Nesse post você vai conferir o que fazer em Carrancas: dicas imperdíveis na charmosa cidade que abriga cachoeiras maravilhosas. É o destino perfeito para aproveitar durante o final de semana, para quem mora nos arredores, e também ideal para planejar uma viagem com os amigos durante algum feriadão. Já pode adicionar na sua lista de lugares incríveis para conhecer no Brasil!

Carrancas, Minas Gerais, cachoeiras
Uma das mais belas cachoeiras em Carrancas

Carrancas: onde fica e como chegar

Com apenas 5 mil habitantes, a cidade de Carrancas fica no sul de Minas Gerais e atrai diversos turistas pela beleza de suas cachoeiras, grutas e trilhas. Embora a maioria das estradas sejam de terra, elas se encontram em boas condições.

Quanto ao meio de transporte ideal para chegar em Carrancas, eu indicaria ir de carro. Isso facilitará não só sua chegada em Carrancas, mas também sua locomoção até as trilhas e cachoeiras da região.

A gente usa e recomenda a Localiza para você alugar o seu carro – locadora que ganha no quesito praticidade e bom atendimento.

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!

Saindo do Rio

São 328 km do Rio de Janeiro até Carrancas, aproximadamente 5h30 de estrada. Basta pegar a BR 040, passando por Juiz de Fora até Barbacena, e depois a BR 265 até Itutinga e de lá a estrada para Carrancas.

Saindo de Belo Horizonte

Para quem sai da capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, são 4h30 de viagem. É só pegar a Rodovia Fernão Dias até a entrada para Lavras (saída 688) e você chegará também na Rodovia BR 265.

Saindo de São Paulo

Se você estiver em São Paulo, você levará um pouco mais de 6h na estrada. O caminho é via BR381 + BR265.

Ônibus

A viagem também pode ser feita de ônibus. Como Carrancas não possui rodoviária, é preciso comprar uma passagem para Lavras, que fica a uma hora de distância. De lá, o trajeto para o centro de Carrancas é feito pela Viação São Cristóvão. O bilhete custa R$23,00 e pode ser comprado online.

O embarque e desembarque dos passageiros é na Praça Manoel Moreira (atrás da Igreja) e é importante se planejar bem pois há apenas dois ônibus por dia. No site oficial de Carrancas você pode ver mais informações.

Quando ir para Carrancas

O ideal é visitar a cidade entre os meses de janeiro e março, quando as cachoeiras estão com mais volume de água. Entre março e maio, também é uma boa, pois assim você consegue fugir da estação chuvosa, que começa em outubro, e ainda curtir um pouco do calorzinho que faz nessa época.

Onde se hospedar em Carrancas

Se você busca conforto, não se preocupe: existem boas opções de pousadas em Carrancas. A gente recomenda a Pousada Gaya que fica bem pertinho do centro e tem uma vista linda, porque os chalés ficam no topo da serra. Além do mais, eles são super confortáveis, limpos e ainda tem uma lareira para aquecer nos dias frios.

O que mais nos surpreendeu foi o café da manhã. Ele é preparado na própria pousada, e servido em uma cesta que levam até o seu chalé. Você pode comer na varanda ou no quarto, curtindo uma paisagem magnífica.

Se você busca preço, o “Camping da Ponte” pode ser uma boa opção. Localizado logo na entrada da cidade, à beira de um riacho, o ambiente é super agradável e conta com ótimas instalações. Nós pagamos uma taxa de R$25,00 por pessoa (Jul/2013).

Lá tem um gramado bem nivelado, ideal para montar as barracas. Também tem banheiro masculino e feminino, chuveiros com água quente, estacionamento com vigia 24 horas e um restaurante com várias opções de pratos e porções. O melhor de tudo é que ainda fica próximo das cachoeiras do Moinho e Salomão.

Outras opções de ótimas pousadas, próximas do centro da cidade, são:

Pousada Céu e Serra

Bio Chalé

Pousada Águas de Carrancas


Minas Gerais, Carrancas, Complexo da Zilda, Cachoeiras, o que fazer em carrancas
Complexo da Zilda em Carrancas, MG

O que fazer em Carrancas: as melhores cachoeiras da região

Complexo da Zilda

O Complexo da Zilda é um verdadeiro parque de diversões. Dá para fazer uma trilha de nível médio que te levará até a Cachoeira Racha da Zilda e a Cachoeira dos Anjos. É legal passar o dia todo lá então leve um lanche, água e protetor solar, assim você conseguirá aproveitar também os escorregadores naturais, visitar as grutas e ainda ver um paredão impressionante com pinturas rupestres.

Esse circuito que mencionei custa R$20,00 a visitação, mas também tem a Cachoeira dos Índios e o Sitio Arqueológico Lapa da Zilda, que a entrada é gratuita. O acesso ao Complexo é bem fácil, tem estacionamento e ele fica localizado a aproximadamente 12 quilômetros da cidade.

Foi um passeio excepcional, pois esse é o ponto alto de Carrancas. Nós ainda demos a sorte de pegar um céu azul e o sol bem forte, com certeza um dia perfeito.

Depois de muita caminhada dentro do Complexo da Zilda, voltamos ao acampamento. O jantar foi improvisado, lá mesmo! Nada mais rústico e divertido. Tivemos o prazer de ver a “lua amarela”, fenômeno que acontece de anos em anos – um espetáculo da natureza!

Carrancas MG, Minas gerais, carrancas, cachoeira da esmeralda, o que fazer em carrancas
Cachoeira da Esmeralda em Carrancas, MG

Cachoeira da Esmeralda

No segundo dia nós acordamos cedo para ir rumo à famosa Cachoeira da Esmeralda – tem esse nome por ser a mesma cor da pedra esmeralda – e pude concluir: é INCRÍVEL!

A trilha é leve, dura cerca de 20 minutos e é bem sinalizada. Pelo caminho ainda dá para se refrescar nos poços de água cristalina.

No fim da trilha está o poço da esmeralda, que é o principal e onde dá para nadar tranquilamente. Entre meio dia e 13hs o sol reflete diretamente na água, deixando ela ainda mais cristalina. É absolutamente deslumbrante e faz você se sentir em total sintonia com a natureza.

Carrancas MG, Carrancas, Minas Gerais, Cachoeiras em minas, o que fazer em carrancas
Cachoeira da Esmeralda em Carrancas, Minas Gerais

Cachoeira da Fumaça

Em seguida, a nossa próxima parada foi a Cachoeira da Fumaça. Essa fica localizada no município, são poucas km de carro até lá. Sua queda principal tem mais de 15m de altura e seu nome vem da “fumaça” que se desprende de suas águas ao caírem forte nas pedras.

É uma das cahoeiras mais populares mas infelizmente só pudemos apreciar a vista, que é mesmo de arrepiar, pois a água foi considerada imprópria para o banho. Mas não deixe isso te desanimar pois a vista vale muito a pena a visita. Uma boa dica é levar uma toalha e um lanche gostoso para fazer um piquenique e aproveitar o dia por lá.

Cachoeira da Fumaça, minas gerais, carrancas, cachoeiras, o que fazer em carrancas
Queda d’água na Cachoeira da Fumaça, em Carrancas, MG

Cachoeira Grão Mogol

Essa cachoeira fica a 10km de distância da cidade, é um verdadeiro paraíso escondido e requer planejamento para chegar lá. A estrada é de terra e é preciso um carro 4×4 para fazer o trajeto. Nós indicamos ir acompanhado por um guia local.

Dali mesmo você pode subir para o Poço Azul, que, assim como a Grão Mogol, também tem a água cristalina e um poço ótimo para nadar.

Infelizmente, nós não tivemos a oportunidade de conhecer esses dois encantos da natureza nessa viagem, mas ficou na nossa lista para quando voltarmos à Carrancas, e você pode inserir no seu roteiro e nos contar o que achou.

O centrinho de Carrancas

Visitar o Centro Histórico e apreciar a arquitetura da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição das Carrancas. Ela tem pinturas a ouro e um lindo altar.

Recanto Bar: Restaurante aconchegante, com música ao vivo e comida caseira feita no forno a lenha. A dica é experimentar o queijo pururuca, que fez a fama do local.

Aos sábados têm uma feirinha de artesanato, ótima para quem quer levar uma lembrancinha da cidade e ainda incentivar o trabalho dos produtores locais.

Igreja de carrancas, carrancas mg, minas gerais, o que fazer em carrancas
Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição das Carrancas, em Minas Gerais

Dicas extras:

Se você gostou de saber mais sobre Carrancas e resolveu se aventurar pela cidade, vale lembrar que é muito importante ter uma boa bota ou tênis próprio para trilhas, para evitar uma torção no pé ou escorregar nas pedras. A gente recomenda muito a loja Alta Motanha, que tem ótimas marcas e bom preço. Aproveite para conferir o post:

Como escolher a bota de trekking ideal para você + as melhores marcas do mercado atualmente


Gosta de trilhas e cachoeiras? Confira esse conteúdo que separamos para você:

Roteiro de 3 dias em Ibitipoca, MG

Travessia da Serra de São José, em Tiradentes

Viagem de final de semana: 10 lugares próximos ao Rio para acampar


 

Quem escreve | @nandahudson
Criadora de conteúdo e viajante profissional, a co-fundadora e editora do Mala de Aventuras está sempre em busca de paisagens de tirar o fôlego e experiências transformadoras pelo Brasil e pelo Mundo.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

3 respostas

  1. Oi nanda, vc foi de onibus ou carro? poderia me informar se ha onibus direto do rio para la? ql o valor do pernoite no camping ? obrigada

  2. Oi ! Isto que é vida.Natureza,amo muito tudo isto.Estou fazendo faculdade de turismo e irei me especializar em Ecoturismo.Te agradeço por publicar esses momentos alegres conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *