Roadtrip na Toscana: vale alugar um carro?

Um dos maiores tesouros da Itália é a Toscana. Palco de vários filmes e séries, é destino certo de muitos dos visitantes do país que buscam lugares mais calmos e um contato ainda maior com a natureza no interior do país. A melhor forma de conhecer tudo isso com certeza é de carro. Voltei de lá agora, como vocês viram no Instagram do Mala de Aventuras e vou dar todas as dicas que aprendi nessa experiência de roadtrip na Toscana.

Aluguel de carro na Toscana

É super prático alugar um carro para fazer o caminho da Toscana. E, como dissemos, é a melhor forma de viver essa experiência ao máximo.

Você pode fazer isso online ou na maioria das estações de trem e aeroportos. Para alugar online, a melhor forma é usar um comparador de preços, onde você coloca sua origem e destino, quantos dias vai usar o veículo e qual modelo será mais útil para seu objetivo.

Qual o site mais confiável para aluguel de carro?

A RentCars é o que mais usamos e só tivemos experiências positivas. Tem todas as empresas de aluguel da região, dá para encontrar preços ótimos e você ainda consegue dividir esse valor no cartão e fugir no IOF pagando direto em reais.

Uma ótima notícia é que, devido ao grande número de locadoras espalhadas pelas principais cidades da Itália, você pode deixar o carro direto na locadora mais próxima do seu destino.

Visual da toscana
Espere encontrar lindos campos verdes ao longo do seu trajeto

Roadtrip na Toscana: Documentos necessários

Em teoria, você precisa da PID (Permissão Internacional para Dirigir) para conseguir o aluguel. Mas a maioria das empresas de locação já estão acostumadas com brasileiros e permitem que você mostre apenas sua CNH. Por via das dúvidas, pergunte para a empresa escolhida antes de viajar.

Caso precise da PID, não se desespere. O processo é rápido e não é nada complicado. É só entrar em contato com o DETRAN e pedir a expedição do documento. Chega rápido também.

Roadtrip na Toscana: Média de gastos e pedágios

O preço do litro da gasolina no final de abril, mais ou menos a época em que eu fui para lá, era de €1,60. Um preço até em conta. Já os pedágios podem variar a depender do caminho e das cidades por onde você escolher passar.

Todas as estradas com um “A” seguido de um número terão pedágios. Algumas das mais importantes são: Autostrada A12, que cruza Rosignano, La Spezia, Parma e Genoa; Autostrada A11, Bologna, Firenze, Prato, Pistoia, Montecatini e Lucca; Autostrada A1, de Bolonha, Florença, Siena, Arezzo, a Cortona. 

Como funcionam os pedágios na Toscana?

Não apenas na região da Toscana mas na Itália, de um modo geral, os pedágios são de dois tipos: Por trecho, pagando um valor fixo na entrada.

Por distância percorrida, pagando na saída. Ou seja, logo que você entrar na estrada, pegará um ticket que não terá nenhum valor impresso nele. Ao escolher uma das saída, é só colocar seu ticket no guichê e você vai pagar o valor referente aos quilômetros rodados.

Para diferenciar um tipo de pedágio do outro é só ficar de olho no seu ticket. Quando tiver um valor significa que é calculado por trecho, se estiver sem valor significa que é por distância.

Quanto custam os pedágios na Toscana?

Como há formas diferentes de cobrança já é de se imaginar que o valor seja bem variável. Por exemplo, o trecho entre Florença e Pisa, que foram as nossas primeiras paradas, custaram 7,50 € por 98km percorridos.

Para calcular especificamente o seu trajeto uma dica é dar uma olhada nesse site aqui. É só preencher o seu ponto de partida e destino que ele te dará o valor do pedágio.

Como são os pedágios na itália
Pedágios na Itália

Como fazer o pagamento do pedágio: Dica para evitar multas!

Cuidado ao passar pela faixa destinada apenas aos próprios europeus, que são as faixas do pagamento com Viacard ou Telepass.

Caso isso aconteça, a placa do seu carro será marcada e receberá uma multa, que a locadora cobrará no preço final. Você pode pagar tanto com dinheiro tanto com cartões de débito e crédito.

Certifique-se de que seu cartão é autorizado a fazer compras internacionais e lembre-se sempre do imposto, mas uma boa dica é sempre ter dinheiro em mãos.

Para pagar com cartão basta se direcionar ao guichê com uma placa azul escrito “Carte”. Para pagamento em dinheiro procure a placa branca escrita “Contanti”. Há também o guichê que aceita ambos, e terá as duas cores indicativas.

Roadtrip na Toscana: Chip internacional é essencial

Mais uma dica é comprar um chip internacional para conseguir usar seu celular como GPS. Muitas locadoras oferecem o serviço por, em média, €10 a €15 por dia. Você pode fazer uma boa economia e ainda por cima utilizar a internet para outras coisas e não depender de wi-fi de hostels ou hotéis.

Além dessa opção nós indicamos o chip da YesBrasil, que nós sempre usamos nas viagens. É bem prático e você já desembarca no aeroporto com conexão de internet.


Compre aqui o seu chip da YesBrasil. Use o cupom MALADEAVENTURAS para 10% de desconto.


Roteiros para um roadtrip na Toscana

Como já dissemos, existem vários roteiros possíveis para se explorar a Toscana. Vou compartilhar o que eu fiz como forma de inspirar você a montar seu próprio roteiro.

Quais cidades visitar na Toscana?

Comecei a viagem em Florença, onde aluguei o carro, que é uma cidade extremamente bonita e super charmosa, vale conhecer bem.

De lá fui para a famosa Pisa e, claro, conheci a torre tão falada. Não há tanto mais o que ver na cidade, então de lá segui para Luca, que fica a mais ou menos 20 km de lá.

Você vai se impressionar com o cenário, que parece ter saído de um filme de época, com direito a muralhas e tudo mais.

roadtrip florença
Visual da Piazza Michelangelo

E o último destino do dia foi San Gimignano, que também conta com construções medievais lindas e um charme que só realmente estando lá para entender.

Tente ao máximo provar o que já foi escolhido como o melhor sorvete do mundo na Gelateria Dondoli, que fica na Piazza della cisterna.

Cheguei na mesma noite para me hospedar em Siena, e fui conhecer melhor a cidade na manhã seguinte.

A paisagem que você encontra no alto do Facciatone é de tirar o fôlego e, claro, a Piazza del Campo é um dos principais pontos da cidade, onde você encontra vários restaurantes e cafés, além de apreciar o centro da cidade.

Logo depois disso, segui para Montepulciano, outra cidade medieval que fica no topo de uma colina e tem um dos melhores vinhos da Itália, o Nobile de Montepulciano. Prove quando estiver lá.

Meu roteiro pela Toscana:

  • Florença
  • Pisa
  • Luca
  • San Gimignano
  • Siena
  • Montepulciano

Mais cidades para incluir no roadtrip pela Itália

Outras cidades próximas de Florença e de todas essas outras que são também maravilhosas e podem entrar no seu roteiro são Arezzo, outra cidade em volta de uma muralha; Elba, uma ilha conhecida por ter sido morada de Napoleão Bonaparte e a melhor opção de praia na Toscana; e Pienza, que conta até com um palácio e é considerada patrimônio mundial pela UNESCO.

Outras sugestões de roteiro para um roadtrip na Toscana

Explorar a Itália de carro vale super a pena, por isso há vários roteiros possíveis. Vamos sugerir duas opções, uma saindo de Roma e outra de Milão. São dois pontos extremos e bons para começar, já que os voos para lá costumam ser mais em conta.

Campo verdinho que encontramos na estrada!

Roadtrip na Toscana partindo de Roma:

Montepulciano foi a minha última parada mas nesse caso será a primeira. Nada como começar por essa linda cidade medieval que fica a 2h de Roma. A segunda parada pode ser em Siena ou em San Gimignano, dependendo do tempo que você tiver disponível.

Terceira parada: Pisa
Quarta parada: San Miniato – A cidade é pequena mas muito charmosa, dá para visitar em uma tarde.
Quinta parada: Florença

Roadtrip na Toscana partindo de Milão:

Primeira parada: Florença
Segunda parada: Certaldo – Cidade medieval suuuper fofa que fica pertinho de Florença
Terceira parada: San Gimignano
Quarta parada: Siena
Quinta parada: Pienza

Independente do trajeto que você escolha não se esqueça do principal: aproveitar bem as paisagens do caminho, porque elas são algumas das mais preciosas que você vai encontrar na viagem toda. Também por isso é muito melhor viajar de carro pela Toscana, para ter a melhor experiência possível neste lugar tão rico de beleza e história.

torre de pisa roadtrip
Com a icônica Torre de Pisa ao fundo!

E, claro, poder parar a hora que quiser e fotografar cada cantinho que despertar a sua atenção.


Não deixe de ver nossos outros posts sobre a Itália e outras dicas como essas da roadtrip. O blog está recheado de experiências lindas que vivemos e tentamos transmitir para vocês!

Ah, caso tenha colocado alguma dessas cidades no seu roteiro de viagem ou usado algumas das nossas dicas, comente aqui para sabermos que vocês estão gostando!


Você pode gostar de ver também:

Sete cidadezinhas italianas que merecem ser incluídas no roteiro – e San Marino

Ilha da Madeira: o que fazer, como chegar e as melhores dicas

10 passeios imperdíveis em Madrid



 

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.