De uns tempos para cá, as terras lusitanas têm sido destino de muitos brasileiros, tanto para morar, quanto para viajar. Das capitais europeias, Lisboa é a que apresenta as temperaturas mais amenas no inverno. E aqui nesse post nós vamos te contar como é a cidade de Lisboa no inverno, se vale a pena e o que fazer por lá. É só continuar lendo!

A cidade de Lisboa reúne muitos atributos: ruas históricas, clima agradável, o conforto de viajar para um lugar em que falam a mesma língua que a sua e, não menos importante, a deliciosa culinária portuguesa. Na minha opinião, a cidade fica bem mais charmosa no inverno. A capital fica toda enfeitada por conta do período natalino e a gastronomia ganha mais encanto nessa estação.

Portanto, se você ainda estiver curioso para saber um pouco mais sobre Lisboa no inverno, nós vamos te dar as melhores dicas para você se programar e explorar a capital portuguesa no frio. Vamos lá?

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!


Por que visitar Lisboa no inverno?

Cada vez mais brasileiros escolhem Portugal como destino na hora de planejar uma viagem para a Europa e devo dizer que essa é uma escolha maravilhosa, pois o país tem a capacidade de marcar as memórias de seus visitantes e fazê-los querer voltar.

Além de ser um país encantador e manter uma relação de proximidade com o Brasil, Portugal é um lugar que também tem chamado a atenção pelos bons preços (especialmente no inverno, que é a baixa temporada!), seja na hora de reservar a hospedagem, seja nos restaurantes ou mercados.

Além disso, é comum encontrar passagens aéreas para Lisboa para os meses de novembro a fevereiro com preços muito melhores do que no período da alta temporada, que é durante o verão europeu.

lisboa no inverno
A linda Lisboa é um destino de viagem super completo, seja inverno ou verão!

Aliás, aqui vai uma dica para quem gosta de pechinchas em viagens: ao passear pelo centro de Lisboa você verá muitos pequenos mercados (como o Mini Preço, por exemplo). Não deixe de entrar e conferir os preços dos vinhos e azeites. São produtos que costumamos pagar caro no Brasil, e em Portugal o precinho é de cair o queixo!

Isso tudo para dizer que: Lisboa é uma ótima opção de destino europeu, mesmo com o Euro nas alturas. Os preços ficam ainda melhores no inverno, então, se você tinha dúvidas de se vale a pena ou não ir para Lisboa no inverno, já pode arrumar as malas. E prepare-se para se surpreender!


Clima e temperatura de Lisboa no inverno

Nos meses mais frios do ano (dezembro, janeiro e fevereiro), a temperatura na capital lusitana permanece amena, variando entre 8ºC e 15Cº. Você  certamente irá usar roupas mais leves do que as que levaria se fosse para outras capitais europeias nesse mesmo período.

Nessa época também aumenta um pouco a probabilidade de chuvas em comparação ao resto do ano, mas nos 15 dias que estive por lá, durante o mês de dezembro, não peguei nem um diazinho chuvoso. Para mim, o clima em Lisboa no inverno é o seu ponto forte.


O que fazer em Lisboa no inverno

Nós selecionamos os melhores passeios e as melhores atrações de Lisboa no inverno para você se inspirar e já ir montando o seu roteiro pela cidade. Confira abaixo dicas de passeios imperdíveis, dos mais longos aos mais breves, que irão te encantar durante o inverno e farão com que você se apaixone pelo charme de Lisboa.

 

1. Caminhar pelo bairro Chiado e Bairro Alto

O bairro do Chiado, junto ao Bairro Alto, é o centro histórico, considerado o coração da capital portuguesa.  É um bairro boêmio, repleto de bares, restaurantes e lojas, e com vida noturna agitada. Passear pela região, tanto durante o dia quanto a noite, é uma imersão nas tradições da cidade.

É importante lembrar que mesmo em um dia chuvoso é possível fazer esse passeio (com um bom guarda-chuva ou capa). É andando por esses bairros que se vê a arquitetura das casas portuguesas, as charmosas ladeiras, escadarias, bondinhos e azulejos portugueses.

lisboa no inverno azulejos
Os famosos azulejos portugueses!

Nesses bairros também tem belas praças, como a Praça Luís de Camões e a grande Praça do Comércio. E provar das comidas de rua, nas barraquinhas e feirinhas, é uma das melhores coisas a se fazer. No inverno, não deixe de experimentar as castanhas-portuguesas e a ginjinha, um licor português.

Se o dia estiver aberto, aproveite para conhecer os inúmeros “miradouros” que existem em Lisboa ao passear por essa região. São mirantes que te proporcionam uma vista magnífica de diversos pontos da cidade. E no inverno, a paisagem fica ainda mais bonita.

2. Comer bem no Mercado da Ribeira

Para mim, esse é o grande achado em Lisboa, seja no inverno ou até no verão. O Mercado da Ribeira é uma espécie de mercado central na cidade. Por ali você pode petiscar e se aquecer bebendo um vinho ou relaxar com um chopp, como também pode se sentar para fazer uma refeição completa durante o dia e a noite.

mercado da ribeira lisboa
O Mercado da Ribeira cai super bem em um dia de frio em Lisboa. O local é coberto e possui ótimos restaurantes.

O mercado é um excelente refúgio para uma noite fria, possui restaurantes dispostos no estilo “praça de alimentação” com mesas compartilhadas e reúne grandes chefes de restaurantes deliciosos. E se você pensa que só encontrará comida típica portuguesa, está enganado!

O Mercado da Ribeira é um complexo gastronômico que agrupa restaurantes de culinária internacional. Lá você encontra desde hambúrgueres com batata frita, até ceviches, sanduíche de lombo de atum em pão caseiro, sanduíche de caranguejo, e claro, bacalhau de todos os tipos. O melhor de tudo? O excelente custo-benefício.


Veja também: Óbidos: bate-volta imperdível partindo de Lisboa


3. Visitar o Oceanário e o Zoológico de Lisboa

Se você é um admirador da natureza como eu, tem que conhecer o Oceanário e o Zoológico de Lisboa. Separe um dia inteiro para cada um, ou a maior parte do dia pelo menos, pois são passeios que não devem ser feitos com pressa.

oceanario de lisboa
Um ótimo passeio para se fazer em um dia chuvoso em Lisboa: visitar o Oceanário!

Conheci alguns aquários durante minhas andanças pelo mundo, mas um dos que mais me impressionou foi o Oceanário de Lisboa. Eles possuem uma grande biodiversidade de animais marinhos dispostos em enormes tanques super bem cuidados. Clique para conferir mais informações e garantir seu ingresso.

O Jardim Zoológico de Lisboa tem uma pegada diferente do que muitas vezes entendemos como zoológico. É muito mais do que a exibição de animais, que muitas vezes é exploratória e prejudicial a eles. Ele é um centro de conservação das espécies, com desenvolvimento de pesquisas científicas para sua preservação.

Dica importante: se você for surpreendido por um dia de chuva e frio durante sua estadia, esse é o melhor dia para o Oceanário; já o zoológico pede um dia sem chuvas.

lisboa no inverno oceanário
Lontras relaxando no aquário de Lisboa

4. Conhecer o Mosteiro dos Jerônimos e tomar um café de frente para a Torre de Belém

Um ótimo combo de passeio é visitar o Mosteiro dos Jerônimos, Patrimônio Mundial da Unesco, e a Torre de Belém, que fica bem próxima do anterior. Dica: conheça primeiro o Mosteiro e deixe para visitar a Torre de Belém no pôr-do-sol. Tenho certeza de que vai lhe render um belo visual!

O Mosteiro é uma referência de arquitetura gótica e possui grande exuberância. Ao lado do mosteiro fica a igreja de Santa Maria de Belém. Lá, você verá os túmulos de Luís Vaz de Camões e Vasco da Gama. Aproveite para apreciar as esculturas e conhecer mais sobre a arte e história portuguesa.

Ao final da visita, faça uma bela caminhada beirando o Rio Tejo até a Torre de Belém. Escolher um café perto da beira do rio, se sentar, apreciar a vista e curtir o friozinho, pode ser um verdadeiro presente no fim do dia.

Dica: para evitar filas, garanta seu ingresso com antecedência. Clique aqui para conferir mais informações.

lisboa no inverno mosteiro dos jeronimos
O belo Mosteiro dos Jerônimos. Não deixe de ir nesse lugar encantador!

5. Alugar um carro para conhecer os arredores e tomar bons vinhos

Porto é a segunda maior cidade de Portugal e eu pessoalmente achei a cidade uma graça. Ela tem um estilo bem diferente de Lisboa e vale a pena um bate e volta para conhecer essa beleza no norte do país. A viagem de Lisboa até Porto dura menos de 3 horas e minha dica é que você dê uma paradinha no Santuário de Fátima no caminho.

As rodovias são muito boas e sinalizadas. Alugamos um carro na Rentcars por um preço bem legal e saímos de Lisboa pela manhã. Colocamos  “Santuário de Fátima” como primeiro destino no gps e, uma hora e meia depois, chegamos no Santuário, um local imenso e realmente emocionante. Sendo católico ou não, eu sugiro que inclua essa visita no seu roteiro.


Leia também: 10 passeios imperdíveis em Porto, Portugal


Saindo de Fátima, seguimos por 2 horas ao norte até Porto. A cidade fica à margem do Rio Douro e faz parte de uma das áreas vinícolas mais antigas da Europa. É a partir das uvas dessa região que se produz o famoso vinho do Porto.

lisboa no inverno porto
As casinhas coloridas de Porto

Dica: programe-se para conhecer uma “cave”. São os locais de produção de vinho em que você pode ver os tonéis, aprender sobre a produção e provar alguns vinhos incríveis. Quando fui não agendei minha visita, mas recomendo agendar com antecedência para não perder esta experiência.


Clique para conferir outras sugestões de bate-volta incríveis saindo de Lisboa:

Tomar e Almourol – Rota dos Cavaleiros Templários

Fátima, Batalha, Nazaré e Óbidos

Sintra, Palácio da Pena, Cabo da Roca e Cascais


6. Museus imperdíveis em Lisboa

Um bom passeio para se fazer em Lisboa no inverno é aproveitar para conhecer os museus mais interessantes da cidade. Há museus únicos e super diferentes. Aqui vão algumas dicas dos melhores museus:

  • Museu Nacional do Azulejo

Este museu é responsável por reunir mais de 7.000 peças dos famosos azulejos portugueses, que ficam espalhados pelo país inteiro, em igrejas, casas, fachadas, estações de trem etc. Apesar de ser possível ver os azulejos nas ruas, o melhor lugar para admirá-los é no Museu Nacional do Azulejo, que é todo dedicado a essa expressão artística e tão tradicionalmente portuguesa.

  • Museu Coleção Berardo

Localizado no amplo Centro Cultural de Belém, esse é dito como o principal centro de arte moderna e contemporânea de Lisboa. Com mais de 900 obras, o acervo permite visualizar os grandes movimentos artísticos modernos. Assinando as obras, existem nomes como Pablo Picasso, Salvador Dalí, Marcel Duchamp, Piet Mondrian, Joan Miró, Francis Bacon e Andy Warhol.  Aos sábados, a entrada é gratuita.

lisboa no inverno berardo
Fachada do Museu Coleção Berardo
  • Museu Nacional dos Coches

O Museu dos Coches nada mais é do que um museu de carruagens. Localizado num edifício contemporâneo, projetado pelo arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, o museu conta com uma coleção única no mundo de antigas carruagens usadas em tempos passados, algumas da família real portuguesa. É uma visitação bem interessante e que super recomendo.

  • Museu Calouste Gulbenkian

Esse é considerado um espaço cultural de excelência de Lisboa e é um dos museus mais importantes de Portugal. O museu reúne um acervo diverso de pinturas, esculturas, peças decorativas, arte moderna e muito mais. O Calouste Gulbenkian é bem conceitual, tendo como missão promover os valores universais da condição humana. Portanto, as artes, a ciência e a educação têm um palco privilegiado no local.

lisboa no inverno museu
Um museu super elegante que vai te surpreender
  • Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT)

Sendo o projeto mais novo e inovador da cidade, o edifício do MAAT é um dos exemplos nacionais de arquitetura industrial da primeira metade do século XX. O museu é todo focado em arte contemporânea e está levando um outro conceito e panorama de museologia para Lisboa.


Dica: invista em um Lisboa Card!

O Lisboa Card é um cartão que dá acesso a mais de 20 museus e edifícios históricos, além de funcionar como bilhete de transporte. Ele pode ser utilizado nos bondes, ônibus, metrô e até nos trens para Cascais e Sintra.

Dentre as principais atrações incluídas no Lisboa Card estão o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém (sem filas!), o Museu Nacional do Azulejo, o Museu Nacional dos Coches, o Palácio Nacional de Mafra, o famoso Elevador de Santa Justa, entre outros.

O custo x benefício é realmente muito bom, especialmente se você levar em consideração que você não terá que gastar tempo em filas nem se preocupar em comprar cada ingresso separadamente. Clique para confirmar mais informações.


7. Festivais de inverno em Lisboa

Durante o inverno, Lisboa costuma receber alguns festivais bem interessantes, como o Rhodes Festival de Inverno. Este festival de música pop e eletrônica  roda alguns países europeus, como Portugal, Espanha e Inglaterra, durante as épocas de frio.

Suas edições costumam ser esgotadas, então é legal você comprar seus ingressos com antecedência, caso se interesse por ir. A cada ano a programação é diferente, com artistas diferentes e atrações variadas.

Além do Rhodes, durante o inverno europeu, Lisboa também recebe muitas atrações culturais, artísticas e musicais. Um excelente site para você ficar inteirado de tudo o que está acontecendo pela cidade durante essa época é o Agenda Cultural Lisboa.

Lá, você pode ver tudo o que está rolando no momento, inclusive sobre os festivais, e programar o seu roteiro de viagem para encaixar alguma programação.

8. Aula de culinária

Que tal testar seus dotes culinários e aprender a fazer uma iguaria portuguesa durante sua visita à Lisboa no inverno? Essa é uma ótima forma de se abrigar em um local agradável para fugir de um dia de frio intenso. Além disso, você ainda vai voltar para casa podendo impressionar a todos com sua receita de pastel de nata!

Essa experiência pode ser bem legal para incluir no seu roteiro e fazer algo diferente e super autêntico! Clique para saber mais.

aula de culinária em lisboa: pastéis de belém
Nada como um pastel de nata fresquinho!

Dicas extras para você planejar a sua viagem para Lisboa no inverno

Agora que você já sabe que Lisboa é uma cidade incrível para visitar, seja verão ou inverno, aqui vão algumas dicas essenciais para você planejar a sua viagem:

Seguro viagem

O seguro viagem é obrigatório para a entrada em Portugal, pois o país faz parte do Tratado de Schengen. Este acordo, firmado entre 26 países europeus, visa estabelecer a livre circulação dos visitantes nos países participantes.

Por causa deste tratado, todos os turistas precisam ter um seguro viagem no valor mínimo de 30.000 euros para ingressar no país. O objetivo dessa regra é garantir que o visitante possa pagar as possíveis despesas médicas surgidas durante a viagem, inclusive em caso de óbito.

Além disso, dá um alívio enorme viajar sabendo que você está seguro e protegido contra qualquer tipo de imprevisto que possa ocorrer. É por isso que sempre que viajamos, procuramos contratar um bom seguro viagem. 

E ao invés de ficar procurando em diversos sites pelo melhor preço, eu vou direto no Seguros Promo. Ele é uma excelente ferramenta de comparação entre as coberturas e preços de cada seguro.

Seguro Viagem: Europa
Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 31/dia*
AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 50.000 Bagagem extraviada USD 600 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*

Chip Internacional Europa

Outro item indispensável para viajar para Lisboa é o chip internacional. Não embarco para viagens internacionais sem meu chip da Yes Brasil. O chip Europa possui 12GB de internet 3G e 4G e é válido por 30 dias.

Ele funciona com várias operadoras (sempre a melhor disponível no local em que você estiver) e ainda funciona em todo o território europeu, ou seja, é uma ótima pedida se você pretende visitar mais de um país em sua viagem.

E a cereja do bolo é o código de desconto para os leitores do Mala de Aventuras! É só clicar aqui e usar MALADEAVENTURAS para obter 10% OFF.


Afinal, vale a pena visitar Lisboa no inverno?

E aí? Já se decidiu sobre viajar para Lisboa no inverno? A cidade é fantástica independentemente da estação do ano! A vantagem do inverno são os preços mais em conta e o menor número de turistas transitando para lá e para cá.

A gente espera ter conseguido te ajudar a planejar a sua viagem! Não esqueça de nos contar depois, por aqui nos comentários, como foi a sua experiência por lá! Nós vamos amar saber!


Que tal aproveitar a viagem e conhecer outros destinos europeus? Inspire-se com alguns de nossos roteiros:

Roteiro Itália 7 dias: Milão, Veneza, Florença, Siena (+ cidades da Toscana!)

Roteiro de 10 dias pelo Leste Europeu: Berlim, Dresden, Praga e Budapeste

O que fazer em Zurique: 13 passeios incríveis na cidade mais cosmopolita da Suíça


 

Quem escreve | @maladeaventuras
Nath
Travel lover. Bióloga apaixonada pela natureza. Curiosa e admiradora da beleza singular de cada lugar.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *