos poços e quedas d’água!

Aqui vão as informações práticas para você planejar sua visita às Cachoeiras dos Cristais:

  • Endereço: GO 188 KM172 – Alto Paraíso de Goiás, Brasil
  • Horário de funcionamento: 8h às 18:30h
  • Quanto custa: R$20 por pessoa

Dicas para você planejar sua visita às Almécegas, na Chapada dos Veadeiros

Como chegar nas Almécegas?

As cachoeiras Almécegas ficam localizadas dentro da Fazenda São Bento, que fica na estrada entre Alto Paraíso e São Jorge. O acesso é fácil: seguindo a estrada Alto Paraíso – São Jorge, você logo vai encontrar a entrada da fazenda, que é super charmosa e parece ter saído de um filme. Ficamos encantadas com o lugar, tudo bem cuidado, com animais lindos, natureza e claro, as cachoeiras maravilhosas.

Para facilitar, é só colocar o endereço no seu app de localização: GO 239 – Km 8 – Alto Paraíso de Goiás. E vale saber que o horário de funcionamento é das 8h às 17h.


Recomendamos o aluguel de um carro para visitar a Chapada dos Veadeiros com mais conforto. Nós alugamos o nosso no site Rent Cars (dá pra dividir em até 12x no cartão).


Quanto custa a visita nas Almécegas?

O valor para visitar as Almécegas I e II, além da Cachoeira São Bento é de R$40 por pessoa. O local ainda oferece outros serviços: você pode se aventurar em outras atividades, como tirolesa, rapel e passeio a cavalo.

A belíssima Cachoeira Almécegas
As Almécegas são o atrativo principal da Fazenda São Bento, mas há outras atividades no local!

Onde se hospedar em Alto Paraíso

Alto Paraíso e São Jorge são os locais ideias para você se hospedar se pretende visitar as Almécegas. Em Alto Paraíso, cidade com melhor infraestrutura, nossas sugestões de hotel são: a Woodstock Guesthouse, para quem busca uma pousada charmosa e com mais sossego, ou a Pousada Casa de Shiva para uma localização bem central.


Leia também:

Onde ficar na Chapada dos Veadeiros: qual é a melhor cidade para se hospedar?


Pronto para visitar as Almécegas, na Chapada dos Veadeiros?

Temos certeza que essas dicas vão ajudar muito o seu planejamento de viagem agora que você sabe como chegar nas Almécegas, na Chapada dos Veadeiros, onde se hospedar, como é a trilha, etc. Mas se ainda restou alguma dúvida, não hesite em deixar um comentário!


Para dicas de como montar seu roteiro, confira:

Roteiro Chapada dos Veadeiros: sugestões para 3, 5 ou 7 dias de viagem


 

Quem escreve | @nandahudson
Criadora de conteúdo e viajante profissional, a co-fundadora e editora do Mala de Aventuras está sempre em busca de paisagens de tirar o fôlego e experiências transformadoras pelo Brasil e pelo Mundo.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

3 respostas

  1. Gostei muito do blog de vocês
    Moroem Brasilia e nao fui a chapada
    aqui na região gosto muito de pirenópolis/go, conhecem?

    fico na duvida como sao os acessos as cachoeiras na chapada..receio de ir com quem não pode andar muito e ficar sem muita coisa pra fazer.
    Pirenópolis tem muitos excelentes restaurantes..sempre tem o que fazer

      1. Em relação às cachoeiras da Chapada, acho um pouco difícil ir com alguém que não possa andar muito. Essas cachoeiras, as Almécegas e São Bento, são tranquilas de acesso e acho que seria uma boa opção. Mas há muitas delas que requerem algumas horas de trilha. E até no Parque acho que tem alguma opção.
        Acho válido ir e aproveitar ao menos um pouquinho as belezas da Chapada dos Veadeiros! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *