onde ficar em jerusalém

Onde ficar em Jerusalém: melhores hotéis e regiões para se hospedar

Se você está com passagem comprada para Israel e pretende passar pela capital, confira aqui um guia sobre onde ficar em Jerusalém. A gente conta todos os detalhes sobre os principais bairros, o que você encontra de mais legal em cada um deles e algumas sugestões de hotéis em cada região.

Estar hospedado em uma boa localização faz você economizar tempo e dinheiro – assim, o deslocamento para conhecer os pontos turísticos será menor e você poderá sair à noite para passear no centro histórico sem precisar depender de ônibus ou táxi. Preparamos as melhores dicas para vocês, com valores que cabem dentro do bolso!


Leia também: Jerusalém: tudo o que você precisa saber + as principais atrações para incluir no seu roteiro


Onde ficar em Jerusalém: melhores bairros

Escolher um bom hotel em Jerusalém pode fazer toda diferença na sua experiência pela cidade. Como os principais pontos turísticos ficam bem próximos uns dos outros, estar hospedado em um bairro com fácil acesso a eles te permite conhecer quase tudo a pé.

muro das lamentações em jerusalém
Muro das Lamentações, em Jerusalém

Jerusalém é conhecida pelos seus preços altos para quem viaja pra lá, então é preciso fazer uma busca minuciosa pra encontrar hospedagens com bom custo x benefício. No entanto, a cidade tem uma variedade bem legal de hotéis. Você acha algumas opções bem sofisticadas, mas também é super possível encontrar uma hospedagem barata em Jerusalém.

Abaixo estão os principais bairros da cidade e as vantagens e desvantagens de ficar em cada um deles. Sugerimos ainda algumas opções de hotéis em Jerusalém pra te ajudar a planejar a sua viagem.


Onde ficar em Jerusalém: Old City

Old City, a Cidade Antiga, é a principal região de Jerusalém. Ela fica cercada por uma muralha que possui 12 portões de acesso. Nesse bairro estão praticamente todas as atrações mais conhecidas da capital israelense, como o Muro das Lamentações, o Santo Sepulcro, o Domo da Rocha e algumas estações da Via Sacra.

Já que os principais pontos turísticos de Jerusalém estão lá, muita gente se pergunta se vale a pena se hospedar em Old City. De fato, a proximidade com os passeios mais conhecidos é sedutora. No entanto, há algumas razões para pensar melhor sobre isso.

o que fazer jerusalém via sacra
Um dos cantinhos da Via Sacra

A primeira delas é que não há hotéis muito modernos ou opções mais luxuosas nesta região. Outro aspecto é que durante o dia o bairro fica extremamente cheio com o vai e vem de turistas enquanto de noite o movimento diminui demais e as ruas ficam muito vazias e escuras. Além disso, por ser uma localização muito central, os preços acabam sendo um pouco elevados.

Caso você queira ficar em Old City, o bairro Judeu é o mais indicado para se ficar. Ele é o que apresenta melhor conservação e as ruas ficam um pouquinho mais movimentadas se comparadas às dos outros bairros (Cristão, Armênio e Árabe).

Sugestões de hotéis em Old City

Por lá, uma das nossas sugestões é o The Sephardic House Hotel. Além de o interior do hotel ser super bonito, ele também se destaca por conta do conforto e da excelente localização. Ele está bem próximo à Porta de Zion, à Igreja Santo Sepulcro e ao Muro das Lamentações. O café da manhã também é sempre muito elogiado pelos turistas. 

onde ficar em jerusalém
Sephardic House, Jerusalém

Para quem busca uma opção de hotel barato em Jerusalém e quer ficar em Old City, vale a pena ver o Hashimi Hotel. Além dos bons preços, a localização também é muito boa, já que quase todas as atrações ficam num raio de 1km. Com decoração toda bem clássica, o hotel tem um terraço com vista para a cidade e serve um café da manhã excelente. Um quarto duplo custa R$325 por dia.


Onde ficar em Jerusalém: Centro de Jerusalém

Fora do centro histórico de Jerusalém, as outras áreas têm um visual um pouco mais urbano e mais comum pra nós. Um deles é o Centro de Jerusalém, que fica na Jerusalém Oeste. É uma boa escolha se hospedar por lá, já que há uma grande oferta de lojas, bons restaurantes e mercados. 

O transporte também é bem fácil por lá, já que há uma linha de VLT que cruza o bairro. De qualquer modo, a localização do Centro de Jerusalém é super boa para quem quer conhecer a Cidade Antiga, já que é possível ir a pé com muita facilidade até o centro histórico. Outro ponto positivo é que há uma variedade bem maior de bons hotéis nessa área.

Sugestões de hotéis no Centro de Jerusalém

Nossa sugestão de hotel confortável no Centro de Jerusalém é o Shlomtzi Hotel. Os quartos são espaçosos, com um pequeno espaço de cozinha e dispõem de equipamentos como microondas, aquecedor e geladeira. A localização também é ótima, com vários pontos turísticos bem próximos. O tempo mínimo de estadia é de três dias. 

Já a recomendação de hotel econômico no Centro de Jerusalém é o Ben Hillel Boutique Hotel. Além de ter vários serviços e comércios bem pertinho, do hotel até a parte antiga, onde estão as atrações turísticas, são cerca de 15 minutos caminhando. Os quartos são bem confortáveis e possuem ar condicionado. Eles também têm exigência mínima de três diárias. 


Onde ficar em Jerusalém: Yemin Moshe

Também fora das muralhas, mas a uma distância de Old City que é bem tranquila para ser feita caminhando, Yemin Moshe é um bairro super charmoso e é a área dos hotéis mais luxuosos em Jerusalém. Fica bem pertinho da rua King David, uma das mais sofisticadas da cidade. É também neste bairro que se encontra o moinho de vento de Montefiore.

Um fato interessante é que Yemin Moshe foi o primeiro bairro a ser construído fora da muralha. Muita gente se encanta tanto com as ruas de paralelepípedo que acabam tirando um tempo para passear por lá, vendo as casas, a paisagem florida e o visual lá do alto, onde fica o moinho. É um pequeno desvio cheio de beleza em Jerusalém.

Outra curiosidade sobre o Yemin Moshe é que é lá que estão o complexo do YMCA e o Hotel King David, o primeiro de Israel, e recebeu diversas personalidades ao longo dos anos. É aliás, uma das nossas sugestões!

Sugestões de hotéis em Yemin Moshe

Para quem busca um hotel de luxo em Jerusalém, o King David Hotel Jerusalem pode ser uma ótima escolha em Yemin Moshe. O hotel se destaca como um dos mais luxuosos da cidade, contando com piscina, quadra de tênis, academia e quatro restaurantes. Os quartos são bem espaçosos e com vários ambientes, e o hotel tem ainda um jardim com vista para a cidade. 

Ainda entre os hotéis luxuosos em Jerusalém, o Mamilla Hotel – The Leading Hotels of the World é uma opção incrível e com um preço um pouco mais em conta. Ele tem uma localização super boa, a 10 minutos de vários pontos turísticos. Além disso, as instalações são super modernas e o hotel conta ainda com terraço com vista para a cidade, restaurante, bar, academia e serviço de café da manhã.

onde se hospedar em jerusalém
Meu quarto no incrível Hotel Mamilla

Nos hospedamos no Mamilla durante a nossa passagem por Jerusalém e ficamos apaixonadas pelo hotel. Ele tem uma carinha medieval, parecendo uma continuidade da cidade, além de muito conforto, uma decoração clean e atemporal. Recomendamos muito a hospedagem por lá!


Leia também: Roteiro Israel: o melhor GUIA para montar o seu roteiro de 5, 7 ou 10 dias de viagem


Onde ficar em Jerusalém: German Colony

Já German Colony é uma região bem residencial em Jerusalém que é super encantadora e silenciosa. É como se fosse um bairro dos sonhos, com um clima super aconchegante e acolhedor. Por lá você encontra também boas lojas, restaurantes e ótimos hotéis. 

O bairro foi construído no final do século XIX por peregrinos alemães. Hoje, algumas das residências daquela época ainda estão bem conservadas, o que acaba se tornando um passeio pra se fazer por lá mesmo. Como o bairro é uma delícia, nada mal dar uma caminhada pelas ruas com uma pausa por um dos seus cafés charmosos, né?

Apesar de ficar um pouquinho mais distante da região central de Jerusalém, também é um local com acesso bem fácil. Embora seja afastado, se hospedando por lá você não tem dificuldade de ir até os pontos turísticos. Dependendo de onde for o hotel que você escolher, é possível chegar até a Cidade Antiga em mais ou menos 15 minutos a pé apenas. 

Sugestões de hotéis em German Colony

Um hotel de excelente custo x benefício em German Colony é o Villa Ba’Moshava. Embora fique um pouco mais distante dos pontos turísticos principais (são cerca de 2km), o conforto e o clima acolhedor compensam. Os quartos e a área comum são super aconchegantes. O hotel possui um salão com chás, café e vinho. Nos quartos, as amenidades também são de excelente qualidade. 

Ainda em German Colony, o Orient Jerusalem by Isrotel Exclusive Collection é uma acomodação mais sofisticada, com duas piscinas, uma academia incrível, um bar e um restaurante ótimos. Os quartos, além de lindos, ainda têm varanda com vista. O hotel também oferece um super café da manhã, que é cobrado à parte. 

onde ficar em jerusalém
Isrotel Exlusive, uma das melhores opções de hospedagem em Jerusalém

Outra recomendação é o The Inbal Jerusalem. Eles têm uma área comum bem grande, com duas piscinas, spa, sauna, bar e academia. A localização também é super boa, já que fica perto da região moderna e da parte antiga. As instalações são todas bem modernas e bem decoradas, e os quartos são extremamente amplos. 


Onde ficar em Jerusalém: Jerusalém Oriental

Jerusalém Oriental é um bairro muçulmano, o que acaba tornando a região um pouco menos procurada pelos turistas. Ela é considerada a capital da Palestina e predominância da cultura árabe é bem forte por lá. Embora se diga que o visual da cidade é menos agradável do que a parte judaica de Jerusalém, há alguns pontos positivos em se hospedar na Jerusalém Oriental. 

Um aspecto que costuma atrair os viajantes é a possibilidade de encontrar hospedagem barata em Jerusalém Oriental, já que há algumas opções com bom custo x benefício. Além disso, fica ao norte da Cidade Antiga, que pode ser acessada caminhando sem dificuldade. Outro passeio próximo é o Monte das Oliveiras, de onde se tem um super visual da cidade.

Sugestões de hotéis na Jerusalém Oriental

Para quem opta por ficar na Jerusalém Oriental e quer mais conforto, vale checar o Leonardo Hotel Jerusalem. Ele fica a cerca de 800 metros da parte antiga da cidade e a 150 metros das estações de ônibus e de trem. O café da manhã é excelente, com variedade de opções orientais e ocidentais. O hotel conta ainda com piscina, academia e dois restaurantes.

onde ficar em jerusalém
Leonardo Hotel, em Jerusalém

Nossa recomendação de hotel barato na Jerusalém Oriental é o National Hotel – Jerusalem. Localizado a cinco minutos do Portão de Herodes, o hotel tem também um restaurante, uma loja de roupas e produtos de beleza. Além da boa localização, os quartos são confortáveis e bem iluminados, e o café da manhã também é sempre elogiado entre os hóspedes. 


Hotéis em Jerusalém: dicas para não errar na hora de reservar o seu

A gente sabe que a parte de fazer as reservas e fechar a hospedagem é a parte fundamental do planejamento de uma viagem pra que tudo corra bem. Nada melhor do que descansar com conforto depois de um dia de passeios intensos, né? Por isso, é sempre legal lembrar algumas dicas que ajudam muito na hora de escolher a sua acomodação. 

Como a capital de Israel não é uma cidade barata para turismo, saber um pouco sobre a cidade e as suas regiões pode ajudar bastante a garantir uma experiência mais tranquila, além de tarifas mais interessantes.

No caso de Jerusalém, a locomoção de carro não é das mais fáceis, então lembre-se de se certificar que o hotel tem uma localização bacana, próximo ao que você deseja visitar na cidade ou com fácil acesso ao transporte público. 

o que fazer jerusalem compras
Você vai encontrar muitas vendinhas com souveniers dentro das muralhas de Jerusalém!

Outra dica importante para não errar na hora de escolher a hospedagem é estar atento às áreas da cidade e suas particularidades. Como Jerusalém tem bairros em que a predominância de judeus e muçulmanos varia, você vai encontrar uma atmosfera diferente em cada um deles. É muito importante ter em vista que cada um tem seus costumes e rotinas próprios. 


Por aqui, a gente sempre busca hotéis pelo Booking.com. Através dele você consegue ler as avaliações de outros hóspedes, o que ajuda bastante a evitar surpresas ao chegar no hotel.


Normalmente, é legal ficar atento aos seguintes aspectos das descrições dos hotéis: pontuação, avaliação e localização. Veja se o hotel é próximo aos pontos turísticos que você pretende conhecer, verifique os comentários de pessoas que se hospedaram recentemente e dê preferência aos hotéis com nota média de 8,0 pra cima. 

Com essas dicas, você consegue ter uma boa noção da qualidade do hotel e garantir que vai pagar um preço à altura da qualidade do serviço oferecido.


Continue lendo dicas para planejar a sua viagem à Israel:

Roteiro Israel: o melhor GUIA para montar o seu roteiro de 5, 7 ou 10 dias de viagem

O que fazer em Haifa: principais atrações + guia completo

O que fazer no Mar Morto: 4 passeios imperdíveis

O que fazer em Israel: 15 passeios imperdíveis para incluir no seu roteiro

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.