Se você está procurando dicas para montar o seu Roteiro em Cape Town, está no lugar certo. A cidade é apaixonante – além de ser linda por natureza, a Cidade do Cabo tem uma energia singular e infraestrutura organizada. Com certeza, é um daqueles destinos para voltar inúmeras vezes.

Nesse post você vai ler dicas para te ajudar no planejamento da viagem, como quando visitar a cidade, quais são os melhores bairros para se hospedar, os passeios imperdíveis para fazer e, claro, uma sugestão de roteiro para 3, 5 ou 7 dias de viagem.

Continue lendo e prepare-se para se apaixonar, como eu, por Cape Town!

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!


Porque viajar para Cape Town?

Cape Town é um destino descolado, com muitas coisas para fazer! Tem programação para todos os estilos de turistas – os que curtem natureza ou cidade, os mais aventureiros e os que apreciam uma boa gastronomia.

Além da diversidade de seus pontos turísticos, Cape Town tem história, um museu de arte contemporânea lindo, uma excelente comida, vinhos premiados, fauna e flora rica e muita cultura!

praias em cape town
Belíssima foto aérea das praias de Cape Town!

A cidade é exuberante, cercada por montanhas, dentre elas a mais majestosa de todas chamada Table Mountain. Com bairros organizados, casas com detalhes da arquitetura inglesa, restaurantes ecléticos (de comida saudável, frutos do mar, carnes exóticas e fast food) e cafés fofos por todos os lados. Sem esquecer de suas praias deslumbrantes como Camps Bay e Clifton Beach

Nos arredores, você encontra mais praias e uma delas é a Hout Bay. Outros lugares que não podem ficar de fora do seu roteiro: Chapman’s Peak Drive, considerada uma das mais bonitas do mundo, e a Garden Route, outra estrada belíssima e cheia de atrativos.

É possível fazer safári em reservas privadas na Garden Route, como no Gondwana Game Reserve, onde já estivemos e adoramos.

Também é uma cidade com noites agitadas, principalmente na badalada Long Street, e pessoas calorosas, como aqui no Brasil. Um lugar para ir sozinho, com amigos, família ou namorado(a). Ou seja, você vai ter roteiro em Cape Town para todas as ocasiões. 


Leia também: África do Sul: tudo o que você precisa saber para planejar a sua viagem


Quando visitar Cape Town

Essa questão é importante, porque muitas pessoas escolhem ir no inverno por ser a melhor época para fazer safári, mas esquecem que nessa época faz frio e chove em Cape Town.

Você pode dar sorte e não pegar chuva nesse período, mas lembre-se de que os passeios, em sua maioria, são ao ar livre, então ir na época chuvosa pode comprometer o seu roteiro em Cape Town. 

quando visitar cape town
Fomos em Novembro e achamos uma ótima época para visitar Cape Town!

Já no verão, principalmente nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, a cidade fica cheia e, como consequência, tudo fica mais caro. Uma ótima época para visitar Cape Town é setembro, outubro e novembro (época que eu fui e adorei!) e também março, abril e maio.


Onde se hospedar em Cape Town: 3 opções de hotéis em cada região

É importante escolher um hotel bem localizado, para evitar grandes deslocamentos durante o dia. Outra dica muito importante é pesquisar bastante sobre o bairro que você vai ficar – é comum casos de assaltos por lá, então é preciso estar atento e seguro.


Leia também: Seguro Viagem para a África do Sul (Com Desconto!)


Minhas escolhas:

Eu escolhi ficar em 2 Airbnbs com ótimo custo-benefício. Os dois eram próximos a Bo-Kaap, um bairro super central. Recomendo, porque foi uma boa experiência, a localização de ambos era boa, os apartamentos eram modernos, limpos e tinha tudo que eu necessitava!

Apartamento 1
Apartamento 2

Aproveite para garantir quase R$200 de desconto no Airbnb, caso seja a sua primeira reserva! Clique aqui para pegar o seu desconto e depois faça a reserva do apartamento =)


Waterfront

O Waterfront é uma área portuária revitalizada ao lado do centro comercial Victoria & Alfred, cheio de lojas, mercados, bares e restaurantes sofisticados. Por isso é um bairro movimentado dia e noite e muito seguro. Aquele lugar para circular a pé!

Nesta região estão as opções de hospedagem mais luxuosas da cidade, mas com antecedência é possível conseguir um bom custo-benefício e se hospedar por lá. 

#1. O The Table Bay Hotel é um dos hotéis mais atrativos de Cape Town. Localizado ao lado do V&A Waterfront, o lugar é incrível, possui uma estrutura enorme com quartos muito confortáveis, tratamentos de spa e vista fantástica.

#2. Radisson RED Hotel V&A Waterfront Cape Town é um hotel mais econômico para a área de Waterfront. Seu estilo é moderno, descolado e possui excelente localização. 

#3. Signature Lux Hotel by ONOMO oferece conforto e custo-benefício bom, ideal para quem não quer luxo, mas deseja ficar em um hotel bacana.


Sea Point

Sea Point é um bairro litorâneo que fica entre Waterfront e Camps Bay. É interessante para quem quer se hospedar perto das praias e, ao mesmo tempo, próximo do Waterfront. Nessa região você encontra hotéis com preços, muitos restaurantes, bares e lojas. Também encontrará uma piscina pública neste bairro. É ideal para quem ama admirar o pôr do sol no fim da tarde, ainda mais aos pés da Lions Head. 

#1. The Glen Boutique Hotel & Spa possui todo o conforto de um hotel 5 estrelas, tem área com piscina, café da manhã delicioso e ótima localização. 

#3. Radisson Blu Le Vendome Hotel possui um bom custo-benefício em uma área privilegiada com piscina ao ar livre e serviço de transfer gratuito para locais em um raio de 3 km.


Gardens 

É a região que eu escolhi para me hospedar, um pouco mais afastada do agito da cidade e menos turística, mas é bem descolada! O bairro é cheio de lojas, galerias de arte e bares adoráveis. Fica próxima do centro histórico da cidade e de Bo-Kaap (o bairro conhecido pelas suas casinhas coloridas). Durante o dia, essa zona fica bem movimentada, mas a noite é preciso ter mais atenção. No entanto, me senti bastante segura. 

Além da dica do Airbnb acima, sugiro alguns hotéis que pesquisei para ficar nesta região.

#1. Belmond Mount Nelson é para aquelas pessoas que buscam uma experiência fantástica em hotel.  Possui ótima localização, café da manhã maravilhoso e uma bela vista para a Table Mountain. Tive a oportunidade de me hospedar no Belmond Reid’s Palace na Ilha da Madeira e imagino que o de Cape Town seja tão bom quanto. 

#2. Kloof Lodge quem busca uma hospedagem mais econômica, mas ao mesmo tempo com estilo, vai gostar do Kloof Lodge. O hotel pousada é bonito, bem mobiliado e fica em uma rua tranquila com boa localização. 

#3. Cloud9 Boutique Hotel and Spa está localizado a uma curta caminhada de várias lojas e restaurantes badalados das ruas Kloof e Long. Além disso, é muito bonito, possui terraço com piscina, vista panorâmica para a Table Mountain e bom custo-benefício. Gostaria de ter me hospedado lá, mas o hotel já estava cheio. A dica é reservar com bastante antecedência!


Camps Bay 

Camps Bay é um dos bairros mais bonitos de Cape Town e tem um pôr do sol sensacional. No verão a praia fica cheia e a orla super movimentada. Ali você encontra muitos barzinhos charmosos, restaurantes renomados, cafeterias e sorveterias com aquele clima pós praia descontraído.

#1. POD Camps Bay é um hotel super cool onde a Nanda já esteve e contou sua experiência aqui neste postclique aqui para saber mais! Com uma localização perfeita há 1 minuto da praia, perto de restaurantes e visual incrível, este hotel é nota 10!

#2. Beta Beach Guest House é um hotel pousada mais econômico, localizado aos pés da Table Mountain com quartos equipados, confortáveis e vista para o mar. 

#3.  Primi Royal é um hotel com acomodações elegantes, decoração eclética que reflete o estilo africano e asiático, e tem um custo-benefício excelente.


Roteiro Cape Town: quais são os principais pontos turísticos?

Table Mountain

A Table Mountain é, sem dúvidas, o símbolo de Cape Town e um dos principais pontos turísticos. 

Podemos ver essa montanha enorme de todos os lados da cidade. Ela é tão fantástica que foi eleita uma das Sete Maravilhas da Natureza. 

Para visitá-la, você pode subir de bondinho, como eu, ou fazer uma trilha para chegar até lá em cima. Mas é importante ficar de olho no tempo, pois muitas vezes a montanha está encoberta mesmo fazendo sol e o bondinho costuma fechar quando está ventando muito – o que é normal em Cape Town. 

roteiro cape town table mountain
O belíssimo visual do alto da Table Mountain!

A super dica é ficar vigiando as condições do tempo na montanha através do site deles (www.tablemountain.net). Outra dica também é comprar o passeio com antecedência pelo site – o ingresso é válido por 7 dias, então o dia que achar melhor visitar a Table Mountain é só chegar lá e não terá que enfrentar fila enorme na porta. 

Eu consegui planejar minha ida a Table Mountain dessa forma e tive sorte de chegar lá com o céu azul! Escolhi subir de bondinho e adorei a experiência. Para quem tem receio de ir porque tem medo de altura, fique tranquilo, o bondinho é grande e você não precisa ficar colado na janela se não quiser. Além disso, ele tem uma estabilidade que faz com que você não perceba direito a movimentação.

Acho que fazer a trilha para subir a Table Mountain também deve ser uma experiência inesquecível, mas é bom se informar antes de ir e até contratar um guia.


Leia também: Trilhas em Cape Town: como é subir a Lion’s Head e a Table Mountain


V&A Waterfront 

A V&A Waterfront é um dos locais mais visitados da África do Sul, isso porque é um grande centro comercial, gastronômico e cultural. É bastante movimentado dia e noite.

Lá se encontram alguns restaurantes de renome de Cape Town, como o maravilhoso Sevruga especializado em frutos do mar, muitas lojas de roupa (inclusive Zara e H&M), lojas de souvenir, apresentações com música africana ao ar livre, passeios de barco e muito mais. Também, a famosa roda gigante que você pode dar uma voltinha. 

v&a waterfront
O charmoso V&A Waterfront

Sugiro a visita no fim da tarde, podendo estender até o jantar. Só é  precisa ficar de olho no horário, pois os restaurantes não funcionam até altas horas. Por volta das 21h a maioria está encerrando o expediente. Aliás, quase não conseguimos comer no Sevruga por causa disso. É a programação ideal também para aqueles dias de chuva onde você se pergunta O que fazer em Cape Town com chuva?

Já ia me esquecendo de falar sobre o Food Market, um mercado que faz parte do complexo do Waterfront, que vende comidinhas locais deliciosas, snacks e especiarias. Comi o melhor nachos da minha vida lá e comprei várias coisinhas pra levar pra casa. 


Markets 

O mais famoso deles é o Neighbourgoods Market, que nada mais é do que uma feirinha de comidas locais que acontece todos os sábados no prédio Old Biscuit Mill. Se programe para estar lá no sábado de manhã! Eu infelizmente não consegui, apesar do prédio funcionar todos os dias (exceto domingo) com lojas e artesanatos. Mas gostaria de ter ido no dia da feira, quando tem música ao vivo e agito. 

Outro mercado é o de Mojo Market, em Sea Point. Este eu consegui visitar e fui a noite por ser um local com clima de barzinho. Achei bom para beber, experimentar chopps variados e petiscar. Mas confesso que esperava mais desse market. 


Bo-Kaap 

Bo-Kaap é o bairro das casinhas coloridas e fotogênicas. O que muita gente não imagina é que lá era o bairro dos imigrantes no passado, foi habitado por islâmicos e muçulmanos e hoje é uma bairro turístico de Cape Town. Hoje, para se hospedar nestas casinhas custa uma fortuna!

No local não há muita coisa para fazer. Fiz uma fotos e só não fui embora porque encontrei uma loja enorme de especiarias chamada Atlas. É claro que tive que comprar uns temperos e chás pra trazer pro Brasil. Uma curiosidade é que a comida em Cape Town é muito temperada/apimentada e isso é um costume trazido dos imigrantes. 

bo kaap em cape town
Não dá para ir a Cape Town e não tirar uma foto nas casinhas coloridas de Bo Kaap

Se você quiser ir a fundo na história de Bo-Kaap, visite o museu que se encontra no bairro e sugiro também fazer um tour guiado, você até consegue alguns gratuitos. 

Uma dica esperta é visitar no fim de semana, pois durante a semana as ruas de Bo-Kaap ficam lotadas de carros estacionados, prejudicando a estética do local nas fotos. 


Camps Bay 

Camps Bay é onde se encontra a praia mais bonita e famosa de Cape Town. Sua orla é demais, repleta de barzinhos e restaurantes com mesinhas viradas para a praia. Costumam falar que essa região parece muito a Califórnia, achei isso também! 

camps bay
Camps Bay é uma região linda de Cape Town!

Além disso, o lugar é cheio de mansões maravilhosas e onde tem a vista mais bonita dos Doze Apóstolos, uma formação rochosa espetacular, um dos símbolos da cidade de Cape Town. 

Fui a Camps Bay um dia, mas gostaria de ter ido mais vezes, ter assistido o pôr do sol e conhecido a praia de Clifton, que fica do lado, onde os locais preferem curtir o mar. 

A água das praias na África do Sul são super frias, então é melhor mergulhar no auge do verão e assim mesmo haja coragem para enfrentar o mar gelado!


Constantia 

Constantia é a região de vinícolas mais antiga da África do Sul e está, aproximadamente, a meia hora do centro de Cape Town. A sua rota é composta por 9 vinícolas e oferece uma experiência inesquecível! 


Leia também: Vinícolas na África do Sul: roteiro e dicas das melhores vinícolas para visitar


Boulders Beach 

A caminho de Boulders Beach você passa por uma das rotas à beira-mar mais espetaculares do mundo chamada Chapman’s Peak Drive. Vale a pena fazer pequenas paradas para tirar foto e admirar toda a beleza desta estrada!

roteiro cape town o que fazer
Um pedacinho da incrível Chapman’s Peak

Boulders Beach possui três praias só de pinguins e uma área de observação, faz parte do Table Mountain National Park e está localizada na cidade de Simon’s Town a uma hora de Cape Town.

Vale muito a pena fazer uma parada nesta praia não só para apreciar, mas para ajudar a preservar esses pinguins africanos – espécie com risco de extinção 🙁 . Além de super fofos, o comportamento deles é engraçado e interessante de ser observado. Passei hoooras observando e me divertindo!

pinguins cape town
Fofura!

A visita neste lugar é relativamente rápida se você não for até a área de observação, onde é paga uma taxa de conservação de R76(R$22) por adulto e R41(R$12) por criança.

O Boulders Visitor Center tem um mirante e três grandes passarelas, onde os turistas podem caminhar livremente entre a colônia de pinguins, seus ninhos e filhotes. Além disso, para aqueles que desejam um contato ainda mais próximo com os bichinhos, há um acesso direto à praia.

boulder's beach roteiro cape town
Olha quantos pinguins!

 Muizenberg

Bem ao lado de Boulders Beach está Muizenberg. Uma praia com altas ondas frequentada pelos surfistas, mas o destaque deste lugar são as casinhas coloridas na praia que viraram ponto obrigatório dos turistas. Você certamente já deve ter visto várias fotos de lá no Instagram. 

roteiro cape town
As famosas casinhas coloridas de Muizenberg!

Além de fazer fotos, você pode aproveitar a viagem para comer algo ou tomar um suco no Easy Tiger, um restaurante adorável da rede Tiger’s Milk, famosinha em Cape Town. O de Muizenberg, especialmente, tem uma vibe bem relax!


Leita também: 12 passeios que você não pode deixar de fazer em Cape Town


Roteiro Cape Town: opção para 3, 5 ou 7 dias de viagem

A melhor forma de montar um roteiro em Cape Town é listar os passeios que são imperdíveis e distribuí-los de acordo com os dias disponíveis que você tem. 

Cape Town tem infinitas coisas para fazer, então é um desafio inserir tudo em um único roteiro. 5 dias é o ideal para conhecer os principais pontos turísticos. E em 7 dias você ainda consegue dar uma esticadinha para conhecer lugares próximos da cidade!


Dica: alugue um carro em Cape Town para fazer os passeios por conta própria! Apesar da direção ser do lado direito, você se acostuma rápido e as estradas são boas e bem sinalizadas. Nós alugamos carro por lá e foi ótimo ter liberdade para parar onde a gente quisesse, fazendo tudo no nosso tempo!

Sempre reservamos com antecedência através do site Rent Cars, que faz um comparativo entre as principais locadoras de carro da região.


Roteiro Cape Town: 3 dias

Dia 1 – Subir a Table Mountain + Almoço no Gardens + conhecer o bairro Bo-Kaap + aproveitar o fim de tarde em Camps Bay

Dia 2 –  Pegar o carro e dirigir até Constantia + passar a tarde fazendo degustação em alguma vinícola do local + Jantar no V&A Waterfront 

Dia 3 – Dirigir na Chapman’s Peak Drive + ir até Boulders Beach ver os pinguins + tirar fotos nas casinhas de Muizenberg Beach

table mountain
O teleférico que dá acesso ao topo da Table Mountain!

Roteiro Cape Town: 5 dias

Dia 1 –  Subir a Table Mountain + almoçar no V&A Waterfront + passear no Food Market + Pôr do sol em Signal Hill 

Dia 2 – visitar Bo-Kaap para tirar fotos + Almoço no Gardens + Fim de tarde em Camps Bay

Dia 3 – Dirigir até Stellenbosch ou pegar um tour para fazer um bate-volta nas vinícolas. Passar o dia fazendo degustação e conhecendo a região

Dia 4 – Roadtrip passando por Cabo da Boa Esperança + Boulders Beach + Muizenberg Beach + Chapman’s Peak Drive

Dia 5 –  Conhecer o Botanical Garden (Jardim Botânico) + Jantar na V&A Waterfront + Neighbourgoods Market ou Mojo Market 


Roteiro Cape Town: 7 dias

Agora vou compartilhar com vocês como foi o meu roteiro em Cape Town – tudo o que eu fiz em 7 dias nessa cidade maravilhosa! Espero inspirar vocês!

Dia 1 – Almoço no Hokey Poke, restaurante delícia que fica no mercado da V&A Waterfront. Passamos a tarde passeando por lá e depois jantamos no Burger & Lobster (restaurante descontraído na Long Street).

Dia 2  – Fomos cedo para Camps Bay pegar uma praia e dar uma volta na sua orla animada e depois almoçamos no Yours Truly (café e bar de comidinhas saudáveis) que fica na Kloof Street.

Depois disso, seguimos para ver o pôr do sol em Signal Hill (montanha ao lado da Table Mountain) e pra fechar a noite jantamos no Sevruga, restaurante especializado em frutos do mar, na V&A Waterfront.

onde comer cape town
Brindando o belíssimo pôr do sol em Camps Bay!

Dia 3 – Começamos o dia tomando café da manhã, ao lado do nosso Airbnb, na Jason Bakery (onde tem o melhor croissant de Cape Town) localizado na Bree St.

Saindo de lá fizemos um pit stop nas casinhas coloridas de Bo-Kaap. Depois fomos em direção ao teleférico para subir a Table Mountain. Após descer a montanha, almoçamos no Tiger’s Milk (bar e restaurante cool de comida fast food) na Kloof Street e pra fechar a noite fomos beber gin no The Gin Bar perto de casa, na Wale St.

Dia 4 – Caminhamos pelo bairro descolado Gardens e depois almoçamos no Today and Tomorrow, dos mesmos donos do Your Struly e com a mesma atmosfera, mas com alguns extras no cardápio.

Após o almoço, fomos conhecer o Museu de Arte Contemporânea Zeitz do lado da V&A Waterfront e ficamos pra jantar no Food Market que tem lá.

Dia 5 – Pegamos o carro para ir até a Vinícola Boschendal, na região de Franschhoek. Na volta, paramos no Canal Walk (um shopping gigantesco) e almoçamos por lá na Col’Cacchio (Restaurante de massas). Pra fechar o dia, fomos tomar drinks no Mojo Market.

Dia 6 – Dirigimos pela Chapman’s Peak Drive e fizemos uma pausa para almoçar em Hermanus (uma cidade pequenininha). De lá seguimos primeiro para Boulder’s Beach para ver os pinguins e depois para Muizenberg onde tem as cabines coloridas na praia. Pra terminar o dia, uma degustação na vinícola Klein Constantia.

Dia 7 – Dirigimos até a Vinícola Jordan, em Stellenbosch. Depois retornamos para Cape Town e experimentamos a NY Pizza, pizzaria fast food na rua Kloof.

PS: a gente acabou conhecendo uma vinícola, de regiões diferentes, em cada dia, mas, sugiro que você escolha Stellenbosch ou Franschhoek para passar ao menos uma noite e fazer degustações com mais tranquilidade, sem precisar pegar o carro para voltar para Cape Town.

No post que escrevi sobre as Vinícolas em Cape Town, explico melhor sobre cada região e indico boas opções de hotéis para se hospedar.


Não esqueça do seu Seguro Viagem para viajar para a África do Sul

A gente nunca viaja sem contratar o Seguro Viagem – item indispensável para uma viagem internacional. Sempre indicamos o site Seguros Promo, que oferece os melhores serviços e preços do mercado.

Para visitar um destino diferente e exótico como a África do Sul, é muito importante estar seguro, no caso de alguma doença, acidente ou até extravio de malas. Clique nas opções abaixo para fazer a sua cotação e use o código MALADEAVENTURAS ao concluir a compra para garantir 5% de desconto!

Seguro Viagem: África
TA 40 Especial Plus - Internacional TA 40 Especial Plus - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 13/dia*
Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 20/dia*
AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 50.000 Bagagem extraviada USD 600 (COMPLEMENTAR) R$ 9/dia*

Chip internacional para celular na África do Sul

Hoje em dia fica difícil viajar sem celular – ou melhor, sem um celular COM internet – né?  Além de avisar a família que está tudo certo e compartilhar fotos no Instagram, estar com internet a todo momento facilita muito a vida dos viajantes para se localizar, fazer alguma busca rápida sobre o destino, abrir o número da reserva e etc.

Em uma viagem como essa, é importantíssimo usar o GPS (adoramos o WAZE e o Google Maps) para se locomover e também o Google e o TripAdvisor para pesquisar sugestões de restaurantes e até hospedagem, caso você não reserve com antecedência.

Nós indicamos o chip da Yes Brasil que você encontra no site viaje conectado. A gente sempre recomenda e usa nas nossas viagens! 

Conseguimos um desconto especial para os nossos leitores: usando o código MALADEAVENTURAS você garante 10% de desconto em qualquer plano! Clique aqui e compre agora o seu chip com internet internacional para a África do Sul.


Espero que vocês tenham curtido o meu roteiro em Cape Town e que inspire a viver essa experiências maravilhosas e inesquecíveis!


Continue lendo dicas sobre a África do Sul:

Roteiro de 7 dias na Garden Route

3 vinícolas que você deve conhecer em Stellenbosch

POD: o hotel mais cool e descolado de Camps Bay


Roteiro Cape Town: o melhor de Cape Town em 3, 5 ou 7 dias de viagem

Roteiro Cape Town: o melhor de Cape Town em 3, 5 ou 7 dias de viagem
Quem escreve | @biancacarius
Bianca
Visual designer e fashion lover. Adora praia, cidades cosmopolitas, culturas diferentes e gastronomia. Não perde oportunidade para viajar e buscar o lado criativo de cada lugar que passa.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter
    Roteiro Cape Town: o melhor de Cape Town em 3, 5 ou 7 dias de viagem

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
    Roteiro Cape Town: o melhor de Cape Town em 3, 5 ou 7 dias de viagem
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *