A cidade de Lisboa é carismática, alegre e solar. E não só isso: ela traz uma sensação de acolhimento para nós, brasileiros, já que tem um gostinho de casa. E se você está planejando conhecer a capital de Portugal, nós vamos te contar tudo sobre Lisboa para você planejar uma viagem perfeita!

Portugal, nosso colonizador, compartilhou com a gente traços de sua arquitetura (vide nossas calçadas de pedras portuguesas), gastronomia (você sabia que o nosso hábito, por exemplo, de refogar alho e cebola ao cozinhar é português?!), e o mais importante, nosso idioma.

Portanto, viajar para Lisboa tem um magnetismo especial para nós brasileiros. E desvendar suas belezas se torna uma imersão na história brasileira e portuguesa ao mesmo tempo. E para saber as melhores dicas para planejar a sua primeira viagem para Lisboa, é só continuar lendo o post!

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!


Tudo sobre Lisboa: as melhores dicas para quem visita pela primeira vez

Organizar uma viagem nem sempre é uma tarefa fácil, por isso, reunimos tudo o que você precisa saber para desfrutar do charme de Lisboa, e assim aproveitar ao máximo a cidade.

1. Preciso de visto para visitar Lisboa?

Não. Os brasileiros não precisam de visto para visitar Portugal. Basta que apresentem o passaporte dentro da validade. Só será necessário solicitar um visto para permanência superior a 90 dias.

2. Qual é a melhor época para conhecer Lisboa?

Eu sou suspeita para falar, pois estive em Lisboa durante 15 dias no inverno e peguei belos 15 dias de sol e temperatura amena – em torno de 12°C, indo a 8°C quando fazia mais frio. Um inverno bastante ameno, não? Porém, vale dizer que os meses do inverno tem a fama de serem os meses mais chuvosos.

nos meses de verão, a temperatura máxima fica em torno dos 30°C e o clima fica mais seco. Lisboa fica lotada de turistas e super agitada, com festivais e atividades ao ar livre todos os dias. Se você for nesse período, aproveite também para visitar as praias perto de Lisboa.

Dito isso, minha conclusão sobre a melhor época para conhecer Lisboa é que cada estação do ano tem um charme diferente. Mudam as paisagens, mudam os passeios e as experiências.

miradouro pedro de alcantara lisboa
Miradouro São Pedro de Alcântara, Lisboa

No verão as sardinhas chegam aos pratos, no inverno os vinhos estão lá pra aquecer. Então não se preocupe, a melhor época do ano será aquela que você tiver disponível para a sua viagem!

3. Quanto tempo ficar em Lisboa?

Para uma viagem mais rápida, eu diria que uns 5 dias são suficientes para conhecer a cidade e os principais pontos turísticos. Porém, se você dispõe de mais tempo e gostaria de conhecer os arredores de Lisboa, como Cascais, o Santuário de Fátima, Óbidos, e até mesmo Porto, eu planejaria uma viagem de 10 ou 12 dias somente para a capital de Portugal.

Com esse período é possível conhecer tudo mais tranquilamente e entrar no clima do local. Você poderá eleger, por exemplo, qual é o melhor pastel de nata da cidade! Existe uma rixa entre o time dos pastéis da Manteigaria e time dos clássicos pastéis de Belém. Rsrs

pasteis de nata lisboa
Hmmm! Nada como um pastel de nata quentinho saindo do forno!

Leia também: Praias de Portugal: as 10 melhores praias para visitar a partir de Lisboa


4. Como sair e chegar ao Aeroporto de Lisboa?

Quando cheguei ao aeroporto de Lisboa, chamar um Uber foi minha melhor opção. Cheguei super cansada de tantas horas de viagem. Você também fica assim?

No entanto, se você não está com muitas malas ou se estiver em busca de uma viagem mais econômica, existe a opção de pegar um metrô no próprio aeroporto. A estação do aeroporto é o ponto final da linha vermelha e a viagem até o centro histórico leva cerca de 45 minutos.

5. Melhores formas de se locomover em Lisboa

Como falei acima, a melhor forma de conhecer Lisboa é a pé. Contudo, existem alguns pontos turísticos imperdíveis na cidade que precisam de maior deslocamento, como o Mosteiro dos Jerônimos, a Torre de Belém, o Oceanário, Zoológico, entre outros.

Torre de Belém Lisboa
Um dos cartões postais de Lisboa: a Torre de Belém

Os principais meios de transporte para se locomover em Lisboa são:

  • trem (os portugueses chamam de comboio),
  • metro (sem o acento no o como temos aqui! rsrs),
  • ônibus (chamados de autocarros),
  • bondes (o clássico bonde amarelo que é a cara de Lisboa chama elétrico para os portugueses)
  • funicular (chamados de ascensor)
  • Uber ou taxi.

Confesso que não andei de ônibus durante minha estadia na cidade, pois os comboios e metrôs abrangem os principais pontos turísticos de Lisboa. E se você preferir Uber, saiba que o aplicativo costuma possuir um preço camarada na cidade, diferente de outros lugares na Europa.

Comprando tickets para o transporte público

Em Lisboa, os transportes públicos são integrados por um cartão reutilizável chamado “Viva Viagem”. É necessário adquirir esse cartão, que custa 0,50€, nas maquininhas das estações de trem e metrô e recarregá-lo com o valor que você desejar.

bonde de lisboa
A famoso bonde amarelinho de Lisboa é chamado de elétrico pelos locais.

6. Vale a pena alugar um carro para conhecer Lisboa?

Para conhecer a cidade de Lisboa basta ter disposição para caminhar e utilizar o transporte público. No entanto, existem vários lugares bem legais para se conhecer próximos à Lisboa e o carro alugado pode ser seu aliado para essa programação.

Caso você esteja planejando alugar um carro estando hospedado pelo Centro Histórico, saiba que dirigir por lá pode ser um desafio. Muitas ruas são proibidas para trânsito de veículos em geral (reservadas apenas para veículos autorizados), outras são extremamente estreitas e existem pouquíssimas vagas de estacionamento.

Então, se você planeja alugar um carro durante sua estadia em Lisboa, é importante levar tudo isso em conta. Alugue um carro apenas se você for conhecer os arredores de Lisboa.

Aliás, sempre que vamos alugar um carro durante uma viagem, consultamos o site da RentCars. Ele funciona como um comparador de preços entre as melhores locadoras do destino e, num geral, as ofertas apresentadas são bastante interessantes. Clique aqui para fazer sua cotação.

Dica: caso você decida alugar um carro e ficar com ele durante toda a sua estadia, talvez seja uma boa ideia se hospedar em um lugar um pouco mais afastado do centro histórico.

Seguro Viagem: Europa
GTA 67 EUROMAX GTA 67 EUROMAX Assistência médica USD 67.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 26/dia*
Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Intermac EURO 40 (Exceto EUA) Assistência médica EUR 40.000 Bagagem extraviada EUR 500 (SUPLEMENTAR) R$ 19/dia*
TA 100 MUNDO (exceto EUA) TA 100 MUNDO (exceto EUA) Assistência médica USD 100.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

7. Bate-volta de Lisboa: destinos imperdíveis nos arredores da capital portuguesa

Dos castelos de Sintra à religiosa Fátima, existem lugares incríveis para conhecer próximos à Lisboa. Se você tiver tempo, inclua alguns destes passeios na sua viagem.

Aliás, Lisboa é uma ótima cidade para você usar como base para fazer viagens bate-volta pela região central de Portugal. Aqui vão alguns dos destinos imperdíveis nos arredores da capital portuguesa:

  • Castelo de Sintra
  • Santuário de Fátima
  • Óbidos (cidade medieval)
  • Estoril
  • Porto
  • Coimbra
  • Cascais
viagem de carro em portugal óbidos
Centrinho de Óbidos, cheio de lojas de artesanato super fofas!

8. Dica para dirigir pelo Centro Histórico de Lisboa

Se você vai dirigir no centro, preciso chamar a atenção não só para as ruas estreitas e dificuldade de encontrar vagas, mas também para existência de ruas reservadas para tráfego de veículos autorizados, que têm umas barreiras automáticas que sobem do chão e podem te causar um pequeno susto. São como “gelos-baianos” que abaixam e ficam a altura do chão para o carro autorizado passar, e quando o carro passa elas sobem e bloqueiam a rua. Fique ligado!

9. A melhor região para se hospedar em Lisboa é no Centro Histórico

Uma super dica sobre onde ficar em Lisboa é: dê preferência para se hospedar no centro histórico, principalmente se o seu objetivo for conhecer Lisboa andando a pé. Vai por mim: essa é a melhor opção.

Uma boa ideia é procurar ficar próximo ao Bairro Alto ou Chiado, pois estes bairros são o coração da capital e vão te possibilitar sentir o verdadeiro clima da cidade e seu charme boêmio, tanto durante o dia quanto à noite. Aqui vão nossas recomendações de hotéis: o Camões à vista e o Boutique Chiado Suítes.

Bairro Alto Lisboa
O Bairro Alto é um dos lugares mais charmosos de Lisboa!

O Centro Histórico reúne todo o encanto lusitano em um só lugar com suas ruas estreitas, escadarias e os clássicos bondinhos. Além disso, ficar próximo das estações de “comboio” (o trem português) pode ser uma boa ideia para fazer algumas viagens bate e volta próximas de Lisboa.

Outro ponto positivo destes bairros é o comércio farto, com excelentes restaurantes e bares animados nas proximidades. A noite, é comum ver aglomerados de pessoas na frente de barzinhos curtindo uma boa conversa e tomando drinks.

E o melhor de tudo, é que dá para ir andando até vários pontos turísticos, como o Miradouro de São Pedro de Alcântara, a Praça do Comércio, o Mercado da Ribeira, o Castelo de São Jorge, entre outros.

10. Economize hospedando-se pelo AirBnb

Agora que você já sabe que o Centro Histórico é a melhor região para se hospedar, saiba também que essa é a região mais cara. Portanto, a minha dica para você economizar com a hospedagem é: busque um apartamento no Airbnb.

Além de conseguir preços mais em conta, você poderá conhecer Lisboa da perspectiva de um local, o que pode tornar a sua viagem ainda mais interessante.

E aqui vai a dica do apartamento no Bairro Alto que aluguei pelo Airbnb durante a minha viagem. Gostei tanto que resolvi indicar aqui para você! Ele fica bem próximo ao Cais do Sodré (onde fica a estação de trem) e, consequentemente, perto do Mercado da Ribeira.

tudo sobre lisboa apartamento
A sala do apartamento é muito fofa e confortável. (Foto: divulgação Airbnb)

Estávamos em dois casais e achei o tamanho do apartamento ideal. Dois quartos, dois banheiros, duas salas e cozinha toda equipada para quem pretende fazer algumas refeições em casa.


 Novo no Airbnb? Inscreva-se neste link para obter um crédito de até R$179 para a sua primeira reserva!


11. Acesso gratuito à saúde pública em Portugal

Existe um tratado entre o Brasil e Portugal que permite que os brasileiros tenham acesso aos hospitais públicos portugueses. Para obter esse benefício, basta que o viajante emita um certificado de Direito à Assistência Médica, conhecido como CDAM, junto ao Ministério da Saúde.

Esse certificado pode ser obtido pelo site do Governo Brasileiro. Basta apresentar RG, CPF, passaporte válido e comprovante de residência no Brasil. Mas não se esqueça de imprimir o papel. Na Europa, papel impresso ainda é bastante válido.

12. Seguro Viagem para Portugal é obrigatório?

Contratar um seguro viagem é muito importante e para ir para qualquer país na Europa. Ele é obrigatório para a entrada no continente, pois os países europeus assinaram o Tratado de Schengen, que exige o seguro viagem com a cobertura mínima de €30.000.

Contudo, apresentar um CDAM diante da imigração cumpre função equivalente a de uma apólice emitida por seguradora particular, eliminando sua obrigatoriedade.

Mas será que vale a pena contratar um seguro viagem para Portugal? Nós sempre fazemos essa recomendação, independente do destino: invista em um seguro viagem! O custo é muito baixo perto de todas as dores de cabeça que ele pode prevenir.

Aqui vão alguns das vantagens de um seguro viagem:

  • a emissão é feita pela internet de forma prática e rápida (diferentemente da burocracia do CDAM);
  • suas despesas médicas são cobertas pela seguradora (diferentemente do CDAM. Ele garante atendimento pela rede pública portuguesa, mas ela não é gratuita como no Brasil);
  • você está coberto contra extravio de bagagem e atraso de voo.

Nós sempre usamos e recomendamos o site da Seguros Promo para você fazer a comparação de planos, preços e benefícios e conseguir selecionar o melhor seguro viagem para você. A ferramenta é realmente prática de usar! Clique para fazer a sua cotação gratuitamente.

 

13. Lisboa Card: vale a pena?

O Lisboa Card é uma mão na roda para quem tem pouco tempo na capital portuguesa e uma lista extensa de lugares para visitar! A grande vantagem dele é a praticidade.

Ele dá acesso ilimitado aos mais variados meios transportes e a mais de 20 museus e pontos turísticos. Além disso, diversas atrações e monumentos de Lisboa ganham um desconto incrível através desse cartão.

Na nossa opinião, o Lisboa Card tem um ótimo custo x benefício. Confira os preços abaixo, que variam de acordo com o tempo que a pessoa pretende utilizá-lo:

  • 24 horas: 20€;
  • 48 horas: 34€;
  • 72 horas: 42€.

Clique para conferir mais informações sobre o cartão.


14. Os miradouros de Lisboa

Também conhecida como a cidade das sete colinas, Lisboa é uma cidade cheia de miradouros. Se você não está familiarizado com essa palavra, é porque nós usamos mirantes por aqui. rsrs

As vistas são espectaculares e variadas: os telhados alaranjados da cidade, o rio Tejo, a Ponte 25 de Abril, e outros cantinhos especiais da cidade. Compartilho aqui uma listinha com os miradouros mais legais e que não podem ficar de fora do seu roteiro em Lisboa:

  • Castelo de São Jorge
  • Miradouro São Pedro de Alcântara
  • Miradouro Santa Luzia
  • Miradouro da Graça
  • Miradouro de Nossa Senhora do Monte
  • Largo das Necessidades
  • Miradouro das Portas do Sol
castelo de são jorge lisboa
O Castelo de São Jorge tem uma das vistas mais lindas de Lisboa!

15. O melhor lugar para comer em Lisboa se chama Mercado da Ribeira

Vamos falar agora do ponto alto da cidade: a gastronomia portuguesa. É difícil pensar em Portugal sem associar a uma bela bacalhoada, regada à azeite de qualidade e um vinho para acompanhar. Os tradicionais doces portugueses também deve estar na sua lista de imperdíveis em Lisboa, não é mesmo?

Você verá que um dos grandes encantos de Lisboa é a sua culinária, então aproveite essa viagem gastronômica, pois você terá saudades quando voltar para o Brasil. A dica mais quente que tenho para passar sobre comer em Lisboa é: vá ao Mercado da Ribeira.

Lá você encontra tudo que você pode imaginar para comer, desde os pratos mais requintados portugueses, até hambúrgueres e culinária internacional. Isso tudo associado a um clima descontraído e, dependendo do dia, muita música.

Ele é um mercado estilo “mercado central”, porém mais sofisticado e com opções para todos os gostos. E mesmo reunindo grandes chefs, o preço é excelente. É possível gastar em torno de 10-15 euros para se ter um prato, incluindo uma taça de vinho para acompanhar.

Mercado da Ribeira Lisboa
Mercado da Ribeira: um dos meus lugares preferidos para jantar em Lisboa!

Vale saber: o mercado abre todos os dias da semana a partir das 10 da manhã, possuindo opções para café da manhã, almoço, lanche e jantar. Fique de olho no site para saber a programação dos eventos no período em que estiver em Lisboa.


Aproveite para ler mais dicas de Onde comer em Lisboa


16. Dê uma chance às comidinhas de rua de Lisboa

Ao caminhar pelas ruas de Lisboa você verá diversas barraquinhas vendendo comidas típicas, seja em feirinhas ou simplesmente carrinhos nas praças ou estações de metrô.

No inverno, por exemplo, é comum ver carrinhos de castanhas portuguesas quentinhas sendo assadas na hora, barraquinha vendendo vinho e ginja (um licor português feito a partir de umas frutinhas similares à cereja). Também feirinhas vendendo chocolates artesanais, as mais diversas frutas secas.

castanhas portuguesas
Castanhas portuguesas no inverno de Lisboa

Leia também: Lisboa no inverno: vale a pena? como é o clima? o que fazer?


17. Restaurante tradicional de mariscos portugueses: Cervejaria Ramiro

Mais uma dica gastronômica de dar água na boca: Cervejaria Ramiro! Se você é daquelas pessoas apaixonadas por frutos do mar como eu, não deixe de visitá-la. Embora denomine-se cervejaria, eu diria que está mais para Marisqueria.

É um restaurante super tradicional, daqueles em que os garçons não param, tem falatório, animação e bandejas passando para todos os lados. É possível comer mariscos frescos preparados em estilo clássico: no alho e muito azeite. Nos esbaldamos nos camarões e caranguejo do Alaska. Tudo muito gostoso. Mas prepare-se para pegar fila.

Importante: eles não abrem às segundas.

18. Faça compras em um mercadinho português

Caso você tenha optado por alugar um apartamento/casa em Lisboa, cozinhar algumas refeições pode ser uma excelente ideia para economizar na sua viagem. Existem diversos mercadinhos no centro histórico como o Pingo Doce e o Mini Preço. Os preços são excelentes.

Esses mercadinhos vendem também comidas prontas ou semi prontas. Como passei o Natal em Lisboa, compramos muitas coisas já prontas pra fazer nossa ceia, como camarão, patinhas de caranguejo, vongole (hummm, amo!).

Lembro que vendia arroz, acompanhamentos, doces, bolo de reis. Tudo prontinho para comer. Fizemos uma ceia linda para quatro pessoas e não gastamos mais que 70 euros incluindo vinho e cerveja. E a melhor parte foi que não tivemos trabalho nenhum!

Então, aproveite bem os mercadinhos da cidade seja fazendo compras para garantir seu café da manhã, seja petiscos para acompanhar seu vinho ou gin à noite depois de tanta andança.

tudo sobre lisboa vinhos
Aproveite para comprar vinhos nos mercadinhos.

Dica esperta: compre também seus vinhos para trazer para o Brasil! O preço é incrível e vale muito mais do que comprar em FreeShop ou nas caves de vinho.

Só para você ter uma ideia, esses mercados vendem as mesmas marcas de vinho do Porto que são produzidos nas caves da cidade do Porto, porém custando 1/3 do valor.

19. Onde fazer compras em Lisboa?

Ao caminhar pelas ruazinhas do Centro Histórico, você verá que Lisboa é um shopping a céu aberto. Caminhando pelo Chiado e pela Baixa de Lisboa você vai se deparar com lojas como Zara, Sephora, Aldo, H&M, Hermès, entre muitas outras.

vista elevador santa justa lisboa
Uma vez no Chiado, não deixe de subir até o topo do Elevador Santa Justa. O visual é lindo!

Outra dica é ir ao Centro Comercial Colombo, um shopping fácil de chegar de metrô e que possui muitas opções de lojas. É lá que fica a famosa Primark, uma loja de departamentos que vende as mais variadas coisas por um preço bem legal.

Para você ter uma ideia dos preços, meu namorado comprou uma bota por 8 euros. E eu aproveitei para comprar meias, roupão de banho, casaquinhos… Recomendo!

20. Chip internacional para a Europa

Hoje em dia, a internet é indispensável para qualquer viajante. Afinal, ela nos salva daqueles mapas de papel, tira todas nossas dúvidas real time e nos traz uma sensação de maior segurança na viagem.

Sempre que viajamos, nós já saímos aqui do Brasil com um chip internacional nas mãos, o que facilita muito para não dar trabalho de procurar por operadoras quando chegamos no destino.

Uma das grandes vantagens desse chip é que ele funciona em todos os países da Europa, ou seja, funciona super bem para uma eurotrip ou para quem está planejando visitar mais de um país numa mesma viagem.

A empresa que usamos e recomendamos é a Yes Brasil e você consegue comprar pelo site da Viaje Conectado. E o melhor é que os leitores do Mala de Aventuras têm presente adquirindo um chip da Yes Brasil. Usando o nosso código MALADEAVENTURAS você garante 10% de desconto no valor final da sua compra. Muito bom, né?

bairro alfama em lisboa
Por último, mas não menos importante, caminhar pelas ruas apertadas e coloridas do bairro Alfama é um dos passeios imperdíveis em Lisboa!

Pronto para viajar para Lisboa?

Com todas essas dicas você poderá planejar melhor a sua viagem para aproveitar ao máximo a capital portuguesa. Tenho certeza de que será uma viagem incrível.  Monte o roteiro que mais combina com você e qualquer dúvida, escreva aqui nos comentários. E nos conte também depois a sua experiência por Lisboa, ok? Boa viagem!

pinterest dicas de lisboa
Gostou desse post? Salve no Pinterest para consultar sempre que quiser!

Outros posts que podem te interessar: 

 5 passeios românticos em Lisboa para curtir a dois

Roteiro Portugal: 2 semanas por Lisboa, Porto e arredores

Roteiro de 3 dias no Porto: o que fazer na cidade em poucos dias

Quem escreve | @maladeaventuras
Nath
Travel lover. Bióloga apaixonada pela natureza. Curiosa e admiradora da beleza singular de cada lugar.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *