Ela é um o cartão postal mais icônico da capital francesa. No coração de Paris, a Torre Eiffel se ergue imponente e praticamente todos os turistas que passam pela Cidade Luz, tem o sonho de conhecê-la de perto. Você é um deles, mas está na dúvida se vale a pena subir na Torre Eiffel?

Com certeza você vai acabar encontrando opiniões diferentes com relação a subir na Torre Eiffel ou não. Mas para te ajudar a decidir, resolvi escrever esse post (que eu mesma gostaria de ter lido antes de viajar para Paris!) de modo a tentar ajudar com algumas dúvidas principais.

Qual é o valor dos ingressos, os melhores horários para subir, será que o visual é realmente legal? Então se você quer saber mais sobre esse monumento francês tão famoso, é só continuar lendo!

Newsletter
cadastre-se gratuitamente

Quer viajar mais e melhor?

Baixe nosso e-book com 30 dicas exclusivas
para você planejar e economizar nas suas viagens!
Bônus

checklist para uma mala impecável

a melhor planilha de planejamento de viagens dessa internet

E o melhor?
Todo esse material é gratuito!


Breve história da Torre Eiffel

Situada no Champ de Mars, a Torre Eiffel é um dos monumentos mais visitados de Paris (e do mundo)! Ela foi construída em 1889 para o evento Exposition Universelle, em comemoração ao centenário da Revolução Francesa.

O seu criador, o engenheiro Gustave Eiffel, ganhou um concurso promovido pelo governo francês e construiu essa belíssima torre no estilo Art Nouveau.

Com 324m de altura de ferros entrelaçados, ela é dividida em três andares. E caso você não saiba, dependendo da época do ano, ela pode estar até 15cm mais alta! Isso acontece porque o ferro se dilata durante o verão e ela fica maior.

Uma outra curiosidade sobre a história da Torre Eiffel é que ela seria desmontada logo que terminasse a exposição, mas ainda bem que não desmontaram e até hoje temos a oportunidade de visitá-la.



No início, para se chegar até o topo, era preciso subir mais de 1600 degraus (haja resistência física!). Posteriormente foram instalados elevadores para maior conforto dos turistas.

Testemunha de muitos acontecimentos históricos, até a hoje a Torre Eiffel é a queridinha de viajantes do mundo inteiro e todos sonham em um dia, ter uma foto no topo desse lugar maravilhoso.


Vale a pena subir na Torre Eiffel?

Como eu disse anteriormente, se você perguntar a diferentes pessoas que já foram à Paris se vale a pena subir na Torre Eiffel ou não, você vai acabar encontrando pessoas que dirão que sim e outras que não tiveram uma experiência muito legal e dirão para você fugir, pois é uma cilada.

amigas na torre eiffel de paris
A Torre é um dos pontos turísticos mais famosos do mundo!

A verdade é que tudo é muito relativo se vale a pena ou não subir na Torre Eiffel. Vai depender da época do ano, do clima, do horário e de alguns outros fatores que podem fazer com que a experiência de alguém seja melhor ou pior.

O que eu posso te afirmar, com toda a certeza, é que observar a cidade de Paris lá do alto é incrível, até porque a cidade é, em sua maioria, plana e não temos tantos lugares altos para observá-la como um todo.

Quando fui, parecia que tudo havia conspirado a meu favor, pois o dia estava ótimo e não havia quase ninguém na fila para subir. No entanto não era alta temporada, então a visita foi muito tranquila.

vale a pena subir na torre eiffel vista de baixo
Uma vez em Paris, aproveite para tirar várias fotos da Torre e de diferentes ângulos!

Em contrapartida, uma amiga minha visitou Paris no final de julho, época do verão e alta temporada em Paris e a experiência dela não foi das melhores. As filas estavam muito grandes e ela levou cerca de 3h para subir e descer da torre, sendo que 2h30 foram somente de fila.

Com tudo isso, posso te falar que o ideal mesmo é planejar a sua visita para que dê tudo certo no dia! Até porque, não vale a pena gastar horas na fila com tantas coisas legais para ver e fazer em Paris.

É muito bonito observá-la de lugares distintos da cidade, como do próprio Champ de Mars, do Trocadero ou da Ponte Bir Hakeim. Mas para subir na Torre Eiffel, de fato, o mais importante é planejar direitinho o dia e o horário da visitação.


Torre Eiffel: preço para subir até o topo

Caso você não saiba, existem diferentes tipos de ingresso para subir na Torre Eiffel e os preços variam se a subida é por escada ou por elevador, se você vai até o topo ou se vai ficar apenas nos andares abaixo.

Para subir até o topo, essa é a tabela de 2020:

  • €25,90 o ingresso adulto com acesso ao elevador, ou €19,70 subindo os dois primeiros andares de escada e finalizando no elevador.
  • Jovens entre 12 e 24 anos pagam €13,00 com elevador e €9,80 euros com escada e elevador.
  • crianças de 4 a 11 anos e portadores de deficiência pagam apenas €6,50 euros com elevador e €5,00 euros com escada e elevador.
  • Lembrando que crianças menores de 4 anos possuem entrada gratuita.

Lembrando que o ideal é comprar seu ingresso com hora marcada. Dessa forma basta você chegar com no máximo 20 minutos de antecedência ao local, para iniciar a subida até o topo.

torre eiffel carrossel
Depois de subir até o topo, que tal dar uma volta no Carrossel próximo ao Trocadero?

Torre Eiffel: ingressos

Os ingressos para a Torre Eiffel podem ser adquiridos lá na hora, mas geralmente costuma ter bastante fila (especialmente na alta temporada ou durante as férias escolares). Sendo assim, quando você estiver planejando sua viagem para Paris o ideal é comprar seu ingresso com antecedência pela internet.

Dica: quando planejamos as nossas viagens pela Europa, costumamos usar o site Get Your Guide, pois nele encontramos as melhores ofertas de passeios, tours e entradas para museus e atrações turísticas.

Além dos ingressos com guia para a Torre Eiffel, você ainda encontra opções de passeios que combinam a visita à torre com outros lugares incríveis. Confira algumas das opções:

 

Aliás, aqui vai mais uma dica para quem está viajando à Paris pela primeira vez e quer conhecer não só a Torre Eiffel, mas também várias outras atrações. Minha recomendação é que você adquira um Paris Pass.

A visita ao monumento mais famoso de Paris não está incluída no Paris Pass, mas ele inclui a entrada a praticamente todas as outras coisas legais para ver e fazer na capital francesa.


Qual é o melhor horário para visitar a Torre Eiffel?

Uma dúvida que pode vir à sua cabeça durante o planejamento da sua viagem é sobre qual é o melhor horário para se visitar a Torre Eiffel, não é? Como te falei anteriormente, é preciso escolher bem o horário da sua visita, pois isso pode influenciar sua experiência como um todo.

Para te ajudar, vou explicar um pouco sobre a visitação em cada horário, ok? Então vamos lá!

Manhã na Torre Eiffel

O horário de funcionamento da torre é de

9h às 00h45 durante o verão (de 13 de junho a 29 de agosto) e de 9h30 às 23:45 no restante do ano. Muita gente diz que ir logo no primeiro horário é muito melhor, pois está tudo mais vazio. De fato, é verdade.

Só devo te avisar que se sua viagem para Paris for durante a alta temporada, mesmo no primeiro horário eu recomendo que você chegue um pouco antes da torre abrir. Mas se você já comprou as entradas com antecedência e já tem o horário marcado, é bem mais tranquilo.

torre eiffel bouquet de flores
Chegue cedo para tirar fotos nos arredores da Torre Eiffel com poucos turistas nos arredores.

Almoço na Torre Eiffel

Pode não parecer, mas a torre tem uma estrutura bem grande em seu interior, onde encontram-se restaurantes, lojas e, no último andar, ainda tem um bar de champagne! Très chic!

Uma dica legal, ainda mais se for uma ocasião especial, é aproveitar para almoçar em um dos dois restaurantes: o 58 Tour Eiffel Restaurant ou o Les Jules Verne.

Ambos possuem uma vista espetacular da cidade e a comida é maravilhosa. É claro que não são restaurantes exatamente baratos, mas para celebrar um momento especial, especialmente à dois, vale muito a pena.

Confira aqui mais informações sobre este passeio com almoço incluído.

torre eiffel casal romantico
A Torre Eiffel é super famosa entre os apaixonados!

Uma outra opção de almoço com vista deslumbrante em Paris é o restaurante que tem na Torre de Montparnasse, um dos lugares mais altos da cidade.

Torre Eiffel à noite

O entardecer é um horário bem disputado, pois além de ter luz suficiente para identificar os pontos principais de Paris, ainda dá para observar a cidade se iluminando aos poucos. É realmente é uma visão muito bonita!

No entanto, se você pretende subir na Torre Eiffel nesse horário, minha recomendação é que você se planeje com antecedência e compre seu ingresso o quanto antes, pois mesmo os ingressos com horário marcado podem se esgotar rapidamente.

Não acho que valha a pena subir na Torre Eiffel depois que escurecer totalmente. Por mais que você consiga identificar alguns pontos por conta da iluminação, o melhor mesmo é com a luz do sol para ver tudo melhor. Depois que o sol se põe completamente, o melhor é ficar pela base e tirar fotos com a torre toda iluminada.

Para quem optar por visitá-la à noite, vale a pena conferir mais informações sobre este passeio à Torre Eiffel, com jantar e cruzeiro pelo Rio Sena. Essa é uma ótima opção para casais apaixonados!

vale a pena subir na torre eiffel a noite
Torre Eiffel iluminada à noite!

Dicas para você planejar sua visita à Paris

A capital francesa é belíssima e recheada de atrações que valem a pena serem visitadas. Se você está planejando sua viagem à capital francesa e quer dicas de roteiros para 3, 5 ou até mesmo 7 dias em Paris, dê uma olhada nessas dicas e aproveite cada momento nessa cidade incrível. Vamos lá!

Seguro viagem é obrigatório para entrar na França?

Provavelmente no seu chekclist de viagem à Paris já estão inclusas as passagens, passeios e hospedagem. Além desses itens, algo que não pode faltar de jeito nenhum, ainda mais por se tratar de um país da Europa, é o seguro viagem.

Para entrar na França, assim como em diversos outros países da Europa, é obrigatório que o turista tenha um seguro viagem. Isso acontece por conta do Tratado de Schengen, assinado entre cerca de 26 países e que trata da livre circulação de visitantes nos países participantes do acordo.

Embora não haja obrigatoriedade de visto para entrar em Paris, o turista precisa estar coberto com um seguro viagem cuja apólice precisa ser de, no mínimo, 30.000 euros para a cobertura de despesas médico-hospitalares.

Para contratar um bom seguro viagem existe uma ferramenta que eu costumo usar sempre que vou para qualquer lugar do mundo: a ferramenta de comparação de seguros do site da Seguros Promo. Com ela você vai preencher os dados da sua viagem e comparar as diversas opções de planos que surgirem.

Torre eiffel champs de mars
Torre Eiffel vista do Champs de Mars

É possível comparar até quatro seguros por vez e assim você consegue escolher aquele que melhor se encaixa no seu tipo de viagem e com um preço que caiba no seu orçamento.

E o melhor de tudo é que os leitores do Mala de Aventuras ainda ganham 5% de desconto na contratação do seguro viagem nesse site. É só utilizar o código MALADEAVENTURAS no final da sua compra. Não perca tempo e garanta o seu seguro viagem para Paris com um descontinho super legal!

Chip internacional para a Europa

Se o seguro viagem para entrar em Paris é item obrigatório no seu checklist de viagem, o chip internacional é essencial. Afinal de contas, não existe mais hoje em dia a opção de ficar sem conexão com a internet.

Embora muitos estabelecimentos ofereçam wi-fi gratuito, ter um chip internacional é importante para se manter conectado em lugares onde você possa não ter sinal.

Imagina só se perder durante a viagem! Com um chip internacional você consegue acessar um aplicativo de mapas facilmente, mandar mensagem para alguém ou até mesmo usar tradutores de idioma.

Normalmente quando eu viajo, já saio do Brasil com o meu chip internacional em mãos e para comprar é bem prático. Uso e recomendo o chip Yes Brasil para viagens para a Europa. Já usei diversas vezes e o sinal é ótimo em todos os países!

O chip internacional Europa é compatível com todos os aparelhos de tecnologia 3G e 4G, possui plano de 12GB de dados e vale por até 30 dias em todo o território europeu.

Clique aqui para conferir os planos e preços!

torre eiffel ponte bir hakeim
Dica: vá até a Ponte Bir Hakeim para encontrar ângulos incríveis para fotografar a Torre Eiffel!

E aí, vale a pena subir na Torre Eiffel ou não?

Depois das nossas dicas será que você conseguiu chegar a uma conclusão se vale a pena subir na Torre Eiffel? Apesar das filas que você pode encontrar, dependendo da época do ano que for sua viagem, a vista de Paris do topo da Torre faz toda a diferença.

E é claro que se planejando com antecedência e garantindo seu ingresso, tudo fica mais fácil. Esperamos ter conseguido te ajudar! Não esquece de vir aqui contar para gente nos comentários, como foi sua experiência.

Se ainda tiver qualquer dúvida, é só deixar um comentário abaixo! Boa viagem!


Outros posts que podem te interessar:

Viagem para Paris: +20 dicas essenciais para quem visita a cidade pela primeira vez

Quanto custa viajar para Paris: passagem, hospedagem, alimentação, passeios e mais

Onde ficar em Paris: quais são os bairros bem localizados (e mais baratos!) para se hospedar

Quem escreve | @gaiavani
Fotógrafa, viajante de carteirinha e empreendedora digital, a editora do Mala de Aventuras vive a vida intensamente, aproveitando cada horinha do seu dia para transformar o mundo através das viagens.
  • Sobre
    Sobre o Mala de Aventuras
    Olá, somos a Gaia e a Nanda!
    Aqui nós compartilhamos as melhores
    dicas e roteiros de viagem para que você possa viajar mais e melhor
  • Organize a sua viagem!
    Descubra quais ferramentas nós e
    outros viajantes profissionais usamos
    para economizar nas viagens!
  • Publicidade
  • Nossos presets!
  • Newsletter

    Junte-se a mais de
    100.000 leitores e receba
    gratuitamente dicas de
    viagem exclusivas

  • Destaque
  • Destaque
  • Posts em destaque
  • E-Book fotografia
  • Assista no Youtube!
  • Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *