Que tal explorar o Brooklyn em sua viagem à Nova York? Apesar de não ser badalado como Manhattan, o Brooklyn se tornou uma região super popular e querida pelos turistas. Quer saber por quê? Então leia esse post até o final, pois vamos dar várias dicas de passeios, onde se hospedar e onde comer no Brooklyn (Nova York)!

Para facilitar, clique direto no assunto que você está buscando:

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!


Sobre o Brooklyn (Nova York)

Formalmente, o Brooklyn é um dos cinco boroughs (distritos) da cidade de Nova York. Os outros são Manhattan, Queens, Bronx e Staten Island. E, se até o final do século XIX ele era considerado uma “cidade separada” de Nova York, hoje é uma das grandes referências para quem vai visitar ou morar por lá.

Apesar de estar geograficamente separado de Manhattan, o Brooklyn é uma região com ares nova iorquinos como aqueles de cinema. Possui características bem próprias, tanto de estilo de quem frequenta quanto por conta dos passeios. E, sem dúvida, é um lugar bem menos turístico se comparado ao burburinho da Times Square, por exemplo.

Para se ter uma ideia do tamanho do Brooklyn, a área que ele ocupa é bem maior que a de Manhattan. Você pode imaginar que o que não falta é coisa pra se fazer por lá, né?

Se essa é a sua primeira vez em Nova York, pode ser bem legal guardar um dia no seu roteiro só para que você conheça o Brooklyn e possa passear com calma pela área. Caso você já tenha um pouco mais de tempo ou mesmo queira viver uma experiência nova iorquina fora do circuito turístico mais tradicional, vem com a gente nesse post!

Veja também: O que fazer em Nova York: 50 passeios imperdíveis em Nova York


Onde se hospedar no Brooklyn (Nova York)

Entre as vantagens de se hospedar em um bairro bem alternativo e ter um monte de opções diferentes de passeios, bares e restaurantes, o Brooklyn também tem outro ponto positivo: os preços. Dependendo da região, você encontra tarifas de hotéis e de Airbnb mais interessantes do que as de Manhattan.


Faça aqui sua reserva pelo Airbnb e ganhe até R$130 em créditos


No entanto, essa foi uma região que passou por um processo de valorização nas últimas décadas, o que faz com que algumas partes não sejam tão mais baratas assim. De um modo ou de outro, pode ser muito legal ficar por lá. Você ganha uma chance de conhecer o Brooklyn quase como um local.

O melhor de tudo: o metrô chega com facilidade a vários pontos do Brooklyn, o que torna a estadia sempre mais prática.

Veja nossas dicas de hotéis:

No bairro de Williamsburg, um dos mais hipster e procurados por quem prefere gastar um tempo pelo Brooklyn, uma opção interessante é a unidade do Hotel Pod. Além do bom custo benefício, o hotel fica bem próximo ao metrô (cerca de 300 metros apenas) e da Brewery Brooklyn. O hotel tem ainda serviço de café da manhã e bar, isso sem falar nos quartos bem modernos e super confortáveis.

As diárias para casal custam a partir de US$150


Testado e aprovado por nós!

Em uma região um pouco menos cool e hype, mas ainda assim ótima por ser bem perto do metrô e da arena Barclays Center, o EVEN Hotel Brooklyn também pode ser uma boa aposta. Além de excelentes quartos, o hotel tem ainda serviço de bar, restaurante e academia. Ao lado também tem um centro comercial com lojas como Best Buy e Uniqlo.

Eu fiquei hospedada por algumas noites no EVEN em 2016, logo na inauguração do hotel, e foi suuuper confortável. O hotel é realmente muito bom e fica pertinho do metrô.

Quarto do EVEN Hotel Brooklyn
EVEN Hotel Brooklyn

As diárias para casal custam a partir de US$220


Pra quem pretende se locomover bastante, tanto dentro do Brooklyn quanto em direção à Manhattan, o Holiday Inn Brooklyn Downtown tem a ótima praticidade de ter três estações de metrô por perto. Por preços justos, possui ainda piscina, academia, bar, restaurante e fica a menos de 1km do Barclays Center e do centro comercial ao lado.

Quarto do Holiday Inn Brooklyn Downtown
Holiday Inn Brooklyn Downtown

As diárias custam a partir de US$161.


Melhor custo x benefício!

Uma sugestão fora dos hotéis das grandes redes é o Hotel The Brooklyn. Uma opção mais local, em um daqueles tradicionalíssimos prédios de tijolinhos nova iorquinos. O hotel tem quartos muito bons e bem decorados, oferece café da manhã, fica bem próximo do metrô e a 3km do Brooklyn Museum.

As diárias para casal custam a partir de US$ 140.


O que fazer no Brooklyn (Nova York)

O Brooklyn durante a semana fica bem mais vazio e muito menos lotado se comparado a Manhattan. Por outro lado, aos fins de semana tudo se agita um pouco mais por lá. Conhecido pelos vários artistas, bares, cafés hipsters, brechós e lojas vintage, são muitas dicas do que fazer no Brooklyn!

Veja também: Chip de Internet Ilimitada nos EUA (+ cupom de desconto!)

#1 Brooklyn Bridge

De tudo o que há para fazer no Brooklyn, a atração turística mais famosa e imperdível é a Brooklyn Bridge. Conectando a região à ilha de Manhattan, a ponte é um dos principais cartões postais da cidade.

A Brooklyn Brigde, com aquele enorme portal, é um dos locais mais procurados para fotos. No entanto, em um dia de movimento muito intenso, sua foto pode ficar cheia de outros turistas aparecendo no fundo. Para pegar a ponte quase vazia, chegue bem cedo!

Brooklyn Bridge de manhã cedo em Nova York
Brooklyn Bridge

Quando fomos, acordamos às 6h30 da manhã e chegamos lá por volta de 7h30. Indo cedinho assim, só encontramos com alguns locais indo para o trabalho de bike. Vale a pena o esforço!

Uma sugestão bacana é fazer a travessia a pé! Não é um percurso muito longo (apenas 486 metros) podendo ser feito em mais ou menos 20 minutos numa caminhada aproveitando o visual. De lá, você vê o skyline nova iorquino de um ponto muito privilegiado.

Do outro lado, atravessando a Brooklyn Bridge, você chega à região de Lower Manhattan. Uma área que foi revitalizada nos últimos anos e está atraindo cada vez mais turistas.

Veja mais: O que fazer em Lower Manhattan, Nova York

#2 Brooklyn Bridge Park

Esse é um parque logo abaixo da Brooklyn Bridge. Por incrível que pareça, é um lugar super arborizado, próximo ao mar, e que se distancia bastante do barulho do intenso tráfego da ponte. Além de ser um local com todo alto astral de uma área verde em um grande centro urbano, possui uma vista linda para Manhattan.

O Brooklyn Bridge Park é dividido em várias áreas. Em algumas é permitida a prática de esportes, em outras há ciclovias. Muita gente vai ao Pier 4, onde há uma praia. Ou então fique pelos degraus ou no gramado do parque, que é sempre ótimo!

#3 Jane’s Carousel

Aí vai um passeio pra quem gosta de tradição! A fama do Jane’s Carousel é o que a faz entrar nessa lista. Mas não apenas isso, claro! O carrossel em si não tem nada demais, na verdade, mas a vista é realmente sensacional. De lá, você consegue ver a Brooklyn Bridge com o skyline de Manhattan ao fundo, tudo junto!

O carrossel fica dentro do Brooklyn Bridge Park e funciona em todas as estações do ano. Como a atração é cercada por paredes de vidro, até no inverno o passeio é garantido. Para dar uma volta no Jane’s Carousel é preciso pagar US$2.

Horário de funcionamento: Quinta a domingo, de 11h às 18h.

Veja mais: Nova York no inverno: dicas para aproveitar a cidade mesmo no frio!

#4 Brooklyn Heights Promenade

Sem dúvida, o lugar para se ver o skyline de Manhattan é a Brooklyn Heights Promenade! Fica super perto da Brooklyn Bridge, então vale muito a pena passar lá na sequência do passeio. Há quem faça esse passeio a pé, incluindo a travessia da ponte. No entanto, se preferir, é possível acessar de metrô sem dificuldade.

Por ser um pouquinho mais alto, você enxerga o skyline de Manhattan, a Estátua da Liberdade e a ponte inteira. É um lugar incrível para caminhar e tirar fotos daquelas que parecem de cartão postal! E se o dia estiver ensolarado, melhor ainda.

Brooklyn Heights Promenade
Brooklyn Heights Promenade

#5 DUMBO e Washington Street

A região de DUMBO é queridinha aqui no blog, porque é um passeio bem versátil e que tem demais o clima da cidade. Um passeio essencial para que se conheça o Brooklyn!

DUMBO quer dizer, na verdade, Down Under Manhattan Bridge Overpass. Antigamente, o local era de desembarque de balsas e uma grande área industrial. No entanto, nas últimas décadas, a região se tornou principalmente residencial. Além disso, você também encontra muitas lojas, restaurantes e pizzarias.

DUMBO: spot imperdível para fotografar a Manhattan Bridge
DUMBO: spot imperdível para fotografar a Manhattan Bridge

O bairro é pano de fundo de muitos filmes. Entre as principais vistas está a interseção da Washington Street com a Water Street, de onde se vê a Manhattan Bridge com o Empire State Building bem no meio, lá atrás.

#6 Williamsburg

Caso você planeje ir ao Brooklyn, este é, sem dúvida, um dos lugares que você precisa colocar no seu roteiro. O bairro, que já foi conhecido por ser uma região de fábricas e depósitos, foi completamente revitalizado e ocupado por jovens nas últimas décadas.

Williamsburg se tornou um verdadeiro hype, com várias opções de cafés, restaurantes e ateliês de arte. É uma região super gostosa de caminhar para conhecer as lojas e provar o que a gastronomia local tem a oferecer.

#7 Brooklyn Flea

Também na região, o Brooklyn Flea é um dos mercados de rua mais famosos de Nova York e do mundo. Lá você encontra absolutamente de tudo artesanal e vintage: móveis, roupas, objetos de arte, artigos diversos de colecionadores, LP’s, itens de decoração e acessórios. Há também diversos foodtrucks, com comidas e bebidas.

A localização do mercado pode variar. É possível consultar o endereço de cada época no site. Por conta do frio extremo, durante o inverno ele acontece no Industry City.

Horário de funcionamento: Aos sábados, funciona de 11h às 20h; domingos, de 11h às 17h.

Brooklyn Flea, que rola aos sábados no Industry City
Brooklyn Flea, que rola aos sábados no Industry City

#8 Prospect Park

Próximo a outros pontos turísticos, como o Barclays Center, o Prospect Park é mais uma dessas incríveis áreas verdes no meio da cidade pra se conhecer em um dia ensolarado.

É um parque super frequentado por moradores e turistas, e ainda tem um zoológico e algumas quadras de esportes. Muitas vezes é também palco de vários shows e eventos culturais. Pra quem é fã de parques para relaxar, pode ser uma alternativa legal aos outros da cidade justamente por não ser tão cheio.

Veja também: Nova York em 10 dias

#9 Coney Island Beach e Boardwalk

Se você acha que ir a Nova York é sinônimo de paisagens unicamente urbanas, com asfalto e prédios por todos os lados, aqui vai uma surpresa: há praia em Nova York, e ela fica no Brooklyn!

A Coney Island Beach é o refúgio de muita gente que procura um clima diferente em Nova York. Um passeio bacana é andar pelo Boardwalk (calçadão) no fim da tarde. Por lá, você tem um pôr do sol deslumbrante!

Logo ao lado, há também a Brighton Beach, e é possível conhecer as duas numa caminhada bem tranquila. A praia ainda abriga o Luna Park: um parque de diversões à moda antiga que movimenta a região nas estações mais quentes. Nada mal, né?

#10 Brooklyn Botanic Garden

O centenário Jardim Botânico do Brooklyn é um verdadeiro festival de cores, principalmente se você for na primavera. Um dos maiores e mais importantes jardins botânicos dos Estados Unidos, a área abriga diversas espécies de plantas e, em abril e maio, tem uma paisagem inesquecível de tão linda.

Apesar da imensa variedade botânica, o que sempre chama atenção dos turistas são as lindas cerejeiras. O cenário do parque é uma pintura, um local incrível para relaxar e tirar muitas fotos!

O Brooklyn Botanic Garden fica na 990 Washington Avenue, e o ingresso para adultos custa US$15. Os horários de funcionamento variam de acordo com a estação do ano. As informações sobre cada temporada você encontra aqui.

#11 Brooklyn Museum

Todo mundo sabe que Nova York abriga alguns dos mais importantes museus do mundo. No entanto, o que muita gente não sabe é que um deles fica no Brooklyn, o que faz com que o museu seja menos cheio do que os de Manhattan.

A coleção, no entanto, não deixa a desejar: é uma extensa curadoria, com obras que vão desde o Egito Antigo a Rodin. Há ainda exposições temporárias, que podem ser consultadas no site do Brooklyn Museum.

Os ingressos para adultos custam US$16.

Endereço: 200 Eastern Parkway, Brooklyn, NY.
Horário de funcionamento: De sexta a domingo, de 11h às 18h; às quartas, de 11h às 18h; quintas, de 11h às 22h; segundas e terças (apenas o primeiro andar), de 11h às 18h.

#12 Brooklyn Brewery

Para os amantes de boa cerveja, esse é um passeio quase obrigatório em Williamsburg (e provavelmente em Nova York!). A Brooklyn Brewery, cervejaria local, que distribui para o mundo todo, inclusive para o Brasil, faz um tour por sua fábrica. Caso você não queira fazer o tour guiado, é possível também apenas ir até lá e experimentar uma das cervejas do cardápio!

Ah, é bom lembrar que o galpão não oferece comida, apenas uns salgadinhos às vezes. Por isso, é um bom lugar apenas para dar uma passada e tomar umas cervejas, não para refeições.

Mais informações: Site oficial


Onde comer no Brooklyn (Nova York)

#1 Juliette

Um lugar bem gostoso é o Juliette. Ótimo para um dia em Williamsburg. Há vários andares, sendo que o último é um terraço com teto de vidro. O Juliette é um bistrô francês, com preços bem justos e gente bonita. Para os fãs de brunch, o de lá é bem popular. Mas vale também a visita para um almoço. O lugar é super charmoso e descolado como todo o restante do bairro, sem falar que a comida é incrível!

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Juliette Restaurant (@juliettebkny) on

Endereço: 135 N 5th St, Brooklyn, NY 11249.
Horário de funcionamento: Aberto sexta e sábado, de 10h30 à 00h; de segunda a quinta, de 10h30 às 23h.

#2 LaRina

Uma parada obrigatória pra quem gosta de comer bem é o italiano LaRina. O cardápio oferece excelentes opções de massas e carnes pra ninguém colocar defeito. Apesar de ser possível reservar online, o restaurante é bem pequeno, então pode haver filas. Durante a semana, o LaRina só funciona para o jantar. Aos sábados e domingos, o brunch também costuma ser super elogiado!

 

View this post on Instagram

 

New dishes now in the brunch menu #fallmenu

A post shared by LaRina Pastificio & Vino (@larinabrooklyn) on

Endereço: 387 Myrtle Ave, Brooklyn, NY 11205.
Horário de funcionamento: Aberto de segunda a sexta, de 17h às 23h30; sábados e domingos, de 11h às 23h30.

#3 Five Leaves

E que tal uma parada perfeita para um café ou para um drink em Williamsburg? O Five Leaves é desses lugares mega descolados que você passa na porta e quer entrar pra pelo menos conhecer. O melhor é que o cardápio não deixa a desejar. São várias opções de cafés da manhã completos, saladas, sanduíches, ostras, cafés e drinks. Ou seja, ótimo pra ir a qualquer hora!

 

View this post on Instagram

 

A post shared by FIVE LEAVES NY (@fiveleavesny) on

Endereço: 18 Bedford Ave, Brooklyn, NY 11222.
Horário de funcionamento: Aberto de segunda a sábado, de 8h à 1h.

#4 Grimaldi’s e Juliana’s

A Grimaldi’s é tradicionalmente uma das pizzarias mais famosas de Nova York (inclusive já ganhou o título de melhor pizza da cidade!). Por causa da fama, acaba tendo muita fila. Bem pertinho está a Juliana’s, pizzaria aberta por um dos antigos donos da Grimaldi’s.

Grimaldi’s: 1 Front St, Brooklyn, NY 11201. Aberta diariamente, de 11h30 às 22h30.

Juliana’s: 19 Old Fulton St, Brooklyn, NY 11201. Aberta diariamente, de 11h30 às 15h15 e de 16h às 22h.

#5 Shake Shack

Ah! Frequentemente recomendamos aqui o hambúrguer do Shake Shack. Uma das unidades fica na região de DUMBO. Nunca é demais lembrar, né?

Endereço: 1 Old Fulton St, Brooklyn, NY 11201.
Horário de funcionamento: Aberto diariamente, de 11h às 22h.


Dicas de e-books para conhecer tudo sobre Nova York!

Para te ajudar a planejar seus roteiros por Nova York nós sugerimos dois e-books suuuper recheados de informações. O primeiro deles é o: Nova York ecônomica, um guia com várias sugestões de passeios gratuitos e dicas para economizar na viagem. Tem também o Nova York em quatro estações, que conta tudo sobre o clima, o que colocar na mala e passeios imperdíveis de cada época.


Com essas dicas nós esperamos que você conheça o Brooklyn e se apaixone pela região como nós, afinal há muita coisa legal por lá.


Você pode gostar de ver também nossas dicas para planejar a sua próxima viagem:

O que fazer em Nova York: 50 passeios imperdíveis

Hotéis baratos em Nova York: onde ficar por até US$100

Nova York no inverno: dicas para aproveitar a cidade mesmo no frio!


  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Publicidade
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *