Roteiro Itália 7 dias: Milão, Veneza, Florença, Siena (+ cidades da Toscana!)

Se você acompanha o Mala de Aventuras no Instagram, viu que eu, Nanda, fiz uma viagem incrível, juntando Tailândia e Itália – isso tudo por conta de uma promoção de passagem aérea que já tinha esse stopover. No início, achei que 7 dias seria o suficiente para conhecer a Itália, mas me surpreendi com tanta coisa incrível e tantas cidadeszinhas charmosas para explorar.

Acabei decidindo conhecer Milão, Veneza e algumas cidades da Toscana. O Roteiro na Itália de 7 dias ficou apertado, mas conseguimos conhecer bastante coisa e deixou aquele gostinho de quero mais. Estamos doidos para voltar nesse país tão bonito e especial!

Se você está com passagem comprada pra lá, o meu roteiro de 7 dias na Itália pode te ajudar bastante. Deixei tudo bem explicadinho e dei dicas valiosas. Vale a pena ler até o final!


Veja aqui um resumo do Roteiro Itália 7 dias:

[MILÃO] Dia 1: Chegada em Milão à noite
[MILÃO + VENEZA] Dia 2: Passeio em Milão + Ida para Veneza
[VENEZA] Dia 3: Passeios em Veneza + Ida para Florença
[FLORENÇA] Dia 4: Foodtrip Experience (Aula de culinária + Vinícolas)
[FLORENÇA + SIENA] Dia 5: Passeio em Florença + Pisa + Luca + San Gimignano + Siena
[SIENA] Dia 6: Passeio em Siena + Montepulciano + Montalcino
[VOLTA PARA MILÃO] Dia 7: Retorno para Milão com parada em Parma. Vôo para o Brasil às 19h

Abaixo, o mapa, mostrando todas as cidades que visitamos durante os 7 dias na Itália!

mapa com o roteiro da itália 7 dias
Mapa com o nosso roteiro de 7 dias pela Itália!

Dia 1

Roteiro Itália 7 dias: Chegada em Milão à noite

Noite: Chegamos no aeroporto internacional de Milão (Malpensa) à noite, por volta das 21h. Pesquisando no Google, vimos que a maneira mais econômica de chegar no centro da cidade seria de ônibus. Há um ônibus que faz o trajeto Aeroporto x Estação Central, custa 8 euros por pessoa e sai de 20 em 20 minutos do Terminal 2.

Foi um pouco difícil encontrar o local onde o ônibus estava estacionado, sugiro você perguntar pra alguém antes de ficar andando pra lá e pra cá. A vantagem de pegar esse ônibus é o valor – a distância é grande, cerca de 40 minutos de viagem, então, pegar um uber ou táxi pode sair bem caro!

roteiro 7 dias italia
Foto tradicional em frente a Duomo, em Milão

Há também a opção de trem, saindo de dentro do aeroporto, mas achamos mais caro. A passagem era em média 15 euros, tinha que fazer troca de trem e o tempo de viagem era até mais longo do que de ônibus.

Nos hospedamos em um hostel pertinho da Estação Central para passar a primeira noite. A localização era ótima e o hostel super descontraído e jovem! Recomendo essa hospedagem para quem está indo com amigos, viajando sozinho ou precisa de uma hospedagem fácil e rápida, como era o nosso caso. O hostel oferece quarto privado também!


Clique aqui para ver mais informações sobre o Hostel Ostello Bello Grande, em Milão


Dia 2

Roteiro Itália 7 dias: Catedral de Duomo + Ida para Florença + Passeio de Gôndola

Manhã: Acordamos cedo, tomamos café da manhã que já estava incluído na nossa diária no Hostel Ostello Bello Grande e decidimos conhecer a Duomo de Milão!

Como tínhamos pouco tempo, preferimos conhecer as cidades menores, deixando Milão para uma próxima vez, mas… Estávamos tão pertinho da Catedral que não resistimos a dar uma passadinha lá antes de pegarmos o trem para Veneza.

Que espetáculo! A Duomo é realmente impressionante e vale demais a visita! Aliás, adoramos o clima de Milão. Com certeza voltaremos com mais tempo!

galeria votiro emanuelle
Galeria Vitorio Emanuelle, ao lado da Duomo!

Para ir do hostel até a catedral usamos o metrô, saindo da Estação Central. Pagamos 1.50 euro cada trecho e em 10 minutos estávamos lá. Foi bem rapidinho mesmo – ficamos apenas 30 minutinhos por lá e retornamos para pegar as nossas coisas e pegar o trem para Veneza.

Dica: compre as passagens de trem com um pouco de antecedência! Deixamos para comprar no dia anterior à noite e a passagem mais em conta tinha que fazer troca de trem. Nada muito difícil, mas se tivéssemos pego o trem direto, teríamos poupado tempo.

O trajeto de trem entre Milão e Veneza durou cerca de 2h40 e pagamos 20 euros em cada passagem. Compramos na estação central mesmo, nas máquinas disponíveis.

Tarde: Chegamos em Veneza por volta das 15h. Desembarcamos na Estação Santa Lucia e pegamos o Vaporetto, transporte aquático que funciona como um metrô.

Pagamos 7,50 euros cada um apenas para o trecho de ida – esse é um dos transportes mais caros do mundo – e descemos na Estação São Marco, onde ficava nosso hotel.

Demoramos bastante até encontrar o hotel. Nos hospedamos por uma noite no Cà La Bricola 2, que na verdade é um quarto em um apartamento.

Apesar da dificuldade de encontra-lo, achamos o quarto ótimo e a localização também, pertinho da praça São Marco, um dos principais pontos turísticos de Veneza.


Clique aqui  para ver mais informações e valores do apartamento que nos hospedamos em Veneza! Pagamos R$260 na diária para o casal – o preço pode variar dependendo da época!


Mal deixamos as coisas no quarto e fomos direto fazer o passeio de gôndola. O tempo estava nublado, mas vimos que iria abrir um solzinho no final de tarde e aproveitamos para garantir o passeio – com chuva deve ser bem desconfortável!

Durante o passeio de gôndola na Itália

Compramos os nossos ingressos para uma gôndola compartilhada, com até 6 pessoas, através do site do Get Your Guide. Vou dar mais detalhes nos próximos posts sobre Veneza. Mas, se você quiser reservar com antecedência, pode ver o ingresso aqui.

Noite: Demos mais uma voltinha por Veneza, nos apaixonamos pela cidade e fomos escolher um restaurante para jantar. Acabamos indo em um pertinho do nosso apartamento, que tinha um menu fixo de prato principal + vinho da casa por 10 euros. Tudo estava uma delícia.


Leia também: O que fazer em Veneza: GUIA da cidade + DICAS de passeios


Dia 3

Roteiro Itália 7 dias: Passeio em Veneza + Ida para Florença no final da tarde

Manhã: acordamos cedinho e fomos novamente caminhar pelas ruelas de Veneza. O grande atrativo da cidade são os canais e as ruas estreitas super charmosas. Vale a pena andar sem rumo em busca de casinha fofas, canais fotogênicos e lojinhas interessante.

Por lá você vai ver muitos cafés, lojas de doces, trattorias e ostterias, lojas de marcas famosas, muitas vendinhas com souveniers e as famosas máscaras de Veneza.

Andamos bastante, visitamos pontos turísticos famosos como a Ponte Rialto, a Basílica de São Marco e Basílica de Santa Maria. Tem muitos outros, mas a gente preferiu ficar andando pelas ruelas, ainda mais por termos pouco tempo.

ponte rialto em veneza
Visual lindo da Ponte Rialto!

Tarde: Compramos o trem para Florença, nosso próximo destino, para às 15h, então decidimos ir caminhando até a estação Santa Lucia. Foram cerca de 40 minutos do nosso hotel até lá.

Estávamos de mochilão, então, apesar do peso, foi tranquilo de ir caminhando. Recomendo que você não vá de malas de rodinhas, caso queira economizar no transporte. Se o seu hotel for muito pra dentro das ruelas, pode ser bem desconfortável andar com malas.

Pegamos o trem, também com bastante troca. Pagamos 25 euros na passagem e chegamos por volta das 18h em Florença.

Noite: Fizemos check in no Hotel Margaret, que era muito bem localizado, na Via Della Scala, uma avenida super central. Mas, o prédio é muito antigo e os quartos também, apesar de espaçosos. É uma hospedagem simples, com um bom custo x benefício. Pagamos R$522 para duas diárias. Clique aqui para ver mais informações e fazer a sua reserva!

Como já estava tarde e chovendo, fomos procurar algum restaurante próximo para jantar. Encontramos a Osteria Cicalone, um restaurante pequenininho e charmoso. Pedimos massa, é claro, e adoramos!


Dia 4

Roteiro Itália 7 dias: Aula de Culinária + Vinícola com Foodtrip Experience + Pontos turísticos de Florença

Manhã: é comum não ter café da manhã incluído nos hotéis da Itália – a maioria fica em prédios antigos, sem estrutura para oferecer o café. É uma ótima desculpa para você sair em busca de cafés charmosos e deliciosos.

Encontramos um café bem simples, perto do hotel, que parece ser frequentado apenas por locais. Pedimos um sanduíche maravilhoso de queijo peccorino e presunto de parma por 3 euros + cappuccino cremosinho por 1.50 euros. O nome é La Boîte. Anotem esse nome, é simples, barato e maravilhoso.

Programamos para esse dia duas experiências incríveis com o Foodtrip Experience, que é um aplicativo que oferece, claro, experiências pelo mundo. Já tem na Toscana e em Portugal, mas em breve eles vão lançar em outros países também.

foodtrip experience aula de culinária
Durante a aula de culinária na Toscana!

Tarde: Escolhemos fazer uma aula de culinária com uma chef local e também visitar uma vinícola familiar. As duas experiências foram INCRÍVEIS e inesquecíveis. Aprendemos a preparar focaccia, spaghetti, molho de tomate, tiramisú e conversamos muito com a Chef Barbara. A aula aconteceu na casa dela mesmo, em Montefioralle, uma vilazinha muito charmosa próxima de Florença.

A vinícola que visitamos se chama Vallone di Cecione e eles produzem o vinho Chianti Clássico, que é raro. Experimentamos ótimos vinhos por lá!


Conseguimos um desconto especial para os nossos leitores! Quem quiser fazer alguma experiência com o Food Trip, ganha 10% de desconto usando código MALA10! Para ver todas as experiências disponíveis é só baixar o aplicativo “Food Trip Experience” na APP STORE ou GOOGLE PLAY!


Noite: O motorista nos deixou de volta no hotel, trocamos de roupa e lá fomos nós andar mais um pouco pela cidade. Fomos direto no canal principal de Florença ver o pôr do sol, que estava lindo demais. Outro lugar que dizem que é ótimos para ver o sol se pondo, é na Piazza Michelangelo. Fica a dica!


Leia também: O que fazer na Toscana: 12 passeios imperdíveis para incluir no seu roteiro


Dia 5

Roteiro Itália 7 dias: Passeio em Florença de manhã + Aluguel de carro para dirigir até Siena, passando por Luca, Pisa e San Gimignano

Manhã: Acordamos cedo para aproveitar a nossa última manhã em Florença. Decidimos ir direto em uma sanduicheria super famosa por lá, chamada All’Antico Vinaio. Eles vendem sanduíches enormes e com recheios de dar água na boca por 5 euros. Eu pedi o de presunto de parma + queijo peccorino + creme de trufa. Ele era tão grande que foi o nosso café da manhã e almoço!

Caminhamos pelos pontos turísticos principais, passando pela Catedral Santa Maria del Fiore e pela Ponte Vecchio. Adoramos o clima da cidade, que é jovem, cheio de história, construções históricas maravilhosas e ruelas charmosas. Vale a pena reservar mais tempo para explorar Florença!

Florença roteiro 7 dias
Visual lindo de Florença, visto da Piazza Michelangelo!

Tarde: Havíamos reservado o carro com antecedência pelo site Rent Cars, que a gente sempre usa e recomenda aqui no blog. Retiramos na loja da Europcar que ficava pertinho do hotel e lá fomos nós explorar mais cidades da Toscana! É uma delícia fazer uma roadtrip por essa região – as estradas são boas, bem sinalizadas e com paisagens lindas.

A primeira parada foi Luca, uma cidadezinha murada e super charmosa. Depois, seguimos para Pisa, para tirar a clássica foto com a torre de Pisa e continuamos o caminho até San Gimignano.

torre de pisa roteiro 7 dias itália
Sorvete de Pisa! É super divertido tirar fotos com o torre torta!

Pena que ficou tarde e chegamos na terceira cidade já à noite, com as lojas fechando, mas achamos ela linda. Se você tiver mais tempo, não deixa de conhecer!

Noite: Depois de 2h de estrada (distância total de carro) chegamos em Siena! Escolhemos um hotel simples, que na verdade eram cabanas em um camping. Foi a opção mais em conta e diferente que encontramos! O estacionamento era incluído e pudemos estacionar na frente da nossa cabana! O custo benefício foi ótimo – pagamos R$280 reais nas duas diárias! Saiba mais sobre o Camping Siena Colleverde.


Está gostando do meu Roteiro de 7 dias na Itália? Foi tudo corrido, mas deu para conhecer lugar lindos e ficar com aquela vontade de voltar! Continue lendo, tem mais cidades incríveis nos próximos dias do roteiro!


Dia 6

Roteiro Itália 7 dias: Roadtrip pela Toscana – Siena, Montepulciano e Montalcino

Manhã: aproveitamos a parte da manhã para conhecer Siena, que é uma das maiores cidades da Toscana. O ponto de interesse é o centro da cidade, cercado por muros e cheio de ruelas charmosas. Há também pontos turísticos lindíssimos, como Piazza del Campo, Catedral de Siena e Torre del Mangia. A arquitetura é surpreendente!

Depois de comer uma pizza gigante de café da manhã (coisas da Itália! hehehe) e andar bastante na cidade, pegamos o carro e fomos começar a nossa roadtrip.

siena roteiro italia
A belíssima Catedral de Siena!

Tarde: paramos primeiro em Montepulciano. Não estávamos esperando muito dessa cidade, aliás, mal tínhamos pesquisado sobre e foi a que mais gostamos!!! A cidade fica no alto de uma montanha, é só murada, tem ruas fofas, restaurantes deliciosos, lojinhas… e a cada esquina, uma paisagem diferente! Amamos a vibe da cidade, que é menor e menos turística.

montepulciano roteiro itália 7 dias
Passeando por Montepulciano! Restaurantes e lojas super fotogênicos!

Almoçamos em um restaurante delicioso chamado Trattoria di Cagnano. Pedi o risoto de gorgonzola com pêra e estava maravilhoso!

Depois de conhecer Montepulciano, fomos até Montalcino, onde vende o famoso vinho Brunelo. Também é uma cidade menorzinha, mas um pouco mais turística. Não achamos tão bonita quanto Montepulciano.

Retornamos para Siena, passando por paisagens liiindas. A Toscana é maravilhosa e já não vemos a hora de voltar para explorar outras cidades e cantinhos lindos.


Dia 7

Roteiro Itália 7 dias: Volta para Milão, com parada para almoço em Parma

Nosso último dia foi uma mistura de felicidade com tristeza – feliz por termos conseguido conhecer várias cidades e aproveitar ao máximo nossos dias pela Itália, mas triste porquê ficamos com um gostinho de quero mais!!!

Nosso vôo de volta ao Brasil saiu do aeroporto de Milão, às 19h. Como estávamos de carro, achamos que valeria mais a pena devolvê-lo no aeroporto mesmo, e foi o que fizemos.

O tempo total de Siena até Milão é 4h. Como o vôo era só no final da tarde, saímos cedo de Siena e resolvemos parar para almoçar em uma cidade chamada Parma – como você deve imaginar, bem famosa por ter os melhores presuntos de parma!

parma roteiro itália 7 dias

E realmente tem! Experimentamos o presunto em uma loja de frios super tradicional de lá e depois pedimos um risoto de parmesão (também famoso na cidade) para nos despedir da Itália em grande estilo.


Roteiro Itália: dicas importantes para planejar a sua viagem

Separamos algumas dicas importantíssimas que você deve levar em consideração na hora de planejar a sua viagem para a Itália! Continue lendo:

Seguro Viagem

Você já deve estar cansado de saber que é importantíssimo viajar com seguro viagem. Imprevistos acontecem e você não vai querer gastar um dinheirão com hospital ou remédios – ainda mais em Euro, né?

A gente sempre indica o site da Seguros Promo para fazer o seguro. Nós mesmas sempre usamos nas nossas viagens – dá aquela dó de pagar por uma coisa que a gente nem sabe se vai precisar, mas vai que precisa, né? Então vale a pena para ficar tranquila e se tiver algum problema, ser bem mais fácil e barato de resolver.

Conseguimos um código de desconto para os nossos leitores. Use MALADEAVENTURAS e ganhe 5% de desconto! Clique aqui para fazer o seu seguro viagem.

Chip de Internet

Tá cada vez mais difícil de viajar sem chip de internet. Isso porquê muita coisa importante depende de conexão, como waze, google maps e uber, para ajudar no transporte durante uma viagem. Instagram e whatsapp para se comunicar com a família e publicar fotos. App do Booking e acesso ao e-mail para conferir as reservas, e por aí vai.

Descobrimos recentemente um chip de internet internacional maravilhoso, que funciona muito bem na Europa. Eles enviam pra sua casa o chip do país, então ao chegar, é só você trocar o chip e pronto – ele vai funcionar perfeitamente.

O chip da Yes Brasil está à venda no site Viaje Conectado. Com o código MALADEAVENTURAS você garante 10% de desconto na sua compra! Clique aqui para fazer a sua compra!

Aluguel de Carro

Vale a pena alugar o carro com antecedência através do site da Rent Cars! A gente resolveu dividir a nossa viagem em duas partes, a primeira, de trem e a segunda de carro para dirigir pelas estradas da Toscana, parando onde a gente quisesse.

O conforto e a praticidade do carro são ótimos durante uma viagem. Reservar com antecedência pode te fazer economizar bastante e conseguir opções melhores de veículos.

Fique atento ao seguro do carro, que é cobrado na hora de retirar o carro da agência! Se o seu cartão de créditos cobrir seguro de carro internacional, você vai conseguir economizar bastante. A gente pagou 35 euros por dia de seguro, achamos bem carinho.

Outra dica é prestar muita atenção nas placas e radares. A Itália tem tolerância zero no trânsito, então qualquer descuido pode se transformar em multas.


Espero que eu tenha conseguido te ajudar a planejar um Roteiro para a Itália de 7 dias! Como falei, minha viagem foi corrida e tive que abrir mão de alguns lugares que eu queria muito conhecer, como Verona e Roma. Mas, foi uma primeira experiência maravilhosa na Itália e espero voltar logo!

Se você tiver alguma dúvida é só deixar um comentário ou entrar em contato com a gente pelo Instagram. Espero que te ajude e te inspire!


Todas as fotos desse post foram editadas com os Presets Mala de Aventuras. Se você é novo por aqui e não sabe, temos os nossos próprios presets, que são filtros prontos para serem usados no aplicativo Lightroom. Você pode ver todos os pacotes disponíveis aqui: www.shopmaladeaventuras.com.br


Vídeos da Itália no Youtube

Já tem vários vídeos no canal do Mala de Aventuras no Youtube, onde mostro um pouco dessa viagem maravilhosa pela Itália!


Veja também:



 

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.