Um dos destinos mais turísticos da Itália e que sai bastante da rota dos turistas brasileiros, são as Dolomitas, mais especificamente a maravilhosa cidade de Cortina d’Ampezzo. Isso tudo por conta das atrações de inverno que existem por lá. Nesse post, nós vamos te contar sobre onde esquiar na Itália e quais os melhores lugares para aproveitar o frio!

A cidade de Cortina respira esportes de inverno em geral e o esqui é o grande destaque! Passar o inverno na Itália vale muito a pena para se divertir com a família e curtir um clima diferente do Brasil.

Nesse post vou dividir com vocês a minha experiência nas montanhas italianas durante o inverno e dar todas as dicas sobre onde esquiar na Itália, quanto custa esquiar por lá, quanto tempo passar nas montanhas e onde se hospedar.

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!


Onde esquiar na Itália: Cortina d’Ampezzo, nas Dolomitas

As Dolomitas (em italiano, Dolomiti) formam uma cadeia montanhosa exuberante no norte da Itália, compondo os Alpes italianos. Essas montanhas fascinantes estão listadas como Patrimônio Mundial da Unesco.  Localizada em um vale entre as Dolomitas, está a cidade de Cortina d’Ampezzo, considerada a rainha das Dolomitas! E olha, a cidade faz jus a sua fama!

A cidade de Cortina d’Ampezzo fica na província de Bellluno, na região do Vêneto. Para chegar à Cortina a melhor opção é alugar um carro. Cortina fica a cerca de 2 horas de Veneza (158km) e em torno de 4 horas e meia de Milão (420km).

As Dolomitas são frequentadas o ano todo por turistas europeus em geral. Nos meses mais quentes os destaques são os lagos verde esmeralda, trilhas, escaladas, rapel. Já durante os meses de frio, os esportes de inverno reinam nas Dolomitas.

Inclusive, além de Cortina ter sido sede de olimpíadas e campeonatos de esportes invernais, ela faz parte do circuito Dolomiti SuperSki, que reúne diversas pistas altamente equipadas para esquiadores de elite. Ahh, lembrando que Cortina d’Ampezzo foi escolhida para sediar os jogos de inverno de 2026 e o FIS Alpine World Ski Championships em 2021.


Leia também: Roteiro Itália 7 dias: Milão, Veneza, Florença, Siena (+ cidades da Toscana!)


Onde esquiar na Itália: melhor época para esquiar no país

O primeiro passo para organizar sua viagem de esqui na Itália é escolher quando ir. Coloquei abaixo fotos que tirei nos meses em que estive por lá. Como sabemos, o inverno na Europa se inicia em dezembro e vai até o mês de março. Apesar da quantidade de neve ser diferente, durante as três vezes que estive por lá as pistas de esqui estavam abertas.

A minha dica é: programe sua viagem de esqui para janeiro ou no máximo até meados de fevereiro, pois assim terá tempo suficiente para a neve acumular nas montanhas e terá mais chance de encontrar as pistas cheias de neve.

Contudo, se você estiver na Itália fora desse período, ainda assim acho que vale arriscar ir às montanhas para esquiar, dado que algumas pistas quando não possuem aporte suficiente de neve, permanecem funcionando com neve artificial. Tirando que o passeio até as montanhas, independentemente de esqui, sempre vale a pena.

onde esquiar na italia caminho de valle di cadore
O famoso Caminho de Valle di Cadore.

Para diminuir essa ansiedade de saber se já nevou ou não, fique de olho nesse link. Nele você pode acompanhar pela webcam ao vivo as principais pistas de esqui de Cortina d’Ampezzo e saber se, afinal, estão ou não apropriadas para esquiar.


Onde esquiar na Itália: onde se hospedar para esquiar em Cortina

A cidade de Cortina d’Ampezzo é uma cidade pequenininha. Então qualquer local que você escolha se hospedar, no centro ou ao redor do centro, é uma boa ideia. Existe estacionamento (pago) próximo a todas as pistas de esqui, então não precisa se preocupar em se hospedar tão próximo delas.

Em Cortina você vai encontrar desde hotéis e resorts cinco estrelas até albergues mais simples. Um ponto muito pertinente para falar aqui é sobre o valor da hospedagem em Cortina. Cortina é uma cidade cara, frequentada na maior parte pela elite europeia, então os preços podem assustar um pouco. Mas nada que não possamos ter acesso. Planejando direitinho e se organizando, dá para diminuir um pouco os custos.

Para baratear sua estadia, uma boa estratégia é se hospedar nas cidades próximas à Cortina, como San Vito de Cadore, Borca di Cadore, Vodo di Cadore e Valle di Cadore. São cidadezinhas nas montanhas muito charmosas.

onde esquiar na itália hotel europa
Um dos quartos do Hotel Europa. (Foto: divulgação Booking)

Algumas sugestões incríveis de hospedagem são: o Hotel Europa, Hotel Villa Alpina e Rosapetra SPA Resort. As três opções são excelentes e são para diferentes tipos de bolso. Enquanto o Rosapetra é para quem deseja mais conforto, comodidade e sofisticação, o Villa Alpina e o Hotel Europa têm o custo benefício bem melhor. Os três são super avaliados no Booking, possuem serviços e atendimentos incríveis, além de serem super bem localizados. Vale muito a pena dar uma pesquisada!


Veja também: Itália no inverno: vale a pena? como é o clima? o que fazer?


Onde esquiar na Itália: skipass e tickets para utilizar as pistas de esqui

Caso você já seja um esquiador, costuma valer a pena adquirir o Skipass. O Skipass é um ticket que te dá acesso ilimitado a todas as pistas, desde as mais iniciantes até as muito avançadas. Dirija-se ao Ufficio SkiPass, que fica no estacionamento próximo à funivia para Faloria e compre seu passe.

Através desse link você pode consultar os valores. Só para ter uma ideia, o skipass para um adulto durante 7 dias estava custando 309 euros no inverno de 2020. Lembrando que ele vale para as pistas de Cortina d’Ampezzo, Auronzo, Misurina e San Vito di Cadore.

Outra opção, no caso do seu roteiro ser mais flexível, é adquirir passes diários ou que permitam esquiar só na parte da manhã ou só na parte da tarde. Faça as contas e veja qual a melhor opção para vc. Esses passes específicos podem ser adquiridos na própria pista.

onde esquiar na itália cortina cidade
A cidade de Cortina é linda não só pelo ski, mas por toda a sua energia e pelo seu centrinho.

Onde esquiar na Itália: roupas apropriadas e aluguel de equipamentos

Para começar, vale lembrar que equipamento de esqui é diferente de roupa de esqui. Isto é, equipamentos são: as botas, o próprio esqui, os bastões e o capacete. Isso é possível alugar nas próprias pistas e em lojas no centro de Cortina.

Iniciante ou não, recomendo fortemente o aluguel do capacete. Esquiar é como dirigir, sua segurança não depende só de vc. Sempre tem aqueles snowboarders mais desatentos, prontos para te atropelar.

Já a calça e casaco para esquiar, calçado impermeável, luvas de esqui e óculos, que são itens essenciais para praticar o esporte, não são disponíveis para aluguel. Por isso, compre suas roupas e acessórios antes de subir para as montanhas.

onde esquiar na itália roupas
As roupas e equipamentos de ski precisam ser adequados.

Dica para economizar com o aluguel dos equipamentos:

  1. 01. É possível alugar equipamentos por dias seguidos. Quanto mais dias, mais barato fica.
  2. 02. No site da Netshoes também é possível alugar os equipamentos por um preço muito bom, melhor do que em Cortina. Recomendo que faça a reserva online com antecedência, já que na alta temporada com frequência os equipamentos ficam esgotados e busque-os antes de subir para as montanhas.
  3. 03. Uma boa ideia é alugar os equipamentos em San Vito di Cadore. Saem por um preço um pouco melhor, seja nas lojas na beira da estrada em San Vito, seja no local de aluguel na própria pista de San Vito. Você consegue economizar uns 12 euros comparando com os preços de Cortina.

Onde esquiar na Itália: pistas de esqui em Cortina d’Ampezzo e arredores

Cortina d’Ampezzo possui basicamente três compressórios de esqui (compressórios são áreas que reúnem diversas pistas). São eles: Tofane, Faloria e Lagazuoi. Esses compressórios reúnem pistas de diversos níveis.

As pretas e vermelhas são para níveis mais avançados, enquanto as azuis são aquelas indicadas para principiantes. Para acessar algumas pistas é necessário pegar uma funivia, isto é um bondinho que te levará até as pistas, como é o caso das pistas de Faloria.

Além dessas, há também pistas em San Vito di Cadore, tanto para iniciantes, quanto para esquiadores experientes. Essa pode ser uma boa opção caso você esteja hospedado fora de Cortina, nas cidadezinhas próximas.

onde esquiar na itália mapa
Mapa de ski da cidade de Cortina, na Itália.

Dica para iniciantes:

Caso você se considere iniciante no esporte, recomendo a pista de Socrepes, localizada no compressório de Tofana. É fácil chegar, é só colocar “socrepes” no google maps, fica próxima ao centro de Cortina.

Ao chegar em Socrepes, à sua extrema esquerda existe uma esteira que te levará a uma casinha de madeira, onde fica o teleférico para o topo da pista. Você verá que ali é a área em que os professores de esqui ensinam os aspectos básicos do esporte para os alunos, como postura e como frear, antes do aluno descer sua primeira pista.

Essa pista é relativamente curta e muito apropriada e divertida para iniciantes. Para utilizá-la, você poderá usar o seu skipass, comprar lá mesmo o passe diário ou comprar o ticket unitário para apenas uma subida.


Leia também: Siena (Itália): como chegar, onde ficar, passeios e dicas imperdíveis


Onde esquiar na Itália: esquiando pela primeira vez em Cortina d’Ampezzo

Abaixo, listei algumas dúvidas comuns sobre esquiar em Cortina d’Ampezzo. Esses são questionamentos frequentes, principalmente de quem nunca teve a experiência e está indo experimentar pela primeira vez. Então, leia com atenção para ter todas as suas dúvidas esclarecidas, ok?

onde esquiar na itália cortina fim do dia
A cidade de Cortina no fim do dia.

Precisa de professor?

Sim, é indispensável. Esquiar não é algo intuitivo, sabe? Além disso, esquiar exige uma postura correta, um movimento certo e específico para frear o esqui, para fazê-lo andar, para fazer curvas. Reúne estabilização de algumas partes do corpo e jogar peso em outras. Enfim, contrate um professor. Ele será essencial para uma boa experiência.


Quanto custa as aulas de esqui?

Cada escola de esqui tem um valor. No inverno de 2020, estavam cobrando em média 50 euros a hora. E para incluir mais uma pessoa era 15 euros a mais (se não me engano). Fizemos aula em três.

Lembrando que esse valor é referente apenas ao professor de esqui. O aluguel do equipamento e o acesso às pistas é cobrado separadamente e orientado pelo próprio professor.


Quanto tempo de aula é necessário?

Como estávamos em três, decidimos fazer 2 horas de aula em um dia e duas horas no outro e foi o suficiente. Foi o que nos recomendaram e eu achei ótimo. Apenas um dia de aula, sem dúvida, não seria o bastante. A gente demora para se adaptar ao equipamento e para o cérebro processar cada manobra.

No primeiro dia nós aprendemos o básico: como calçar e descalçar os esquis, sentir como eles deslizam, a posição dos esquis para ficar em pé parado, para se movimentar, para frear. É um dia muito cansativo, uma vez que tudo isso ainda é novo.

onde esquiar na itália vista funivia
A belíssima vista para Faloria.

No segundo dia já estávamos muito mais espertos e então fomos descer a primeira pista. E então começou a parte de ensinar a pegar o teleférico com os esquis calçados, descer do teleférico e fazer curvas. Foi um dia muito mais agradável e essencial para que nos sentíssemos seguros para continuar sozinhos nos próximos dias.


É perigoso?

Não é perigoso se você for prudente. O esqui pode pegar bastante velocidade e frear não é a coisa mais fácil do mundo, então use capacete e principalmente, contrate um professor ou escola de ski!

Não tente andar muito rápido no início e treine bem as manobras antes de se aventurar. Todavia, tombos são normais e fazem parte do aprendizado. Acho válido dizer também que é um esporte apropriado para qualquer idade.


Dicas extras para a sua viagem para a Itália:

Separamos algumas dicas importantíssimas que você deve levar em consideração na hora de planejar a sua viagem para a Itália! Continue lendo:

Seguro Viagem

Você já deve estar cansado de saber que é importantíssimo viajar com seguro viagem. Imprevistos acontecem e você não vai querer gastar um dinheirão com hospital ou remédios, né?

Onde esquiar na Itália: tudo sobre esquiar em Cortina d’Ampezzo, nas Dolomitas
Não esqueça do seu seguro viagem, pois ele é essencial para você entrar na Europa!

A gente sempre indica o site da Seguros Promo para fazer o seguro. Nós mesmas sempre usamos nas nossas viagens – dá aquela dó de pagar por uma coisa que a gente nem sabe se vai precisar, mas vai que precisa, né? Então vale a pena para ficar tranquila e se tiver algum problema, ser bem mais fácil e barato de resolver. Usando o nosso código MALADEAVENTURAS , você ganha 5% de desconto! Clique aqui para fazer o seu seguro viagem.


Chip de Internet

Tá cada vez mais difícil de viajar sem chip de internet. Isso porquê muita coisa importante depende de conexão, como Waze, Google Maps e Uber, para ajudar no transporte durante uma viagem. Instagram e Whatsapp para se comunicar com a família e publicar fotos, app do Booking, acesso ao e-mail para conferir as reservas e muito mais.

Descobrimos recentemente um chip de internet internacional maravilhoso, que funciona muito bem na Europa. Eles enviam pra sua casa o chip do país, então ao chegar, é só você trocar o chip e pronto – ele vai funcionar perfeitamente.

O chip da Yes Brasil está à venda no site Viaje Conectado. Com o código MALADEAVENTURAS você garante 10% de desconto na sua compraClique aqui para fazer a sua compra!


Aluguel de Carro

Vale a pena alugar o carro com antecedência através do site da Rent Cars! O conforto e a praticidade do carro são ótimos durante uma viagem e reservar com antecedência pode te fazer economizar bastante e conseguir opções melhores de veículos. Nós sempre alugamos carros pela RentCars e amamos! Eles são uma das melhores empresas no mercado e tem um dos melhores preços também! Clique para ver a cotação de preços da RentCars!

onde esquiar na itália carro
Alugue seu carro pela RentCars. Eles são os melhores!

Dica: preste muita atenção nas placas e radares. A Itália tem tolerância zero no trânsito, então qualquer descuido pode se transformar em multas.


Pronto para esquiar na Itália?

Viu como a Itália possui ainda mais belezas do que você imaginava? Espero que essas dicas tenham ajudado a planejar seu roteiro para esquiar pela Itália e tenho certeza de que você vai se apaixonar por essa região tão exuberante, assim como eu me apaixonei. Se ainda estiver com alguma dúvida, deixe nos comentários que a gente tenta responder o mais rápido possível, ok? Boa viagem, esquiador!


Outros posts que você pode gostar:

O que fazer na Toscana: 12 passeios imperdíveis para incluir no seu roteiro

O que fazer em Veneza: GUIA da cidade + DICAS de passeios

O que fazer em Florença: melhores passeios + GUIA da cidade

Quem escreve | @maladeaventuras
Nath
Travel lover. Bióloga apaixonada pela natureza. Curiosa e admiradora da beleza singular de cada lugar.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *