Conhecer o Atacama era um desejo antigo que recentemente tive a oportunidade de realizar! Em Junho de 2022 fiz uma viagem incrível de 10 dias pelo Deserto do Atacam e fiquei encantada com todas as paisagens naturais que vi por lá. E se você está planejando ir a esse destino, nós vamos te levar para explorar os principais pontos turísticos deserto do Atacama, com as principais dicas para a sua viagem!

Continue sua leitura para descobrir quais são os melhores passeios da região e dicas de viagem imperdíveis. Vamos lá!


Pontos turísticos Deserto do Atacama: o que visitar em 2022

Muitos imaginam que o deserto é apenas um lugar árido e sem vida. Mas, a realidade é bem diferente! O Deserto do Atacama é um local de cores vibrantes, lagos exuberantes, paisagens únicas, hotéis incríveis, um centrinho animado, com lojas, restaurantes e vida noturna!

Durante 10 dias, vivi experiências incríveis e agora vou compartilhar com você, para te ajudar a planejar sua viagem dos sonhos pra lá!

Dicas de viagem: Deserto do Atacama

Antes de passear por tantas belezas, tenho algumas dicas importantíssimas que você não pode deixar de saber. Continue lendo para descobrir.

Qual é a melhor época para visitar o Deserto do Atacama?

Para quem quer saber qual a melhor época para ir ao deserto do Atacama, eu sugiro os meses entre maio e setembro. Durante esses meses a temperatura está mais agradável e você não corre o risco de pegar calor ou frio extremos.

Contudo, procure levar em consideração também o objetivo da sua viagem. Por exemplo, se você quer ver a neve, dê preferência aos meses de inverno. A neve toma os picos dos vulcões criando um cenário único e deslumbrante. Já o verão é a melhor época para mergulhar nos lagos e não se preocupar em usar tantas camadas de roupa.

Quantos dias ficar no Deserto do Atacama?

Se você quer conhecer os principais pontos turísticos deserto do Atacama, 6 dias é o mínimo que você vai precisar. Com essa quantidade de dias você vai conseguir explorar bem a região e aproveitar tudo o que há para fazer.

Eu fiquei 10 dias e achei ótimo: consegui fazer os principais passeios com calma e tempo livre para passear também por San Pedro, a cidade mais badalada do deserto, onde estão os melhores hotéis e restaurantes.

atacama roteiro 10 dias
10 dias é o tempo ideal para conhecer com calma os principais passeios do Atacama! Foto @nandahudson

Quer saber como montar um roteiro perfeito para o Atacama? Aproveite para ler:
Roteiro Atacama: o melhor do Atacama em 5, 7 ou 10 dias de viagem


Como se locomover no Deserto do Atacama?

Para se locomover no deserto do Atacama eu sugiro que antes de tudo você contrate um transfer de Calama até San Pedro. Diversas empresas oferecem esse serviço aos turistas, eu utilizei o Transfer Pampa e adorei o serviço.

Essa recomendação se deve ao fato de que as estradas da região não são muito seguras para serem percorridas por conta própria. Um dos maiores problemas é que o sinal de celular na região é praticamente inexistente, então é essencial ter alguém que saiba se locomover bem no deserto. Além disso, no inverno as estradas podem ficar cobertas de gelo, dificultando ainda mais a locomoção.

Em relação aos passeios, eu também sugiro que você faça com as agências de turismo da região, que já tem bastante experiência com as estradas, sabem quais são os melhores horários de cada atração e vão te buscar e levar com segurança ao seu hotel.

Nós fizemos todos os passeios com a agência FlaviaBia Expediciones e eu recomendo muito. Falei mais sobre a empresa ao longo do post.

Onde se hospedar no deserto do Atacama?

Existem ótimas opções para se hospedar no deserto do Atacama. Para quem não abre mão de ficar bem no centrinho de San Pedro, duas boas sugestões são La Casa de Don Tomás e o Ckoi Atacama Lodge.

Mas para quem quiser uma experiência única, unindo conforto e experiências diferenciadas, o Nayara Alto Atacama será a acomodação perfeita. Considerado o melhor hotel da região, ele possui ótima infraestrutura e quartos espetaculares.

nayara alto atacama
A varanda do nosso quarto no incrível Nayara Alto Atacama! Foto: @nandahudson

Para mais opções de hospedagem no Deserto do Atacama, vale a pena ler:
Onde ficar no Atacama 2022: as melhores opções


O que fazer no Deserto do Atacama em 2022?

Muita gente nos pergunta “O que conhecer no deserto do Atacama?”

Acontece que a região é mais rica do que se imagina. Rústica, desértica e desafiadora são alguns dos adjetivos que caem bem com o deserto. Você não vai encontrar somente aquela clássica paisagem do deserto, terra e dunas pra todo lado – você vai encontrar lagoas azuis, vulcões à perder de vista, pequenos povoados cheios de história, animais selvagens e até neve!

São paisagens únicas e surpreendentes. Vem saber mais sobre os pontos turísticos que não podem faltar no seu roteiro:


Pontos turísticos Deserto do Atacama: os 15 melhores passeios

A seguir, você irá conhecer um pouco mais sobre as principais atrações do deserto do Atacama. É importante ressaltar que você pode combinar mais de um desses passeios em um único dia. Converse com a agência que você vai contratar e elabore o melhor trajeto!

Nosso roteiro foi organizado pela Flavia Bia Expediciones e ficamos encantados com todo o suporte e organização que nos foi oferecido. Super recomendamos a empresa para quem irá conhecer o local. Abaixo está um formulário para você preencher e receber mais informações sobre os passeios, além de um desconto especial dos leitores do Mala de Aventuras!

01. Piedras Rojas

Provavelmente, Pedras Rojas é um dos passeios top 10 na lista de o que fazer no deserto do Atacama. O local é bastante curioso e confesso que você tem a sensação de estar em outro planeta! As curiosas formações rochosas de tons avermelhados são fruto do solo rico em ferro que acaba se oxidando com o tempo.

As montanhas vermelhas contrastam muito bem com um grande lago de sal. Para completar o cenário, os vulcões e os picos nevados. Sem dúvida, Piedras Rojas é um ponto para fotos incríveis.

roteiro atacama passeios
As paisagens coloridas de Piedras Rojas! Foto: @nandahudson

Antigamente era possível chegar bem próximo dessa atração. Contudo, devido a turistas que acabavam degradando aquele ambiente, a visitação foi proibida e hoje só podemos observar de longe.

Piedras Rojas está numa altitude bastante elevada, então, principalmente nos meses de inverno, o frio é intenso por lá, além de ser uma região que venta bastante. Vale a pena se preparar usando camadas de roupa e ter um corta-vento à mão.

  • Altitude: Mais de 4.000m
  • Dificuldade: Fácil – apesar da altitude. Beber bastante água é recomendado.

02. Lagunas Altiplânicas

Junto com Piedras Rojas, as Lagunas Altiplânicas estão entre os melhores passeios deserto do Atacama. O visual das lagoas é deslumbrante e vai deixar você sem ar!

Em meio a paisagens desértica, as lagoas Miscanti e Miñiques surgem quase como um oásis. A tonalidade azul da água impressiona e refletem a paisagem à sua volta. Ah! Lembre-se de ter sempre um casaco com você, especialmente no inverno, pois costuma ventar bastante por lá.

Esse passeio é mais garantido de conhecer fora dos meses de inverno, já que a estrada fecha com frequência por conta do acúmulo de neve.

  • Altitude: Mais de 4.000m
  • Dificuldade: Fácil

03. Lagunas Escondidas de Baltinache

Quando estava montando meu roteiro no Atacama, as Lagunas Escondidas de Baltinache foram uma das atrações que mais despertaram meu interesse. No total, são 7 lagoas no circuito e você vai caminhando em uma passarela de madeira. Lembrando que só é permitido entrar na água na primeira e na última lagoa.

A temperatura da água é congelante e fica em torno de 9 graus! As águas são salgadas e você só pode tirar o sal do corpo ao final do passeio. Isso é uma estratégia para não desequilibrar o ecossistema da área.

lagunas escondidas
Depois de um “mergulho” gelado, um roupão quentinho é super bem vindo! Foto: @nandahudson

Cada lagoa é única! Enquanto umas são maiores, outras são pequenininhas. No entanto, todas possuem uma beleza singular e você não tem vontade de ir embora.

A agência que levou a gente, FlaviaBia Expediciones, nos dá um roupão no início do passeio, assim não precisamos colocar de volta a roupa ainda com o corpo cheio de sal. Fora que o roupão é super quentinho e bem vindo depois de um “mergulho”.

Quem encara a água gelada tem a experiência de flutuar sem nenhum esforço, já que a alta concentração de sal na água não deixa a gente afundar.

  • Altitude: Mais de 2.500m
  • Dificuldade: Fácil

04. Geysers Del Tatio

Sem dúvida, o passeio aos Geysers Del Tatio está entre os melhores para quem procura o que fazer no Atacama. A estrada até lá não é tão boa, mas o destino vale muito a pena.

Para quem não conhece, geysers se formam em locais vulcânicos e esses localizados no Atacama são o terceiro maior campo geotérmico do planeta.

geysers del tatio
Geysers Del Tatio, passeio imperdível no Atacama! Foto: @nandahudson

Se você quiser ver esse fenômeno da natureza de perto vai ser preciso acordar cedo. As agências costumas buscar os turistas no hotel antes do sol nascer. Após algumas horas de viagem você observa as colunas de vapor que sobem pelas fissuras.

A temperatura do vapor chega a incríveis 85 graus e a 10m de altura!

Se prepare com roupas bem quentinhas, a temperatura pode chegar à -15 graus, especialmente nos meses de inverno!

  • Altitude: Mais de 4.300m
  • Dificuldade: Fácil

Aproveite para ler:
O que levar para o Atacama: como arrumar a mala pro deserto


05. Laguna Cejar

No dia que fomos conhecer a Laguna Cejar eu estava bem mais corajosa e decidida a entrar na água gelada! O visual na Laguna Cejar é deslumbrante, ainda mais com o vulcão Licancabur ao fundo.

laguna cejar roteiro
Breno “de boa na lagoa”. Nem parece que estava 9 graus a água, né? Foto: @nandahudson

Uma curiosidade das lagoas é que o sal faz com que seja impossível afundar. Outro ponto importante é que o banho é permitido apenas na Laguna Piedra, que fica bem ao lado da Laguna Cejar. A estrutura por lá é ótima, com direito a banheiros, chuveiros e vestiário para trocar de roupa após o banho gelado.

  • Altitude: Mais de 2.300m
  • Dificuldade: Fácil

06. Vallecito (Magic Bus!)

El Vallecito foi um dos lugares no deserto do Atacama que me senti em outro pleneta… Talvez Marte?!

Em El Vallecito você encontra um dos pontos de fotos mais icônicos do deserto, o Magic Bus. Nosso guia nos contou que esse era um ônibus que fazia o trajeto Calama – San Pedro que acabou quebrando. Acontece que para o dono do ônibus, parece que acabaria ficando mais barato abandonar o veículo por lá do que pagar alguém para rebocá-lo.

magic bus atacama
O famoso Magic Bus! Foto: @nandahudson

Hoje ele já está bem acabadinho, mas todo mundo que visita a região não perde a foto com o Magic Bus.

Nos arredores do Magic Bus, o que não falta são paisagens de tirar o fôlego. Algumas empresas organizam uma parada para café da manhã ou brunch ali por perto, para apreciar o pôr do sol. É imperdível!


07. Salar de Atacama

O passeio ao Salar de Atacama é outra sugestão imperdível dentre os pontos turísticos deserto do Atacama. Ele normalmente acontece mais para o final da tarde. Durante o trajeto de caminhada o guia conta diversas curiosidades sobre o local.

Um dos pontos de parada é a Laguna Chaxa, lar de muuuuuitos flamingos. Aprendemos algumas curiosidades sobre as aves e apreciamos o entarceder em uma paisagem linda, rodeada de vulcões.

Salar de Atacama
O Salar do Atacama é um passeio imperdível! Foto: @nandahudson

O passeio continua até Toconao, uma pequena cidadezinha. Lá você visita a casa uma senhora muito simpáticas que vende artesanato e tem uma lhama de estimação.

Para finalizar o passeio, nossa guia preparou um brunch delicioso para apreciar o pôr do sol!

  • Altitude: Mais de 4.200m
  • Dificuldade: Fácil

08. Vale do Arco Íris

Em seguida, o Vale do Arco íris é composto por uma série de montanhas super coloridas. O recomendável é fazer esse passeio logo pela manhã, pois é quando se dá a melhor incidência de sol, deixando as cores das montanhas mais vibrantes.

Ao longo da caminhada você vai observando as montanhas com diferentes cores, fruto da oxidação dos minerais. Os diferentes tons de verde, laranja e marrom formam uma combinação única e linda.

roteiro atacama passeios
As montanhas coloridas do Vale do Arco íris! Foto: @nandahudson

É um passeio rápido, que pode ser combinado com algum outro no mesmo dia.

  • Altitude: Entre 2.500 e 3.500m
  • Dificuldade: Fácil

09. Sunset com Lhamas

Eu não sei você, mas eu sou APAIXONADA por lhamas! Difícil achar um bichinho tão fofo quanto esse. E para quem não sabe o que fazer no deserto do Atacama, sugerimos o passeio Sunset com Lhamas que a agência FlaviaBia Expediciones oferece.

Pontos turísticos Deserto do Atacama: 15 lugares imperdíveis para conhecer no deserto mais seco do mundo
Um dos passeios mais fofos!! Adorei passear com a lhama Láscar! Foto: @nandahudson

Fomos até a fazenda de um senhor muito simpático que cria esses bichinhos e para nossa surpresa, elas foram super simpáticas. Depois de ouvir algumas curiosidades, podemos levar as lhamas para passear. A vontade que dá é de levá-las para casa, mas infelizmente não podemos kkk.

Ao final do passeio, um delicioso coquetel foi servido ao pôr-do-sol. Não deixem de fazer esse passeio!

  • Altitude: 2.500m
  • Dificuldade: Fácil

10. Tour Astronômico

Para quem gosta de apreciar as belezas do céu, uma das atrações no deserto do Atacama a noite é o tour astronômico. A experiência é única, ainda mais porque a região possui baixos níveis de poluição e de luminosidade, garantindo o cenário perfeito para observar as estrelas.

tour astronomico atacama
O Tour Astronômico é imperdível! Foto: @nandahudson
  • Altitude: 2.400m
  • Dificuldade: Fácil

11. Vulcão Láscar

Para os mais corajosos, que tal subir até um vulcão ainda ativo? O Vulcão Láscar teve sua última erupção em 2006, mas de vez em quando expele cortinas de fumaça e é considerado o mais ativo do Atacama.

Ele é imponente e pode ser visto de diversos pontos perto de San Pedro. O terreno não é fácil e existem muitas pedras soltas. Por isso é essencial estar vestido adequadamente e ter os equipamentos necessários. A altitude é cruel e quando se chega na parte nevada é preciso redobrar a atenção. Contudo, para aqueles que conseguem chegar ao cume, a recompensa é uma das mais belas vistas do deserto.

É importante estar preparado com equipamentos e bom condicionamento físico para encarar uma aventura como essa. Sugiro conversar com a FlaviaBia Expediciones para saber mais informações e ver se essa aventura é realmente para você.

  • Altitude: mais de 5.500m
  • Dificuldade: Difícil

12. Cerro Toco

Com uma subida mais tranquila, o Cerro Toco é um vulcão extinto que atrai muitos amantes de trekking dispostos a alcançar seu cume. Ele fica na divisa com a Bolívia e do alto você tem a visão do imponente Licancabur, além das Lagunas Blanca e Verde, já em território boliviano.

Apesar de ser uma subida menos íngreme, lembre-se que você estará em um ambiente com pouco oxigênio. É importante conhecer os limites do seu próprio corpo e prestar bastante atenção na caminhada.

  • Altitude: mais de 5.500m
  • Dificuldade: Difícil

13. Garganta Del Diablo (bike)

O mais legal do passeio até a Garganta Del Diablo é que você pode fazê-lo por conta própria. No centro da cidade, têm várias lojas que alugam bikes e até a entrada do parque são cerca de 3km.

passeios turísticos atacama
À caminho da Garganta Del Diablo! Foto: @nandahudson

A trilha principal possui 4km de extensão e chegando na portaria do parque você recebe todas as informações necessárias. O passeio de bike é uma delícia e a paisagem do deserto do Atacama sempre surpreende com suas belezas.

  • Dificuldade: Fácil
  • A entrada no parque custa 3.000 pesos por pessoa

14. Termas de Puritama

Depois de mergulhar em diversas lagoas salinas congelantes, nada mais justo do que conhecer as Termas de Puritama. O local possui fontes termais de águas medicinais e é bastante procurada por locais e turistas.

O acesso até as termas é fácil e muitas agências oferecem o transfer até lá. Os poços são super agradáveis e organizados. Sem dúvida, um passeio relaxante.

  • Altitude: entre 2.500 e 3.500m
  • Dificuldade: fácil

15. Salar de Tara

Por fim, se você observar o deserto de Atacama mapa, verá que o Salar de Tara fica próximo à fronteira com a Bolívia. O surpreendente é que o local possui uma vegetação pouco característica de deserto. Além dos alagados, a vista das montanhas é belíssima.

Esse passeio acabou ficando de fora do meu roteiro, mas com certeza vou incluir em uma próxima viagem ao Deserto de Atacama.

  • Altitude: 4.800m
  • Dificuldade: fácil

Seguidores do Mala de Aventuras tem desconto nos tours da FlaviaBia Expediciones!

Preencha o formulário abaixo para receber todas as informações e valores sobre os passeios. Seguidores do Mala de Aventuras tem um desconto especial, é só preencher com seus dados para receber!


    Pontos Turísticos Deserto do Atacama: como é o centrinho?

    E com tantos passeios pelo deserto, será que vale a pena conhecer o centrinho de San Pedro? Certamente! Por lá estão os principais restaurantes e hotéis. É também o local onde encontramos um mercadinho, farmácia e casa de câmbio. A rua principal é chamada de Rua Caracoles e você vai conhecer mais sobre ela agora.


    Rua Caracoles, a rua principal

    Conforme disse anteriormente, a Rua Caracoles é a principal de San Pedro e exclusiva para pedestres. Todos conhecem a rua, então será bem fácil encontrá-la. Nela estão localizadas diversas lojinhas e restaurantes. Tanto de dia quanto à noite a rua está sempre bastante movimentada.

    Abaixo, vou listar alguns pontos turísticos que você não pode deixar de visitar em San Pedro de Atacama:

    Igreja San Pedro de Atacama: construída durante o período colonial espanhol, é a segunda igreja mais antiga do Chile. Material de adobe indígena foi usado na construção da igreja, cuja aparência é caracterizada como simples e elegante.

    igreja san pedro de atacama
    A charmosa igrejinha de San Pedro de Atacama! Foto: @nandahudson

    Feira de Artesanato: pertinho da igreja, há um complexo com várias tendas onde locais vendem seus artesanatos. É super legal para visitar e claro, comprar lembrancinhas, além de ajudar a comunidade local.

    Plaza de San Pedro: toda pequena cidade tem uma praça né? Por lá, você vai encontrar uma feirinha com artesanato local, alguns restaurantes com mesinhas charmosas do lado de fora e, à noite, artistas exibindo suas artes – música, dança, pintura e muito mais.


    Pronto para viajar para o Deserto do Atacama?

    Animado para conhecer os pontos turísticos deserto do Atacama? Se você tem alguma dúvida sobre a região e meu roteiro, deixe sua pergunta nos comentários abaixo e será um prazer te ajudar!


    Você também vai gostar de ler:

    Onde ficar no Atacama 2022: as melhores opções

    O que levar para o Atacama: como arrumar a mala para o deserto

    Onde ficar em Santiago: 17 melhores hotéis e bairros para se hospedar


    OBS: é provável que você encontre links de afiliados nesse post. Portanto, se você utilizou os nossos links para fazer as reservas da sua viagem, muito obrigada! É dessa forma que mantemos o blog ativo e sempre atualizado, pois ganhamos uma pequena comissão gerada através dessas vendas - e você não paga nada a mais por isso!
    Quem escreve | @nandahudson
    Quem escreve
    Criadora de conteúdo e viajante profissional, a co-fundadora e editora do Mala de Aventuras está sempre em busca de paisagens de tirar o fôlego e experiências transformadoras pelo Brasil e pelo Mundo.
    • Sobre
      Sobre o Mala de Aventuras
      Aqui você encontra a melhor curadoria de destinos, hotéis e experiências pelo mundo. Acompanhe as nossas viagens em tempo real no @maladeaventuras
    • Organize a sua viagem!
      Descubra quais ferramentas nós e
      outros viajantes profissionais usamos
      para economizar nas viagens!
    • Nossos presets!

      Sua fotos incríveis com apenas um clique!
      Conheça a nossa coleção de filtros para edição de fotos no aplicativo Lightroom!

    • Posts em destaque
    • E-Book fotografia
      ebookMDA
    • Publicidade

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.