Mar Morto Israel: o MELHOR guia para a sua viagem

Se você está pensando em viajar para Israel, é provável que queira conhecer o Mar Morto, certo? Ele é um dos cartões postais do país e um dos pontos turísticos mais procurados por lá! Isso tudo porque além de ser incrivelmente lindo, é um passeio super divertido, para descansar e tirar as famosas fotos boiando com os pés pro alto!

Neste post vamos contar todos os detalhes e as melhores dicas para você incluir no seu roteiro no Mar Morto, como recomendações de hospedagem, curiosidades, como chegar e todos os cuidados que você precisa ter para curtir esse lugar tão conhecido!


Leia também: O que fazer em Israel: 15 passeios imperdíveis para incluir no seu roteiro.


Vale a pena visitar o Mar Morto em Israel?

Com certeza vale muito a pena! Entrar no Mar Morto, além de ser um passeio super tradicional entre os turistas, é uma experiência única. A altíssima concentração de sal torna tudo muito divertido, já que você bóia sem fazer nenhum tipo de esforço. No fim, é um ótimo passeio para relaxar também!

Outra coisa super interessante é que a composição da água e da lama do fundo do mar são ricas em várias substâncias com propriedades curativas que ajudam a melhorar doenças respiratórias e dermatológicas.

Um último motivo que faz a visita ao Mar Morto valer a pena é que os cientistas dizem que ele está secando. Nem todos concordam, mas sendo lenda ou não, é bom aproveitar enquanto ele ainda existe, né?

Mar morto israel
Paisagens lindas ao redor do Mar Morto!

Curiosidades sobre o Mar Morto

O Mar Morto, ao contrário do que o seu nome sugere, na verdade é um grande lago de água extremamente salgada. Ele é alimentado pelo Rio Jordão e tem uma superfície de cerca de 1050 metros quadrados. São aproximadamente 80 quilômetros de comprimento por 18 quilômetros de largura.

Outra curiosidade bem legal é que o Mar Morto é considerado a maior depressão do mundo, ficando a cerca de 430 metros abaixo do nível do mar.

Além disso, a composição das suas águas também é bem peculiar. Além de possuir substâncias como enxofre, magnésio, zinco, cloro, iodo e cálcio, a salinidade do Mar Morto é bem diferente dos oceanos.

Enquanto as águas dos mares costumam ter 5% de sal em sua composição, o Mar Morto apresenta 35%, o que torna impossível a existência de vida dentro dele. Justamente por conta dessa altíssima concentração de sal é que é possível boiar com tanta facilidade nele.


Onde fica o Mar Morto em Israel?

A própria localização do Mar Morto também é uma super curiosidade. Ele fica entre a Jordânia e Israel, mas além dos dois países, uma parte também pega ainda a Cisjordânia, que é considerada território palestino. Já que esse território da Cisjordânia é local de frequentes disputas, os locais turísticos para visitar o Mar Morto ficam na Jordânia e no sul de Israel.

Como chegar no Mar Morto de Israel

Como os pontos de visitação do Mar Morto mais procurados para banho no lado israelense ficam mais concentrados, há mais infraestrutura, principalmente no que diz respeito ao acesso. Embora seja possível visitar o lado da Jordânia, o turismo no Mar Morto por lá é mais espalhado e, como o transporte não é tão bom, o passeio acaba saindo mais caro.

Assim, para chegar ao Mar Morto a partir de Israel você pode ir de carro ou de ônibus, já que as distâncias não são muito longas. Por exemplo, a partir de Jerusalém, são cerca de 117km de distância. Já saindo de Tel Aviv, o caminho é um pouco maior: são aproximadamente 170km.

como chegar mar morto
Estradas para chegar na região do Mar Morto

Ir de carro acaba tendo a vantagem de te dar mais autonomia para aproveitar os lugares com calma e fazer paradas sempre que quiser. A gente sempre indica aqui no blog o site Rent Cars, que é onde a gente sempre reserva com antecedência para as nossas viagens. O site compara todas as locadoras e te dá os melhores preços e vantagens. Vale a pena conferir!

No entanto, se você busca um modo mais econômico, é possível chegar no Mar Morto de ônibus. Há linhas de ônibus saindo tanto de Tel Aviv quanto de Jerusalém, passando pelas ruínas de Massada e pelo Ein Gedi. As informações sobre os ônibus que fazem o percurso você encontra aqui.

Você também encontra bons passeios ao Mar Morto pelo serviço da Get Your Guide. Abaixo, separamos três tours bem legais que encontramos e que são ótimas opções para quem não quer alugar um carro ou pegar ônibus por conta própria:

Selecionei os que achei mais legais, mas tem várias opções no site do Get Your Guide. Vale a pena conferir!


Melhor época para visitar o Mar Morto em Israel

Por estar localizado em uma região super desértica e, portanto, seca, há bem pouca chuva por lá. Mas se você está em dúvida sobre qual é a melhor época para visitar o Mar Morto, é bom saber que as temperaturas ficam mais elevadas entre os meses de maio e setembro (especialmente de julho em diante).

Assim, com os termômetros batendo mais de 30 graus, com o sol super forte e a baixíssima umidade da região, o clima pode ficar um pouco desagradável.

Como faz frio em Israel no inverno, tem quem desanime na hora de entrar no mar. E não dá pra pensar em uma visita ao Mar Morto sem ter a experiência de boiar nele, né? Por isso, a melhor época para conhecer são as estações intermediárias, quando o clima fica mais ameno.


Quanto custa para visitar o Mar Morto em Israel?

A visita ao Mar Morto pode variar dependendo do que você pretende fazer e de quantos dias vai ficar.

Há quem faça um bate e volta, por exemplo. Nesse caso, saindo de Jerusalém, o custo é mais de transporte. Uma passagem custa pouco mais de R$30. Caso você prefira percorrer o trecho de carro, o gasto fica um pouco maior. Vale a pena fazer a cotação do aluguel no RentCars.com.

Você também pode optar por tours com guia, como é o caso dos passeios da GetYourGuide. Há passeios saindo de Jerusalém a partir de 45 euros, por exemplo. Já saindo de Tel Aviv, os passeios são um pouquinho mais caros, a partir de 62 euros por pessoa.

Outra opção, para quem procura ficar mais tempo e está disposto a pagar um pouco mais, é se hospedar em um dos hotéis e resorts próximos. Nesse caso, os bons hotéis mais em conta não custam menos do que R$400 por dia para um casal. Embora seja mais caro, pode ser legal para explorar outros pontos de interesse na região.


Leia também: O que fazer em Jerusalém: GUIA completo + MELHORES passeios


Onde visitar o Mar Morto em Israel?

Por mais que você queira visitar o Mar Morto num lugar menos movimentado, é preciso buscar locais com boa infraestrutura. Isso porque, pela água ser super salgada, é preciso ao menos de um chuveiro para uma ducha depois de boiar.

É possível aproveitar as praias em dois tipos de lugares. Um deles é a área pública, onde as praias são abertas. A outra forma de curtir as praias é ficando em um dos resorts à beira mar. Há alguns bons hotéis em Ein Bokek, sendo vários deles com acesso privativo à praia.

Área Pública

Caso você não queira se hospedar próximo ao Mar Morto e opte apenas por um bate e volta, existem praias abertas aos turistas. As duas praias mais conhecidas são Ein Bokek e Ein Gedi. Apesar de Ein Bokek possuir vários hotéis, é possível aproveitar o banho de mar por lá também sem estar hospedado em um deles.

Uma informação que pode ser relevante é que em Ein Bokek não há a famosa lama negra para pegar direto na praia, então é preciso comprá-la.

Resorts

Caso você opte por uma viagem mais longa, em frente às praias há bons resorts, com ótimos serviços e acomodações. É claro que isso acaba saindo um pouco mais caro, embora você consiga achar algumas alternativas um pouco mais econômicas. Além de toda a facilidade que bons resorts oferecem, alguns deles têm área privativa na areia.


Abaixo você encontra algumas sugestões de hotéis e resorts no Mar Morto em Israel:


Hotel 1: Isrotel Spa Hotel Dead Sea

A minha escolha por lá foi o Isrotel Dead Sea Hotel. É um resort e spa cinco estrelas em Ein Bokek, às margens do Mar Morto. Além dos quartos incríveis e da área comum super completa e bem decorada, com piscina e restaurante, as acomodações têm ainda vista para o Mar Morto. O hotel também dispõe de barracas e espreguiçadeiras na praia. Uma diária para duas pessoas custa a partir de R$680.

hospedagem mar morto
Nossa escolha! O Isrotel é super confortável e bem localizado. Ótimo custo x benefício para a sua viagem!

Hotel 2: Milos Hotel Dead Sea

Ideal para quem procura sofisticação, o Milos Hotel Dead Sea é um hotel incrível à beira mar, também em Ein Bokek. Nele, você encontra instalações de ótimo gosto, com quartos amplos e uma área comum excelente, com piscina e jardim. O hotel tem ainda piscina, academia, restaurante e oferece gratuitamente bicicletas para os hóspedes. A diária de um quarto duplo é de R$1400.

hospedagem mar morto israel
Hotel Milos, ótima opção de hospedagem no Mar Morto!

Hotel 3: Hotel Crowne Plaza Dead Sea

Em Ein Bokek, o Hotel Crowne Plaza tem um ótimo custo x benefício. Situado bem em frente à praia, o hotel tem um serviço bastante completo, com spa, sauna, academia, piscina aquecida e quartos super bonitos e com vista para o mar. Eles dispõem ainda de bar e restaurante. O valor de um quarto para dois é de pelo menos R$440 por dia.

mar morto israel
Crowne Plaza Dead Sea

Hotel 4: HI – Massada Hostel

Se você pretende estender sua estadia para explorar mais a região e conhecer, por exemplo, as ruínas de Massada, o Massada Hostel pode ser uma opção econômica. A cerca de 15 minutos de carro da praia, o hotel também conta com uma piscina ótima e um café da manhã bem farto. Em volta, há uma região super legal para se conhecer caminhando. Uma diária para duas pessoas custa a partir de R$440.


Passeios imperdíveis na região do Mar Morto

Para quem quer conhecer o Mar Morto e já aproveitar para explorar algumas atrações super legais e bem próximas a esse cartão postal tão famoso de Israel, há três opções bem legais de passeios imperdíveis por lá: Massada, Deserto da Judeia e o Kiboutz Ein Gedi.

Massada

Esse foi um dos lugares mais legais que eu achei por lá e, caso você possa ficar mais tempo, acho que vale super a pena você incluir no seu roteiro! Além do visual incrível, Massada tem uma história e tanto! Para se ter uma ideia, a região é um sítio arqueológico bem importante para Israel. A cidade que havia lá foi construída nos anos 30 a.C. pelo Rei Herodes.

As ruínas de Massada ficam no alto de um penhasco. Você pode subir de bondinho ou a pé, mas se prepare porque a caminhada é longa. Se estiver sol e calor, então… Mas vale muito! Não só porque a construção é impressionante, mas também pela vista lá do topo. De um lado fica o Deserto da Judeia e do outro o Mar Morto.

o que fazer mar morto
A belíssima fortaleza de Masada, em Israel

Deserto da Judeia

O Deserto da Judeia é outro passeio bem legal que você pode incluir no seu roteiro pelo Mar Morto. Embora o deserto seja pequeno (é conhecido por ser o menor do mundo!), a beleza natural é demais! As montanhas, feitas de sal, cobertas de areia e esculpidas pelo vento, tornam tudo ainda mais bonito.

O melhor modo de explorar o Deserto da Judeia é de jipe e com um guia. O passeio, que é organizado por empresas locais, dura em torno de 2h a 3h e faz paradas pelo caminho para fotos e explicações do guia sobre a região. Para contratar o serviço, veja em uma das agências quando logo que chegar em Jerusalém ou Tel Aviv.

o que fazer em israel passeio de jeep
Passeio de jeep no deserto da judéia!

Ein Gedi

Dentro do Kibutz Ein Gedi há um jardim botânico deslumbrante que é um passeio e tanto para quem vai à região do Mar Morto. O jardim, quando foi construído, inicialmente era bem pequeno, apenas para a comunidade. Aí acabou crescendo e virando um ponto turístico com cerca de mil espécies de plantas. Por lá, o oásis Ein Gedi também é bem conhecido, já há várias cachoeiras. Uma ótima chance pra se refrescar, né?

jardim botanico em israel
Passeando do Jardim Botânico de Ein Gedi

Todas as informações sobre o acesso ao jardim você encontra aqui.


Dicas importantes antes de boiar no Mar Morto

A gente sempre lê por aí sobre como é divertido o passeio para o Mar Morto. Seja pela flutuação fácil, pela clássica foto lendo jornal com os pés pro alto ou por poder espalhar a famosa lama com incríveis propriedades medicinais pelo corpo, o Mar Morto é uma atração imperdível em Israel.

No entanto, é super importante ir pra lá sabendo que há uma série de recomendações para quem resolve pôr os pés pro alto. Aqui a gente conta o que você precisa levar na bolsa e outras informações importantes, como por que não se pode nadar no Mar Morto, por exemplo.

mar morto israel
A clássica foto no Mar Morto!

O que levar na bolsa para visitar o Mar Morto

Alguns itens são indispensáveis para você ter a melhor experiência no Mar Morto. Começando, é claro, pelas roupas de banho, como biquíni, maiô ou sunga. Outra coisa super importante é ter sempre um bom protetor solar, principalmente se você for no verão.

Não se esqueça, também, de levar chinelo. Por lá, você consegue tomar banho em alguns lugares, já que é quase impossível ficar com tanto sal no corpo. Como nem sempre os banheiros são limpinhos, é bom ir precavido.

Como a gente ama fotografar, uma boa câmera é um item indispensável na bolsa! Não esqueça de levar uma câmera à prova d’água pra fazer a foto mais clássica com os pés pro alto. Uma ótima câmera pra esse tipo de situação é a GoPro. Aqui fizemos um super resumo sobre a GoPro 7.


Leia também: Equipamentos fotográficos para viagem: nossas melhores recomendações.


Cuidados ao entrar no Mar Morto

Por ser uma água extremamente diferente da que estamos acostumados a mergulhar nos oceanos, há alguns cuidados importantes a serem tomados. Esses cuidados são frequentemente lembrados pelos guias e pelas placas nos clubes e hotéis às margens do Mar Morto.

Como a concentração de sal é tão alta, a água pode ser extremamente agressiva para locais mais sensíveis do nosso corpo. Justamente por conta disso que não se pode nadar no mar Morto. Assim, não molhe os olhos, ouvidos, nariz e boca. Ao entrar, vá apenas até a altura da cintura e deite-se devagar.

Como a água salgada desidrata muito, não se esqueça de beber bastante água mineral para repor.


Dica extra: Seguro Viagem Internacional

Como em toda viagem internacional, é super importante ir precavido e ter um seguro viagem com boa cobertura. Para casos de algum acidente, doença ou mesmo extravio de mala, o serviço de seguro é um item indispensável para o seu planejamento, já que garante que tudo corra da melhor forma possível.

Apesar de Israel não exigir seguro (nem visto e vacina contra febre amarela) e do sistema de saúde de lá oferecer um bom serviço, um seguro de viagem é muito mais do que um simples plano de saúde. No fim das contas, é um super investimento pra te ajudar em caso de qualquer perrengue em um lugar tão distante do Brasil.

Na hora de buscar o melhor seguro de viagem nossa recomendação aqui no blog é o site Seguros Promo. Nele você consegue procurar os preços mais em conta e a cobertura que melhor atende às suas necessidades. E uma dica melhor ainda: inserindo o código MALADEAVENTURAS você ganha 5% de desconto!

Seguro Viagem: Ásia
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 43/dia*
TA 40 Especial Plus - Internacional TA 40 Especial Plus - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 12/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

Dica extra: Chip Internacional para Israel

Além do seguro de viagem, outro serviço que pode ser uma mão na roda é o chip de internet. Com fácil acesso à internet você consegue buscar informações sobre os destinos e se localizar com muito mais praticidade, além de se conectar às redes sociais e falar com alguém em caso de necessidade.

Em Israel, eu gostei bastante da cobertura da Yes Brasil. Além de ter ótimos planos para quem viaja aos Estados Unidos e a vários países da Europa, o serviço deles têm ainda um pacote que cobre outros 42 países de outros continentes. Esse plano, que foi o que utilizei em Israel, vale por 14 dias e disponibiliza 4GB de dados.

Para adquirir o chip da Yes Brasil, basta entrar no site da Viaje Conectado. Nós exploramos todos os recursos do site, conferimos as tarifas e as coberturas oferecidas e contamos nesse post como você consegue aproveitar o serviço de internet no exterior da melhor maneira.


O que acharam das dicas? Visitou o Mar Morto e teve alguma experiência que todo mundo precisa saber? Conta aqui pra gente nos comentários!


Aproveite para ler também:

Onde ficar em Tel Aviv: melhores hotéis e regiões para se hospedar

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.