O que fazer em Florença: melhores passeios + GUIA da cidade

Florença é uma cidade encantadora e muito rica culturalmente. Além de passear pelas ruelas estreitas observando todos os detalhes, há diversas construções históricas e pontos turísticos muito interessantes!

Nesse post reunimos dicas de o que fazer em Florença, selecionando os 10 melhores passeios para fazer na cidade, além de um GUIA para te ajudar a planejar o roteiro da melhor forma!

Prepare-se para se apaixonar pela capital da Toscana, que, além de toda a sua beleza e história, reúne uma gastronomia deliciosa!


Florença: cidade imperdível na Itália

Confesso que, ao planejar o nosso roteiro pela Itália, não estávamos tão empolgados para conhecer Florença – o nosso foco eram as pequenas cidades da região da Toscana, mas, foi só passear por poucos minutos na cidade para ver de perto a sua beleza e charme, que nos conquistaram na hora!

Aos poucos fomos descobrindo uma cidade única, com uma riqueza histórica enorme, representada em museus e galerias de arte. É considerada berço do Renascimento, capital da moda (junto com Milão!) e com certeza uma das cidades mais bonitas do mundo.

Ao passear pelas ruelas, parece que cada centímetro da cidade foi planejado – a  preocupação com a beleza, uma arquitetura imponente e rica em detalhes. É de se apaixonar, e isso, sem contar nas paisagens verdinhas e clássicas da região da Toscana que encontramos ao nos afastar um pouco do centro da cidade. Florença, definitivamente, precisa estar dentro do seu roteiro pela Itália!

florença o que fazer
Belíssimas paisagens típicas da Toscana!

Como chegar em Florença

Florença é a porta de entrada da região da Toscana, então pode despreocupar, pois opções não vão faltar.

De avião: há um aeroporto próximo do centro da cidade, que recebe vôos diariamente das principais cidades européias. Não há vôo direto do Brasil, mas você pode comprar passagens por ótimos preços em companhias low coast.

De trem: essa foi a opção que escolhemos para chegar em Florença. Compramos a nossa passagem em Veneza, e pagamos 20 euros pelo trajeto Veneza > Florença.  A estação Santa Maria Novella, onde desembarcamos, é uma das principais do país e a mais central de Florença (a menos de 1 km da Piazza del Duomo, coração da cidade).

De ônibus: viagens de ônibus não são tão populares na Europa, mas é possível viajar de outras cidades para Florença. Por exemplo, saindo de Roma, uma viagem de ônibus até Florença dura cerca de 4h e custa 25 euros. Pode ser uma boa alternativo no caso de você encontrar apenas passagens caras de trem!

De carro: essa é uma ótima opção para quem quer ter mais flexibilidade e ir parando onde quiser – afinal, a Itália está cheia de cidades lindas espalhadas, com certeza você encontrará verdadeiras relíquias pelo caminho. Leia também: Roadtrip na Toscana: vale alugar um carro?


Durante a minha viagem pela Itália, aluguei um carro em Florença para conhecer algumas cidades da Toscana, e foi uma ótima experiência! Adoro ter a liberdade de ir parando onde queremos e controlar o nosso tempo em cada lugar. Recomendo o site Rent Cars, que foi por onde alugamos o carro para essa viagem. Retiramos em uma loja no centro de Florença e tivemos uma ótima experiência!


Onde ficar em Florença: seleção de hotéis

Reservamos o nosso hotel em cima da hora, então acabamos ficando sem muitas opções por um bom custo benefício. O que encontramos foi o Hotel Margaret, que era bem central, perto de vários restaurantes e das principais ruas da cidade, mas era bem simples! A grande vantagem era estar próximo da estação de trem principal, então fomos andando pro nosso hotel ao chegar na cidade!

Outras ótimas opções de hospedagem em Florença são:

No centro histórico: indicamos o Hotel Renaissance para quem busca conforto, ótimo atendimento e boa localização. Minha prima se hospedou por lá em Julho de 2019 e amou a experiência – camas confortáveis, tudo bem limpo e localização excelente. Clique aqui para ver mais informações.

Nos arredores: La Maison du Sage fica em uma região chamada Santa Croce, que é menos turística, mas bem próxima do centro histórico. Os preços por lá são mais baixos e você vai se sentir um local! Veja aqui mais informações e faça a sua reserva.

Opção econômica: o Hostel Arch Rossi é muito bem localizado e super arrumadinho. Tem opções de dormitórios mistos e femininos. Muito limpo, com armários e banheiro no quarto. Clique aqui para ver mais informações!


O que fazer em Florença: os melhores passeios

Vai conhecer Florença pela primeira vez? Então não deixe de inserir os passeios abaixo no seu roteiro. Selecionamos os principais e mais bonitos pontos turísticos de Florença, além de ótimas dicas de onde comer e lugares legais para passear, que conhecemos e adoramos.


1. Tirar fotos na Ponte Vecchio

A Ponte Vecchio é um dos cartões postais de Florença, famosa pela sua beleza e também pela sua história. Atravessa o rio Arno no seu ponto mais estreito, ligando a cidade de Norte à Sul.

Construída em 1345, se mantém intacta por mais de 650 anos e tem uma curiosa história por trás. Encontrei um post bem legal contando algumas curiosidades da Ponte Vecchio, vale a pena conferir!

Ao longo da ponte, além da paisagem linda que podemos apreciar da cidade e de seu rio (lindíssima no pôr do sol!), você vai encontrar muitas lojas de jóias e relojoarias, que substituíram os antigos açougues que deixavam mau cheiro por lá. Algumas lojas são das mesmas famílias que começaram seus negócios no século 13!

Não deixe de caminhar pela ponte, observar os detalhes e ler mais sobre a sua história, que é digna de filme!

Ponte Vecchio passeios em Florença
A histórica e charmosa Ponte Vecchio, vista da Praça Michelangelo

2. Ver o pôr do sol na Piazzale Michelangelo

Piazzale Michelangelo é um ponto turístico de Florença super famoso, e, chegando lá, conseguimos entender o porquê: uma vista panorâmica da cidade!

Lá de cima, conseguimos ver vários pontos turísticos, como a Catedral Santa Maria del Fiore, o Palazzo Vecchio e a imponente Duomo. É, sem dúvidas, o visual mais bonito da cidade e ainda mais lindo na hora do pôr do sol!

Há também a estátua David, uma das réplicas esculpidas originalmente por Michelangelo, que dá nome à praça. Florença é apaixonante e praticamente um museu a céu aberto.

É possível chegar à Piazzale Michelângelo de carro, ônibus ou a pé. O jeito mais tranquilo (e sem esforço) é de carro/ônibus, seguindo pela Viale Michelangelo. Se optar pelo transporte público, pegue os ônibus de número 12 ou 13 na Estação de Trem Santa Maria Novella.

melhores passeios em florenca
O visual do alto da Piazzale Michelangelo é lindo!

3. Conhecer o Davi na Galleria Dell’Accademia

Com certeza você já ouviu falar no Davi de Michelangelo durante as aulas de história, né? Então prepare-se para ver uma das maiores obras-primas do Renascimento ao vivo e à cores em Florença!

A estátua original está dentro da Galeria, mas você pode ver duas réplicas pela cidade: uma da Piazzale Michelangelo, como falamos acima, e outra na frente da Galeria. Provavelmente você precisará disputar espaço para tirar uma foto com os muitos chineses que aparecem em suas excursões, mas, é inevitável registrar a tão famosa estátua de Michelangelo.

Vale a pena comprar seu ingresso pela internet, com antecedência, para marcar horário e não perder horas na fila.

réplicas david em florença
Uma das réplicas de David

4. Admirar o Duomo, a belíssima Catedral de Santa Maria Del Fiore

A imponente Catedral de Santa Maria del Fiore, símbolo de Florença, é uma das construções mais lindas e interessantes da cidade. Localizada na Piazza San Giovanni, em meio à outras construções históricas, chama atenção pela sua grandiosidade, detalhes e arquitetura, que até hoje atrai estudiosos buscando entender mais sobre sua estrutura.

A cúpula de Brunelleschi, super famosa, pode ser avistada da Piazzale Michelangelo, de tão enorme que é. De perto, fica ainda mais bonita. A Duomo é um das obras da arte gótica da renascença italiana, considerada importantíssima para a História da Arquitetura. Uma verdadeira riqueza!

A entrada na catedral é gratuita, mas para visitar a cúpula de Brunelleschi, o campanário de Giotto, a cripta e o batistério, você deverá comprar ingresso. É vendido na hora, mas você pode comprar com antecedência o tour guiado + entrada sem fila, para evitar perder horas na fila.

duomo de florença
A imponente Duomo vista da Piazzale Michelangelo

5. Experimentar o sanduíche do All’Antico Vinaio

É sério: você não pode deixar de experimentar o melhor sanduíche da cidade! O All’Antico Vinaio começou com uma pequena portinha, mas faz tanto sucesso, que expandiu para três lojas na mesma rua! Por lá você poderá escolher algumas opções (tentadoras!), como presunto de parma + queijo peccorino + creme trufado, que foi a minha escolha.

Além de delicioso, o sanduíche é enorme! Custa 5 euros, mas dá pra dividir ou guardar pra comer depois, que foi o que eu acabei fazendo!

As lojas ficam na Via dei Neri, uma ruela próxima do centro de Florença, onde estão alguns dos principais pontos turísticos, como a Duomo.

sanduíche em florença
O famoso sanduíche do All’Antico Vinaio

Leia também: O que fazer na Toscana: 12 passeios imperdíveis para incluir no seu roteiro


6. Comer no Mercato Centrale

Praticamente toda cidade tem um mercadão, né? O de Florença é uma ótima opção para quem quer encontrar produtos locais e frescos, como queijos, frutas, pães e etc e também para quem está procurando algum lugar bem bacana para comer, que seja rápido, mais barato e claro, delicioso!

No segundo andar do Mercato Centrale, tem uma praça de alimentação “gourmet”, com vááárias opções de coisas gostosas para comer: pizza, massas, saladas, comida japonesa, sobremesas maravilhosas, vinhos, cervejas artesanais… Tudo isso em um ambiente descolado e super arrumadinho!

Ficamos bem surpresos quando subimos para o segundo andar e encontramos esse cenário. Parece que é o lugar que o pessoal da cidade vai para um happy hour depois do trabalho, sabe? Comemos uma pizza deliciosa, curtimos uma musiquinha que estava rolando e ficamos babando em todas as comidas deliciosas que vimos por lá!

Ele fica na Piazza del Mercato Centrale, Via dell’Ariento, 50123. Vale conferir o horário de funcionamento!

Mercato Centrale Florença o que fazer
Mercato Centrale super movimentado!

7. Passear pelos jardins de Boboli

Os Jardins de Boboli são a maior zona verde de Florença, com 45.000 metros quadrados. Grutas, fontes, pérgulas, um pequeno lago e centenas de estátuas de mármore é um pouco do que você vai encontrar nessa belíssima área da cidade.

Não tivemos tempo de ir até lá, mas achei que valeria muito incluir nessa lista, principalmente para quem conseguir reservar 2 a 3 dias para visitar Florença. A beleza do Jardim de Boboli é surpreendente e estar em contato com toda essa natureza, é renovador!

Reserve de 2 a 3 horas para caminhar por lá. A entrada é paga e você pode garantir o seu ingresso com antecedência clicando aqui.

o que fazer em florença passeios
O belíssimo Jardim de Boboli

8. Visitar museus de marcas icônicas da moda

Você sabia que a indústria italiana da moda foi nascida e criada em Florença? Ela pode ser considerada capital da moda, ao lado de Milão!

Se você tiver algum interesse no assunto, vale visitar o museu do Salvatore Ferragamo, estilista que abriu sua primeira loja na cidade nos anos 1920. Outro super interessante é o Gucci Garden, um complexo dentro do Palazzo della Mercanzia que inclui um museu, uma loja com itens exclusivos e, apenas, um restaurante de chef renomado.


Bate-volta de Florença

Para conhecer outras cidades lindas da Toscana, que ficam próximas de Florença, vale super a pena fazer um bate-volta de trem ou carro. Eu optaria pelo carro, para você ter mais conforto e poder ir parando onde e por quanto tempo quiser. Os valores para alugar carro na Itália são super em conta – reservamos pelo site Rent Cars e tivemos uma ótima experiência. As estradas são bem sinalizadas e boas para dirigir!

Abaixo, separei 4 cidadeszinhas que merecem a sua atenção e que são ótimas para fazer um bate-volta a partir de Florença:

  • Pisa: Muito famosa por conta da icônica Torre de Pisa! Vale a pena dar uma passadinha por lá e usar a criatividade na hora de tirar fotos – vale colocá-la dentro de uma casquinha de sorvete, empurrar ela com as mãos e por aí vai! Não achei a cidade tão bonita, o que eu recomendo é apenas passar por lá para ver a torre e seguir viagem para Lucca, que fica pertinho!
  • Lucca: Uma cidade muito charmosa, com o centro histórico mais bem preservados da Itália. Lojinhas, sorveterias, restaurantes e um clima aconchegante te esperam ao visita-la! Separe uma manhã ou uma tarde.
  • Chianti: Há 1 hora de Florença, essa região é cheia de vinícolas e ruelas charmosas. Vale a pena fazer uma degustação em um das muitas vinícolas e também conhecer Montefioralle, um bairro muito fofo que antes era um castelo!
o que fazer em florença
Torre de Pisa e muitos turistas ao fundo!

Quantos dias ficar em Florença?

Se o seu roteiro estiver apertado, sugiro 1 dia inteiro em Florença para conseguir conhecer o principal da cidade: o Centro Histórico e a Piazzale Michelangelo. Se puder, 2 a 3 dias são o suficiente para visitar os principais pontos turísticos, passear bastantes pelas ruas (que são lindas!), visitar o Jardim de Boboli, a Piazzale Michelangelo e experimentar a gastronomia local.

Outra sugestão é reservar 4 dias para Florença e separar 2 para explorar a cidade e mais 2 para fazer bate-volta para cidades próximas, como citei acima.


Quando ir à Florença?

As estações são bem definidas em Florença, ou seja: verão bem quente e seco e inverno beem frio. A melhore época vai depender da sua preferência!

A cidade é linda e charmosa durante o ano todo, mas, se você quer uma dica, escolha as estações intermediárias: outono ou primavera! Chove menos, o clima está mais ameno e a cidade menos lotada. Eu fui no início de abril e adorei a minha escolha: frio suportável, calorzinho no sol e a cidade tranquila!

o que fazer em florença clima
Foto tirada da Ponte Vecchio, em Abril!

Seguro viagem na Itália

Você já deve saber que é obrigatório ter o seu seguro viagem nas viagens para a Europa, né?

Além disso, é indispensável ter o seu seguro em viagens que incluem roadtrips – afinal, ninguém está livre de um acidente. É claro que não queremos que nada do tipo aconteça, mas, é sempre bom estar prevenido e evitar gastar rios de dinheiro, caso alguma coisa aconteça.

A gente sempre indica aqui no blog o seguro viagem do site Seguros Promo. Eles tem várias opções de seguro, com bons preços. Gostamos muito do Assist Trip, que tem uma cobertura bem completa, inclusive para extravio de malas.

Clique aqui para fazer o seu Seguro Viagem e garanta 5% de desconto com o cupom MALADEAVENTURAS.

Seguro Viagem: Europa
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 23/dia*
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*

Chip de Internet para usar na Itália

A praticidade de viajar com chip de internet internacional é tanta que a gente não consegue mais viajar sem internet!

Seja para se comunicar com a família pela whatsapp, usar o Google Maps ou o Waze, postar fotos no instagram, pesquisar sobre algum restaurante e até reservar na hora um hotel através do Booking, ter chip de internet facilita muito as coisas durante uma viagem – até mesmo a comunicação com pessoas que falam outra língua!

Nessa viagem usamos o chip de internet da Yes Brasil. É sério, o chip deles é muito bom, com internet rápida e sinal em praticamente todos os lugares.

Se quiser saber mas sobre os chips de internet da Yes Brasil, leia esse artigo:
O site Viaje Conectado é confiável? É bom? Vale a pena?


Para comprar o seu chip de internet para a Itáliaclique aqui e use o cupom MALADEAVENTURAS para garantir 10% de desconto.


Gostou das dicas? Então aproveite para ver o VLOG do nosso dia super especial em Florença, quando fizemos uma aula de culinária e visitamos uma vinícola na região de Chianti:


 

 

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.