o que fazer na jordania

O que fazer na Jordânia: 10 lugares imperdíveis para conhecer no país

Está planejando uma viagem à Jordânia? Descubra neste post o que fazer na Jordânia além de Petra, quais são os passeios imperdíveis e aqueles lugares que não podem ficar de fora do seu roteiro.

O cartão postal e símbolo do país, Petra, é realmente um lugar incrível para se conhecer. O local já foi até cenário de filmes do Indiana Jones e Transformers. Mas nesse post vamos mostrar como a Jordânia tem ainda muito mais para explorar, esteja você buscando turismo religioso ou de aventura.


Dica: alugue um carro na Jordânia

Minha primeira dica para a sua viagem à Jordânia é: alugue um carro. Essa é uma forma excelente de conhecer o país. Além de uma roadtrip ser sempre uma experiência inesquecível, você ainda tem mais privacidade e faz o roteiro no seu tempo. É sempre gostoso parar pelo caminho quando uma paisagem tira o nosso fôlego, né? 

Você estar se perguntando se não seria perigoso dirigir por lá sem conhecer a língua do país, nem seus costumes e regras de trânsito. Pode ter certeza que essas também eram as minhas dúvidas antes dessa viagem, mas minha experiência foi realmente muito tranquila e positiva!

estradas da Jordânia
As estradas na Jordânia são ótimas e muito bem sinalizadas.

Aluguei o carro através do site RentCars. Nesse site você faz uma busca pelo seu destino, a data de chegada e de devolução do veículo, e ele te fornece todas as opções de veículos disponíveis, com uma comparação de preços entre as locadoras que operam na região. Achei tudo bem prático e rápido.


Faça aqui a comparação de preços entre as melhores locadoras da Jordânia e reserve seu carro com antecedência para garantir os melhores preços.


Lugares imperdíveis para conhecer na Jordânia

A Jordânia tem um território relativamente pequeno: são cerca de 90 mil quilômetros quadrados apenas. Podendo ser atravessada de norte a sul em seis horas de estrada (o que torna a visita de carro uma ótima ideia!), o país reserva paisagens inesquecíveis para quem visita. 

De Petra ao Mar Morto, há passeios para todos os gostos. São várias possibilidades para desbravar cada um dos lugares, tanto se você tiver um perfil explorador e preferir ir por conta própria ou se optar pela segurança e praticidade de um tour privado. 

Vem ver as nossas sugestões dos principais lugares para conhecer na Jordânia e descubra também qual é a melhor forma de visitar cada um deles.


1. O que fazer na Jordânia: Petra

Para quem vai à Jordânia, Petra definitivamente é uma parada obrigatória! Reserve ao menos dois dias para desbravar a impressionante Cidade Rosa e suas construções esculpidas em arenito. O visual e a história da cidade são tão incríveis que posso dizer que foi o ponto alto da minha viagem!

A história de Petra tem mais de 3 mil anos e carrega um significado tão importante que hoje ela é considerada uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno e foi eleita Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. 

o tesouro de Petra
Cartão postal de Petra: o Tesouro

Além do “Tesouro”, ponto turístico principal do local, há diversas rotas para se explorar a cidade. Os caminhos incluem paradas em túmulos, templos, ruínas e construções famosas que nos mandam para o tempo dos nabateus e do Império de Roma e de Constantinopla. 

Para conhecer Petra de forma mais completa, o ideal é que você guarde mais de um dia no seu roteiro. Desse modo, vale super a pena se hospedar na cidade base, chamada Wadi Musa. Confira essa e outras dicas de Petra (Jordânia): como chegar, onde ficar e o que fazer na Cidade Rosa. Clique aqui.

Outra opção é fazer um passeio de um dia saindo de Amã para Petra. Isso funciona bem se você estiver com tempo mais curto ou se preferir fazer um tour guiado sem ter que se preocupar com o planejamento. Saiba mais sobre este tour aqui.


2. O que fazer na Jordânia: Amã

Como Amã é a porta de entrada do país (a maior parte dos turistas chega pelo aeroporto de lá), a parada pela cidade é quase sempre uma parte do roteiro de quem planeja uma viagem à Jordânia. Vale guardar uns dois dias para passear pela capital.

A cidade tem dois lados: enquanto o lado ocidental tem uma estrutura mais moderna, com lojas, restaurantes e cafés com estilo mais contemporâneo, o lado oriental tem as tradições muçulmanas mais preservadas. Por lá, os costumes árabes são bem mais fortes e os pontos turísticos também são mais ligados à história do país.

Amã: a capital da Jordânia
Amã: a capital da Jordânia

Entre alguns locais turísticos para conhecer em Amã, vale incluir: a Cidadela de Amã, a mesquita do Rei Abdullah e o antigo anfiteatro. Para quem gosta de desbravar os destinos por conta própria, vale a pena caminhar despretensiosamente pelas ruas para conhecer as lojinhas locais.

Contudo, se você quer descobrir os detalhes dos souks, igrejas e mesquitas, além das ruínas romanas e bizantinas, sugiro um passeio guiado por Amã. Confira mais detalhes aqui.


3. O que fazer na Jordânia: Aqaba

Aqaba é o único porto marítimo da Jordânia e é muito procurada pelos turistas, não só porque é possível aproveitar o Mar Vermelho, mas também porque serve de base para ir para outras atrações próximas, como Petra e o deserto de Wadi Rum. 

Se você vai à Aqaba, não deixe de escolher um belo resort de frente pro mar, como o Movenpick ou o Al Manara. A cidade oferece uma estrutura excelente para turistas. Além disso, já se planeje para fazer um mergulho, seja você principiante ou expert. O Mar Vermelho é um dos destinos mais cobiçados do mundo entre os mergulhadores, e Aqaba é uma das cidades mais procuradas para a prática de mergulho na região.


Você também pode se interessar:

Mar Vermelho Egito: Hurghada, Dahab, Sharm el Sheik ou Marsa Alam?


4. O que fazer na Jordânia: Mar Morto

Outro passeio imperdível para quem quer conhecer o melhor do turismo na Jordânia é guardar um dia para ir até uma das praias do Mar Morto e flutuar nas suas águas super salgadas. Localizado no ponto mais baixo de todo o planeta, a 430 metros abaixo do nível do mar, o Mar Morto é, na verdade, um grande lago com uma água com alta concentração de sal e sais minerais com propriedades medicinais.

Mar Morto, Jordânia
Mar Morto, Jordânia

É bem fácil chegar ao Mar Morto, já que ele fica a apenas 70 quilômetros da capital Amã. Por lá, há praias públicas, mais em conta e com facilidades para turismo, ou resorts mais luxuosos que oferecem uma infraestrutura excelente, com piscinas, chuveiros, espreguiçadeiras e spas. 

Muita gente faz bate e volta saindo de Amã, seja em um tour privado, de táxi ou em um carro alugado. Outra opção é se hospedar por lá para desfrutar das comodidades de um dos hotéis à beira mar e conhecer pontos turísticos próximos, como o Rio Jordão e os cânions de Wadi Mujib.


Confira aqui essa e outras opções de tours na Jordânia.


5. O que fazer na Jordânia: Wadi Mujib

Bem perto do Mar Morto, você também pode explorar a região de Wadi Mujib, que é a reserva natural com a menor altitude em todo o planeta. A reserva fica a aproximadamente 415 metros abaixo do nível do mar.

Em Wadi Mujib, há alguns passeios possíveis para serem feitos. Dentre os passeios mais procurados pelos turistas, a paisagem mais procurada é a do cânion com o Rio Wadi Mujib passando no meio. Além de ser um passeio bem refrescante, já que é possível mergulhar e deixar se levar pela correnteza em alguns trechos, o visual faz a caminhada valer a pena.

O trajeto mais famoso é o Wadi Mujib Siq Trail. Para conferir mais informações, clique aqui.


6. O que fazer na Jordânia: Wadi Rum

O deserto de Wadi Rum é uma das imagens que mais representa a Jordânia e um dos passeios que quase sempre entram nos roteiros turísticos pelo país. É também conhecido por ter sido cenário de filmes  famosos, como Perdido em Marte, de 2015.

Wadi Rum, Jordânia
Wadi Rum, Jordânia

Além da beleza e da imensidão que tem a paisagem do deserto, essa é uma verdadeira experiência jordaniana. Os tours são quase sempre organizados pelos beduínos e podem incluir até mesmo um acampamento por uma noite nas areias de Wadi Rum para ver o impressionante céu estrelado.

Eu fiquei encantada com as paisagens dos locais por onde passamos e toda a experiência de dormir no deserto, comer e dançar com os beduínos. O camping que escolhi foi o Beyond Wadi Rum Camp e recomendo de olhos fechados!


Confira aqui outras opções de campings em Wadi Rum.


7. O que fazer na Jordânia: Jerash

A pouco menos de 50 quilômetros da capital, ir à Jerash pode ser um passeio bem prático, já que você pode fazer um bate e volta saindo de Amã. Até 1925, a cidade estava inteira embaixo de muita areia. Nessa época foi feito um trabalho de escavação e lá foram descobertos templos, fontes, anfiteatros, lojas e avenidas. 

Jerash, Jordânia
Jerash, Jordânia

Jerash é uma das cidades romanas mais bem preservadas em todo o mundo, o que já mostra o valor histórico do local. E, embora o apogeu de Jerash tenha sido apenas com os romanos no século I, sua história impressiona pelo tempo em que a região é habitada: são mais de 6500 anos de transformações por lá!

Uma boa dica para visitar Jerash é fazer um bate e volta de Amã. É possível ir com um carro alugado ou contratando um tour privado para maior comodidade.


Você também pode se interessar:

Mar Vermelho Egito: Hurghada, Dahab, Sharm el Sheik ou Marsa Alam?


8. O que fazer na Jordânia: Karak

Ao sul da Jordânia, a pouco menos de duas horas de Amã, você encontra o Castelo de Karak. Esse castelo, o mais imponente e o mais preservado em todo o país, fica no alto de um morro e a vista de lá é sensacional. É possível ver até o Mar Morto! Aliás, esse é um ótimo passeio para quem já pretende ir ao Mar Morto em um dos dias de viagem.

Karak é uma construção da época das Cruzadas e foi local de uma importante rota comercial por muitos anos. O castelo tem cerca de 200 metros de comprimento e a visita fica ainda mais interessante se for feita com um guia. Assim você entende o significado de cada espaço do castelo com muito mais riqueza de detalhes.


9. O que fazer na Jordânia: Rio Jordão

Se você está planejando fazer turismo religioso na Jordânia, o Rio Jordão certamente está na sua lista de prioridades! Foi nesse local que São João Batista teria batizado Jesus, ou seja, é um lugar muito importante para todos os cristãos. Esse é um passeio simbólico para muitos turistas, que buscam o local para fazer uma renovação de batismo e pegar a água considerada sagrada.

De todo modo, mesmo que você não procure um passeio com significados religiosos, a ida até o Rio Jordão é um passeio bem legal e pode ser combinada com a sua ida ao Mar Morto. A trilha é bem bonita, tem uma energia diferente e você passa não apenas pelo lugar de batismo, mas também pelas ruínas de várias igrejas.


10. O que fazer na Jordânia: Madaba

Minha última sugestão para você planejar o que fazer na Jordânia é um passeio por Madaba. Essa é uma das cidades mais antigas do Oriente Médio e faz parte do roteiro, principalmente, de quem viaja à região com foco no turismo religioso.

Madaba, Jordânia
Madaba, Jordânia

Em Madaba você encontrará diversas igrejas, entre elas a Igreja Ortodoxa de São Jorge, onde fica um dos mosaicos mais famosos do mundo, feito com mais de 2 milhões de peças!

Dica: inclua no passeio uma visita ao Monte Nebo, local onde Moisés teria avistado a Terra Santa. Lá do alto você tem um super visual para o Vale do Rio Jordão, Jerusalém, Jericó e o Mar Morto. Para saber mais sobre esse tour, clique aqui.


Pronto para fazer turismo na Jordânia?

Agora que você já conhece os melhores passeios na Jordânia, basta incluir aqueles que mais te interessam e que têm mais a ver com o seu perfil. E aqui vão alguns lembretes para a preparação da sua viagem à Jordânia.

Além do visto e da hospedagem, vale lembrar sobre a importância de se contratar o serviço de seguro viagem internacional para casos de acidente, doença ou extravio de mala. No caso da Jordânia isso é ainda mais importante, já que há passeios que envolvem trilhas, estradas e até mesmo o banho nas águas salgadas do Mar Morto. 


Leia também: Seguro viagem: 5 razões para você contratar um para a sua viagem


Seguro Viagem: Oriente Médio
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 23/dia*
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*

E aqui vai uma última dica para fechar este post! Muita gente que vai ao país ainda aproveita para incluir no roteiro uma visita à Israel ou ao Egito, já que ambos os países ficam bem perto. Continue seu planejamento com os posts abaixo:

Roteiro Israel: o melhor guia para montar o seu roteiro de 5, 7 ou 10 dias de viagem

Roteiro Egito: o melhor guia para montar o seu roteiro

O que fazer no Egito: top 10 passeios imperdíveis


 

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.