Nova York em 3 dias: Quais os melhores passeios para fazer na cidade

Nova York é destino principal de muitos brasileiros que vão aos Estados Unidos. Porém, pode ser uma parada para turistas que vão a outros lugares no país, como é o caso da Disney, ou de quem passa por lá a trabalho, por exemplo.

Para quem está de passagem e tem pouco tempo para explorar a cidade, é preciso planejar bem o roteiro para não perder tempo. Para te ajudar, nesse post listamos o que fazer em Nova York em 3 dias, além de todas as informações dos passeios, dicas de hospedagem, onde comer e muito mais.

Dicas de hospedagem bem localizadas em Nova York

Para quem vai a Nova York ficar tão pouco tempo, o ideal é buscar uma hospedagem numa localização bem central. Assim, você não gasta muito tempo no transporte e consegue fazer boa parte dos passeios a pé ou a poucos minutos de metrô. Apesar de os preços dos hotéis em Manhattan (principalmente nos locais mais turísticos) serem mais elevados, acaba valendo a pena pagar um pouco mais nesses casos.

Dica: Uma dica legal para economizar na hospedagem é fazer sua reserva com três meses de antecedência, quando as tarifas aparecem com algum desconto. E, caso seja possível cancelar a sua reserva sem custos, vale também tentar a sorte alguns dias antes de ir! Pode ser que você encontre preços um pouco mais baratos.

Confira nossas sugestões de hospedagem para você ficar bem localizado em Manhattan:

#1 Pod Times Square

Uma opção legal de hospedagem bem no centro com um custo benefício super interessante é o Pod Times Square, que fica a 600 metros de uma das maiores referências turísticas da cidade. Além de oferecer quartos super modernos, a localização é o ponto alto. De lá, você consegue ir com facilidade às principais atrações de Manhattan, como a Broadway e a Quinta Avenida.

Os quartos para casais saem a partir de US$100.


#2 Hilton Garden Inn Central Park South

Outra alternativa de hotel em Manhattan que não tem erro é o Hilton Garden Inn Central Park South. Como a rede Hilton já é bem famosa, sempre há a garantia do tipo de serviço que vai receber quando você chegar lá. São quartos realmente muito bons e instalações como academia, bar e café da manhã.

Quarto do Hilton Garden Inn Central Park South
Hilton Garden Inn Central Park South

Além disso, a localização também facilita muito: fica a menos de 10 minutos do Central Park e da Times Square. A diária de um quarto para um casal sai por pelo menos US$170.


Dicas de transporte em Nova York

Outro aspecto importante para planejar uma viagem por Nova York em 3 dias é a questão do transporte. Há muito o que fazer na cidade e, considerando que o tempo é curto e que sua hospedagem é próxima aos pontos turísticos, opte sempre por fazer os trajetos de metrô.

Assim, além de entrar no clima da cidade, você chega muito rapidamente aos locais. Lembre-se que o trânsito em Nova York é tão caótico que o som das buzinas é quase uma trilha sonora! Evite andar de carro por lá.

Plataforma da estação de metrô de Nova York
Estação de metrô de Nova York

É possível comprar bilhetes para sete ou trinta dias por valores um pouco mais em conta. No entanto, para uma estadia mais curta (acredito que isso valha para aqueles que fiquem até cinco dias) o que vale mais a pena é comprar o Metrocard Pay Per Ride nas máquinas de autoatendimento ou nas bilheterias das estações.

Ele pode ser adquirido por US$1 e você pode fazer recargas de até US$80. Nesse caso, cada passagem sai por US$2,50. Uma vantagem desse cartão é que mais de uma pessoa pode usá-lo.

Como há muitas linhas de metrô cortando Manhattan, o ideal é que você tenha no celular o aplicativo com o mapa das estações e linhas de metrô e trem para poder se orientar e saber quais baldeações podem valer mais a pena para o trajeto que deseja fazer. O aplicativo está disponível gratuitamente para Android e iOS.


Dica: Para sua viagem ser suuper tranquila nós indicamos contratar um bom seguro viagem. Com ele você pode ter atendimento médico caso precise e tem suporte até nos casos de bagagem extraviada. É essencial. Nós indicamos o site Seguros Promo, que sempre usamos pois tem ótimas opções e com preços bem em conta. Utilize o código MALADEAVENTURAS para ganhar 5% de desconto!”


Chip internacional para otimizar a sua viagem

Além disso, outra super facilidade que pode te ajudar muito a otimizar a sua viagem e tornar tudo mais prático na sua visita é chegar lá já com o chip de celular. Tanto para andar de metrô quanto para se localizar pelas ruas e ver o que há de bom por perto – além de se comunicar de qualquer lugar, claro!

A gente sempre recomenda aqui no blog o chip da Yes Brasil! Ele é super prático porque chega na sua casa e você já chega lá com ele funcionando. Não se esqueça de que o ideal é solicitar o chip com pelo menos dez dias de antecedência para dar tempo de chegar até a sua viagem!


Compre aqui o seu chip da Yes Brasil. Use o cupom MALADEAVENTURAS para 10% de desconto.


Veja também: Chip de Internet Ilimitada nos EUA (+ cupom de desconto!)

O que fazer em Nova York em 3 dias

Vamos a parte boa: os passeios! Pensar no que fazer em Nova York em 3 dias pode parecer difícil, já que a cidade é realmente imensa. Mas, no caso de uma primeira visita à Big Apple, o ideal é priorizar as atrações de Manhattan, embora haja muita coisa legal para fazer pelo Brooklyn, por exemplo.

No entanto, o que há de mais famoso nos grandes guias se concentra na ilha de Manhattan. Isso facilita seu planejamento, porque muita coisa você consegue fazer a pé ou andando poucas estações de metrô.

Caso você já tenha ido outras vezes ou queira fazer atividades fora do eixo principal do turismo nova iorquino, vale a pena se aventurar em outras regiões da cidade. Algumas delas estão no nosso roteiro de 10 dias em Nova York e nas dicas do que fazer na cidade durante o inverno.

Nova York em 3 dias: Roteiro para o dia 1

No primeiro dia, vale a pena tirar um tempo para fazer tudo o que há de mais turístico em Manhattan. Aqueles passeios que são cenários de todos os filmes e que estão em todos os guias, sabe?

  • Central Park

Um deles é, sem dúvida, o Central Park. É a maior área verde de Nova York e um local incrível para caminhar, fazer um piquenique, pegar sol e tirar fotos lindas.

Parque em Nova York
Um passeio pelo parque é imperdível!

Dica: alugue uma bike! Esse é um passeio ótimo que permite conhecer grande parte do Central Park de um jeito bem dinâmico. Há locais que alugam por várias horas ao redor do parque. E para quem opta por ir no inverno, o parque ainda conta com uma pista de patinação no gelo, o que torna o parque um programa para fazer em todas as estações do ano.

  • Quinta Avenida

Saindo do Central Park em direção a Downtown, você pode pegar a famosa Quinta Avenida. A Quinta Avenida por si só já é um passeio daqueles bem nova iorquinos, com várias lojas super famosas, como a Saks, além da St Patrick’s Cathedral e a New York Public Library.

Placa da Fifth Ave em Nova York
Fifth Ave, Nova York
  • Top of the Rock

Descendo pela Quinta Avenida, você também chega ao Rockefeller Center, um enorme centro comercial, com escritórios e até estúdios de programas de televisão. Nos meses mais frios, assim como no Central Park, uma pista de patinação no gelo é montada em frente ao prédio.

No topo dele, há um dos mirantes mais legais da cidade: o Top of the Rock. De lá do alto você consegue ver o Central Park (é realmente impressionante como o parque é grande!) e o Empire State Building. Para poupar filas e tempo, os ingressos podem ser comprados antes pelo site.

Compre aqui seus ingressos para o Top of the Rock

  • Times Square

De lá, não deixe de visitar a famosíssima Times Square. Um dos grandes nomes turísticos da cidade tem de fato a cara de Nova York: além de ter de tudo um pouco e gente de todo o mundo, os imensos painéis publicitários reluzentes mostram que a cidade funciona no ritmo 24/7. O fluxo super intenso de pessoas, a rua toda iluminada pelas publicidades e a escadaria rendem fotos bem legais!

Times Square à noite movimentada e iluminada
Times Square
  • Musicais da Broadway

À noite, uma boa pedida é ir a um musical da Broadway. Referência mundial quando se fala em teatro e musicais, essa é uma experiência única. Para os amantes dos filmes da Disney então, nem se fala! Embora as peças entrem e saiam de cartaz todo ano, há alguns que são quase certos e que não têm erro, como O Rei Leão e Aladdin. Outros clássicos são Wicked e Chicago.

  • Dicas gastronômicas para o dia

Para comer neste dia, há muita coisa por perto. Um deles é o clássico Carmine’s, um italiano próximo à Times Square. Além da qualidade já conhecida, o custo benefício é realmente bom: são pratos super fartos, e os preços bem razoáveis, ainda mais se tratando de Manhattan. Testado e aprovado pela gente!!

Endereço: 200 W 44th St, New York
Horário de funcionamento: Abre diariamente de 11h30 às 00h.

Próximo ao Central Park está um ponto para quem ama hambúrguer: o Burger Joint. Ele fica um pouco escondido, num cantinho do hotel Le Parker Meridien, mas você vai achar bem fácil, já que quase sempre tem fila. De qualquer forma, vale a espera, porque além de ser uma delícia, é um dos mais conhecidos da cidade.

Endereço: 119 W 56th St, New York
Horário de funcionamento: Diariamente de 11h às 23h30 (sexta e sábado fica aberto ate 00h).

Nesta região você também encontra uma das lojas da famosa Magnolia Bakery. Bom para um café rápido acompanhado com os incríveis doces. O cardápio é extenso e serve bolos, tortas, banana pudding e cupcakes.

Para o primeiro dia, nada mal começar com clichês, né? Outra experiência gastronômica nova iorquina por perto é a comida de rua. Pouco abaixo do Central Park, na 53th com a 7th Av., há uma unidade do Halal Guys. Os pratos são muito bem servidos, a comida é uma delícia e o preço super em conta.

Veja também: Nova York para iniciantes

Nova York em 3 dias: Roteiro para o dia 2

No segundo dia, você pode se dedicar a explorar as regiões de Lower Manhattan e Tribeca. Essa parte da cidade vem sofrendo várias transformações nas últimas décadas, então há muita coisa nova para conhecer. A área foi revitalizada após os atentados às torres gêmeas do World Trade Center em 2001, que destruiu muito do que havia por lá.

  • Memorial do 11 de Setembro

O Memorial do 11 de Setembro é um exemplo disso. Ele foi construído sobre o local onde ficavam as duas torres atingidas no atentado de 2001. É um monumento muito impactante, com duas grandes piscinas profundas com quedas d´água. Na beira de cada uma delas estão escritos os nomes das vítimas.

  • Oculus

A poucos metros está o Oculus, um monumento incrível que nada mais é do que a parte externa de um enorme complexo que abriga uma estação de trem e um shopping, além de uma incrível arquitetura, claro. Tanto o lado de fora quanto a parte de dentro são dois baita cenários para você tirar várias fotos super legais.

Interior da estação Oculus em Nova York
Interior do Oculus
  • One World Trade Center

Ainda nessa região, não deixe de visitar o One World Trade Center. Construído para substituir os prédios destruídos no atentado, hoje é o maior arranha céu da cidade. Quando se vê Manhattan de longe, o prédio, imponente e todo espelhado, é o que mais se destaca no skyline.

É possível ainda subir nos últimos andares para ver a cidade do One World Observatory. Para se ter uma ideia do tamanho do edifício, o observatório fica nos andares 100 ao 102! Embora não tenha área externa, a vista de lá é realmente muito impressionante e com certeza é daqueles pontos turísticos que não podem faltar na sua lista.

Compre seus ingressos para o One World Observatory com antecedência por aqui.

  • Wall Street

Além de toda área revitalizada, há ainda uma parte bem tradicional que você pode conhecer aproveitando a viagem até Lower Manhattan e Tribeca. Trata-se de Wall Street, um dos maiores (senão o maior) centro financeiro do mundo! Símbolo da região e da bolsa de valores, o Charging Bull é um dos locais de passagem de muitos turistas que vão para tirar fotos na famosa estátua do touro.

  • Battery Park

No final do dia, vale incluir um pulinho no Battery Park. Uma área verde bem no meio de uma área super comercial é uma experiência bem diferente. Lá você vê muita gente passeando e fazendo atividade física, mas também encontra com quem trabalha por lá e vai ao parque a fim de um pouco de ar livre. No final da tarde, a vista para o rio Hudson no pôr do sol no Battery Park é uma das mais lindas! Não deixei de incluir esse passeio no seu roteiro de Nova York em 3 dias.

  • Dicas gastronômicas para o dia

Claro que também temos sugestões de onde comer por Lower Manhattan. Essa parte da cidade têm ótimas opções de restaurantes e lanchonetes. Uma delas é o Le District, que funciona no mesmo esquema do Eataly. É um complexo com várias estações que incluem restaurantes e mercadinhos de especialidades francesas.

Endereço: 225 Liberty St, New York
Horário de funcionamento: De segunda a sexta de 8h às 23h, sábados de 10h às 23h e aos domingos de 10h às 22h.

Interior do restaurante Bar A Vin no Le district
Bar A Vin no Le district

Aliás, há um Eataly nessa região também! Embora a unidade principal fique na região de Flatiron District, uma nova unidade em Downtown abriu em 2016. Lá você experimenta pratos e encontra produtos italianos ótimos.

Endereço: Four World Trade Center, 101 Liberty St #3, New York
Horário de funcionamento: Diariamente das 7h às 23h

Pra quem não quer perder tempo e procura uma opção ainda mais prática, há uma filial do Shake Shack. Essa é uma rede de fast food com hambúrgueres bem gostosos (inclusive os vegetarianos!), servidos no pão de milho. A batata com queijo é uma das marcas do lugar! Não deixe de provar

Veja também: O que fazer em Nova York: 50 passeios imperdíveis

Nova York em 3 dias: Roteiro para o dia 3

  • Highline

No último dia, você pode se dedicar à região do High Line. É um parque suspenso super moderno, também construído nos últimos anos, numa espécie de antigo viaduto em que antes funcionava uma via férrea.

Além de ser uma área verde super gostosa para uma caminhada, de lá do alto você vê vários ícones nova iorquinos pelo percurso, como grafites, prédios de tijolinhos e os táxis amarelos passando pelas ruas cinematográficas.

  • Chelsea Market

Parte do trajeto de quem passa pelo High Line, o Chelsea Market é um espaço com várias lojas cool-hipsters, restaurantes com comida do mundo todo e delicatessens. Lá você encontra desde roupas super descoladas de brechó, LPs raros e artesanato a excelentes sanduíches, temperos, utensílios de cozinha e muitas comidinhas.

Entrada da loja no Chelsea Market
Lojinha vintage no Chelsea Market

Lá é super legal para compras e para um lanche gostoso. Se estiver um dia bonito, uma sugestão é pedir alguma coisa para viagem e levar até o High Line, que fica a poucos metros a pé.

  • Museus de Nova York

Nesse último dia, você também pode guardar um tempinho para visitar um dos grandes museus de Nova York. Dois dos mais importantes museus do mundo estão lá! São eles o The Museum of Modern Art, o MoMA, e o The Metropolitan Museum of Art, mais conhecido como MET.

Escadaria dentro do Metropolitan Museum of Art
Metropolitan Museum of Art

Embora sejam propostas super diferentes, você pode escolher um deles para visitar. Enquanto o MoMA tem como foco arte contemporânea e moderna, como Andy Warhol e Van Gogh, o Met já é mais conhecido por sua tradição histórica, com uma coleção que inclui obras de até cinco mil anos e outros nomes famosos, como Monet e Picasso.

  • Dicas gastronômicas para o dia

Além dos excelentes restaurantes e lanchonetes do Chelsea Market, nesse dia você pode fazer uma das refeições no The Standard Grill, que fica bem perto do High Line. É realmente ótimo para ir a qualquer hora. Seja no café da manhã, num almoço, happy hour ou jantar, é cheio de gente bonita num ambiente super descolado e com comida muito boa!

Endereço: 848 Washington St, New York
Horário de funcionamento: De segunda a sexta das 7h às 23:30. Sábados e domingos das 7h às 16:30 e das 17h às 23:30.


Dicas de e-books para conhecer tudo sobre Nova York!

Para te ajudar a planejar seus roteiros por Nova York nós sugerimos dois e-books suuuper recheados de informações. O primeiro deles é o: Nova York ecônomica, um guia com várias sugestões de passeios gratuitos e dicas para economizar na viagem. Tem também o Nova York em quatro estações, que conta tudo sobre o clima, o que colocar na mala e passeios imperdíveis de cada época.


Agora você já sabe tudo para curtir ao máximo Nova York em 3 dias. Qualquer dúvida, só deixar aqui nos comentários que iremos adorar ajudar =)


Quer saber mais de outros destinos nos Estados Unidos? Então veja mais:

São Francisco em 48 horas: o que fazer na cidade em dois dias

Quanto custa uma viagem para a Califórnia

Laguna Beach: as praias mais lindas da Califórnia

 

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.