Salvador é um destino encantador. Quem é que não gosta da Bahia, com a sua cultura, história, ritmos, cores e aquela gastronomia deliciosa.

A cidade é local de passagem para quem chega na Bahia de avião em busca de outros passeios, mas também pode ser um excelente destino final, já que tem tanta coisa bonita para ver e história para contar.

Se você ainda não conhece Salvador ou está planejando voltar na cidade, temos aqui 3 opções com roteiros que vão te ajudar a decidir quanto tempo passar por lá.


Salvador

Fundada em 1549, a Cidade do Salvador foi a primeira capital do Brasil e assim permaneceu por mais de 200 anos. A localização da cidade influenciou muito nessa decisão, por conta da facilidade de deslocamento dos navios portugueses que carregavam recursos naturais extraídos do território brasileiro. Além disso, na Bahia se produzia cana de açúcar, que era extremamente importante para a economia da época.

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!

praias em salvador
Salvador, Bahia

Ainda hoje existem muitos traços da época da colonização portuguesa, que vemos nas construções e cores que tomam a cidade. Outro fator essencial na construção cultural de Salvador é a força, resistência e presença dos povos africanos que contribuem para a formação da identidade baiana.

Em Salvador, os prédios históricos e tombados se confundem com as praias e paisagens naturais. Também se encontram casas onde viveram grandes nomes da Arte e Cultura do Brasil, além de ser uma ode ao melhor da gastronomia do país.

Nesse post, eu vou te ajudar a montar o roteiro perfeito para conhecer o melhor de Salvador em 2, 4 ou 6 dias.


Onde fica e como chegar em Salvador

A aproximadamente 1630 km de distância do Rio de Janeiro, 1970 km de São Paulo, 6550 km de Brasília e 370 km de Sergipe, Salvador é o primeiro estado do Nordeste brasileiro, o que significa um clima super agradável o ano inteiro, ideal para visitar em qualquer estação e um destino de fácil acesso.

Existem várias formas de se chegar a Salvador, sendo as mais prováveis avião, carro ou ônibus. 

Para quem gosta de pegar estrada, as estradas nacionais BR-101 – que cruza o Brasil de Norte a Sul – ou BR-116 são as ideias se o ponto de partida é ao sul da Bahia. Para quem parte a Norte do estado, o trajeto ideal passa pela estrada estadual BA-099, a chamada Linha Verde. Se você escolher fazer esse trajeto de carro, tenha atenção aos pedágios nas estradas e os caminhos diretos, evite estradas periféricas que podem não ser muito seguras.

passeios em salvador
Praça Tomé de Souza, em Salvador / Foto: @redthetraveler

Se você quer pegar estrada, mas não quer dirigir, existem 19 empresas de ônibus que chegam à capital baiana, entre elas algumas estaduais e outras interestaduais. O Terminal Rodoviário Armando Viana de Castro, ponto de chegada, fica em Pernambués, um bairro numa região bem central de Salvador. Dali partem ônibus de linha que levam para outros pontos da cidade.

Para quem tem menos tempo ou não gosta muito de pegar estrada, ir de avião é sempre uma opção válida. O Aeroporto Internacional de Salvador recebe voos diariamente de diversas partes do país. E caso você escolha alugar um carro para passear na cidade, já pode sair do Aeroporto com ele.


Indicamos a Localiza, melhor locadora de carros, para você alugar o seu carro em Salvador! Clique aqui e faça a sua reserva com antecedência para garantir os melhores carros!


Roteiro Salvador: ideias de roteiros para 2, 4 ou 6 dias de viagem

Salvador é um destino-base para quase todas as viagens pela Bahia. Seja para uma conexão mais demorada, um fim de semana ou um feriado prolongado, tem sempre um roteiro em Salvador para quem quer conhecer um pouquinho mais da cidade.

Vamos sugerir 3 opções de roteiro para quem tem pouco tempo, uns diazinhos a mais ou quer passar uma semana inteirinha na capital baiana. 


TOP 5: o que não pode ficar de fora do seu roteiro em Salvador

Começando pelos passeios imperdíveis, que não podem ficar de fora do seu roteiro em Salvador:

01. Centro Histórico

O Centro Histórico de Salvador compreende basicamente a região onde estão o Pelourinho, o Largo do Cruzeiro e a Igreja e Convento de São Francisco, além das muitas ladeiras como a Ladeira da Misericórdia, Ladeira de São Bento e Ladeira de São Miguel.

E onde estão as construções dos séculos XVII e XVIII. Os casarios, os sobrados coloridos, as Igrejas antigas e toda a beleza das ladeiras soteropolitanas. Um ótimo roteiro para quem quer andar bastante e ver o coração de Salvador.

passeios em salvador pelourinho
O Pelourinho é um clássico da cidade, né?

02. Mercado Modelo

Toda boa viagem tem que ter uma parada no mercado municipal da cidade. Seja para comer, ver a correria dos vendedores ou comprar bugigangas, o Mercado Modelo é um passeio imperdível no seu roteiro em Salvador.

No Mercado Modelo estão lojas tradicionais, quiosques de lembrancinhas e um restaurante espetacular no segundo andar que tem uma vista privilegiada para a Baía de Todos os Santos e o Porto de Salvador. Só a vista já vale a visita.

onde ficar em salvador carnaval
Salvador é um dos lugares mais alegres do Brasil!

03. Farol da Barra

O maior cartão postal de Salvador depois do Pelourinho, com certeza, é o Farol da Barra. Um dos pontos mais bonitos da capital baiana, o conjunto Farol + Praia da Barra valem uma tarde inteira.

Curtir o dia de praia na Barra, almoçar um peixinho na beira do mar e ver o pôr do sol no Farol é o combo perfeito! De brinde, ainda tem o Morro do Cristo ali do ladinho, que também é um passeio delicioso.

o que fazer salvador farol da barra
Farol da Barra, em Salvador

Aproveite para ler: Praias em Salvador: 10 praias para conhecer em Salvador


04. Basílica do Senhor do Bonfim

Conhecida pela sua parede de fitinhas coloridas na entrada e a tradicional lavagem das escadarias, a Basílica do Senhor do Bonfim é parada obrigatória de qualquer roteiro em Salvador.

Fundada em 1745, a Igreja é palco de manifestações religiosas literalmente há séculos, incluindo celebrações ecumênicas entre o catolicismo e o candomblé.


05. Praia de Itapuã

Famosa pela música de Toquinho e Vinícius, a praia de Itapuã (ou Itapoã ou Itapoan) é outra parada obrigatória para quem visita Salvador.

onde comer em salvador praia de itapuã
O famoso farol da Praia do Itapuã.

Com águas quentinhas e tranquilas, a praia é um paraíso que dá vontade de morar. Além da beleza da praia, ainda há o Farol, construído no século XIX, que é o spot perfeito para ver o sol se pôr no mar.


Roteiro Salvador 2 dias

2 dias em Salvador é pouco mas é tempo suficiente para ver o básico. Com certeza alguma coisa boa vai ficar de fora do seu roteiro. Mas se esse é todo o tempo que você tem disponível, não se preocupe que mesmo assim dá para ver bastante coisa.

Tente alugar um carro para facilitar o seu deslocamento. A cidade é grande e nem tudo dá para fazer a pé, apesar de ser bem fácil de andar por ela.

Dia 1: Centro Histórico + Solar do Unhão

Aproveite o dia para andar bastante pela região do Centro Histórico e Antigo de Salvador.

Comece seu roteiro com um café da manhã no Mercado Modelo e já garanta as lembrancinhas. Dali, suba no Elevador Lacerda para a cidade alta e comece a andança.

Entre os passeios possíveis nessa região, estão o Pelourinho, a Fundação Casa de Jorge Amado, a Casa do Carnaval da Bahia, a Igreja e Convento de São Francisco e o Museu da Gastronomia Baiana – onde você pode almoçar e aproveitar pra descansar as perninhas.

São muitas coisas para ver e visitar, então provavelmente você vai gastar um dia inteiro andando por ali se quer conhecer tudo com calma.

Para aproveitar ao máximo, termine o dia no Solar do Unhão / MAM. Veja as exposições e assista ao pôr do sol do terraço, com vista para o mar.

passeios em salvador
Não deixe de explorar cada cantinho de Salvador! / Foto: @redthetraveler

Dia 2:  Circuito da Barra

Aproveite o segundo dia para circular pelo bairro da Barra.

Nessa região estão o Forte São Diogo (Espaço Carybé das Artes), a praia do Porto da Barra, o Farol da Barra, a Praia do Farol da Barra e o Morro do Cristo.

Comece o dia pelo Forte São Diogo, dê uma passadinha na praia do Porto da Barra e aproveite para almoçar na beira do mar. Depois, siga para o Morro do Cristo e caminhe até o Farol para ver o pôr do sol mais bonito de Salvador.

Na região há alguns bares e restaurantes. Coma por ali e aproveite a vista.


Roteiro Salvador 4 dias

Com 4 dias já dá para aproveitar um pouco mais de Salvador e ver com calma os principais pontos turísticos da cidade e ainda curtir uma praiana.

Dia 1: Centro Histórico + Solar do Unhão / MAM

Uma boa caminhada para começar a viagem não faz mal a ninguém, certo? 

Aproveite o primeiro dia para conhecer o principal: Mercado Modelo, Elevador Lacerda, Pelourinho e Igreja de São Francisco. Almoce um peixinho no terraço do Mercado Modelo e aproveite a vista para a Baía de Todos os Santos.

Termine o dia no Solar do Unhão. Tente chegar pelo meio da tarde para curtir um pouco da Prainha do MAM, suba para ver as exposições do Solar do Unhão e veja o pôr do sol do mirante do bistrô. 

passeios em salvador elevador lacerda
Vista do Elevador Lacerda, em Salvador / Foto: @redthetraveler

Dia 2: Basílica do Senhor do Bonfim + Memorial Irmã Dulce

Esse roteiro é mais religioso/místico, mas também é um passeio pela identidade baiana. Então é uma experiência que vale a pena ter.

Irmã Dulce é uma santa católica brasileira, canonizada em 2019 pelo Papa Francisco. Santa Dulce dos Pobres, conhecida como o Anjo Bom da Bahia, criou diversas obras de caridade e criou o Hospital Santo Antônio que atende cerca de 5 mil pessoas por dia.

Em homenagem a ela e também como uma forma de manter as obras de caridade que Santa Dulce deixou, foi criado o Memorial Irmã Dulce que tem uma exposição permanente sobre a vida da santa, o quarto em que vivia e o Santuário onde ela está enterrada.

De lá, parta para a Basílica do Senhor do Bonfim, para conhecer as suas porta de fitinhas coloridas (não deixe de fazer o seu pedido e amarrar uma fita também), a sala das promessas e a famosa escadaria onde acontece todos os anos a Lavagem do Bonfim. Se tiver a sorte de estar em Salvador no começo de Janeiro, você poderá acompanhar a cerimônia da Lavagem da Escadaria do Senhor do Bonfim, ver as baianas espalharem água de cheiro e participar da missa dentro da Basílica.

Aproveite o passeio para experimentar os famosos e tradicionais sorvetes da Sorveteria da Ribeira, uma aldeia de pescadores bem próxima à Basílica. Im-per-dí-vel!

Dia 3: Circuito da Barra

Separe o terceiro dia para curtir o bairro da Barra. Ponto de partida de um dos blocos mais tradicionais do carnaval de Salvador (Circuito Barra – Ondina), o bairro é super agradável e tem passeios para todos os gostos.

Deixe-se encantar pelas praias do Porto da Barra e do Farol da Barra, descubra os restaurantes da região para comer peixes frescos, curta as exposições do Espaço Carybé de Artes e aproveite o Bistrô Mirante no Forte São Diogo. E, claro, não deixe de curtir o pôr do sol no Farol da Barra, cartão postal de Salvador.

Aproveite que já vai estar na região e caminhe pela Praia do Farol até o Morro do Cristo para ter uma vista privilegiada do Farol da Barra, da praia e da região.

passeios em salvador porto da barra
Olha a cor da água da Praia da Barra que coisa mais linda!

Dia 4: Itapuã

Não tem como ir a Salvador e não curtir o bairro de Itapuã.

Inspiração para um dos maiores clássicos da Bossa Nova, a Praia de Itapuã é um passeio imperdível! Caminhe pela praia, curta o dia com calma e aproveite o pôr do sol no Farol de Itapuã.

Não vá embora sem comer o famoso Acarajé da Cira. Eu que nem sou fã de acarajé fiquei apaixonada pelo tempero da Cira. Você com certeza vai amar!


Roteiro Salvador 6 dias

Tirar 6 dias para passear em Salvador pode ser um pouco demais. A cidade é grande, mas dá para ver tudo o que interessa em menos tempo. Por isso, no final desse roteiro vai ter uma opção de passeio para fora da cidade. 

Não se preocupe, se você é do tipo slow traveler, 6 dias em Salvador são o bastante para conhecer tudo com calma, sem precisar sair da cidade para conhecer outros lugares. Basta adaptar esse roteiro para continuar sempre em Salvador.

Dia 1: Centro Histórico + Solar do Unhão / MAM

Você pode começar o passeio pelo Mercado Modelo, subir o Elevador Lacerda e andar por todas as ruas e ladeiras da região histórica até se cansar. Paragem obrigatória no Pelourinho, Largo da Cruz, Igreja e Convento de São Francisco e Museu do Carnaval.

Não deixe de comprar suas lembrancinhas por ali, tem muitas lojinhas de artesanato tradicional e as peças são todas lindas.

Termine o dia no Solar do Unhão com um passeio pela Prainha do MAM, uma visita às exposições no Museu de Arte Moderna e um happy hour no bar do Solar.

Dia 2: Basílica do Senhor do Bonfim + Rio Vermelho

Conheça a histórica Basílica do Senhor do Bonfim, deixe seu pedido na entrada da igreja amarrando uma fitinha colorida e claro, tire muitas fotos na parede de fitinhas que é um belo cenário.

Dali, vá à Sorveteria da Ribeira para experimentar os tradicionais sorvetes. Experimente os sabores diferentes, com frutas locais tipo cajá e cupuaçu.

Depois, vá curtir a boemia baiana no Rio Vermelho. Ali está a lindíssima Casa do Rio Vermelho, onde viveram os escritores Jorge Amado e Zélia Gattai. 

Você pode jantar no Salvador Dalí, restaurante de cozinha contemporânea com “a varanda mais charmosa de Salvador” ou comer o tradicionalíssimo Acarajé da Cira no Largo da Mariquita.


Dia 3: Circuito da Barra

Um dia para descansar no meio da andança em Salvador. Curta com calma as praias da Barra, coma um peixinho de frente pro mar e depois faça um piquenique no Farol para ver o sol se pôr.

Termine o passeio no Morro do Cristo para pegar uma brisa fresquinha e ver a cidade anoitecer.

Dia 4: Itapuã

Conheça o bairro que inspirou Vinícius de Moraes a escrever uma das músicas mais famosas da Bossa Nova.

Curta a Praia de Itapuã, veja o pôr do sol no Farol de Itapuã e vá jantar na Casa Di Vina, restaurante estabelecido na casa em que o Vinícius viveu durante anos e hoje contempla, também, o Memorial Casa Di Vina em homenagem ao poeta.

Dias 5 e 6: Morro de São Paulo OU Ilha de Itaparica OU Mangue Seco

Morro de São Paulo é o queridinho dos viajantes. A 248 km de Salvador, o Morro de São Paulo fica na região conhecida como Costa do Dendê. Mais baiano impossível! Com 3h de barco você chega na ilha e pode curtir dois dias de sombra e água fresca ou passeios no meio da natureza. Os barcos saem do Porto de Salvador.

Ilha de Itaparica é o passeio mais perto de Salvador. Conhecida como o caribe baiano, tem águas claras e calminhas, uma cidade pequena e praias maravilhosas que são o ponto alto do passeio. Para chegar até lá, você pode levar entre 40 minutos a 1 hora, dependendo do meio de transporte escolhido. Os barcos também saem do Porto de Salvador.

Roteiro Salvador: o que fazer em 2, 4 ou 6 dias na cidade
Uma das praias belíssimas de Morro de São Paulo

Mangue Seco é uma vila de pescadores que ganhou notoriedade por ter sido cenário da novela Tieta, baseada no livro Tieta do Agreste, de Jorge Amado. Vale a pena pernoitar no vilarejo e aproveitar a calma e as belezas das praias e dos coqueirais. 


Outros passeios para incluir no seu roteiro em Salvador

– Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana

O fotógrafo e etnólogo franco-brasileiro Pierre Verger escolheu a Bahia para ser o seu lar. Nascido em Paris, Verger viajou o mundo todo mas decidiu viver em Salvador.

O Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana é uma homenagem ao seu trabalho de tantos anos como fotógrafo documental e também é responsável pela instituição do Forte de Santa Maria como espaço cultural da cidade.

Quase todo o acervo está disponível com auxílio da tecnologia, o que permite a exposição de obras interativas e projeções que contam a história do fotógrafo.


Aproveite para ler: Passeios em Salvador: TOP 20 passeios para fazer na cidade (e região)


– Casa do Carnaval

O primeiro museu totalmente dedicado ao Carnaval tinha que ser baiano, não é?

Inaugurado em 2018, o museu conta a história da maior festa brasileira em 4 andares com exposições interativas e tecnológicas numa experiência multi sensorial e única.

Não é só de tecnologia que é feita a Casa do Carnaval, não. Ali também estão expostos instrumentos e figurinos que fizeram parte da história do carnaval baiano – incluindo o icônico conjuntinho azul da Carla Perez na época de É o Tchan.


– Bairro Rio Vermelho

O bairro mais boêmio de Salvador é o Rio Vermelho. Nele está localizada a casa onde Jorge Amado e Zélia Gattai viveram durante muitos anos e hoje é um museu que conta a história do casal de escritores.

No Rio Vermelho, estão também muitos bares e restaurantes ideais para curtir a noite soteropolitana. Ah, e claro, no Largo da Mariquita, perto do Antigo Mercado de Peixe tem uma barraca do Acarajé da Cira, o melhor acarajé de Salvador. Esse tem que entrar no seu roteiro!


– Museu da Gastronomia Baiana

Um restaurante-escola criado pelo Senac que proporciona aos visitantes uma experiência única de conhecer a história da gastronomia baiana através de exposições e degustação de pratos tradicionais.

No coração do Centro Histórico, o museu-restaurante fica no Largo do Pelourinho.

onde comer em salvador barraca
As barraquinhas de comida são famosas por lá!

Aproveite para ler: Onde comer em Salvador + dicas de comidas regionais que você não pode perder


Onde se hospedar em Salvador

Os melhores bairros para se hospedar em Salvador são o Rio Vermelho, a região de Barra e Ondina, o Centro Histórico ou bairros um pouco mais afastados como Itapuã e Stella Maris.


Centro Histórico

Se você gosta de história e quer ter uma experiência mais próxima da vida cultural de Salvador, o Centro Histórico é a melhor escolha. Além de tudo, ainda fica bem pertinho dos principais pontos da cidade e você pode fazer muitos passeios a pé.

Os Apartamentos Praça da Sé estão no coração de Salvador e tem uma vista linda da cidade. Além de tudo isso, a facilidade e o conforto de ter um apartamento inteiro à disposição, com wifi grátis e recepção disponível 24 horas.

A Casa Versace Salvador – Colonial House parece um cenário de filme. Fica pertinho do Pelô, da Igreja de São Francisco e do Elevador Lacerda. Entre as facilidades, estão quartos familiares, estacionamento gratuito e wifi.

onde ficar salvador
Hospedagem super charmosa em Salvador: Casa Versace

O Bahiacafé Hotel é um hotel boutique que tem um ar super rústico e fica do ladinho da Praça da Sé. O hotel está instalado num prédio que remonta ao século XVIII, imagina essa experiência! Entre as facilidades, estão quartos familiares, transfer para o aeroporto, spa e centro de bem estar além de bar e recepção 24 horas.

O Hotel Casa do Amarelindo é uma gracinha e tem muita cara de férias em casal. Instalado numa mansão colonial do século XIX tem uma vista linda para a Baía de Todos os Santos. O hotel dispõe de acomodações de luxo com varanda e tem até uma piscina no último piso, além de terraço panorâmico. Digno de lua de mel.


Barra e Ondina

É a região mais famosa de Salvador, de onde saem os trios elétricos no carnaval (quem nunca ouviu falar no circuito Barra – Ondina?). Mesmo fora da temporada da folia, são uma ótima pedida para quem quer experimentar a agitação de Salvador.

Expresso 2222 não é só uma música do Gilberto Gil, é também um hotel super bem localizado na Barra. Com piscina no terraço e uma vista de tirar o fôlego, o hotel está a 50 metros da Praia do Farol da Barra, tem varanda e estacionamento gratuito disponível para os hóspedes. O melhor de tudo é que aceita pets.

onde ficar salvador
Ótima opção para se hospedar em Salvador: Expresso 222

O Apartamento Farol da Barra Salvador está a 200 metros da Praia do Farol e 1,7 km da Praia de Ondina. Tem uma vista espetacular para a praia do Farol e o conforto de ser um apartamento inteiro, ideal para viajar com a família inteira. Um ponto importante é que o hotel é adaptado para pessoas com mobilidade reduzida.

Ondina Apart Hotel Residences parece aqueles hotéis de novela. Com instalações modernas, o hotel está a 50 metros da Praia de Ondina. Da piscina se vê a praia e o hotel oferece entre as facilidades estacionamento gratuito e transfer para o aeroporto.

O Apartamento Ondina é todo branquinho e tem muita cara de casa de praia. Com jardim, piscina e espaço para churrasco, é o hotel ideal para viajar com os amigos. Os pontos de interesse mais próximos são a Praia de Ondina, a Praia da Sereia e a Praia do Farol da Barra. Super bem localizado!


Já está de malas prontas para Salvador?

Com essas opções de roteiro, fica bem mais fácil de organizar a sua viagem. E aí, já sabe quanto tempo vai ficar em Salvador?

Se restou alguma dúvida, deixe um comentário aqui embaixo que a gente te ajuda a resolver. Aproveite as dicas e boa viagem!


Você também pode gostar de ler:

Quem escreve | @redthetraveler
Red
Mais uma que foi picada pelo bichinho viajante e não consegue parar quieta num lugar só. Viaja para conhecer outras culturas, fotografar, se conectar com a natureza e comer.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *