visto jordania

Visto Jordânia: como tirar o visto de turismo para a Jordânia

Muita gente que viaja para o Egito ou Israel acaba incluindo nos planos uma visita à Jordânia, principalmente para visitar Petra e Wadi Rum. Na hora de se preparar, é sempre importante ver as exigências, como visto e vacinas, antes de chegar ao destino para não ter surpresas. Portanto, se você está planejando uma viagem ao país, saiba como tirar o visto para a Jordânia.


Visto da Jordânia para brasileiros

Para os brasileiros, há três modos para conseguir o visto de turista para a Jordânia. Uma delas é fazer a solicitação ainda no Brasil, entregando a documentação no consulado. Outra é retirar o visto apenas ao chegar lá. A terceira e última opção é o Jordan Pass, que pode ser uma opção bem prática pra quem pretende ficar mais tempo por lá.

Antes de saber tudo sobre como tirar o visto para a Jordânia, um lembrete importante: não se esqueça de que em todos os casos é imprescindível ter em mãos o certificado internacional de vacinação contra a febre amarela e um passaporte com validade mínima de seis meses e que tenha pelo menos quatro folhas em branco.

Veja agora o passo a passo de como tirar o visto para a Jordânia.

amã capital da jordânia
Amã: a capital da Jordânia

  • Visto Jordânia: Como tirar o visto ainda no Brasil

Se você preferir chegar à Jordânia já com a documentação certinha, pode fazer o pedido de visto para turismo com antecedência ainda aqui no Brasil. O procedimento até a emissão costuma ser bem rápido. O processo é ainda mais ágil se você morar em uma cidade próxima à São Paulo, já que o consulado fica lá.

Para saber todos os detalhes e conseguir o formulário para requerer o visto, basta enviar uma mensagem na área de Serviços Consulares do site do Consulado da Jordânia

Após o primeiro contato via site, eles enviam uma resposta por email com uma lista de toda a documentação exigida para a solicitação, além do formulário que você vai precisar preencher e enviar junto com os documentos necessários.

Documentação necessária

  • Cópia das páginas 1, 2, 3 e 4 do passaporte;
  • Formulário de solicitação de visto, devidamente preenchido e assinado;
  • Foto 3 x 4 recente;
  • Cópia de comprovante de residência;
  • Certificado Internacional de vacinação contra febre amarela.

Além disso, é preciso pagar uma taxa de aproximadamente US$55 (cerca de R$220). A documentação e o valor devem ser enviados por correspondência, de acordo com as instruções passadas por email pelo consulado. A validade do visto é de dois meses. 

Informações úteis

Consulado Honorário da Jordânia
Endereço: Avenida Paulista, 326 – cj. 158/159 – São Paulo / CEP 01310-902
Telefone: (11) 32855521
E-mail: consulado@jordania.org.br

Monastério de Petra
Petra: uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno

  • Visto Jordânia: Como tirar o visto no Aeroporto de Amã

Um outro modo de conseguir o visto para a Jordânia é deixar para fazer o processo lá mesmo, ao chegar no aeroporto. Pode parecer um pouco arriscado deixar para resolver uma burocracia tão importante assim em cima da hora, mas é uma prática super comum entre os turistas e realmente não tem erro! 

Quanto custa o visto para a Jordânia?

Eu optei por esta modalidade e, ao chegar no Aeroporto de Amã (capital), entrei numa fila que durou menos de 15 minutos e já saí com o visto em mãos. O pagamento deve ser feito na moeda local, chamada Dinar, e custa U$ 55 (cerca de R$220). Eu troquei os dinares no próprio aeroporto, antes mesmo do guichê do visto.


  • Jordan Pass: o que é e como funciona

Outra forma de conseguir o visto para a Jordânia é com o Jordan Pass. Eu só descobri essa modalidade ao desembarcar no país e não pude adquiri-lo, pois é necessário pedir com antecedência pela internet. Mas fica aqui a dica, já que ele pode ser uma mão na roda para quem opta por ficar mais dias conhecendo a Jordânia, porque é uma forma de economizar.

Mas o que é o Jordan Pass? O Jordan Pass é uma espécie de pacote que você adquire antecipadamente e que te dá acesso a mais de 40 atrações no país. Ele também isenta o pagamento das taxas de concessão de visto para quem fica ao menos três noites (quatro dias) na Jordânia. 

E como o Jordan Pass funciona? Ele é uma espécie de bilhete pré pago que te permite entrar em diversos pontos turísticos. Após comprar o passe pelo site, você recebe um código em PDF, que deve ser apresentado logo na entrada das atrações para ter o acesso liberado sem precisar pagar a taxa de visitação no local.

Outra coisa legal é que ele vale por 12 meses a partir da data da compra. No entanto, uma vez que é feita a primeira leitura do código, você pode usar o Jordan Pass por mais duas semanas apenas. 

Quanto custa o Jordan Pass?

Você pode comprar o Jordan Pass a qualquer momento pelo site. Há três planos disponíveis, que custam 70JD (US$99), 75JD (US$106) e 80JD (US$113). A diferença entre eles é basicamente a quantidade de dias que você pode ir a Petra (um, dois ou três dias, respectivamente).

Você consegue comprar e acessar os detalhes sobre cada um dos pacotes pelo site oficial. No entanto, para conseguir a isenção da taxa do visto, lembre-se de que é preciso chegar ao aeroporto já com o passe comprado.

Afinal, o Jordan Pass vale a pena? 

Tudo vai depender de quanto tempo você tem disponível para ficar na Jordânia. Para quem tem disponibilidade de aproveitar uma estadia de três dias, que é o tempo mínimo para a isenção da taxa do visto, vale super a pena ir com o Jordan Pass. 

Com ele você consegue fazer uma boa economia, seja por conta do valor do visto ou da entrada nas atrações turísticas. Para você ter uma ideia, só para entrar em Petra é preciso desembolsar JOD 50, o que já faz o Jordan Pass valer a pena, mesmo que você não visite os outros locais.

Além disso, o Jordan Pass cobre o Jerash, Castelo de Amã, Wadi Rum, a Cidadela de Amã, entre outros. A lista completa você encontra aqui. Ah, é importante lembrar que só é possível entrar uma vez nas atrações com o Jordan Pass. A única exceção é no caso de Petra, já que a quantidade de acessos pode variar de acordo com o pacote que você adquiriu.

Mar Morto, Jordânia
Mar Morto, Jordânia

Dica Extra: seguro viagem para a Jordânia

Fazer uma viagem para um país exótico como a Jordânia significa sair da zona de conforto e se lançar rumo ao desconhecido. Por isso, recomendo fortemente que você adquira um seguro viagem para garantir uma certa segurança caso aconteça alguma imprevisto. E acredite, imprevistos acontecem.

Eu tive uma diarréia braba quando visitei o país, uma amiga já teve sua mala roubada em uma viagem à Miami e meu namorado já quebrou a perna em uma viagem à Argentina. Ainda bem que em todas essas situações estávamos cobertos pelo seguro viagem!

Costumo fechar sempre pelo site Seguros Promo. Faça aqui sua cotação e garanta um descontinho com o cupom MALADEAVENTURAS.

Seguro Viagem: Oriente Médio
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 23/dia*
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*

Leia também: Seguro viagem: 5 razões para você contratar um para a sua viagem


Com essas informações ficou fácil conseguir seu visto para a Jordânia, né?

Se ficou qualquer dúvida, é só deixar um comentário abaixo que tentaremos ajudar você a ter uma viagem memorável para a Jordânia.


 

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

faça parte da nossa lista, é de graça!

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.