As famosas Cataratas do Iguaçu são dividas em dois lados: o brasileiro e o argentino. Para um passeio completo você deve visitar ambos. Nesse post contaremos como chegar, quanto custa e tudo que você precisa saber para conhecer as Cataratas do Iguaçú do lado brasileiro e aproveitar ao máximo esse ponto turístico natural que é de impressionar qualquer um.

*Texto revisado em dezembro de 2018

Foz do Iguaçu: Como chegar

O aeroporto internacional de Foz do Iguaçu é bem grande e recebe vôos de várias partes do Brasil. Como decidimos em cima da hora, acabamos pagando caro pela passagem, mas é só ficar de olho em buscadores, que sempre rolam ótimas promoções e você pode encontrar vôos saindo do Rio de Janeiro para Foz por R$300.

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!

Cataratas do Iguaçú do lado brasileiro

Nós separamos um dia só para visitar o lado brasileiro e um dia para visitar o lado argentino. Dizem que o visual do lado brasileiro é mais bonito, porém, no lado argentino podemos ficar mais próximos das quedas. Pude comprovar! Eu me encantei com a beleza das cataratas e senti de perto toda essa energia quando fui do outro lado. Os dois passeios são imperdíveis!

Saímos da pousada bem cedo e pegamos o carro rumo às Cataratas do Brasil, que não fica muito distante do centro de Foz do Iguaçu. Chegando na entrada do Parque Nacional do Iguaçú, já fiquei surpresa com a organização! Tudo muito limpo, com placas e informações em todos os lugares!

Para quem vai de ônibus, a linha 120 – Parque Nacional, faz ponto final bem do lado do parque e sai do centro de Foz do Iguaçú. Você pode ver os horários aqui. Nós também sugerimos usar o Moovit para conferir qual a melhor forma de chegar ao parque.


Você pode agendar aqui a sua excursão às Cataratas saindo do lado brasileiro


Você pode comprar o seu ingresso lá na bilheteria ou comprar online com antecedência, que é o mais indicado, principalmente se você quiser evitar filas.

Veja também: 4 passeios imperdíveis nas Cataratas do Iguaçú do lado argentino

Cataratas do Iguaçú: Chegada ao Parque

Dentro do parque, nós andamos cerca de 2km e chegamos ao “cartão postal” da cidade, o visual mais lindo de todos! É claro que fomos até a passarela que fica no “meio” das quedas. Molha bastante, é necessário capa de chuva, mas é lindo demais! Não deixe de caminhar até lá!

Arco-íris nas Cataratas do Iguaçú do lado brasileiro
Visual incrível no Parque Nacional do Iguaçú

Em seguida andamos mais um pouco até o elevador. Dali pode-se tirar fotos lindas, bem pertinho da maior queda! Íamos pegar o elevador, mas como estava muita fila, optamos pela trilha (bem leve, apenas alguns degraus). Lá de cima temos uma vista linda do alto da cachoeira. O arco-íris colore e deixa a paisagem ainda mais incrível!

Ali perto encontramos algumas lojas, lanchonetes e um restaurante. É bem bonito, com visual para o rio de onde desemboca a queda da cachoeira.

Ponte entre as quedas d´água no Parque Nacional do Iguaçú
Parque Nacional do Iguaçú

O Parque Nacional Iguaçú abre diariamente das 9hs às 17hs.

Veja também: Foz do Iguaçu: roteiro para uma viagem de 4 dias

Passeio de barco nas Cataratas do Iguaçu

Pegamos um ônibus dentro do parque e descemos na primeira parada, onde fica o Macuco Safari. Compramos o passeio de barco que vai embaixo da cachoeira.

Primeiro pegamos um trem que passava dentro da mata e em seguida uma trilha de 10 minutos. Dica: leve uma roupa extra para molhar! Como não levei, tive que ficar o tempo todo com a capa de chuva e mesmo assim me molhei bastante. O barco entra literalmente embaixo da água!

Barco do macuco safari no Parque Nacional do Iguaçú
Passeio de barco no Parque Nacional do Iguaçú

O passeio custa R$215 mas o valor altera se você quiser juntar esse passeio com um rafting ou cachoeirismo. O ingresso pode ser comprado no site oficial.

Você também pode fazer esse passeio saindo do Parque Nacional Iguazú, que fica do lado argentino e o preço é mais em conta.

Informações úteis:

– Há vários opções de passeios como rafting, vôo de helicóptero, arvorismo, rapel entre outros, basta se informar na entrada do parque.

– Cuidado com os Quatis! No parque você vai encontrar várias placas informando que eles são perigosos e meio loucos por comida. Não os alimente e nem chegue muito perto!

– Uma boa dica é levar uma GoPro ou alguma câmera a prova d’água. Nos lugares onde não molhava, eu usava minha Nikon, mas na passarela e no passeio de barco a GoPro foi super útil!

– Leve água, repelente e protetor solar e labial. As caminhadas não são pesadas mas esse é um passeio para o dia inteiro.

– O parque tem algumas lanchonetes espalhadas pelo caminho mas se quiser economizar pode levar seu próprio lanche.


Espero que essas dicas te ajudem a planejar um passeio muito legal por Foz do Iguaçú e se tiver mais sugestões, é só deixar aqui nos comentários =)


Você pode gostar de ver também: 

Onde se hospedar em Foz do Iguaçú

10 dicas imperdíveis para você juntar dinheiro para viajar

Como utilizar o Pinterest para planejar a sua próxima viagem

 

Quem escreve | @nandahudson
Criadora de conteúdo e viajante profissional, a co-fundadora e editora do Mala de Aventuras está sempre em busca de paisagens de tirar o fôlego e experiências transformadoras pelo Brasil e pelo Mundo.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

5 respostas

    1. Olá Gilvania!

      Eu fiz o passeio apenas no lado brasileiro, mas me falaram que o do lado argentino é mais emocionante e mais barato!

  1. Olá, gostaria de saber se para fazer o passeio do Macuco Safari, tem algum locker que possamos guardar a bolsa e afins? Obrigada.

  2. Boa tarde!
    No lado brasileiro a empresa que faz o passeio de barco é a Macuco Safari. E no lado argentino que é mais barato, sabe qual é a empresa?
    Agradeço sua atenção.
    Ah…gostei muito das suas dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *