O que fazer em Boipeba: 12 passeios imperdíveis para incluir no seu roteiro

Procurando dicas de o que fazer em Boipeba? Nesse post reunimos 12 passeios imperdíveis para incluir no seu roteiro.

Piscinas naturais de águas azuis, caminhar por praias desertas e cercadas por coqueiros, assistir o pôr do sol de um dos melhores lugares da ilha, nadar no rio, andar de caiaque passando por túneis de mangue é só algumas das experiências que você vai poder ter nesse paraíso.


Ilha de Boipeba

Chegar em Boipeba não é uma tarefa fácil. Partindo de Salvador, é preciso pegar ferry, ônibus, táxi, lancha rápida e, dependendo de onde você vai se hospedar na ilha, quadriciclo. Se quiser saber mais detalhes sobre como chegar em Boipeba, recomendo ler o guia completo que preparamos sobre a ilha, no post aqui embaixo!


Boipeba: GUIA COMPLETO para planejar a sua viagem


Apesar do longo trajeto, uma vez na ilha, você vai ver que todo o esforço vale a pena. As paisagens são lindas, as praias ainda muito preservadas e opções de passeios não faltam. Você pode optar por passeios de barco, caminhadas, passeios de caiaque e muito mais.

Abaixo, vou listar o que fazer em Boipeba. São 12 passeios que eu fiz por lá e super recomendo. Pode incluir no seu roteiro sem pensar duas vezes!


#1 Piscinas Naturais de Castelhanos

As piscinas naturais não podem faltar na sua lista de o que fazer em Boipeba!

Para chegar nas piscinas naturais de Castelhanos é preciso ir de barco, já que elas ficam bem afastadas da areia. Elas se formam apenas na maré baixa – então é preciso ficar de olho na tábua de marés (geralmente os hotéis avisam qual será o horário da maré baixa) para poder aproveita-las.

o que fazer em boipeba piscinas naturais
As belíssimas piscinas naturais de Castelhanos! // Foto: @brenomadeira @moutain_drone

Nosso barquinho chegou em um cantinho bem raso e de águas transparentes. Ficamos mergulhando com máscaras (levamos o nosso snorkel) e foi uma delícia. O tempo não estava tão aberto, fico imaginando em Janeiro, no auge do verão – deve ficar lindo! Porém… cheio!

O nosso marinheiro disse que a época mais bonita das piscinas naturais é entre dezembro e janeiro mesmo. Eu, sinceramente, prefiro optar por meses de baixa temporada e conhecer as piscinas super vazias e praticamente só pra mim!


#2 Navio espanhol naufragado em 1530

Em 1530 um navio espanhol se chocou contra os corais da Praia de Castelhanos e naufragou. Até hoje, em dias de maré calma e baixa, é possível ver o que ainda restou do navio. Apesar de boa parte já ter sido “tomada” pelos corais, o nosso marinheiro falou que dá para ver a âncora e algumas outras partes de dentro do barco mesmo!

Me falaram que há grupos de mergulhadores que vão até lá explorar o naufrágio. Se você curte mergulho, vale super a pena!


#3 Praia de Castelhanos

A Praia de Castelhanos é, sem dúvidas, uma das mais bonitas de Boipeba! Muito preservada, é o lugar perfeito para quem gosta de praias vazias, sem aquele fluxo enorme de turistas.

Coqueiros na beira do mar, piscinas que se formam na maré baixa e uma areia branquinha são a combinação perfeita. Não deixe de caminhar até o final da praia apreciando a paisagem e tirando fotos!

o que fazer em boipeba praia de castelhanos
Praia de Castelhanos // Foto: @brenomadeira @moutain_drone

Você vai encontrar apenas duas ou três barracas de palha por lá, que pertencem à nativos do vilarejo Cova da Onça. Fomos na “Pastel dos Castelhanos”e comemos um delicioso pastel de siri com queijo e banana da terra. Destaque também para a caipirinha do “Mestre dos Magos”, que fica ali mesmo nessa barraca. A clássica é a capirinha de Cacau com Biri Biri (uma frutinha típica), que é servida dentro de um cacau. Imperdível!

As barracas ficam na “Ponta de Castelhanos“, onde o Rio Ouritibe deságua no mar. É uma delícia ficar por ali curtindo as águas tranquilas do rio!


#4 Cova da Onça

Cova da Onça é um pequeno vilarejo localizado a 12,5km de Velha Boipeba. Nós fomos até lá de barco, durante o nosso passeio para a Praia de Castelhanos, mas também há trilhas por dentro da mata que ligam Velha Boipeba à Cova da Onça.

A região é muito conhecida pela fartura de frutos do mar, como polvo e lagosta, por conta dos corais. É possível capturá-los apenas com as mãos! A dica é almoçar no Restaurante do Mar, onde servem lagosta na manteiga com abacaxi. Muito fresquinha e carnuda, uma delícia!

o que fazer em Boipeba
A deliciosa lagosta na manteiga com abacaxi, em Cova da Onça!

Não há muito o que fazer por lá – em 15 minutos você caminha na ruazinha principal, na beira do mar, para conhecer um pouco do vilarejo.


#5 Praia de Moreré

Moreré é o segundo vilarejo mais povoado de Boipeba. É lá que as pessoas que buscam natureza e tranquilidade se hospedam.

Você vai encontrar algumas ruelas de areia, com mercadinhos, casas simples e pousadinhas super acolhedoras. Destaque para a Pousada A Mangueira que é mais requintada e quase na beira da praia, uma ótima opção para se hospedar em Moreré.

o que fazer em Boipeba moreré
Redes e plaquinhas espalhadas no Restaurante Paraíso, na Praia de Moreré

A Praia de Moreré é bem grandinha. Tem a parte principal, que é onde termina as ruelas de areia. Ali tem algumas barracas de nativos, vendendo caipirinhas. Andando um pouco para a esquerda, sentido Velha Boipeba, vão aparecendo mais pousadas e restaurantes na beira da praia. Não deixe de ir no Restaurante Paraíso e experimentar a moqueca de polvo com banana da terra. Além do visual lindo, a comida é divina.

Há também as piscinas naturais de Moreré, que se formam na maré baixa. Há passeios saindo de Morro de São Paulo para lá. Na alta temporada fica bem cheio, mas dá para aproveita-las também!


Clique para ver as melhores opções de hospedagem em Boipeba!


#6 Praia de Bainema

Mais uma praia linda, deserta e cercada por coqueiros. É aquela praia perfeita para passar o dia!

Fomos caminhando da Praia de Moreré até a Praia de Bainema. Entre uma e outra, passamos pela famosa “Rua das Flores”, conhecida pelo seu túnel de flores. É realmente linda, e olha que não tinha tantos hibiscos no dia que fomos. Na primavera deve ser muito florida!

o que fazer em boipeba bainema
Coqueiros margeando a Praia de Bainema! // Foto: @brenomadeira @moutain_drone

Caminhamos por 2.5km, com pequenas pausas para tirar fotos, mergulhar nas piscinas que se formam na maré baixa e apreciar a natureza. Em seguida, chegamos na “Ponta do Bainema”, que fica bem na curva da praia. Ali tem um pequeno povoado, com algumas casinhas (inclusive tem casas para alugar e camping!) e o barzinho que leva o mesmo nome.

É uma delícia passar a tarde toda por ali – redes espalhadas, mesinhas, chuveiro, petiscos e caipirinhas. O combo perfeito para aproveitar um dia de praia!


#7 Pôr do Sol na Oca do Monte

Uma dica incrível de o que fazer em Boipeba é assistir ao pôr do sol. Não sei você, mas eu sempre vou logo perguntando para as pessoas onde é o melhor lugar. Em Boipeba, o sol nasce no mar e se põe na parte de trás da ilha, para as montanhas. O melhor lugar para assisti-lo é na Oca do Monte, o barzinho da pousada onde nos hospedamos, a Eco Casa Bobô.

o que fazer em boipeba pôr do sol
Pôr do sol lindíssimo que vimos em Boipeba!

A Oca do Monte funciona das 16h30 às 19h30 e serve caipirinhas com frutas locais, tacos de tapioca e açaí orgânico. Para completar, uma musiquinha suave e o pôr do sol lindíssimo!

Você pode chegar até lá caminhando por 20 minutos, saindo da Praia de Moreré ou de quadriciclo. Cobram R$10 por pessoa para fazer o trajeto Praia de Moreré x Casa Bobô.


#8 Caiaque pelos túneis de mangue + ver plâncton à noite

Fizemos esse passeio com a Marta do @ecomar_boipeba. Encontramos com ela às 16h, em Velha Boipeba, e lá fomos nós nos nossos caiaques, até chegar em uma parte mais afastada do rio.

A correnteza nos ajudava muito, então era preciso pouca força na hora de remar. Passamos por dois túneis diferentes, cercados por manguezais. A Marta foi nos explicando a diferença de cada mangue e contando algumas curiosidades.

Fiquei morrendo de nervoso dos siris, que são muitos!! Mas depois relaxei e aproveite o passeio, que foi bem interessante e com um toque de aventura!

O que fazer em boipeba caiaque no mangue
Em um dos túnes de mangue por onde passamos!

Nesse dia o tempo estava nublado e não teve pôr do sol  – mas deve ser lindo visto de dentro do caiaque! Esperamos anoitecer e lá fomos nós de novo para dentro dos túneis, dessa vez, para ver plânctons, que são pequenas partículas de algas que, em contato com o oxigênio, brilham. Toda vez que passávamos a mão na água, víamos pontinhos brilhantes. Parecia que o rio tinha se transformado em um céu estrelado!

A experiência foi super legal! O passeio custa R$90 por pessoa.


#9 Nadar no Rio Ouritibe

Uma dica é fazer a caminhada que vai da Praia de Moreré até Velha Boipeba. Essa é uma ótima ideia de o que fazer em Boipeba por conta própria, sem precisar de passeios ou guias!

Entre a Praia de Moreré e a Praia da Cueira está o Rio Ouritibe. Só dá para atravessá-lo na maré baixa e a dica é aproveitar para ficar algumas horas por ali nadando no rio, com suas águas mais frias e refrescantes!


#10 Praia da Cueira

Seguindo a caminhada da Praia de Moreré até Velha Boipeba, está a Praia da Cueira. Lindíssima com seus muuuitos coqueiros à beira mar e ondas boas para surf. Essa praia é imperdível para os surfistas!

A grande atração da praia é a lagosta do Guido’s, que ficou super famosa na ilha toda. As lagostas são enormes e suculentas – vale a pena experimentar, mesmo sendo um ponto super turístico onde todos os passeios de barco param.


#11 Praia de Tassimirim

Caminhando um pouco mais, saindo da Praia da Cueira, você chegará na Praia de Tassimirim – um pouco menor, com muitas amendoeiras emoldurando a praia e algumas barraquinhas para almoço, como a da Gleyde. No dia que fomos estava fechada, mas parece que também é super recomendada na ilha, principalmente para quem quer evitar a muvuca da outra praia.

A praia também fica cheia de piscinas naturais. Uma boa pedida é descansar na sombra das amendoeiras depois de um mergulho.


#12 Passear na Velha Boipeba

Velha Boipeba é o vilarejo principal e mais povoado da ilha. Quem gosta de agito, opções de restaurantes e facilidade para fazer passeios de barco, pode apostar em Velha Boipeba para se hospedar.

Caso não esteja hospedado por lá, vale reservar um final de tarde para passear no centrinho da vila. Há uma pracinha com várias barraquinhas onde você pode experimentar tapiocas de vários sabores e caipirinhas.

onde comer em boipeba
Restaurante Flora da Lua, na Velha Boipeba

Destaque também para o shopping de Boipeba. Sim, é verdade, construíram um shopping, super estruturado, de frente para o rio, perto do centro de Boipeba. Ali tem algumas lojinhas (muitas ainda estão vazias) como a sorveteria de um italiano que é bem gostosa!

Para jantar, vá no restaurante Flor da Lua. É mais requintado e tem opções tentadoras no cardápio. Pedimos o camarão ao molho gorgonzola (R$60) e estava uma delícia!


Gostaram das dicas de o que fazer em Boipeba? A ilha é maravilhosa e ainda tem muitos passeios legais para fazer por lá, como trilhas e cavalgadas. Se você tem de 3 a 4 dias, sugiro tentar fazer todos os passeios listados. Se tem mais dias, pode fazer tudo com mais calma e repetir os lugares preferidos!

Quer uma dica de hospedagem em Boipeba?  A gente ficou na eco-pousada Casa Bobô, localizada a 15 minutos da Praia de Moreré, em uma região mais alta da ilha (logo, com uma vista linda!). A proposta da pousada é oferecer conforto, contato com a natureza e um atendimento exclusivo aos hóspedes. É para quem gosta de experiência diferenciadas!


Para saber mais, leia o post: Pousada em Boipeba: conheça a Eco-Pousada Casa Bobô


Que tal conhecer outros destinos incríveis na Bahia?

 

Conheça os encantos da Península de Maraú, na Bahia

Trancoso: as melhores dicas para você planejar a sua viagem

Roteiro de 5 dias em Morro de São Paulo, Bahia

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.